Empresários da região norte pedem a privatização do aeroporto de Passo Fundo

A solicitação, entre outras a respeito da infraestrutura regional, foi encaminhada em reunião online com o governador Eduardo Leite, nesta sexta-feira

Os empreendimentos que integram a Aliança Norte RS e alguns prefeitos da região, reuniram nesta sexta-feira, 30 / 30 / 04, com o governador Eduardo Leite e secretários estaduais, para relatar a mobilização pela inovação e o desenvolvimento da macrorregião de Passo Fundo. Entre as principais importantes, estão a concessão do aeroporto Lauro Kortz à iniciativa privada e a aceleração do processo de duplicação das ERS 135 e 2684 , fundamentais para alavancar novos negócios e fortalecer uma cadeia produtiva.

O governador elogiou a organização do grupo, que representa os maiores negócios do norte do Rio Grande do Sul, em se unir em busca destes objetivos. “Estamos adequados no sentido de buscar eliminado pra nossa economia gaúcha. Contem conosco e vamos trabalhar juntos e nos encontrar mais vezes pra atualizações desses projetos que estão sendo encaminhados ”, afirmou Leite.

O presidente do Conselho da Aliança Norte RS e também da empresa Metasa de Marau, Antônio Roso, destacou a importância da parceria entre empresas com o poder público, para melhoria da economia e do ecossistema produtivo regional. “Queremos despertar interesse de grupos, fortalece a geração de empregos e melhora a economia e a inovação no norte do estado. Mas precisamos também melhorar uma infraestrutura. Tem que privatizar. Não se cresce sem infraestrutura de serviços ”, reforçou.

O vice-presidente do programa e presidente da Coprel – cooperativa de geração e distribuição de energia, Jânio Stefanello, reforçou que o grupo quer sensibilizar o governador para que se engaje neste movimento. “Os investimentos em infraestrutura solidificam essa caminhada empresarial pelo desenvolvimento. Nós acreditamos nesse empresariado. A gente acredita acima de tudo, na região norte, no nosso estado e no nosso pais ”, concluiu.

Cada membro da Aliança apresenta alguns de seus investimentos regionais, sendo eles em energia, conexão de internet, fortalecimento da produção agrícola por meio do cooperativismo, investimentos no varejo na área de medicamentos, com geração de novos empregos. O presidente da BSBios, Erasmo Carlos Battistella, parabenizou o governador pela coragem na modernização do estado e reforçou ainda a necessidade de estar atento às mudanças na legislação tributária, em relação à forma de comercialização do biodiesel, que pode fazer com que o estado perca a liderança nacional nesse segmento.

Para o presidente da IMED, Eduardo Capellari, já há o entendimento de que esses projetos de infraestrutura tramitam no governo do estado há um bom tempo, mas há também uma expectativa que nesta segunda metade do mandato, pode haver o encaminhamento do aeroporto para a concessão à iniciativa privada. “O que é fundamental é que a gente está construindo uma identidade a partir das grandes cidades, ligando uma região que não tinha uma identidade histórica. Só de forma construtiva, num fórum como esse, com a escolha de prioridades pra região, que a gente vai avançar e dar nossa contribuição pro Rio Grande do Sul recuperar sua alternativa ”, disse.

“A partir deste encontro, fica clara a proposta da Aliança, que é trabalhar em parceria com o poder público, para que haja mudanças concretas e buscadas”, disse Márcia Capellari, presidente do Hub de Inovação que culminou com a Aliança Norte RS, e uma das idealizadoras do movimento. O secretário extraordinário de parcerias, Leonardo Busatto informou que existe uma expectativa de que o edital de concessão do aeroporto Lauro Kortz pode avançar ainda no primeiro semestre de 2022.