Lançado livro que conta a história do 12º Batalhão da Polícia Militar de Caxias do Sul

“DOZE – Memórias de um Batalhão de Caxias do Sul” conta com 240 páginas

O livro “ DOZE – Memórias de um Batalhão de Caxias do Sul” foi lançado oficialmente, na noite desta quinta-feira (15 / 04), em transmissão online, direto da sede do 12 º Batalhão de Polícia Militar (12 º BPM). A obra, com 240 páginas, traz a história, peculiaridades da caserna, do policiamento, momentos de preocupação, relatos de dificuldades e também fatos de fotografias de época e da atualidade.

Escrito por Charles Tonet e Liane Gatelli, pesquisa de Charles Tonet e João Victor Gribler, a obra conta com fotografias de Jackson Cardoso, com colaboração de Joel Arrojo. Também estiveram presentes no lançamento do comandante do 12 º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Jorge Emerson Ribas; o comandante do CRPO / Serra, coronel Alexandre Brite da Silva; o historiador e tradicionalista, tenente-coronel da reserva Manoelito Savaris; Miguel Riboldi, um dos proprietários da gráfica Lorigraf, que realizou a impressão do livro; o ex-comandante do CRPO / Serra, coronel Antônio Osmar da Silva e o ex-comandante do 12 º BPM, tenente-coronel Roberto Noll.

Conforme o comandante do 12 º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Jorge Emerson Ribas, o livro é um sonho pessoal e institucional. “Foi bem trabalhoso. Foram pouco mais de dois anos. Imaginávamos um tempo menos do que isso, mas acabou se estendendo. O Coronel Savaris foi a principal fonte de pesquisa histórica que nós tivemos. Foi um grande incentivador ”, conta.

Segundo o escritor Charles Tonet, a maior dificuldade para a seleção dos principais fatos. “A fartura de material era grande. Estava muito difícil e o Ribas foi fundamental nessa curadoria de seleção. O 12 º BPM sempre foi muito inovador, sempre serviço de modelo para a corporação, assim como Caxias do Sul é uma cidade muito progressista e inovadora ”.