Pediatra alerta que vômito pode ser indicativo de alergia alimentar em crianças

Pediatra alerta que vômito pode ser indicativo de alergia alimentar em crianças

Ocorrência pode ter várias causas e fatores e conversar com o pediatra é o melhor caminho para que o diagnóstico seja feito

Vômitos frequentes são uma das hipóteses mais comuns enfrentadas por pais e, logo, vem a preocupação de uma possível alergia alimentar. A médica da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS), gastroenterologista e endoscopista pediátrica, Cristina Targa Ferreira, lembra que há duas possíveis classificações para os casos.

“As alergias imediatas em geral apresentam urticária, manifestações respiratórias e são consideradas mais graves. Já as alergias de reação tardias, são caracterizadas por vômitos intermitentes ou agudos e sintomas gastrointestinais que podem ser inespecíficos ou não”, explica.

Também é importante estar atento ao especialista mais indicado para cada caso. Vômitos nas reações imediatas são acompanhadas pelo médico alergologista e vômitos nas alergias tardias pelo gastropediatra.

No cuidado com a criança é indicado estar sempre atento uma vez que a ocorrência de vômito pode causar desidratação, porque há perda de líquidos. Às vezes, as crianças não beber beber o suficiente para compensar os líquidos perdidos, seja porque continuar a vomitar, seja porque não querem beber líquidos.

A pediatra concedeu entrevista ao programa Temática sobre o assunto e reforçou, ainda, que os pais fiquem atentos a regurgitação crônica e doença do refluxo nos lactantes que são apropriados que exija um manejo adequado e podem ser um sinal de apresentação de alergia alimentar.

Confira o áudio na íntegra (acima).

intranet/userfiles/noticias/cd63a7abd4877b0f39058a39dd7ca756.mp3