Histórias na Pele: trio de designers caxienses cria campanha nacional de prevenção ao suicídio

Objetivo é mobilizar tatuadores voluntários para fazerem a cobertura de cicatrizes de pessoas que passaram pela automutilação

O mês de setembro, entre tantas datas, é marcado, sobretudo, pela luta contra o suicídio. A campanha Setembro Amarelo, criada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), organiza desde 2014, busca salientar a necessidade de que toda a sociedade se engaje na prevenção do suicídio que faz mais de um milhão de vítimas por ano em todo o mundo.

Como forma de se engajar na causa e de buscar uma transformação na vida das pessoas que carregam as marcas da automutilação ou da tentativa de suicídio, a equipe da Fabulouser Design criou o projeto “Histórias na Pele”. A campanha consiste em mobilizar tatuadores voluntários no Brasil inteiro para que possam fazer a cobertura das cicatrizes em pessoas que passaram pelos momentos difíceis da tentativa de suicídio e automutilação. O trabalho ocorre de forma gratuita ou a preço de custo.

As idealizadoras do “Histórias na Pele”, Caroline Moreira Nora, Luana Bolfe Venson e Débora Scopel, já conseguiram mobilizar mais de 70 profissionais em nove estados brasileiros. “Nós da Fabulouser começamos a perceber muitas pessoas ao nosso redor que tinham esse problema de automutilação. Em especial, em Caxias do Sul se fala muito pouco sobre depressão, automutilação. A sociedade tem deixado isso como um tabu e o objetivo da campanha é trazer esse assunto à tona pra que a gente possa realmente conversar a respeito e resolver. A gente viu na oportunidade de convocar tatuadores e de criar o layout da campanha e oferecer de forma gratuita pra eles uma forma de atingir mais pessoas. Acabou se espalhando pelo Brasil inteiro essa campanha”, explicou Caroline, uma das idealizadoras do projeto.

Ouça a entrevista completa AQUI. 

A expectativa é que o “Histórias na Pele” auxilie milhares de pessoas em todo o País. Na Serra Gaúcha, já são mais de 20 tatuadores cadastrados como voluntários. Os tatuadores interessados em se voluntariar devem entrar em contato através do telefone (54) 9.9180.3535 ou pelo perfil da Fabulouser Design (@fabulouserdesign) no Instagram.

Já o público interessado em fazer a cobertura da cicatriz deve entrar em contato diretamente com os tatuadores. A lista com nomes e contatos desses profissionais estará à disposição também no perfil do Instagram da agência. Um dos critérios para poder realizar a tatuagem de forma gratuita ou a preço de custo é que a marca não pode ser recente, para evitar fraudes.

Na rede social da Fabulouser, o projeto também será ampliado por meio de uma campanha informativa, alertando para prevenção do suicídio, as inúmeras causas que podem levar a pessoa interromper a vida, tipos de terapia e onde obter ajuda.

Link para notícia no site Tua Rádio