Morre mais uma pessoa envolvida no acidente da ERS 129 em Guaporé

Três veículos envolveram-se numa colisão no Km 123, arredores do Distrito Industrial

O feriadão de Carnaval, diferentes nas formas de comemoração em 2021 em virtude do enfrentamento à pandemia do covid – 19, não alterou a situação das rodovias estaduais e federais no Rio Grande do Sul. Tragédias ao volante, foram produzidos. Uma delas aconteceu na noite deste domingo, 14 / , por volta das 19 h 55, na ERS – 129 – Km 123, em Guaporé. A colisão envolveu três veículos e vitimou três pessoas, de 31, 31 e 48 anos, todas elas moradoras da cidade.

A colisão, conforme informações do Corpo de Bombeiros Militar e policiais do 4º Pelotão da Brigada Militar, ocorridos nas proximidades do Distrito Industrial, trecho entre os municípios de Guaporé e Dois Lajeados. Cinco pessoas, sendo elas Carlos Henrique Lanzarin (24 anos), fuzileiros navais Rodrigues (48 anos), Antônio Luiz da Silva (41 anos), Luiz Fernando Garcia (33 anos) e Fabian de Vargas França (22 anos), estavam em um automóvel Ford Escort, emplacado em Guaporé, que colidiu frontalmente em uma caminhonete Rexton, de Caxias do Sul, onde estava Samuel Rigo (42 anos), Jenifer Gabriela Alves de Almeida (37 anos), Vera Lúcia Alves de Almeida (67 anos) e a filha do casal de cinco anos.

Posteriormente, uma Ford Pampa, placas de Sobradinho, colidiu no Escort. A gravidade da colisão foi tamanha que duas pessoas, Carlos Henrique e Marines Rodrigues, morrem no local. Os outros ocupantes foram retirados das ferragens pelos bombeiros com a utilização do desencarcerador. O Escort e a Pampa seguiam no sentido Guaporé / Dois Lajeados, enquanto a Rexton transitava no sentido contrário. Ainda não há informações da causa do acidente.

Ambulâncias com os profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e dos bombeiros encaminharam as três ocorridas em estado grave, Luis Fernando, Antônio Luiz e Fabian de Vargas, para o Hospital Manoel Francisco Guerreiro. Luis Fernando, após passar por procedimentos cirúrgicos, não resistiu e morreu nesta segunda-feira, 15 / 02, por volta das 7h 14 min, conforme a equipe médica e de enfermagem. Os outros dois, que inspiram maiores cuidados, serão transferidos para unidades hospitalares com disponibilizações de UTIs. Como três ocupantes da caminhonete Rexton, com ferimentos leves pelo corpo, foram conduzidas por populares para a casa de saúde. O condutor – ou condutora – da Pampa fugiu, não sendo localizado.

Policiais do Pelotão Rodoviário Estadual de Coxilha, foram acionados para o registro. Antes da chegada, os policiais militares controlaram a trafegabilidade no trecho que, por horas, ficou interrompida. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar como causas da tragédia. Peritos do Instituto Geral de Perícias de Passo Fundo, compareceram no loca para efetuar o levantamento e apurar as causas do acidente de trânsito.

Com informações da Rádio Aurora de Guaporé