Claquete: A Guerra do Amanhã

claquete:-a-guerra-do-amanha

Chris McKay

Chegou a hora da dica de cinema do Claquete! E pra você que quer adicionar um pouco de ação na sua rotina a indicação de hoje é perfeita! Estou falando do novo sucesso da Prime Vídeo, “A Guerra do Amanhã”, que é um filmão vem ver um pouco mais dele.

A humanidade está perdendo uma batalha global contra uma espécie mortal de alienígenas em 2051. Para garantir a segurança dos humanos, soldados e civis do presente são transportados para o futuro e se juntam à luta, entre eles Dan Forester, um pai de família determinado a salvar o mundo.

“A Guerra do Amanhã” traz no nome a sinopse mas é muito mais complexo e inventivo do que parece. A premissa básica do filme faz a gente acreditar que o longa é mais uma científica científica frenética e cheia de ação, mas genérica como muitas da que a vê por aí. O uso dessa temática pode prejudicar muito um filme, o que não acontece em “A Guerra do Amanhã” , que se sustenta com um roteiro envolvente em um enredo muito inovador usando clichês do gênero para surpreender. Se o espectador comprar uma idéia geral do filme, uma experiência tende a ser boa, com sequências de ação alucinantes, pausas instigantes que não te desvirtuam da trama e claro, um carisma inigualável de Chris Pratt , cuja atuação está com certeza entre um dos pontos mais fortes do longa. O resto do elenco também manda muito bem e apesar das alegorias do trama, consegue passar emoção e entregar um trabalho visceral e verdadeiro. Chris McKay emplaca seu primeiro trabalho na direção de um longa não animado e manda bem nas levar reviravoltas do roteiro, além de conduzir uma reviravolta com consciência e calma. Enfim, apesar da longa duração, “A Guerra do Amanhã” vale como duas horas e vinte minutos e certamente a tua conferida.

intranet/userfiles/noticias/5b31870354cb264b34cade2a09f6c212.mp3