Fiscalização da prefeitura de Flores da Cunha notificou 52 estabelecimentos por não cumprirem decreto de calamidade pública

12 empresas tiveram o prazo de 24 horas para apresentar defesa, e três estabelecimentos foram encaminhadas para o Ministério Público

A Fiscalização Municipal e a Brigada Militar prosseguem realizando o trabalho de monitoramento do cumprimento do decreto de calamidade pública em Flores da Cunha, que prevê o fechamento das atividades do comércio, indústria, bancos, construção civil e de serviços não essenciais. Desde última sexta-feira, dia 20, já foram notificados 52 estabelecimentos, sendo que, 12 tiveram o prazo de 24 horas para apresentar defesa, e três empresas foram encaminhadas para o Ministério Público. Também foram abordadas três pessoas no sábado, dia 21, por não obedecerem o toque de recolher ( das 21h às 6h). Lembrando que as denúncias podem ser realizadas pelo telefone (54) 3279 3600.

Link para notícia no site Tua Rádio