Cuidar da saúde mental é autoconhecimento, explica psicóloga do HCR

Janeiro Branco é o mês do ano destinado à conscientização dos cuidados com a saúde mental

“O mês de janeiro é marcado pela cultura do recomeço e da renovação. É o início de um novo ciclo, cheio de planos, projetos e esperanças. Janeiro, deste modo, é uma página em branco, onde pode ser reescrita uma nova história, dependendo sempre das nossas ações “. A explicação é da psicóloga Lilian Maculan Rettore, que atua no Hospital Cristo Redentor de Marau, que chama a atenção para uma campanha de Janeiro Branco, voltada a saúde mental.

Esta campanha foi criada em 2014, em Minas Gerais, por psicólogos, com o objetivo de convidar uma população a pensar sobre a importância do cuidado com a saúde mental em busca de uma melhor qualidade de vida. É importante estimular as pessoas a mudarem suas vidas e buscarem o que faz feliz, convidando-as a entender que a vida é feita de ciclos, de maneira que, podemos encerrar aqueles que não nos fazem bem e iniciar os que nos trarão felicidade e realização.

Cuidar da saúde mental é autoconhecimento, é evitar doenças e criar formas de como lidar com as diversas situações da vida, reforça a profissional. Segundo ela, e fundamental ficarmos em alerta e ao percebermos que por algum motivo não estamos nos sentindo bem, precisamos buscar ajuda de uma psicóloga. “Muitas vezes somos consumidos por cansaço, desânimo, estresse, tristeza, dificuldade nas relações familiares e profissionais e a psicoterapia pode ajudar a nos sentirmos melhor e a descobrir como lidar com tais dificuldades”, relata.

Ainda de acordo com Lilian, a busca por apoio nos ajuda a lidar melhor com os outros, com o mundo e principalmente com nós mesmos. Aprendemos a superar nossas dificuldades, a identificar e aprender a lidar com nossas emoções. “Que em janeiro, com sua perspectiva de mudança, cuidar da nossa saúde mental e de tempos em tempos, rever nossas atitudes, fecharmos ciclos e iniciarmos outros”, finaliza a psicpologa.