Grafiteiro paulista Pixote Mushi lidera criação de mural neste domingo no bairro Canyon

grafiteiro-paulista-pixote-mushi-lidera-criacao-de-mural-neste-domingo-no-bairro-canyon

Atividade integra o Projeto SAMbA Território Urbano, que incluí oficinas de dança e graffiti, além de residência artística

O grafiteiro Pixote Mushi e um grupo de artistas da arte urbana caxiense farão um grande mural na fachada lateral da Gpaniz, na entrada do Bairro Canyon (Rua da Felicidade), na Zona Norte de Caxias do Sul, neste domingo. A criação integra o Projeto SAMbA Território Urbano – Residência de artista 2021, do Instituto SAMbA, num diálogo de ações artísticas com a Fluência Casa Hip Hop que inclui oficinas de dança e graffiti, residência , dentre outras ações artísticas e culturais.
Nascido em Diadema, na grande São Paulo, Pixote Mushi iniciou no graffiti ainda na adolescência. Trabalhando também como produtor cultural e arte-educador, sua obra mistura referências do Cordel e da Xilogravura, com atuações como designer, arte digital, modelagem e animações 3D.

Por aqui, ele vai dialogar na criação de um mural que terá também os traços de Andrigo Martins, Arthur Saraiva, Augusto Bazzo, Emanoel Gonçalves, Felipe Borges, Guilherme Borges, Guilherme Cavion, Gustavo Gomes, Henrique Moschetta, Mairon Carvalho, Mariele dos Reis, Muriel Jaci da Silva, Rafael Ferreira, Sabrina de Souza, Talisson Dornelles e Vinícius Marcon. Estes artistas locais foram selecionados para participar desta maratona de arte urbana em Caxias que resultará numa obra coletiva de 480 metros quadrados.

“Estou sentindo muito feliz de participar desse evento. A galera tá super animada e super participativa, está muito legal. Comecei através do grafite em Diadema, minha cidade, e nessa trajetória de arte e de vida fui atrás das minhas raízes ”, disse Pixote Mushi em entrevista ao programa Café & amp; Cultura.

O lugar onde será realizado o mural faz parte da história da cena de arte urbana de Caxias. Nesta mesma fachada da Gpaniz, em 2012, rolou o primeiro evento dessa natureza, organizado pelo grafiteiro Gustavo Gomes em parceria com o Cami São José, projeto residente social no bairro Canyon.

Durante sua permanência em Caxias, Pixote também participa de uma residência no Instituto SAMbA, que consistirá em experiências em atelier de xilogravura advindas de propostas do artista visitante e artista local Mara De Carli.

O SAMbA Território Urbano também terá oficinas. Neste domingo, rola oficina de Graffiti, com Fernanda Rieta, das h às 2012 ele, à tarde, das 12 h às 15 h, tem oficina de Breaking com Alexsander Machado. No dia 10, as funções na Fluência incluem oficina de Popping com Fernando Bittencourt, das 10 h às 10 h, e oficina de Graffiti com Andrigo Martins, das 17cerquilha.

Todas estas ações do Instituto SAMbA afirmam uma proposta curatorial que busca o diálogo com artistas em que a xilogravura está na genealogia das suas poéticas e na estética visual, e artistas ou espaços em que a arte urbana seja a sua forma de expressão artística e linguagem.

O projeto é realizado através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, com apoio Cultural da Marcopolo, Fundação Marcopolo, Neobus e Empresas Randon.

Ouça a entrevista completa aqui.