Município prepara medidas de auxílio para reciclagem atingida por incêndio no bairro Serrano

Município prepara medidas de auxílio para reciclagem atingida por incêndio no bairro Serrano

Incêndio ocorreu no sábado (29/08). Os danos foram apenas materiais, porém, de grande impacto para o trabalho e a renda das famílias associadas

Na manhã desta segunda-feira (29/08), equipes de diversos setores da administração municipal começam a atuar no trabalho de avaliação de danos e necessidades para providenciar o auxílio necessário a fim de que a Associação de Recicladores do bairro Serrano, cujo prédio foi atingido por incêndio na tarde deste sábado (27), possa retomar as atividades o mais rápido possível. A determinação é do prefeito Adiló Didomenico, que esteve no local do sinistro acompanhando o trabalho do Corpo de Bombeiros e conversando diretamente com o presidente da entidade, Daniel Rodrigues do Prado. Não houve feridos. Os danos foram apenas materiais, porém, de grande impacto para o trabalho e a renda das famílias associadas.

Além do prefeito, também se deslocaram ao encontro da reciclagem, momentos após o acionamento do socorro, o diretor-presidente do SAMAE (a autarquia se juntou ao trabalho de combate ao fogo com um caminhão-pipa), Gilberto Melletti, a presidente da FAS, Katiane Boschetti da Silveira, e o secretário municipal de Meio Ambiente, João Osório Martins. A secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos (SMOSP) atuou com uma retroescavadeira para fazer a remoção dos resíduos que ainda alimentavam as chamas e assim permitir o acesso dos bombeiros ao trabalho de rescaldo.

A reciclagem esteve em atividade até às 12h de sábado, o que fez com que a área de desembarque de resíduos não estivesse completamente cheia. Último a sair das instalações, o presidente da associação, Daniel Rodrigues do Prado acompanhava uma cerimônia de batismo no bairro Desvio Rizzo quando, pouco antes das 15h, resolveu conferir as câmeras de monitoramento do prédio e constatou o início das chamas. O volume de material atingido é incerto. Conforme ele, o que aconteceu está gravado nas câmeras e será possível investigar as circunstâncias.

Após o combate inicial, na tarde de sábado (27), o incêndio recrudesceu por volta das 18h30 de domingo (28). Não há vítimas, mas o prejuízo material é grave para a entidade e seus associados. Uma retroescavadeira da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SMOSP) já participa do trabalho de enfrentamento ao fogo, removendo os resíduos em chamas para permitir a ação dos bombeiros.

Conforme o prefeito, a FAS já vai acompanhar e providenciar fornecimento de cestas básicas. A secretaria do Meio Ambiente ficou no compromisso de agilizar a liberação de recursos emergenciais por meio do Fundo Municipal do Meio Ambiente [o que depende de decisão do Conselho Municipal do Meio Ambiente]. E também, na sequência, a prefeitura irá recompor o cercamento no entorno da reciclagem, pois a condição atual é muito vulnerável.

Quem quiser colaborar no auxílio emergencial às famílias da Associação de Recicladores do Serrano prejudicadas pelo incêndio do prédio pode fazer PIX de qualquer valor para o código 54999424991. O presidente da entidade, Daniel Rodrigues do Prado, também pode ser contatado pelo número (54) 9 9942-4991.