Cantor e compositor Telmo de Lima Freitas morre aos 88 anos

O artista deixa enlutados os filhos Ione, Ana Elisa e Leonardo Francisco, além de quatro netos e uma bisneta

O cantor e compositor são- borjense Telmo de Lima Freitas, que completou 88 anos no último dia 13, morreu na tarde desta quinta-feira, 18 / 02, em Cachoeirinha, da Grande Porto Alegre. O artista deixa enlutados dos filhos Ione, Ana Elisa e Leonardo Francisco, além de quatro netos e uma bisneta.

Telmo é autor de clássicos como Cantiga de Ronda , Esquilador , Prece ao Minuano e Baile de Rancho . Foi eleito melhor compositor e melhor CD regional no Troféu Açorianos com o álbum ‘A Mesma Fuça’ . Em 2009, foi o patrono da Semana Farroupilha.O MTG divulgou nota de pesar pela morte do artista que era conselheiro honorário da entidade. O prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier, vai decretar luto oficial na cidade de três dias.

Nascido em São Borja, era filho do oficial do exército Leonardo Francisco Freitas e de Mariana de Lima Freitas. Desde cedo começou talento para carreira musical. Aos 14 anos, participou do grupo Quarteto Gaúcho. Compositor, cantor e instrumentista, sua primeira discoteca, intitulado “O Canto de Telmo de Lima Freitas”, foi lançado em 1973. Morou durante anos em Uruguaiana e outras cidades do interior como por exemplo Itaqui, durante 4 anos aonde se aposentou como agente da Polícia Federal.

O prefeito de Uruguaiana, Ronnie Mello, decretou luto oficial de três dias pela morte do músico, que no final dos anos 1980 foi secretário de Cultura do município, ondeantes ele havia morado quando exercia suas funções na Polícia Federal.