GSI repassa valores que vão auxiliar obra da nova Delegacia de Polícia Civil de Marau

Recursos captados pela legislação do Imposto de Renda forma de ajuda ao Consepro

As marcas GSI e Agromarau, integrantes do portfólio da AGCO Grãos & amp; Proteína, encerraram o ano de 2020 com um repasse de valores considerados para entidades e ações em prol da comunidade de Marau. A entrega oficial valores aconteceu (deste nesta semana, em frente a nova delegacia de Polícia Civil.

Isso porque, uma das principais doações no quarto trimestre do ano passado, foi para o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública de Marau – Consepro, para o qual fores médicos R $ 100 mil, que serão investidos na segurança do município, qualificados equipar a delegacia, que está em fase final de construção, gerando benefício para toda a população.

A destinação dos recursos foi propiciada pela legislação do Imposto de Renda (IR), com a possibilidade da empresa canalizar uma parte do seu resultado à comunidade por meio doações a entidades filantrópicas. Newton Backes, diretor Administrativo Financeiro América do Sul, destaca que essa oportunidade que a companhia tem para escolher em qual entidade social quer que seu IR seja investido. “Nesse contexto que vivemos, as doações são ainda mais importantes”, completa.

Com esses repasses, em 2020, a empresa destinou valores que ultrapassaram o meio milhão de reais, demonstrando seu compromisso com a comunidade da região. Durante o ano, foram contemplados ainda nos hospitais São Vicente de Paulo (HSVP), de Passo Fundo e o Cristo Redentor (HCR), de Marau, além do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), entre outras entidades de cunho social.

Ricardo Marozzin, diretor Geral da divisão América do Sul, ressalta o trabalho realizado por todo o tempo de colaboradores. “A qualidade do nosso capital humano fez a diferença em um ano tão desafiador, gerando oportunidades de crescimento e desenvolvimento a todas as pessoas envolvidas em nosso negócio, e entregando valor adequado aos clientes. Como efeito disso, favorecendo a sustentabilidade das comunidades onde estamos inseridos, tanto no município de Marau quanto de Passo Fundo. ”