Restaurante Popular terá nova gestão a partir de setembro

Restaurante Popular terá nova gestão a partir de setembro

Resultados do trabalho executado foram apresentados nesta quinta-feira (25)

A Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) realizou na quinta-feira (25) uma apresentação do trabalho executado no Restaurante Popular de março de 2021 a agosto de 2022. Na sede da unidade, participaram representantes de entidades parceiras, gestores, voluntários, vizinhos do espaço, convidados e equipes envolvidas.  

O atual contrato de parceria com a Associação Mão Amiga termina na quarta-feira (31). A partir daí, um novo termo de compromisso estará em vigor, com valor maior destinado ao Restaurante Popular, mas com menos refeições devido à alta no preço dos alimentos (de 1.280 para 1.130 refeições/dia). O setor de Segurança Alimentar também apresentou projetos já em andamento para garantir o retorno ao patamar dos atendimentos anteriores. 

O Prefeito Adiló Didomenico cumprimentou o Frei Jaime Bettega, da Associação Mão Amiga, voluntários, equipe e os demais representantes de entidades, saudando a renovação do processo. Adiló também disse que o Município busca parcerias para que o atendimento presencial do Restaurante Popular ocorra em outro local. Na atual unidade, seriam preparadas apenas as refeições que são transportadas aos bairros. O Prefeito e o Frei assinaram um documento formalizando a intenção de executar novo termo de compromisso. 

Para retornar às 1.280 refeições diárias, a diretora técnica de Segurança Alimentar, Cristina Fabian Gregoletto, disse que o setor já trabalha no Projeto Pró-social do governo do Estado e tentará parcerias de R$ 500 mil com empresas que descontariam valores do ICMS. 

Números do Restaurante Popular: 

Março a agosto de 2021: R$ 154.040,58 de repasse mensal e R$ 955.048,42 de valor investido, com 88.180 refeições, num total de 44.006 quilos de alimentos. 

Setembro de 2021 a agosto de 2022 (aditivo): R$ 234.069,62 de repasse mensal e R$ 2.808.835,44 de valor investido, com 317.970 refeições (estimadas até o final de agosto), num total de 160.890 quilos de alimentos.

Total de refeições: 406.150, com R$ 3.763.883,86 em valores totais e 208.774 quilos de alimentos. 

Bairros atendidos: Reolon/Mariani (116 famílias e 325 viandas); Campos da Serra (104 famílias e 270 viandas); Canyon (80 famílias e 260 viandas); Esplanada (67 famílias e 205 viandas) e Vila Esperança (90 famílias e 150 viandas). Total: 457 famílias e 1.210 viandas. 

Refeições Presenciais: cerca de 70/dia. 

Novo contrato/Setembro 2022: valor de R$ 3 milhões, com 1.130 refeições diárias transportadas aos bairros.