Pesquisa mostra que pagamento de dívidas é prioridade para 33% dos idosos

pesquisa-mostra-que-pagamento-de-dividas-e-prioridade-para-33%-dos-idosos

Levantamento pode ser um indicador de redução nos números de inadimplência em Caxias do Sul nos próximos dois anos. Pessoas acima dos 65 anos representam % dos devedores do município . Bancos são os principais credores

Mais de um terço dos idosos têm como prioridade quitar como dívidas nos próximos dois anos . Foi o que apontou uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Oferta Wise, em todas as capitais brasileiras. O estudo também identificou que 33% pretendem aproveitar a vida com familiares . Já 25% querem fazer um tratamento odontológico, 23% sinalizaram desejo de viajar pelo Brasil e 23% planejam trabalhar.

Para o coordenador de Tecnologia, Informação e Inovação da CDL Caxias do Sul , Cleber Figueredo, o resultado do estudo, associado ao número de pessoas idosas economicamente ativo, pode ser um indicador de redução dos números de inadimplência no município. Segundo dados do Núcleo de Informações do Mercado d a CDL Caxias do Sul, a participação das pessoas com mais de 65 anos na base de devedores do SPC da cidade aumentou 24% nos dois anos . Até agosto ano, 9, 99% dos inadimplentes eram idosos.

“Veja cruzarmos as informações relacionadas à vontade das pessoas acima de 65 anos recuperarem o crédito com os dados apurados pela CDL em nossa cidade, temos um cenário de otimismo quanto à redução das dívidas . Os idosos ficam mais tranquilos quando as contas estão em dia, se sentem mais seguros quando percebem que o dinheiro que ganham é suficiente para honrar seus pagamentos e viver bem ”, explica o coordenador da CDL Caxias.

De janeiro a agosto, a média de valor em débito de pessoas acima dos 65 anos ultrapassava R $ 3,5 mil . O grupo também corresponde a 7, 90% das dívidas em atraso no SPC de Caxias do Sul. Os bancos representam quase 53% da fatia de passivos, seguido de serviços de comunicação (13, 78%) , comércio (11, 22%) e água e luz (11, 42%).

“Quando analisada a informação na saúde e cuidados pessoais, percebemos também essa oscilação na inadimplência dos idosos. Ou seja, no mês que acontecem os maiores aumentos na informação, nos 25 dias seguintes são registrados crescimentos mais expressivos na inadimplência ”, explica Figueredo.

O coordenador lembra que a CDL Caxias realiza anualmente Feirão Limpa Nome para consumidores e lojistas. A ação, que será promovida de outubro a janeiro de 2022, incentiva o pagamento de dívidas e a regularização de créditos, através de descontos e parcelamentos. Além do contato da equipe de cobrança da CDL Caxias, o consumidor que desejar quitar seu débito pode ir diretamente no balcão de atendimento da entidade.