GSI fará repasse de recursos para entidades da região

Serão beneficiados projetos de Marau e de Passo Fundo

Na próxima quarta-feira, 22/01, a AGCO – fabricante das marcas GSI e Agromarau, via oficializar a entrega de recursos financeiros para entidades da região, com um repasse de R$ 135 mil. A ação faz parte dos projetos de responsabilidade social da organização. 

A cerimônia está marcada para às 14h, na unidade de Marau. Serão beneficiados o Hospital Cristo Redentor, a Associação Shobu-Kan de Karatê, a Associação Beneficente São Francisco de Assis (Abesfa), a Associação Marauense de Futsal (AMF) – todas de Marau, e Liga Feminina de Combate ao Câncer de Passo Fundo.

Os valores, segundo Newton Backes, diretor administrativo financeiro da empresa para a América do Sul, foram obtidos mediante a legislação do Imposto de Renda. “Essa ação é uma demonstração de agradecimento e de responsabilidade social, alinhada com os valores da corporação. O ano de 2019 foi marcado para a empresa como sendo um ano de retomada do crescimento e resgate da rentabilidade, fruto de um esforço coletivo de colaboradores e parceiros, combinado com um cenário de mercado favorável”, afirma.

Ricardo Marozzin, diretor geral da divisão na América do Sul, reforça que a empresa realizou um importante reposicionamento no ambiente de negócios em 2019. “A partir disso, ampliamos nosso resultado e estreitamos os laços junto às comunidades onde estamos inseridos, reforçando nosso papel de responsabilidade social. Essa é uma forma singela para também agradecer o poder público municipal e os deputados de nossa cidade pelo apoio ao longo dessa jornada”, destaca.

As entidades beneficiadas comemoram o aporte recebido. Marcelo Borghetti, diretor Administrativo HCR, informa que o recurso será utilizado para equipar as futuras salas da ampliação do bloco cirúrgico. Juarez da Silva, coordenador da Shobu-Kan, afirma que o recurso será investindo em um tatame, equipamento para o ensino e a prática do karatê.

A Abesfa destaca que esse repasse vai permitir uma autonomia maior para a entidade e será aplicado nas necessidades cotidianas da entidade. Maurício Franceschi, presidente da AMF, antecipa que o valor recebido será importante no desenvolvimento das atividades do time, que se organiza para a temporada 2020.

 

 

 

Link para notícia no site Tua Rádio