HCR resgata projeto de consciência ambiental em seu Centro de Parto

hcr-resgata-projeto-de-consciencia-ambiental-em-seu-centro-de-parto

Entrega de mudas de árvores será na próxima segunda-feira, 07 de junho, Mês Nacional do Meio Ambiente

Faz parte das atividades que marcam os 45 anos do Hospital Cristo Redentor, uma reinserção do projeto Vidas Verdes que teve início na instituição no ano de 2008, aliando o conceito de “uma nova vida humana à uma nova vida vegetal”. Para cada criança que nasce na maternidade do HCR, uma muda de árvore é destinada para plantio e cuidado.

Na segunda-feira, 07 / 06, no Mês do Meio Ambiente, o projeto reinicia com o incentivo do Poder Público Municipal que fará a doação das mudas de árvores. Está programada para às 11 h de segunda-feira, o ato de entrega de sessenta mudas. Os bebês que nascerem no centro Obstétrico, a partir desses dados, já receberão a primeira missão da vida: o cuidado ambiental.

Para o atual diretor executivo da instituição, Marcelo Borghetti, “o hospital tem esta preocupação em estar inserido em causas ambientais e a reativação deste projeto vai de encontro a este objetivo ''. “Muito importante fazermos esta analogia de uma vida que nasce, uma árvore é plantada. Conseguimos assim iniciar na vida essas crianças a consciência ambiental de uma maneira muito produtiva e positiva ”, explicou.

Nas três edições já executadas do projeto, foram destrosados ​​aproximadamente 500 mudas de árvores das espécies ipê roxo, cerejeira, araçá, amora, guabiroba, guabijú, canela, pitangueira, entre outras. A destinação das mudas foi feita em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Marau. O DHO- Setor de Desenvolvimento Humano e Organizacional do HCR, juntamente com o setor de Assistência Social fez o acompanhamento sobre o plantio e o desenvolvimento das árvores, algumas inclusive que foram plantadas em locais públicos em Marau e municípios da região.

Neste ano de 2021 o Poder Público Municipal confirmou uma parceria na destinação de mudas, o que viabiliza o resgate do projeto num ano histórico, que é a marca dos 45 anos da instituição de saúde. A chegada da primeira leva de mudas de árvores contempla como espécies: Pitanga, Aroeira Vermelha, Guabiroba, Araçá, Inga e Ipê roxo. Junto a entrega das mudas para os familiares e ou responsáveis ​​de casa bebê que nascer no Centro de Parto, será entregue um certificado com orientações sobre os cuidados com plantas e informações sobre a espécie.

O projeto de acompanhamento da Enfermeira Gestora do Centro Obstétrico, Marla Nunes do Nascimento e também da Coordenadora de Assistência Social, Adela Dolores De Conto. A programação de distribuição das mudas é até o mês de novembro de 2021.