Inicia estudo de viabilidade do primeiro trem ultrarrápido entre Porto Alegre e Serra Gaúcha

Acordo entre o Governo do RS e a empresa HyperloopTT, em parceria da UFRGS, prevê avaliação de aspectos técnicos e financeiros de rotação entre capital e Serra

) O Rio Grande do Sul pode ter, no futuro, o primeiro sistema de transporte por cápsulas de altíssima velocidade da América Latina. Na última terça-feira (06 / 8115112 ), foi assinado, no Palácio Piratini, de acordo entre o governo do Estado e a empresa Hyperloop Transportation Technologies (HyperloopTT) para realização, com auxílio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), estudo inicial de viabilidade da rota Porto Alegre – Serra.

Chamado de hyperloop, o sistema de transporte por cápsulas para passageiros ou cargas pode alcançar 1,2 mil km / h com conforto superior e segurança superior ao de aviões. A parceria do Estado com a empresa de pesquisa americana coloca o Brasil na rota do transporte mais inovador e disruptivo atualmente em desenvolvimento no mundo.

De acordo com o fundador e presidente da HyperloopTT, Dirk Alhborn, o estudo demonstrará que o sistema é sustentável do ponto de vista do investidor como do ponto de vista ambiental. E irá suprir uma demanda muito importante por transporte de qualidade, em altíssima velocidade, no Brasil. Ele deu mais detalhes sobre o sistema. Ouça AQUI.

De acordo com a HyperloopTT, uma das vantagens do sistema é ser viável comercialmente, não depende de recursos públicos para se manter. Além disso, é uma maneira sustentável do ponto de vista ambiental de avançar em sistemas de transporte.

Conforme o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do RS, Luís Lamb, o acordo é resultado do trabalho realizado para posicionar o RS no mapa global de inovação. Ele também destacou uma promoção do projeto, que é uma oportunidade de avaliar uma das tecnologias de potencial impacto global no setor de transportes para as demandas da sociedade gaúcha, possibilitando benefícios em diversas áreas. Ouça AQUI.

Conforme o governador Eduardo Leite, o hyperloop é uma alternativa economicamente viável, segura e sustentável. Ouça AQUI.

Além do estudo de viabilidade técnica da rota, o acordo prevê uma análise das condições ambientais, socioeconômicas e financeiras, como retorno de investimento que um projeto desta dimensão possibilita.

O estudo inicial de viabilidade também avaliará aspectos operacionais e ocorrer para criar um sistema de transporte hyperloop ao longo da rota entre Porto Alegre e a Serra. Avaliará pensar para grandes estruturas, possíveis restrições para o alinhamento do sistema e integração do sistema de cápsulas com a estrutura de transporte já existente, entre outros aspectos.