Cientista de dados analisa o avanço do COVID-19 no país e na região da Serra Gaúcha

Números de contágio declinaram, mas o isolamento social continua sendo a principal medida de prevenção

 Isac Schrarstzaupt é cientista de dados e está de forma voluntária fazendo levantamentos gráficos para auxiliar a população nas projeções da doença que vem afetando o mundo todo. Segundo suas análises sobre os dados oficiais do Ministério da Saúde, o pico de contaminação no Brasil acontecerá na primeira semana de abril.c Com a curva em declínio no Brasil, a previsão de colapso no sistema de saúde seria em meados de maio e previsão de permanência da quarentena e negócios fechados ainda deverá persistir por mais três meses.

Confira na íntegra a entrevista que foi ao ar no programa Temática na manhã desta terça-feira.

Link para notícia no site Tua Rádio