Feirão Limpa Nome recupera R$ 1,2 milhão de dívidas de consumidores em Caxias do Sul

Edição foi finalizada em 05 de janeiro e registrou uma queda de 15,4% no valor reavisto em comparação a 2019

O Feirão Limpa Nome recuperou R$ 1,2 milhão de dívidas de outubro de 2020 até 05 de janeiro deste ano, em Caxias do Sul. Promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a iniciativa intermediou a regularização de crédito de aproximadamente 7,9 mil consumidores, por meio de 9.759 acordos entre credores e devedores.

O valor adquirido baixou 15,4% em comparação a 2019, quando foi resgatado R$ 1,5 milhão. O mesmo se visualiza na diferença do número de acordos, pouco mais de 10 mil na edição anterior, e na redução de 19,8% na quantidade de participantes, quando 9.836 consumidores se dirigiram à entidade para a negociação. A coordenadora de SPC e Cobrança da CDL, Rita Pereira, afirma que a pandemia da Covid-19 contribui para a queda, mas considerou positiva a renda obtida com o Feirão. As empresas necessitaram se adaptar a nova realidade e chegaram a oferecer descontos de 50% do total da dívida para viabilizar o pagamento.

O mês de dezembro foi o que registrou mais demanda de consumidor. O motivo seria o recebimento do 13º salário e da necessidade de restabelecimento do crédito. Rita conta que a maioria das quitações foi com os lojistas, na parte dos carnês. Isso surpreende, pois o abatimento com bancos e concessionárias é o mais contabilizado ao longo do ano. Além disso, o perfil dos credores foi diverso, devido aos reflexos do novo coronavírus.

A próxima edição do Feirão Limpa Nome deverá ser realizada no último trimestre deste ano. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3209.9993.     

Clique AQUI e confira a entrevista completa.