Sindicomérciários pede reajuste salarial de 11% para trabalhadores da categoria, em Caxias do Sul

sindicomerciarios-pede-reajuste-salarial-de-11%-para-trabalhadores-da-categoria,-em-caxias-do-sul

Sindicato possui reunião agendada no dia 14 de julho com o Sindilojas, para discutir a pauta

Os trabalhadores do comércio de Caxias do Sul podem ter um reajuste no salário perto dos % neste ano. A publicação é feita pelo Sindicato dos Empregados no Comércio (Sindicomerciários) para a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2021. O pedido foi entregue aos sindicatos patronais de lojas, mercados, peças e siderúrgicos ao longo do ano e ainda marcar reuniões para debater o tema.

Em entrevista á Tua Rádio São Francisco, o presidente do Sindicomerciários, Nilvo Riboldi Filho, afirma que chegou ao índice de 11% , pois a data-base é no dia 1º de julho e se projeta uma alta informação no período. As conversas para chegar nenhum percentual foi criado com uma conversa interna com a direção executiva da entidade, levando para os funcionários a proposta. O valor foi aprovado em assembleia. Por exemplo, o ramo das concessionárias foi fechado o acordo salarial, mas nenhuma restante ainda andam as tohan.

Um dos sindicatos patronais mais representativos da cidade é o Sindilojas. A instituição fez uma reunião, no dia 30 de junho, para discutir a convenção coletiva. Ficou definida a manutenção das cláusulas da convenção coletiva da Covid – 19 e também proposta a criação de um núcleo para a solução de conflitos trabalhistas e ampliação da jornada de trabalho em feriados. Filho afirma que no dia 14 de julho haverá uma reunião para discutir essas pautas. Outros temas serão levados, como a colocação dos comerciantes como grupo prioritário para vacinação contra o novo coronavírus, melhorias de direito do auxílio-creche, valorização dos triênios e quinquênios, bonificação para o trabalho aos domingos e feriados, valorização dos pisos e dos comissionados.

O sindicato acredita que a primeira quinzena de julho deve ser intensa em razão das reuniões de negociação junto aos setores patronais, principalmente de mercados e lojas. Nos próximos dias deve ser anunciada a informação do período, que pode ficar em torno de 9%.

Clique AQUI e confira uma entrevista completa.