Projeto ‘Nossa Escola Tem História’ vai criar gibis com histórias de escolas caxienses

projeto-‘nossa-escola-tem-historia’-vai-criar-gibis-com-historias-de-escolas-caxienses

Primeiras oficinas começam a ser realizadas pela Escola Municipal Carlin Fabris ainda no mês de julho

Programado para começar em julho pela Escola Municipal Carlin Fabris, o projeto “Nossa Escola Tem História” é um jeito dinâmico de registrar a história e proporcionar o exercício da criatividade dos estudantes caxienses. A ideia começou a tomar forma com a abertura das inscrições para as oficinas formativas na Carlin Fabris, mas ainda está aberta a outras duas escolas municipais. As inscrições para esta primeira etapa vão até esta quarta-feira, para 15 alunos, por formulário do Google Forms (https://forms.gle/bDvhiMmLfBnDqFov5).

“Nossa Escola Tem História” prevê uma pesquisa de fontes históricas que irá possibilitar aos participantes o contato com diferentes referenciais e, a partir deles, as histórias para os gibis tornam a ganhar forma. Além disso, serão levantadas informações sobre as personalidades que dão nome a escolas caxienses, suas histórias, para a produção textual sobre esses personagens. Também será realizada oficina de ilustração em histórias em quadrinhos para que sejam elevados como tramas que vão originar três gibis procurados de forma coletiva pelos estudantes. As atividades são coordenadas pela historiadora Ana Paula Almeida, o jornalista Régis Vargas e o ilustrador Ernani Carraro.

“Nossa proposta é a criação de um gibi, que será feito com a comunidade escolar a partir da história da escola e de seu patrono, que às vezes não são conhecidos. Partimos da pesquisa histórica, seguindo com a produção textual, finalizando com a participação de todos na criação da história em quadrinhos sobre a escola ”, disse o jornalista Régis Vargas, proponente do projeto, em entrevista ao programa Café & amp; Cultura.

Valendo-se do caráter lúdico e do apelo que o formato gibi tem junto ao público jovem, a ideia é valorizar e reconhecer a personalidade da pessoa que dá nome à escola, informação muitas vezes desconhecida pela comunidade, deixando um legado às novas gerações sobre as figuras homenageadas por estes adaptados, incentivando uma interação comunitária. Outra ação derivada das atividades é uma reflexão de aspectos da história de cada escola, suas peculiaridades e contextos.

Na Carlin Fabris, a primeira escola que aderiu ao “Nossa Escola Tem História”, que está localizada em Conceição da Linha Feijó, no bairro Desvio Rizzo, como as oficinas começam neste mês de julho e seguirão até a metade do mês de agosto, com vagas para alunos do 5º ao 9º ano. As oficinas serão realizadas nas sextas-feiras à tarde para uma única turma, aproveitando o deslocamento dos alunos para estar o turno inteiro na escola, quando serão atendidos 15 alunos. Cada uma das três revistas em quadrinho gibis falará de uma escola.

A construção da identidade visual de “Nossa Escola Tem História” foi feita de forma colaborativa, por Ernani Carraro e Paula Suzuki, dois nomes importantes da arte gráfica caxiense. As ilustrações com uma turma de personagens que estão nas artes gráficas e materiais de divulgação são de Ernani Carraro. Já a concepção e criação da identidade visual com “cara de gibi” leva a assinatura de Paulinha Suzuki. Tudo nas redes sociais do projeto, Instragram, Facebook e Canal de YouTube.

A Produção Cultural é da Lynch Gestão Cultural. O projeto é realizado através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Caxias do Sul / LIC Municipal, com apoio cultural da Racon Consórcios.

Ouça a entrevista completa AQUI.