Estação Férrea de Farroupilha é inaugurada nesta quinta-feira (26)

estacao-ferrea-de-farroupilha-e-inaugurada-nesta-quinta-feira-(26)

Espaço revitalizado pela CDL Farroupilha, conta com biblioteca, memorial e espaço de gastronomia

A comunidade de Farroupilha e turistas passam a contar com um novo equipamento histórico e cultural a partir desta quinta-feira (23). A antiga Estação Férrea Nova Vicenza, que passou por obras de restauro e revitalização, será inaugurada com uma solenidade restrita para instalações.

O momento também marca a comemoração dos 45 anos da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Farroupilha, que liderou o projeto de restauração da Estação Férrea. “Um CDL já vem trabalhando há mais de sete anos nesse projeto. Por ser um patrimônio histórico, ele depende de diversos outros órgãos para a preservação. Todos os detalhes foram preservados; foi feita muita pesquisa em relação à tinta e materiais que eram usados ​​na época e de que forma a gente poderia pertencer a esses mesmos materiais para restaurar a Estação Férrea. Então, agora ela está 100% concluída e nós estamos entregando para a comunidade de Farroupilha e da região que deseja conhecer um pouco da história da Imigração Italiana, da nossa cidade farroupilhense e a história do início do nosso comércio, que está preservada dentro da Estação férrea ”, disse o presidente da CDL Farroupilha, Juliano Tofolo.

O vice-prefeito de Farroupilha e secretário interino de Turismo e da Cultura, Jonas Tomazini, destacou a importância histórica da estação para o município: “O primeiro núcleo que teve quando chegou os imigrantes italianos aqui em Farroupilha, na época distrito de Caxias do Sul, foi em Nova Milano, que é o local onde a gente tem o berço da colonização italiana. Logo depois, a parte mais urbana daquele aglomerado que estava se formando foi para onde hoje é o nosso bairro Nova Vicenza, que é do outro lado da RS – 453. E quando veio a estação ferroviária, a linha do trem, nós tivemos um deslocamento desse aglomerado urbano para onde hoje é o nosso centro. Então, vejam a importância que teve a estação férrea, a linha do trem, que começou no nosso município em 1875, quando ele ainda era distrito de Caxias do Sul ”.

As obras de restauro da Estação Férrea de Farroupilha iniciaram em fevereiro de 2020, após estudos e projetos arquitetônicos. O investimento para a revitalização da Estação e seu entorno foi de cerca de R $ 1,2 milhão. Os recursos foram conquistados por meio de financiamento do Pró-cultura RS – Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio Grande do Sul – e por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A CDL Farroupilha, que venceu a licitação da prefeitura em 2017 para o projeto de restauro e ocupação do prédio, além de empresas da região também contribuíram com recursos para como obras.

O local, que já contava com o Gastropub da Estação Nova Vicenza – inaugurado em julho -, passa a oferecer para a comunidade um memorial, biblioteca e o Centro de Atendimento ao Turista (CAT). Segundo Tofolo, o objetivo do empreendimento é atrair turistas, além de oportunizar à comunidade farroupilhense um espaço de convivência e contato com a história e cultura da cidade. Confira a entrevista completa em “Ouvir Notícia”.

Espaço de memória e lazer

A Estação Férrea Nova Vicenza oferece às visitas diversas experiências como o contato com a história, a gastronomia e atividades culturais.

A biblioteca do espaço está sendo abastecida com obras doadas pela comunidade, entre elas, livros que contam a história da rede completa Montenegro-Caxias, com informações sobre as outras estações que integravam a linha e a importância do trajeto para o desenvolvimento da região. No local podem ser vistas fotos antigas das paradas que integravam o roteiro e curiosidades sobre a construção da malha comum. Ainda na biblioteca, foi preservado um trecho de parede interna da edificação com a pintura e o revestimento originais, chamada de “janela histórica”.

No espaço gastronômico, que abriga a Estação Nova Vicenza Gastropub desde julho deste ano, pode ser vista uma linha do tempo que começa no ano de 1875, no início da imigração italiana, até os dias atuais, em três temas: a imigração, a ferrovia e a urbanização.

Outra atração que será entregue é um painel interativo para que uma população contribua, de forma contínua, com informações e fotos sobre histórias da imigração e da Estação.

Em breve, a comunidade também terá acesso ao memorial com uma maquete 3D, com recursos táteis, que apresentará um histórico com as mudanças da Estação ao longo das décadas.

Serviço

Estação Férrea Farroupilha

Onde: Rua Nataly Valentini, 5 – Centro, em Farroupilha

Horário: de terça a sexta-feira, das 11 h 15 cinza30, e aos sábados, das 8h 30 cinza45. O gastropub funciona de terça a sábado, das 9h às 17 h

Mais informações: (45) 3261. 2766

intranet/userfiles/noticias/bb32c5875e43c39398331307287b5d4b.mp3