CREAS presta serviço de apoio a famílias em situação de violência e vulnerabilidade

Em média, o Centro trabalha com 50 famílias no período de um mês.

Em funcionamento desde março de 2021, a nova sede do CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, vem desenvolvendo um papel de grande importância para a comunidade marauense. Em entrevista que concederam a Tua Rádio Alvorada, Augusto Fassina, psicólogo do CREAS e Paulo Dal Paz, Secretário de Desenvolvimento Social de Marau, explicam que o novo endereço contribui para que o trabalho seja realizado de forma mais segura e sigilosa. A sede está localizada próxima a locais como a Delegacia de Polícia, Ministério Público, Fórum e Defensoria, essa proximidade faz com que o atendimento seja mais ágil, já que, em muitos casos, é necessária a participação de alguns destes órgãos.

Como explica Augusto, o Creas é o local onde são atendidas famílias em situação de violação de direito, o que pode ocorrer de diversas formas. Casos de violência contra a mulher, adolescentes e crianças, idosos e pessoas com deficiência. O Centro também atende crianças em situação de trabalho infantil e adolescentes que são encaminhados pela justiça por terem cometido algum ato infracional. Em alguns casos, é necessário que o Creas faça, também, o acompanhamento de crianças e idosos que estão em acolhimento institucional. Em média, o Centro trabalha com 50 famílias no período de um mês.

A entrevista completa com Augusto Fassina e Paulo Dal Paz, is available in audio da matéria.

intranet/userfiles/noticias/cbd705c55760650ce93700324bda6700.mp3