FAS busca mais famílias para oferecer lar temporário

FAS busca mais famílias para oferecer lar temporário

Serviço é prestado para crianças e adolescentes em cumprimento a decisões judiciais.

No momento, apenas uma família está acolhendo por meio do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora, coordenado pela Fundação de Assistência Social (FAS) de Caxias do Sul. A iniciativa tem como objetivo uma atenção mais individualizada às crianças e adolescentes. Atualmente, Caxias do Sul atende cerca de 200 crianças e adolescentes que necessitaram, por alguma questão de risco ou vulnerabilidade, serem afastados temporariamente de suas famílias e passaram a viver em instituições como abrigos ou casas-lar.

Ingrid Bays, coordenadora do serviço, explica que o serviço surgiu em 2021. As famílias interessadas passam por uma avaliação criteriosa, além de uma preparação. A aproximação entre menor e a família é feita por perfil. A permanência no lar é temporária, o período máximo são 18 meses. A família acolhedora vai receber um salário mínimo por mês para auxiliar nas despesas.

As crianças e adolescentes precisando de acolhimento temporário possuem entre 0 a 18 anos. Ingrid reconhece a dificuldade em acomodar todos. Por isso, a prioridade são as que estão na primeira infância, de 0 a 6 anos.

O programa Famílias Acolhedoras está localizado na Rua Os Dezoito do Forte, nº 422, Bairro Lourdes, em frente ao prédio da FAS. O atendimento é feito também pelo whatsapp (54) 9 8425.0425 ou (54) 9 9198.6784 e nos endereços virtuais familiaacolhedora@fas.caxias.rs.gov.br e Instagram/Facebook @familiaacolhedoracaxiasdosul.

(Acompanhe a reportagem na íntegra em ouvir notícia)

intranet/userfiles/noticias/3a8182bdf590a01134017d7381e03935.mp3