Valor da Cesta Básica tem aumento de 1,73% em fevereiro

Valor da Cesta Básica tem aumento de 1,73% em fevereiro

Dos 47 produtos que compõem a Cesta, 35 aumentaram de preço, 11 tiveram seus preços médios reduzidos, e 1

Os consumidores sentiram no bolso nos últimos meses o aumento do preço dos alimentos. O incremento dos valores foi confirmado pelo levantamento do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais (IPES) da Universidade de Caxias do Sul (UCS).        

Segundo o estudo, o custo da Cesta Básica observado na cidade de Caxias do Sul no mês de fevereiro de 2022 passou para R$ 1.147,86. A alta foi de 1,73% (R$ 19,57) em relação ao mês anterior, quando custava R$ 1.128,29, aumento de valor superior à variação verificada no mês de janeiro, de R$ 18,40.

No mês de fevereiro, observou-se que, dos 47 produtos que compõem a Cesta, 35 aumentaram de preço, 11 tiveram seus preços médios reduzidos, e 1 permaneceu com seu preço inalterado.

Por ordem de maior aumento, entre janeiro e fevereiro, destacaram-se o xampu, o detergente líquido, o pão de forma, a maionese e a coxa de frango. Os cinco produtos destaques na redução de preços são: papel higiênico, pão caseiro, salsichão, mamão e costela suína.

Quanto ao Índice de Preços ao Consumidor, a pesquisa indica um acréscimo de 0,57% nos preços, no mês de fevereiro deste ano. De acordo com o Instituto, do total de 320 subitens que compõem a estrutura do Índice de Preços ao Consumidor, 95 aumentaram de preços no mês em questão, 68 tiveram seus preços reduzidos e 157 permaneceram com seus preços inalterados.