Diretoria da Mostra Guaporé Expocultural opta pela não realização da feira em 2021

Marcado para agosto, evento, que reúne milhares de visitantes, foi cancelado pela segunda vez consecutiva em virtude da pandemia da Covid-19

“A edição 2021 da Mostra Guaporé Expocultural, marcada para o segundo e terceiro finais de semana de agosto, estava praticamente toda organizada. Porém, em virtude da pandemia da Covid-19, reunimos as entidades que compõem a diretoria e optamos, infelizmente, pelo cancelamento da feira. Todos foram unânimes em afirmar que o mais importante no momento é preservar a saúde da comunidade e dos visitantes”. As palavras afirmativas do cancelamento, pela segunda vez consecutiva da maior feira de joias e lingeries do Sul do Brasil, são do presidente da Associação Guaporé Pró-Eventos, empresário Romeu Bressan.

Reunido com os presidentes/representantes da Câmara da Indústria, Comércio, Agronegócios e Serviços (CIC), Moto Clube Mosca Verde, Lions Clube e Associação Guaporense de Automobilismo (AGA), Bressan apresentou o balanço financeiro de 2020, os projetos e as perspectivas para este ano. Em meio à discussão da situação vivida no mundo com as medidas de enfrentamento à pandemia do coronavírus (Covid-19), a diretoria optou pela não realização da Mostra Guaporé Expocultural e Feira da Agroindústria Familiar 2021. A feira, que prestaria uma homenagem à diversidade do setor primário e ao trabalho árduo do homem do campo, estava marcada para os dias 6,7,8 e 13,14 e 15 de agosto, nas dependências do Autódromo Internacional Nelson Luiz Barro.

“A decisão da não realização passa por vários fatores que fogem do nosso alcance. O maior é a questão da aglomeração. A feira agrega um número muito grande de visitantes e, nas condições que nos encontramos atualmente, é impossível essa junção de pessoas nos corredores, estandes dos expositores e na praça de alimentação”.

O presidente da Mostra Guaporé afirmou que a diretoria não pretende, mesmo que haja maior flexibilização nas medidas por parte das autoridades governamentais, realizar a feira em 2021.

“Não há possibilidade, infelizmente. Até outubro, pelo que estamos analisando, não será organizada nenhuma feira e/ou evento com a presença do público. Cogitou-se a hipótese de realizar nos meses de outubro, novembro ou dezembro, mas, fica inviável para todos. A Mostra Guaporé, como é de conhecimento, é realizada debaixo de lonas e entraríamos numa época de calor. Seria muito estressante e complicado para os visitantes e para todos aqueles que trabalham na feira”, destacou Bressan.

O mandato da diretoria, comandada por Bressan, encerra em 2021 e não há informações se haverá prorrogação da gestão para dar início a organização do evento do próximo ano.