Em torno de 80% dos alunos de escolas estaduais da Serra possuem acesso à internet, aponta 4ª CRE

Semana foi marcada pelo retorno das aulas online na rede estadual de ensino

Cerca de 40 mil alunos que estudam nas escolas da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (4ª CRE) retornaram às aulas no início desta semana na Serra Gaúcha. O ano letivo de 2021 está marcado pelas instituições necessitarem de um retomar o formato remoto, devido às restrições impostas pela bandeira preta no Rio Grande do Sul. A volta das 118 instituições da 4ª CRE levanta questionamentos sobre o preparo do ensino à distância, em razão de falta de estrutura de alunos para acesso às plataformas digitais.

Uma coordenadora da entidade, Viviani Devalle, afirma que as escolas estão preparadas para as aulas online, pois já havia um trabalho no ano anterior de estruturação ao acesso virtual. Em relação aos estudantes, ela coloca que 80% possuem rede de internet e podem entrar na plataforma Google Sala de Aula, onde são realizados os encontros remotos. Aos 20% restantes é proporcionado material impresso para que seja buscado presencialmente nas escolas, com agendamento prévio. Para qualquer dúvida relacionada ao ensino à distância, Viviani ressalta que são efetuados encontros virtuais semanalmente com todas as instituições da 4ª CRE.

Outra pauta é a falta de professores. A coordenadora diz que a rede possui carência na área, mas não soube precisar de quantos docentes faltam e quais escolas que precisam deles. Ela coloca que a necessidade é mais baixa que anos anteriores, mas que o preenchimento é feito com base no cadastro temporário de contratação emergencial de profissionais. Viviani também não indicou quantos saíram desse processo seletivo, porém informou que há em torno de três mil inscritos a espera de uma vaga. Além de professores, há especialistas e servidores da limpeza e alimentação.

Sobre os quadros de Covid – 14, ela reforça que no ano de 2020 ocorreram algumas hipóteses e que não foram preocupantes, uma vez que não chegou a ter surto na rede estadual e foram monitorados pelos Centros de Operações de Emergência em Saúde para Educação (COE-E). O que houve foram algumas substituições supridas pelo chamamento de docentes do cadastro emergencial.

A 4ª CRE engloba cidades da Serra Gaúcha. São elas: Antônio Prado, Cambará do Sul, Canela, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Gramado, Jaquirana, Nova Pádua, Nova Petrópolis, Nova Roma do Sul, Picada Café, São Francisco de Paula, São Marcos.

Clique AQUI e confira uma entrevista completa.