Infiltração de água está entre os problemas apontados em estudo sobre a estrutura da Maesa

infiltracao-de-agua-esta-entre-os-problemas-apontados-em-estudo-sobre-a-estrutura-da-maesa

Documento de 290 páginas foi apresentado para a Prefeitura de Caxias do Sul durante uma semana

O trabalho de ocupação da Maesa, em Caxias do Sul, teve continuidade durante uma semana. A Prefeitura de Caxias do Sul digitada um documento o primeiro estágio do plano de zoneamento para uso dos 19 blocos do complexo. O estudo de 290 páginas trouxe diagnósticos sobre os problemas constantes, manutenção, recuperação e restauro do local. Uma análise, feita pelo escritório Vazquez Arquitetos, foi entregue à Comissão Especial de Acompanhamento do Projeto de Uso e Gestão do Complexo Cultural e Turístico Maesa.

De acordo com o estudo, todos os blocos apresentam problemas na estrutura. Dentre as mais preocupantes estão à infiltração de água em razão da precariedade da cobertura, umidade interna ascendente, fuligem industrial, falta ou dano significativo nas esquadrias, danos aparentes e específicos no concreto e nas alvenarias, trincas, fissuras e ou rachaduras e intervenção recente que descaracteriza o complexo, além de sujeira comum. A administração promete realizar um levantamento e orçamento das ações.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, a vice-prefeita Paula Ioris conta que a próxima etapa dos trabalhos tem prazo de conclusão programado para 20 de outubro . Durante este período, o escritório contratado terá uma agenda permanente com os técnicos da Secretaria de Planejamento. Semana que vem será feita uma primeira apresentação do zoneamento e, para o início de setembro, uma prévia das medidas de conservação.

Clique AQUI e confira uma entrevista completa.