Governo adota plataforma de dados para qualificar gestão escolar na rede estadual de ensino

governo-adota-plataforma-de-dados-para-qualificar-gestao-escolar-na-rede-estadual-de-ensino

Foco Escola disponibiliza resultados das avaliações nacionais e estaduais de forma organizada e descomplicada

A rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul ganha mais um instrumento para qualificar a educação pública. Nesta quarta-feira (6/2), o Estado aderiu oficialmente à plataforma Foco Escola, que disponibiliza para as escolas públicas do Estado resultados das avaliações nacionais e estaduais de forma organizada e descomplicada.

Disponível no endereço focoescola.gov.rs.br, a plataforma reúne, organiza e articula dados relacionados a avaliações em larga escala, indicadores como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e avaliações como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), escolha de maneira simples e clara as habilidades em que os estudantes maiores defasagem. Os dados coletados a partir da avaliação diagnóstica Avaliar É Tri, feita recentemente no Rio Grande do Sul, também estão disponíveis.

A plataforma utiliza evidências educacionais para qualificar os planos de ação, o plano de aula do professor e a gestão da sala de aula, facilitando e aprimorando a aprendizagem dos alunos, conforme destacado pelo governador Eduardo Leite.

“A educação transforma a vida das pessoas individuais e das suas famílias, conforme suas realidades e o mundo. Estamos sim transformando o mundo através dos seres humanos, aumentando sua capacidade de aprendizado e dando suporte através de ferramentas como essa plataforma, para que os profissionais da educação, os professores, tenham todas as informações de forma clara. Assim, podem aperfeiçoar suas técnicas, entendendo onde podem e devem atuar de forma melhor ”, disse.

Os técnicos das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) também contam com um painel de indicadores de cada uma das suas escolas. Nele, acompanham informações sobre infraestrutura, recursos das escolas e também níveis de aprendizagem dos estudantes. Desta forma, as CREs podem alocar os esforços de apoio às escolas de acordo com as suas realidades e necessidades específicas.

“Cada vez mais o professor, hoje, entende que avaliação não é punição, não é rankeamento, não é categorização. Avaliação e tecnologia são ferramentas cada vez mais indispensáveis ​​para o trabalho humano, porque o trabalho dos professores é humano, na sala de aula ”, destacou a secretária da Educação, Raquel Teixeira.

A Foco Escola facilita o acesso a materiais de apoio, planos de aula e objetos de aprendizagem digitais a partir do diagnóstico do que cada precisa escola. Quando avanços no desenvolvimento do aluno, a partir das indicações da plataforma, os professores dados por e-mail destacando os resultados positivos de suas ações.

A plataforma já está disponível para todos os educadores da rede, basta acessar, se cadastrar e conferir. Ainda assim, para capacitar os educadores do Estado para o uso da tecnologia, a Secretaria de Educação (Seduc) oferecerá formações online, plantões de dúvidas e vidas com especialistas em avaliação educacional, a fim de fomentar o uso de dados no dia a dia das instituições e tornar mais objetivo a adoção de novas práticas pedagógicas.