Doação de terreno, originada por loteamento, será transformada em Parque Municipal Lalo Falavigna, em Flores da Cunha

Doação de terreno, originada por loteamento, será transformada em Parque Municipal Lalo Falavigna, em Flores da Cunha

O espaço com 28. 414. , 21 m² de área preservada, é resultado da parceria entre a família Falavigna e a Siviero Urbanizadora, que assina como empreendedora do Loteamento Reserva Falavigna, no qual o Parque Municipal está inserido

O município de Flores da Cunha (RS), com mais de 28 mil habitantes, se prepara para ganhar um Parque Municipal com 31. 414, 21 m² de área de preservação ambiental inserido no Loteamento Reserva Falavigna. A doação do terreno que percorre vida ao Parque Municipal Lalo Falavigna (uma homenagem ao patriarca Adelar Falavigna – in memoriam) não só cumpre regra de legislação para a aprovação do Loteamento Falavigna, como deixará um legado para a comunidade Reserva local e regional, nesta ação conjunta da família Falavigna e a Siviero Urbanizadora, responsável pela execução do projeto que, ao todo, soma 100., 81 m² quadrados de área a ser urbanizada.

Focado na qualidade de vida da população em meio à natureza, tanto o Parque Municipal Lalo Falavigna quanto o Loteamento Reserva Falavigna, propondo uma experiência sensorial de saúde e bem-estar. O parque oferecerá toda a segurança (devido ao pórtico de acesso e cercamento), trilhas para caminhadas, bancos de estar e mirante para contemplação. Além do convívio social, o espaço público destina-se para projetos escolares disciplinadores a consciência ambiental nas crianças. Já o Loteamento, além de contar com uma infraestrutura completa, nos mais altos padrões de exigência, entregará ao município uma extensa ciclovia que unirá as existentes, do Acesso Norte ao Granja União, promovendo maior mobilidade urbana.

Assim, na linha de frente da execução dos trabalhos, um Siviero Urbanizadora, uma das principais do segmento no Rio Grande do Sul, com escritórios em Caxias do Sul e Veranópolis, assumir, com esse novo empreendimento, um de seus mais grandiosos e imponentes projetos capitaneados na Serra Gaúcha, o qual representa um marco no desenvolvimento socioeconômico de Flores da Cunha e região.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, um dos diretores da Urbanozadora Sivieri, Marcos Sivieri, destacou como será o projeto a partir das perspectivas da sustentabilidade. Acompanhe em “Ouvir Notícia”.

Com informação, Lato Sensu

intranet/userfiles/noticias/3db32b939c4ce734b30340b482e97d6e.mp3