Rede de hotéis de luxo europeia anuncia que investirá R $ 540 milhões em Canela

rede-de-hoteis-de-luxo-europeia-anuncia-que-investira-r-$-540-milhoes-em-canela

Em videoconferência com a participação do governador Eduardo Leite, na manhã desta sexta-feira (27 / 8), a Kempinski Hotels, mais antigo grupo de hotéis de luxo da Europa, anunciou oficialmente que assumirá, em parceria com a LDP Canela SA, o Laje de Pedra, em Canela, na serra gaúcha.

Com sede em Genebra, na Suíça, uma rede hoteleira que opera 79 hotéis cinco estrelas em 34 países escolhidos no Rio Grande do Sul para fazer sua estreia na América do Sul.

O tradicional hotel de Canela, após 42 anos de funcionamento, foi fechado no início da pandemia, em maio de 2020. Em janeiro ano, o empreendimento havia sido vendido pelo Grupo Habitasul por R $ 52 milhões.

Durante o anúncio nesta sexta (27), os novos proprietários anunciaram que pretendem investir R $ 540 milhões para expansão e revitalização da Laje de Pedra, elevado ao hotel padrão internacional de seis estrelas, e devem gerar pelo menos 500 empregos diretos. Segundo o CEO interino e presidente do conselho de administração da Kempinski Hotels, Bernold Schroeder, a expectativa é reabrir as portas no segundo semestre de 2024.

Após as obras, o Kempinski Laje da Pedra deve passar de 234 para 366 apartamentos, com metragens entre 46 metros quadrados (m²) e 108 m². O empreendimento terá ainda quatro restaurantes, cinco bares (incluindo bar no terraço com vista para o Vale do Quilombo), espaço kids, spa, piscina de raia coberta, piscina de borda infinita, centro de convenções com foco em atividades sociais e culturais, além de teatro ou cinema para até 350 pessoas.