Com redução de internações em UTI e de óbitos por Covid-19, Serra Gaúcha é mantida na bandeira laranja

Porém, os registros de hospitalizações confirmadas para Covid – 19 nos últimos sete dias aumentaram 16%

A região da Serra Gaúcha foi novamente classificada na bandeira laranja do modelo de Distanciamento Controlado do governo do Rio Grande do Sul. O mapa preliminar da 39 ª rodada foi divulgado no final da tarde desta sexta-feira (29). Além da região covid de Caxias do Sul, outras nove zonas do monitoramento estão classificadas como risco médio para Covid – 19. As demais 11 regiões estão na bandeira vermelha (risco alto).

No geral, o Estado teve redução em alguns indicadores como no número de pacientes confirmados com Covid – 19 internados em leitos clínicos (-2%) e em leitos de UTI (-6%); nos novos registros semanais de hospitalização (-9%); sem óbitos totais por coronavírus (-8%); e nenhum número de casos ativos (- 6%).

Porém o governo estadual saliente que o Rio Grande do Sul ainda apresenta patamares elevados de risco de propagação da doença. Também existe a preocupação com as próximas datas comemorativas – 2 de fevereiro, Dia de Nossa Senhora dos Navegantes e de Iemanjá, e 14 de fevereiro , Carnaval -, que costumam reunir um grande número de pessoas por motivos religiosos ou festivos. Prefeituras estão sendo orientadas a agirem para evitar aglomerações.

Na região covid de Caxias do Sul, que compõe a Macrorregião Serra, os registros de hospitalizações confirmadas para Covid – 17 nos últimos sete dias aumentaram 16%, passando de 132 para 153. Em relação à Síndrome Respiratória Aguda Grave, enquanto há uma semana havia 103 internados, a quantidade de pacientes caiu para 101 no último dia. No caso de leitos clínicos, o número de pacientes passados ​​de 99 para 113, um aumento de 14%. E com relação aos internados por Covid – 19 em leitos de UTI, a queda foi de 12%, passando de 94 para 83 pacientes .

Dos seus quatro indicadores regionais, Caxias do Sul alcançou a classificação de risco máximo (bandeira preta) em um deles. É o caso do número de hospitalizações por Covid – 19 para cada 100 mil habitantes. Já o número de óbitos teve queda de 17% com o registro de 30 mortes nos últimos sete dias, sendo que na semana anterior foram 36.

A Serra Gaúcha está autorizada a utilizar os protocolos mais flexíveis do que os impostos pelo governo estadual, por meio do modelo de Cogestão. Assim, podem vigorar regras da bandeira amarela. As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira ( / 99 ).