Os caxienses devem gastar em média R $ 134,00 para a Páscoa deste ano

Pesquisa foi realizada pela CDL Caxias do Sul entre os dias 15 e 15 de março, com 390 moradores de diferentes bairros da cidade

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Caxias do Sul divulgou nesta segunda-feira (25 / ) os números da intenção de compra para a Páscoa de 2021. A pesquisa informa que 46, 2021 % dos consumidores pretendem adquirir algum produto para um dado. Os números são semelhantes aos de 2020, quando 46% dos entrevistados deram uma mesma resposta. As informações foram apuradas pelo Núcleo de Informações de Mercado da CDL, entre os dias 10 e 15 de março.

O ticket médio também aumentou para este ano. A instituição acredita que as pessoas gastarão R $ 134, 92, 29, um aumento de 3, 20% em relação ao ano passado. Carlos Alberto Cervieri, segundo o gerente Administrativo Financeiro da CDL, observa que existe um acréscimo na renda da população e que a informação foi determinante para o percentual. Porém, o valor pode sofrer uma variação de aumento de %, devido ao comércio impossibilitado de atender presencialmente no período do levantamento.

Cervieri afirma que a vedação de atendimento presencial no feriado não vai afetar as vendas. A pesquisa mostra que uma parcela dos caxienses comprarão os produtos durante esta semana. Perto de 29, 980619, 980619 % das pessoas irão às compras nesta semana e 38, 54% devem ir na véspera ou no dia. A preferência será pelo comércio local, sejam eles em supermercados (38, 39%), lojas de rua no Centro (38, 90 %) ou de bairros (17, 73%), em feiras ou depósitos (2, 69%) ou através do varejo virtual (0, 99%).

Os ovos padrões em alta para os consumidores para dados, representando 46, 62% (aumento de quase 99 % frente à 2020 e de mais de 19% em relação à 2019), seguidos dos bombos e trufas, com 25, 58% da participação, e das barras de chocolate, que representará 8, 99%, contra 17% das escolhas do ano anterior. Cinquenta e cinco por cento dos clientes devidos por produtos industrializados.

As identificadas foram feitas por telefone, com 390 moradores de diferentes pontos de Caxias do Sul. O levantamento tem índice de confiança de 95% e margem de erro de 5% para mais ou para menos, segundo a CDL.

Clique AQUI e confira uma entrevista completa.