Prefeitura de Caxias do Sul manifestação de apoio à abertura do comércio e serviços durante a bandeira preta

Prefeito Adiló Didomenico encaminhou à Amesne uma solicitação para que entidade busque flexibilização de medidas junto ao Estado

O prefeito de Caxias do Sul, Adiló Didomenico , recebeu, no final da tarde desta sexta (12 / 03), uma correspondência ao presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) , José Carlos Breda, manifestando apoio à abertura do comércio durante a bandeira preta.

No documento, o chefe do Executivo caxiense solicitação que a Amesne faça o encaminhamento de pedido ao governador do Estado, Eduardo Leite, para que faça algumas adequações ao regramento da fase mais restritiva do modelo de Distanciamento Controlado. O objetivo é flexibilizar, nos critérios da bandeira preta, alternativas de funcionamento ao comércio não essencial e serviços como salões de beleza, barbearias e pet shops. Uma das sugestões do município é possibilitar o atendimento presencial, de um cliente por vez, com hora marcada.

Para o prefeito Adiló, essa flexibilização vai ao encontro, tanto dos cuidados da saúde da população, quanto da manutenção financeira dos adaptados, proprietários e trabalhadores.

O chefe do Executivo Municipal também argumenta que Caxias do Sul é referência para 48 municípios da Serra Gaúcha e tem adotado Diversas novas medidas ao atendimento da saúde da população. Assegura que a vacinação está sendo realizada de forma rápida, à medida que chegam novas doses, e que sete leitos de UTI foram abertos recentemente no Hospital Geral. Cita a ampliação do atendimento nas unidades básicas de referência, melhorado o acesso aos primeiros cuidados, e a diminuição, de 72 h para 48 h, do tempo de espera para repetir a testagem nos pacientes sintomáticos, disponível em mais rapidez para o início do tratamento.