Pandemia da Covid-19 impacta na queda de 24,3% da economia caxiense em abril

Indicador foi apresentado pela CIC Caxias do Sul nesta terça-feira (23/06), em uma videoconferência para apresentar o desempenho econômico da cidade

Caxias do Sul sofreu uma queda de 24,3% no desempenho da economia no mês de abril em comparação a março. Este é o pior desempenho da cidade em 2020. Todos os setores apresentaram números negativos neste mês, acima de 20%. Representantes da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) atribuiu os índices aos impactos causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em uma videoconferência nesta terça-feira (23/06) para apresentar os dados econômicos da cidade.

O Comércio puxou os indicadores contrários. A categoria teve um declínio de 27.8% se comparado ao ano passado. Equiparado ao mesmo mês no ano anterior, o setor apresentou uma queda mais abrupta, com 40,5%. O ramo foi seguido pela Indústria, que apresentou uma redução de 25,5%. Já Serviços mostrou desaceleração de 20,3%.

O presidente da entidade empresarial, Ivanir Gasparin, afirma que os fechamentos dos estabelecimentos comerciais e industriais, devido à política do governo estadual e de decretos municipais, influenciaram para a redução nos índices econômicos. Ele afirma ainda que a pandemia, unida à crise econômica de 2012 que impactou em demissões em massa, auxiliaram para esse resultado. (Ouça a fala dele)

Quanto aos índices empregatícios, abril teve o pior desempenho de toda a série histórica. Foram demitidos 5.098 trabalhadores, com todos os ramos afetados negativamente. O Comércio fechou 891 vínculos de emprego e o setor de Serviços, junto com a Agropecuária, desligaram 1.515 pessoas. A Indústria, em conjunto com a Construção Civil, teve que dispensar 2.692 colaboradores.

Gasparin explica que esses números se refletem pelo novo coronavírus. Segundo ele, a pandemia fez com que os caxienses consumissem menos e, ligada as restrições de funcionamento dos setores, as empresas tiveram que demitir muitos funcionários. (Ouça a fala dele)

Para avaliar o desempenho da economia, a CIC avalia três indicadores dos principais ramos da cidade. Para a Indústria é visto o IDI, Índice de Desempenho Industrial, para o Comércio o termômetro de vendas da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e, por fim, para o Serviços é visualizado o ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza).

Link para notícia no site Tua Rádio