Como o preconceito se manifesta na vida das crianças

Psicóloga fala sobre a presença do bullying nas escolas

O preconceito é a ação de julgar negativamente uma pessoa, pela forma como vive ou por suas características físicas. Estas ações estão presentes em nossa sociedade e, na maior parte do tempo, são praticados por adultos, porém, existem momentos em que presenciamos uma fala de julgamento vinda de uma criança, e isso certamente nos causa um estranhamento maior a situação. Em conversa que concedeu à Tua Rádio Alvorada a psicóloga Karine Alberti de Oliveira, explica que o preconceito não parte da criança, mas sim de algo que ela fala / presenciou, entendeu que era correto e então reproduziu.

Outra situação é quando a criança é vítima do preconceito, o bullying, muito falado e trabalhado nas escolas é um exemplo disso. Karine explica, que esse problema inicia quando uma criança não se sente dentro de um padrão, ou seja, quando é julgada por características do próprio corpo, como ser gorda ou magra, pelo formato do rosto ou do nariz, pela cor da pele, ou pelo brinquedo que escolhe para brincar. “São fatores que vão acrescendo, aí ela sofre preconceito pelo cabelo, pelo tamanho do nariz, pelo tamanho do pé. Tudo isso são coisinhas pequenas que vão minando a cabeça da criança e a criança vai lidando conforme ela consegue, às vezes, ela sofre preconceito e ela reproduz o preconceito numa tentativa de elaborar esse conflito dentro dela ”, acrescenta a psicóloga.

Uma das principais consequências do preconceito na vida de crianças e adolescentes, explica Karine, é uma evasão escolar, muitos deles perdem o desejo de ir e estar na escola, pois não sentem que é um ambiente seguro, eles não se sente acolhidos. Também existe uma preocupação com o desenvolvimento dessa criança, em alguns casos, é necessária a presença de um profissional da psicologia para auxiliar nesse processo, ajudando a criança e também a família a entender essa situação.

A entrevista completa com a psicóloga, Karine Alberti de Oliveira, está disponivel no áudio da matéria.

intranet/userfiles/noticias/fd37b5d0fe0c99efb0d2458c96faf86a.mp3