Famílias atingidas pelo incêndio na Vila Sapo, em Caxias, essenciais de doações para recomeço

familias-atingidas-pelo-incendio-na-vila-sapo,-em-caxias,-essenciais-de-doacoes-para-recomeco

Os donativos podem ser deixados na Amob Serrano ou no Ecoponto da Codeca

Quatro famílias perderam seus bens e suas casas durante um incêndio na chamada Vila Sapo, no bairro Serrano, em Caxias do Sul. O sinistro ocorrido na sexta-feira passada, na rua Olinda Blauth, perto das 19 h. Nesta semana, uma comunidade iniciou uma mobilização para angariar doações às pessoas que perderam suas pertences. A iniciativa é encabeçada pela Associação de Moradores de Bairro (Amob) Serrano.

O recolhimento dos donativos é realizado pela presidente da entidade, Justina Rech Ribeiro, e seus representantes. Quem quiser doar, ela dá seu próprio contato, o (54) 9200 – 5397. Pelo número é possível tirar dúvidas e marcar agendamento para coleta dos itens. A associação tem caminhões de frete disponível para buscar as contribuições. À Tua Rádio São Francisco, Justina relata que a Amob se colocou à disposição para ajudar as famílias nas doações, por meio de uma parceria feita com a Prefeitura. É solicitada uma colaboração com alimentos, móveis e roupas. Segundo Justina, os itens que mais faltariam seriam talheres, roupa de cama, toalha de banho e de cozinha. (Clique AQUI e ouça a entrevista completa).

Justina passa a realidade das famílias atingidas pelo incêndio. Conforme seu relato, uma delas conseguiu alugar uma residência e readquiriu quase todos os bens perdidos. Como outras ainda procuram por uma nova moradia, mas possuem necessidades financeiras para um aluguel. O que estão fazendo é ficar por um tempo na casa de parentes. (Clique AQUI e ouça a entrevista completa )

O Município também auxilia os familiares, por meio da Fundação de Assistência Social (FAS) e Secretaria Municipal de Habitação (SMH). Na segunda, eles foram atendidos pela massa e pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Leste.

A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) e a Defesa Cívil efetuam a limpeza da área. Os donativos para as vítimas podem ser deixadas no Ecoponto da Codeca ou na Amob Serrano.