Podcast ficcional fala dos desafios e conquistas das mulheres no mundo da ciência

“A Ciência como ela é – a Saga de Carlota” é estrelada pela atriz Mel Lisboa e contempla experiência de pesquisadores gaúchos

Com um elenco Por formados por nomes formados como Mel Lisboa, Ilana Kaplan, Fafy Siqueira, Rubens Caribé e Nany People, dentre outros, está no ar desde esta segunda-feira (08 ) o podcast de ficção – podfiction – “A Ciência como ela é – a Saga de Carlota”. A produção tem Mel Lisboa como uma professora de física que enfrenta desafios ao longo da vida para ser uma cientista.

O projeto tem como objetivo discutir dados de estudos científicos sobre a baixa representatividade das mulheres na ciência, debater a importância e as vantagens da diversidade na área, trazendo algumas soluções possíveis para resolver o problema. “A Saga de Carlota” teve origem em uma peça teatral, em 2017. “A ciência como ela é” foi criada por Carolina Brito e Márcia Barbosa, doutoras e professoras do Instituto de Física da UFRGS, com ampla experiência em ensino, pesquisa e extensão. Além de serem pesquisadoras sobre as questões de gênero na ciência, ambas integram o programa de Extensão Meninas na Ciência, que tem como objetivo principal atrair meninas para áreas de ciências exatas e tecnológicas.

“Esse formato se assemelha a uma radionovela. Já vínhamos de uma experiência de podcast, o Fronteiras da Ciência, e tínhamos uma peça de teatro sobre o assunto. Esse formato de agora nos permite mostrar os travamentos que as mulheres enfrentam na ciência, ampliar o espaço para esta discussão ”, disse a professora e produtora Carolina Brito em entrevista ao programa Café & amp; Cultura.

Além de Carolina Brito, autora, roteirista e produtora geral, a ficha técnica de “A Ciência como ela é – a Saga de Carlota” tem na equipe Marcia C. Barbosa, autora, roteirista, Cristina Bonorino, roteirista -chefe, Jeferson J. Arenzon, roteirista e co-produtor, e Ricardo Severo, roteirista, diretor de elenco, produtor musical, editor de som e áudio.

Com financiamento do Instituto Serrapilheira, A Saga de Carlota traz episódios inéditos que vão ao ar semanalmente às segundas-feiras até 10 de maio. Para saber mais sobre o projeto, acesse https://ufrgs.com/asagadecarlota/ ou nas redes sociais @asagadecarlota.

Ouça a entrevista completa aqui.