Passo Fundo registra duas mortes por coronavírus nesta quinta-feira

No Rio Grande do Sul o número chega a 13 óbitos

A Prefeitura de Passo Fundo confirmou, por volta do meio-dia desta quinta-feira, 09/04, que o município registrou a segunda morte causada pelo novo coronavírus (Covid-19). Trata-se de um homem de 89 anos, com problemas de saúde pré-existentes. Ele estava internado em um dos hospitais do município. 

Mais cedo, havia sido confirmada a primeira morte de Paso Fundo. Uma mulher de 61 anos, que estava internada em um dos hospitais da cidade e hinha histórico de comorbidades, faleceu em decorrência das complicações.

Com a morte do primeiro marauense, na noite da quarta-feira, 08/04, e as duas mortes de Passo Fundo, o Rio Grande do Sul chega ao registro da décima terceira morte. Por muncípios, os registros são os seguintes: Marau (1), Passo Fundo (2), Novo Hamburgo (2), Ivoti (1), Alvorada (1) e Porto Alege (6).

Link para notícia no site Tua Rádio

Testes para coronavírus podem ser realizados em laboratórios de Marau

Para realizar o exame é necessário um agendamento por telefone

A Tua Rádio Alvorada conversou, nesta segunda – feira, 07/04, com o biomédico do laboratório Exatus, Arthur Fracanábia, que falou sobre os testes para Covid – 19 que estão disponíveis no município de Marau. Segundo ele, no momento, estão sendo realizados testes através da coleta de secreção pela boca e nariz. A coleta pode ser feita mesmo sem a presença de sintomas e apenas com a apresentação de um pedido médico. O resultado deste teste pode ser consultado entre 3 e 5 dias.

Arthur ainda nos conta uma novidade, para a segunda quinzena do mês de abril é aguardada a chegada de um novo teste. Este, será realizado através da coleta de sangue e trará um resultado mais rápido onde o paciente poderá ter acesso no mesmo dia de realização do exame. Para realizar os testes rápidos não é necessária a apresentação de um pedido médico, porém, a recomendação é realizar o procedimento em pessoas que já apresentem sintomas, já que desta forma, o resultado será mais preciso. 

De acordo com  Arthur, para realizar os exames é necessário fazer o agendamento via telefone e combinar um local de realização, evitando assim, o deslocamento até o laboratório e a aglomeração de pessoas. A solicitação pode ser feita em qualquer um dos laboratórios Exatus do município, estando entre os telefones os números,  3342 – 1430 e 3342 – 6877.

A entrevista completa com Arthur Fracanábia está disponível no áudio da matéria.

Link para notícia no site Tua Rádio

Morador de Marau morre em decorrência da Covid-19

Foi a primeira morte registrada pelo COE do município

O Comite de Operações Especiais – COE Covid-19 de Marau confirmou, na noite desta quarta-feira, 08/04, a primeira morte causada pelo coronavírus. O paciente é do sexo masculino, tinha 53 anos e estava internado no Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo. De acordo com os boletins médicos, ele possuía doença crônica pré-existente.

Também foi confirmado no boletim epidemiológico, divulgado por volta de 19h30, o novo caso de coronavírus do município. O paciente está internado em Passo Fundo. De acordo com o Comitê, dos pacientes com testagem já confirmada, seis são homens e três são mulheres. São duas pessoas com idade entre 40 e 49 anos, duas entre 50 e 59, três na faixa entre 60 e 69 e duas com 80 anos ou mais.

Cinco pessoas seguem hospitalizadas em Passo Fundo, sendo destas quatro casos confirmados e um aguardando análise. O número de famílias marauenses que possuem, em isolamento domiciliar, pessoas com sintomas de Covid-19, caiu para 125. No final de semana passado esse número chegou a 187.

Link para notícia no site Tua Rádio

Idoso que faleceu na UPA Zona Norte de Caxias do Sul atesta negativo para Covid-19

Informação é do último boletim apresentado pela Prefeitura caxiense nesta quarta-feira (08/04). A cidade registrou ainda mais um caso e descartou mais quatro

O último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) divulgado, nesta quarta-feira (08/04), apresenta que Caxias do Sul possui 32 casos confirmados da Covid-19 (11 curados), 32 suspeitos e 158 descartados. Comparado à terça-feira (07/04), a cidade registrou mais um caso em um profissional da saúde. Agora, são 19 infectados da área.

O indicador mostra que o exame do idoso, de 65 anos, que faleceu na UPA Zona Norte no último domingo (05/04), deu negativo para o novo coronavírus. Com o resultado, os perfis dos pacientes continuam como 16 homens, entre 15 e 79 anos, e 16 mulheres, entre 20 e 59 anos.

Atualmente, três positivos e sete suspeitos estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outros três pacientes confirmados e 6 suspeitos estão hospitalizados.

Recado

Por orientação da pasta da saúde, os hospitais da cidade deixarão de fornecer o boletim diário de internações. A informação será unificada e publicada nas redes oficiais da Secretaria.

Link para notícia no site Tua Rádio

Coronavírus: mais um caso de Covid-19 é confirmado em Caxias do Sul

No total, são 32 casos, sendo que 11 pessoas são consideradas curadas

Conforme o último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul, já são 32 casos confirmados de Covid-19 no município. Até esta terça-feira (07) eram 31. Destes, 11 pessoas são consideradas curadas. Mais da metade (19 casos) são profissionais da saúde.

Os dados também apontam 32 casos suspeitos e 158 descartados de coronavírus. Desses, três positivos e sete suspeitos estão internados em UTI. Além deles, três pacientes confirmados e 6 suspeitos estão hospitalizados. Dos 32 casos confirmados, 16 são homens, entre 15 e 79 anos, e 16 mulheres, entre 20 e 59 anos.

A Secretaria da Saúde também informou que o exame do homem, de 65 anos, que foi atendido e faleceu na UPA Zona Norte no último domingo (05), atestou negativo para coronavírus.

A divulgação de dados sobre a doença terá modificações: os hospitais da cidade, a pedido da SMS, não farão mais a divulgação do boletim diário de internações. A informação será unificada e publicada nas redes oficiais da Secretaria.

Caxias do Sul

32 casos confirmados (11 curados)

32 casos suspeitos

158 casos descartados

Link para notícia no site Tua Rádio

Secretaria Municipal da Saúde de Caxias incentiva que população utilize máscaras caseiras ao sair de casa

O objetivo é preservar as máscaras cirúrgicas (N95 e PFF2) para os profissionais da saúde

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul iniciou uma campanha para que a população utilize máscaras caseiras, de pano, se precisar sair de casa. A iniciativa busca evitar que a população adquira as máscaras cirúrgicas, N95 e PFF2, que devem ser destinadas aos profissionais de saúde e que estão em falta.

Nesta terça-feira (07), o Ministério da Saúde ainda solicitou que as pessoas que tenham máscaras N95 ou PFF2 em casa, doem para os hospitais.

A máscara caseira de pano é eficaz enquanto barreira física para o vírus, mas é importante observar a forma correta de uso:  

– Para utilização de máscaras de tecidos é importante salientar que ela é de uso individual, não devendo ser compartilhada.

– A máscara de tecido pode ser utilizada por até duas horas. Após esse período, ela deverá ser substituída e lavada. O ideal é que cada pessoa tenha, pelo menos, duas máscaras de tecido.

– Lembre-se: a máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face.

– A máscara deve ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Dessa forma, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto.

– Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar.

– O cuidado para retirar a máscara deve ser redobrado: retire o acessório do rosto sem tocar diretamente no tecido e coloque dentro de um envelope de papel ou saquinho de plástico. Jamais deixe a peça solta na bolsa ou largada sobre a mesa depois do uso.

– Ao chegar em casa, lave sua máscara com água e sabão ou use uma solução de 1 colher (sopa) de água sanitária para 1 litro de água comum. Deixe a peça de molho nessa mistura por cerca de 10 minutos. Não esqueça de passar sua máscara em uma temperatura adequada para algodão. Isso garantirá uma melhor esterilização do item.

Mais informações estão disponíveis no site da Prefeitura de Caxias do Sul (www.caxias.rs.gov.br). No portal, também é possível imprimir moldes para fazer sua própria máscara.

Link para notícia no site Tua Rádio

Sistema público de saúde em Manaus está perto da sobrecarga

Casos positivos da covid-19 passam de 800 no Amazonas.

Manaus, a capital do Amazonas, deve ser a primeira metrópole a enfrentar um colapso do SUS. Na última atualização, o estado já apresenta mais de 800 casos positivos de coronavírus e 30 óbitos. A capital também registra desrespeito ao isolamento social.

Nesta quarta-feira (8), o governador do estado, Wilson Lima (PSC), mudou o comando da Secretaria de Saúde. Até a tarde desta quarta, 12 municípios registram casos da doença. Além disso, quatro índios também foram contaminados.

O jornalista Daniel Jordano, que mora em Manaus, conversou com os jornalistas Fernando Levinski e Rosângela Magalhães, durante o programa Em Alta, para falar da epidemia, os reflexos e as medidas adotadas no estado.

Link para notícia no site Tua Rádio

HCR ganha área de Isolamento Respiratório

O atendimento inicia nesta quarta – feira

A partir desta quarta-feira, 08/04, o Hospital Cristo Redentor inicia atendimento em Área de Isolamento Respiratório com leitos de internação avançada. O espaço localizado no terceiro andar da instituição, dispõe de 9 quartos, com capacidade para 18 leitos e mais 4 no setor de Urgência e Emergência.  Todos atendem SUS e convênios.

Segundo informações do Diretor Técnico do HCR, Dr. Guilherme Garcia Vieira, a estrutura é específica para atendimentos dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, estes que, conforme protocolo devem permanecer em leito de isolamento até descarte de qualquer possibilidade de COVID-19.

“Para internação é levado em consideração critério de classificação em até quatro níveis: quadro leve, quadro moderado, quadro grave e quadro crítico. Vale ressaltar que existem protocolos muito rígidos para solicitação de internação, tudo em prol da segurança do paciente.  As orientações e protocolos são oriundas de critérios do Hospital de Wuhan na China, associadas aos protocolos do Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde e levando em conta o suporte do Hospital Cristo Redentor”, explicou o Diretor Técnico do HCR.

A área de isolamento respiratório e de contato, tem circulação restrita, e contará com profissionais com paramentação especiais adequada, utilização de todos os EPI’s (Equipamento de Proteção Individual), indicados pela OMS. Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Medicina Intensiva e Sociedade Brasileira de Infectologia. Atuarão: 12 técnicos de enfermagem, 4 enfermeiros, médico rotineiro e fisioterapeutas.

Segundo Dr. Guilherme Vieira, a área de isolamento conta ainda com estrutura montada para atender até quatro pacientes em ventilação mecânica, com poder de aumento caso houver a necessidade.

A Diretoria Administrativa do Hospital Cristo Redentor explica que a Área de Isolamento dará mais tranquilidade aos pacientes frequentarem a instituição de saúde que permanece com atendimentos nas mais diversas áreas, é claro que seguindo todas as exigências e precauções para garantir a segurança de todos os seus usuários.  Um exemplo é o setor de Diagnóstico do HCR, que volta suas atividades de forma gradual, levando em conta o distanciamento entre pacientes.

Link para notícia no site Tua Rádio

UCS pretende realizar 50 exames por dia para detectar Covid-19 em Caxias do Sul

Não há data prevista para início do trabalho. Em entrevista á Tua Rádio São Francisco, o professor pesquisador da área de biotecnologia explicou como será o trabalho para auxiliar no combate a doença

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) anunciou, nesta terça-feira (07/04), que vai começar a trabalhar no diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Os exames serão realizados pelo  Centro de Doenças Infecciosas do Instituto de Biotecnologia da UCS. Inicialmente, a instituição pretende fazer 50 exames por dias, com resultados disponíveis até 48 horas após a coleta.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o professor pesquisador da equipe, André Felipe Streck, explicou como será efetuada a avaliação. O teste, chamado de PCR, consta na coleta do material genético do paciente para análise. Com essa amostra, será amplificado o RNA da Covid-19 para visualizar se a pessoa contraiu o vírus ou não.  Segundo ele, o trabalhão será direcionado para quem já está com a doença.

“A UCS está se programando para atuar em várias frentes, trabalho na que é chamada de teste por PCR, ou seja, teste molecular. Este é usado principalmente para pessoas que estão com a doença. Por exemplo, estamos com o paciente internado e queremos o diagnostico confirmatório para saber se é Covid-19 ou não. Isso será usado para fazer uma diferenciação, saber se poderia ser Influenza (vírus gripal) ou outra doença do trato respiratório. De pois disso, partimos para o teste direto.”

De acordo com Streck, a ideia inicial desse trabalho é servir como apoio aos profissionais da saúde, tanto da área pública como privada, para que preparem a região da Serra Gaúcha para o pico do novo coronavírus, previsto para maio no Rio Grande do Sul. Quanto ao início das atividades, não há uma data prevista. “Estamos vendo sobre isso, ainda não posso precisar que dia o serviço pode entrar em funcionamento. Atualmente, estamos fazendo treinamento e montagem da equipe, ajustes no laboratório e a aquisição dos insumos.”

Ele ainda explica a diferença entre os testes por PCR e os exames rápidos, que serão disponibilizados pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) para Caxias do Sul durante esta semana.  Conforme o professor, os testes rápidos são usados para visualizar os anticorpos do paciente a fim de detectar se houve a criação de proteção contra a doença.  Ele é usado para fazer um registro histórico do paciente, se ele já teve a Covid-19 no passado ou não. É um teste posterior, digamos assim. Em grande escala, ele pode detectar se a população de Caxias do Sul está protegida do novo coronavírus ou não, pois vai verificar quantos anticorpos as pessoas produziram para imunização da doença.”.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Mais da metade dos casos de covid-19 em Caxias são de profissionais da saúde

Atualização desta terça-feira (7) indica que o município tem 31 infectados com coronavírus.

Até às 17h desta terça-feira (7), o município de Caxias do Sul contabiliza 31 casos confirmados de coronavírus. Destes, 18 são profissionais da saúde. Entre os positivos, 11 estão curados. Na comparação com a segunda, o município aumentou um registro de covid-19.

A Secretaria de Saúde de Caxias também revelou que o óbito, no sábado (4), de um homem, 77 anos, que estava na UTI do Hospital Saúde, atestou negativo para coronavírus. Ele era morador de Farroupilha.

Na comparação com a atualização de segunda, o número de casos suspeitos reduziu consideravelmente, passando de 62 para 35. Por consequência, os descartados aumentaram, 108 para 154.

Entre os contaminados em Caxias, 16 são homens, entre 15 e 79 anos, e 15 mulheres, entre 20 e 59 anos.

Link para notícia no site Tua Rádio

“Não subestime o vírus”, alerta presidente do Sindicato dos Enfermeiros do RS

Cláudia Franco afirmou que, no Estado, atualmente são cerca de 1,5 mil trabalhadores da área da saúde afastados por consequências do coronavírus

Diante da pandemia de coronavírus, os profissionais da saúde têm tido importante papel por estarem na linha de frente em combate à Covid-19. Por esse motivo, acabam sendo as pessoas mais suscetíveis a contraírem o vírus. Em entrevista ao programa ‘No Ponto’ da Tua Rádio São Francisco, nesta terça-feira (07), a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul (SERGS), Cláudia Franco afirmou que, no Estado, atualmente são cerca de 1,5 mil trabalhadores da área da saúde afastados por consequências do coronavírus. “Eu estou na linha de frente também e muito apreensiva. Agora, o que nos preocupa é a segurança dos profissionais da saúde. Outra preocupação são os dados de 1,5 mil profissionais no Estado contaminados”.

Ouça AQUI a entrevista completa

Juntamente com um conjunto de entidades de diversos segmentos, o Sindicato dos Enfermeiros assinou uma nota enviada ao governo e prefeituras do Rio Grande do Sul reforçando a necessidade do isolamento social. Na nota, as entidades reforçam as medidas preventivas, em função da gravidade da pandemia e para evitar um colapso no sistema de saúde. Também enfatizam que, apesar das sequelas econômicas, o bem maior é a vida. “A gente é a favor do isolamento social e fazemos uma crítica bem dura à falta de recursos”.

Em tempos de pandemia, a presidente da entidade recomenda para que a comunidade e os profissionais da saúde redobrem os cuidados. “Não aceite trabalhar sem equipamento de proteção individual e não subestime o vírus”.

Link para notícia no site Tua Rádio

Médico orienta sobre como lidar com a saúde mental das crianças e dos adultos no isolamento social

Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS) recomenda transparência com os filhos, zelo e muito otimismo para enfrentar a pandemia

A complexa situação de confinamento das famílias é necessária e exige um preparo especial em relação a saúde mental de toda a população. O médico pediatra e presidente do Comitê de Desenvolvimento e Comportamento  da SPRS, Renato Santos Coelho, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã de segunda-feira. Confira.

Link para notícia no site Tua Rádio

Vereador e professor marauense revela que está com Covid-19

Se preferir, ouça este conteúdo clicando no player de áudio

Marciano Aguirre, professor e vereador marauense, é uma das oito pessoas que já receberam o diagnóstico positivo para Covid-19 no município de Marau. Este índice de oitos casos confirmados é o dado mais recente, divulgado pelo COE – Comitê de Operações Emergenciais – Covid-19, divulgado na noite desta segunda-feira, 06/04.

Em entrevista para a Tua Rádio Alvorada, Aguirre explicou que não sabe o como adquiriu o vírus – até porque o Rio Grande do Sul já registra, desde o final de março, o contágio comunitário (quando não há possibilidade de rastrear o vírus). O vereador, a exemplo dos demais integrantes de sua família, estão em isolamento domiciliar. A esposa e a filha também apresentaram sintomas porém, apenas ele fez o teste de Covid-19.

Marciano conta que apresentou sintomas gripais mais leves do que uma gripe comum mas seu quadro se agravou após uma infecção urinária – problema que já é recorrente a ele. Com isso, necessitou de internação. Como os sintomas se agravaram, o médico sugeriu a realização do teste de coronavírus, o que foi feito na rede particular. Em Marau, o Exatus Laboratório está apto a realizar o exame que detecta a presença do novo coronavírus no organismo.

O vereador está afastando das sessões do Poder Legislativo de Marau desde a metade de março, quando apresentou os primeiros sintomas. A Câmara de Vereadores tem apoiado todas as medidas necessárias para o combate ao novo vírus, inclusive, a partir da próxima segunda-feira, dia 13/04, as sessões ordinárias passam a ocorrer de forma online.

Link para notícia no site Tua Rádio

Caxias do Sul contabiliza 30 casos positivos da Covid-19

Atualização desta segunda-feira (6) aponta que 11 pessoas estão curadas.

Até às 17h, desta segunda-feira (6), Caxias do Sul conta com 30 casos positivos da Covid-19. Destes, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informa que 11 estão curados. Além deles, há 62 casos suspeitos e 108 descartados.

Desses, há três positivos e quatro suspeitos internados na UTI. Dos casos confirmados, 16 são homens, entre 15 e 79 anos, e 14 mulheres, entre 20 e 59 anos. 17 são profissionais da saúde.

Até este domingo (5), o número de confirmados eram 24, 80 suspeitos e 89 descartados.

Segunda-feira (6):

30 casos confirmados (11 curados)

62 casos suspeitos

108 casos descartados

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Sobe para sete número de caso de coronavírus confirmados em Marau

Até o momento não há confirmação de cura de nenhum um dos infectados pela doença

O Centro de Operações Emergenciais COVID-19 confirmou nessa segunda-feira, 06/04, mais dois casos de infecção por coronavírus no município. Com isso, agora são sete o número de pessoas com a doença em Marau. 

Até o momento não há confirmação de cura de nenhum um dos infectados pela doença. Até o final do dia será divulgado o boletim com os números de pessoas hospitalizadas e em isolamento domiciliar.

Segundo o COE, é muito importante que todos sigam as recomendações, permaneçam em casa sempre que possível, lavem as mãos e proteja os idosos e demais pessoas pertencentes grupos de risco.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Universidade Federal de Pelotas destina 1,5 mil testes rápidos a Caxias do Sul para estudar evolução da Covid-19 no RS

Pesquisa será realizada em quatro etapas e contempla outras oito cidades

Caxias do Sul foi um dos municípios escolhidos para receber um estudo sobre a evolução do novo coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Sul. O trabalho é coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), que pretende visualizar o percentual de infectados na cidade.

A pesquisa inicia nesta semana, com o objetivo de observar a dimensão dos casos de coronavírus, os pacientes assintomáticos e a evolução da doença. Quatro etapas farão parte da análise: testes, questionários, coleta de dados e comparação de resultados.

Para o estudo, a cidade vai receber 1,5 mil dos 18 mil testes rápidos disponíveis no estado. Eles serão efetuados a cada duas semanas com visitas a lares sorteados aleatoriamente. O laudo dos exames será utilizado para estratégias públicas a fim de enfrentar a Covid-19, além de pautar as decisões sobre isolamento social e volta à vida normal da comunidade.

Além de Caxias, Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Ijuí, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Lajeado e Porto Alegre receberão a pesquisa. O projeto é uma parceria entre universidades gaúchas e o governo do Rio Grande do Sul. 

Link para notícia no site Tua Rádio

Novas doses de vacina contra gripe chegam em Caxias nesta terça-feira

População poderá se vacinar nas UBSs a partir de quinta-feira (9).

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) receberá 12,5 mil doses de vacina contra a gripe nesta terça-feira (7). O novo lote da medicação estará disponível nas 48 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Caxias do Sul a partir de quinta-feira (9).

Até o dia 15 de abril, a campanha contra a gripe continuará vacinando idosos e profissionais da saúde. Em Caxias, dos 48 mil idosos, 33.034 já receberam a dose. Entre os profissionais da saúde, que totalizam 12 mil, 7.365 já receberam a vacina. Portanto, cerca de 60% do público-alvo foi atingido.

Um novo público-alvo começa a ser abrangido a partir de 16 de abril, que são os doentes crônicos, agentes das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, população carcerária e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas.

A vacina contra a gripe não protege contra o coronavírus. Porém, a imunização ajuda a combater de maneira indireta a pandemia. Pois, reduz internações por causa do vírus Influenza.

Link para notícia no site Tua Rádio

Sobe para sete número de casos de coronavírus confirmados em Marau

Até o momento não há confirmação de cura de nenhum um dos infectados pela doença

O Centro de Operações Emergenciais COVID-19 confirmou nessa segunda-feira, 06/04, mais dois casos de infecção por coronavírus no município. Com isso, agora são sete o número de pessoas com a doença em Marau. 

Até o momento não há confirmação de cura de nenhum dos infectados pela doença. Até o final do dia será divulgado o boletim com os números de pessoas hospitalizadas e em isolamento domiciliar.

Segundo o COE, é muito importante que todos sigam as recomendações, permaneçam em casa sempre que possível, lavem as mãos e proteja os idosos e demais pessoas pertencentes grupos de risco.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

SAMU está treinado para atender situações que envolvam o coronavírus

Se preferir, ouça a entrevista no player de áudio

Desde 2011 o município de Marau conta com uma unidade de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu. Com regulação própria, o serviço está atrelado ao SUS – Sistema Único de Saúde e, no município, seus profissionais também estão ligados ao Hospital Cristo Redentor. Alessandro Fim, enfermeiro especialista em atendimento pré-hospitalar e gestor do Samu de Marau, revela que a unidade também foi treinada e orientada pelos órgãos estaduais e municipais, para atender casos que envolvam o novo coronavírus, Covid-19.

“A nossa preparação como equipe de saúde foi via protocolos da Secretaria de Saúde do Estado e da Secretaria Municipal de Saúde de Marau então, temos enfermeiros, técnicos e condutores preparados, além dos médicos que fazem o acompanhamento pela Central de Regulação, com todas as precauções necessárias em função do grau de contaminação deste vírus.”

Os chamados, segundo ele, seguem o mesmo padrão das demais situações: a pessoa liga para o 192 e, num primeiro momento, passa por uma triagem que tem o objetivo de saber o que está acontecendo com o paciente que precisa de ajuda. Dessa forma, explica o gestor, os profissionais já saem da base sabendo o que fazer. Essa pré-triagem conforme o enfermeiro, é fundamental para a equipe que se desloca e beneficia também, o paciente.

“Nos últimos dois meses o nosso número de chamados tem aumentado e a tendência é de que aumente mais. E eu peço, usem esse serviço. O atendimento é qualificado, nós ficamos em contato, por um programa próprio, com o médico que fez a triagem e já chegamos nas casa sabendo se precisa de medicamento, de soro ou de encaminhamento hospitalar.”

A unidade do Samu de Marau conta com equipe de suporte básico com 10 profissionais, sendo eles: enfermeiro responsável técnico, condutores e técnicos em enfermagem. O serviço atende 24 horas por dia em urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental, além de, agora, os casos que envolvem sintomas de coronavírus. O serviço, reforça Alessandro Fim, é gratuito.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Número de casos de Covid-19 em Caxias do Sul permanece estável

Ainda são 17 casos confirmados e 09 curados. Sete pessoas estão na UTI, sendo uma com confirmação da doença e outras seis com suspeita

Conforme o último boletim epidemiológico emitido pela Secretaria Municipal da Saúde, Caxias do Sul permanece com 17 casos confirmados de coronavírus, sendo que 09 pessoas já são consideradas curadas. Dos 17 casos confirmados, 12 são homens e 5 mulheres e um paciente está internado na UTI. 

O município ainda conta com 80 casos suspeitos de Covid-19 e 89 descartados. Desses, 6 suspeitos estão internados em UTI. Além deles, 8 pacientes suspeitos estão hospitalizados.  

Caxias do Sul

17 casos confirmados (9 curados e um internado na UTI)

80 casos suspeitos (6 estão internados na UTI e 8 estão hospitalizados)

89 casos descartados

Link para notícia no site Tua Rádio

Nova etapa de vacinação contra a gripe começa no dia 16/04 e inclui caminhoneiros, motoristas de transportes coletivo e trabalhadores portuários

As três categorias se juntam ao grupo prioritário que também contempla doentes crônicos e profissionais das forças de segurança e salvamento

O Ministério da Saúde incluiu caminhoneiros, motoristas de transportes coletivo e trabalhadores portuários na segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A nova etapa de vacinação começa no dia 16/04. As três categorias se juntam ao grupo prioritário que também contempla doentes crônicos e profissionais das forças de segurança e salvamento. Com essa alteração, os professores, tendo em vista que as aulas estão suspensas, passam a integrar o grupo prioritário da terceira fase, quando também serão imunizadas crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas, mães no pós-parto, população indígena, pessoas acima de 55 anos e pessoas com deficiência.

“Como todas as escolas estão com as atividades paralisadas, optamos por priorizar na próxima fase da campanha aqueles profissionais que atuam nos portos, no transporte de cargas, motoristas de transporte coletivo, expostos diariamente porque estão na linha de frente, prestando serviços essenciais”, destacou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Até quinta-feira, 02/04, na primeira fase da campanha que começou no dia 23/03, 15,6 milhões de doses foram aplicadas em idosos, o que corresponde a mais de 62% da população a ser alcançada. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe segue até 22/05.

O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece no sábado, dia 09/05.

Devido a circulação do coronavírus no país, cada estado e município tem buscado estratégias para diminuir concentração de pessoas nos locais de vacianção. Esta vacina não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico da gripe, já que os sintomas são parecidos, para chegar mais rapidamente a conclusão do diagnóstico de coronavírus. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

Estudos e dados apontam que casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos, grupo que corresponde a aproximadamente 20 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, a primeira fase da campanha contempla esse público.

Toda semana, o Ministério da Saúde envia novas remessas de lotes da vacina aos estados, conforme entrega do laboratório parceiro, o Instituto Butantan, que antecipou em um mês sua produção, para que o país iniciasse a vacinação da população contra a gripe.  Os estados são responsáveis por fazer a distribuição aos municípios.

Link para notícia no site Tua Rádio

Vacinas contra a gripe estão praticamente esgotadas em Caxias do Sul

Ainda restam algumas doses apenas nas UBSs Campos da Serra e Villa Lobos

Conforme balanço da Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul, 36.071 doses de vacina contra a gripe já foram aplicadas desde o início da campanha, em 23 de março. Somente nesta quinta-feira (02), 10.424 pessoas, entre idosos e profissionais da saúde, foram vacinadas.

Com isso, a vacina já se esgotou em praticamente todas as UBSs já que o município havia recebido um pouco mais de 12 mil doses no último reabastecimento. Segundo a Secretaria, apenas as UBSs do Campos da Serra e Villa Lobos ainda têm algumas doses.

A pasta também informou que o Ministério da Saúde e o Governo do Estado ainda não divulgaram a data de envio do próximo lote.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura divulga que nove profissionais da saúde contraíram Covid-19 em Caxias do Sul

Segundo o boletim epidemiológico, a cidade também registra mais um caso da doença

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) divulgou que nove trabalhadores da área da saúde estão com o novo coronavírus (Covid-19), em Caxias do Sul. O perfil dos profissionais foi divulgado no último boletim epidemiológico da pasta, nesta quinta-feira (02/04), às 16h.

O informativo também apresenta que a cidade registrou mais um caso confirmado até o momento. Agora são 17 comprovados, ainda com nove curados, 79 suspeitos e 82 descartados. Desses, oito (um confirmado e seis suspeitos) estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e oito (um positivo e sete suspeitos) estão hospitalizados.

Dos casos confirmados, 12 são homens e cinco são mulheres. A pasta da saúde considera que três contraíram por transmissão local e quatro por meio comunitário.

Veja as diferenças entre transmissão local e comunitária:

Local: ocorre quando a pessoa contrai o vírus de um paciente infectado advindo do exterior

Comunitária: ocorre quando o paciente infectado não esteve em outros países com casos confirmados e transmite o vírus para outra pessoa

Link para notícia no site Tua Rádio

Estruturas em frente às UPAs de Caxias do Sul começam a receber pacientes com sintomas gripais

Os novos espaços passaram a funcionar nesta quinta-feira e estão entre as medidas do governo municipal para contenção do coronavírus

As novas estruturas que foram montadas na parte externa das Unidades de Pronto Atendimento Central e Zona Norte, em Caxias do Sul, passaram a funcionar nesta quinta-feira (02). Os espaços começaram a ser montados na última quinta-feira (26), e servirão para triagem de e atendimentos de pacientes com problemas respiratórios e suspeita de Covid-19.

A estrutura na UPA Central conta com cinco consultórios adultos e dois pediátricos, além de salas de cadastro, triagem. Já na UPA Zona Norte, a estrutura é composta por três consultórios, salas de cadastro, triagem, espera e de observação.

Conforme o Secretário Municipal da Saúde, Jorge Olavo Hahn Castro, nos locais deverão ser atendidos pacientes somente com sintomas gripais. Conforme a prefeitura, apesar das UPAs já contarem com áreas de isolamento, a estrutura será uma forma de preparar as unidades para um possível aumento do fluxo de pacientes.

Link para notícia no site Tua Rádio

Marau confirma terceiro caso de coronavírus

Mais um teste positivo para o Coronavírus em Marau. Agora, três moradores de Marau testaram positivo para o COVID-19. Ao todo, nove pessoas seguem hospitalizadas em Passo Fundo. 

Nova atualização do boletim do Centro de Operações de Emergência COVID-19 de Marau, divulgado às 17h50min desta quinta-feira (02/04), confirma o terceiro caso de Coronavírus no município. 

No momento há nove pessoas do Município hospitalizadas em Passo Fundo (5 homens e 4 mulheres). Deste total, três casos já estão confirmados como coronavírus e os outros seis aguardam resultados dos exames. Mais quatro suspeitos aguardam resultado do exame fora do hospital, totalizando 10 casos em análise.

As faixas etárias dos pacientes internados, com base na divisão do Governo do Estado são: 30 a 39 anos: 1 paciente; 40 a 49 anos: 2 pacientes; 50 a 59 anos: 1 paciente, 60 a 69 anos: 3 pacientes; 80 anos ou +: 2 pacientes.

No dia de hoje há 175 famílias com pessoas sintomáticas respiratórias que passaram pelo sistema público de saúde e estão em isolamento domiciliar em Marau, sendo monitorados pela equipe. 

Fonte : Prefeitura de Marau

Link para notícia no site Tua Rádio

Nota sobre o primeiro caso de coronavírus confirmdo em Vila Maria

O caso é de um jovem do sexo masculino, de 25 anos

A notícia foi divulgada na quarta-feira, 01/04, pelo Comitê Central Covid-19, composto por uma equipe de profissionais da saúde e poder público municipal, que tratam sobre o tema desde o início da pandemia. O caso é de um jovem do sexo masculino, de 25 anos, assintomático (não apresenta sintomas de coronavírus). Ele cumpriu o prazo de quarentena e não apresenta riscos, pois permanecerá em isolamento domiciliar, conforme informou o Secretário de Saúde, Bernardino Foiato.

O teste para o novo coronavírus foi realizado após retornar de uma viagem ao exterior e foi realizado na rede particular de saúde. Por isso, o município não contabiliza um exame coletado em seu boletim epidemiológico, que considera apenas os testes realizados na rede pública municipal. O resultado foi positivo. Uma contraprova foi solicitada para confirmação do caso. No site do Ministério da Saúde este caso ainda não consta como confirmado, pois apenas o resultado da contraprova será oficial.

Por medida de precaução o Comitê decidiu por divulgar esta informação e também para evitar a disseminação de fake news sobre o assunto. O teste positivo reforça o alerta já levando pelo poder público municipal sobre a importância de evitar aglomeração de pessoas e permanecer em casa nestes dias de isolamento.

A orientação para aqueles que apresentam sintomas gripais é permanecer em repouso e em isolamento domiciliar e atentar para possíveis sinais de alerta, ligando nas unidades de saúde em caso de dúvidas ou necessidade de avaliação.

Desde o dia 20 de março os estabelecimentos comerciais de Vila Maria estão fechados, com exceção dos que prestam serviços vitais. A medida adotada colabora para evitar a circulação de pessoas e disseminação do vírus.

Link para notícia no site Tua Rádio

Nota sobre o primeiro caso de coronavírus confirmado em Vila Maria

O caso é de um jovem do sexo masculino, de 25 anos

A notícia foi divulgada na quarta-feira, 01/04, pelo Comitê Central Covid-19, composto por uma equipe de profissionais da saúde e poder público municipal, que tratam sobre o tema desde o início da pandemia. O caso é de um jovem do sexo masculino, de 25 anos, assintomático (não apresenta sintomas de coronavírus). Ele cumpriu o prazo de quarentena e não apresenta riscos, pois permanecerá em isolamento domiciliar, conforme informou o Secretário de Saúde, Bernardino Foiato.

O teste para o novo coronavírus foi realizado após retornar de uma viagem ao exterior e foi realizado na rede particular de saúde. Por isso, o município não contabiliza um exame coletado em seu boletim epidemiológico, que considera apenas os testes realizados na rede pública municipal. O resultado foi positivo. Uma contraprova foi solicitada para confirmação do caso. No site do Ministério da Saúde este caso ainda não consta como confirmado, pois apenas o resultado da contraprova será oficial.

Por medida de precaução o Comitê decidiu por divulgar esta informação e também para evitar a disseminação de fake news sobre o assunto. O teste positivo reforça o alerta já levando pelo poder público municipal sobre a importância de evitar aglomeração de pessoas e permanecer em casa nestes dias de isolamento.

A orientação para aqueles que apresentam sintomas gripais é permanecer em repouso e em isolamento domiciliar e atentar para possíveis sinais de alerta, ligando nas unidades de saúde em caso de dúvidas ou necessidade de avaliação.

Desde o dia 20 de março os estabelecimentos comerciais de Vila Maria estão fechados, com exceção dos que prestam serviços vitais. A medida adotada colabora para evitar a circulação de pessoas e disseminação do vírus.

Link para notícia no site Tua Rádio

COE Covid-19 Marau reforça orientações para evitar a disseminação do novo coronavírus

Sete marauenses estão hospitalizados em Passo Fundo, um deles contaminado com o vírus

Instalado em Marau desde que a disseminação do novo coronavírus se intensificou no país, o Centro de Operações de Emergência Covid-19 atua intensamente para que a doença não acentue os níveis de contaminação no município.

Com o início da transmissão comunitária, ou seja, quando não é possível identificar a origem da contaminação, cresceu a necessidade de cuidados mais efetivos. Os critérios para o controle de infecção mudaram, além de medidas como o isolamento social, também os procedimentos para testagens, por exemplo, são diferentes. “Atualmente, todas as pessoas com sintomas respiratórios devem ser tratadas como suspeitas de coronavírus e permanecer em isolamento domiciliar. Os testes, porém, são feitos em que está hospitalizado em nosso hospital referência, em Passo Fundo. Também são testados os profissionais da saúde e casos em que há o agravamento dos sintomas”, destaca a enfermeira, Fernanda Garbin, membro do COE Covid-19 de Marau.

Agora, explica a enfermeira, o governo está investindo em testes rápidos que devem ser distribuídos na segunda quinzena de abril.

A testagem pode ser realizada também em laboratórios particulares. Neste caso, conforme explica Fernanda, para os atestados positivos, é necessária a contraprova realizada exclusivamente por institutos vinculados ao Ministério da Saúde. “Só assim, o caso passa a ser incluído nos indicadores oficiais”, reitera a enfermeira.

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico do COE Covid-19 Marau, mais um caso foi confirmado e agora são dois moradores de Marau que testaram positivo para o Coronavírus. Ao todo, sete pessoas seguem hospitalizadas em Passo Fundo. Atualmente há 160 famílias com pessoas sintomáticas respiratórias que estão em isolamento domiciliar em Marau, sendo monitorados pela equipe de saúde. 

“Por favor, pessoal. Redobrem os cuidados. Mantenham os idosos em casa. Se você também pode, fique em isolamento. Os números estão crescendo. A vida da gente não tem preço”, destaca a enfermeira Lisiane Dalagnese, coordenadora das ações de vigilância em Saúde do município, que também integra o COE.Ouça a entrevista no player de áudio.  As restrições seguem decretadas em Marau. Clique aqui para acessar a íntegra dos decretos.

Em live transmitida na manhã desta quarta-feira, 01/04, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, afirmou que ampliação no número de casos exige medidas mais severas. Novo decreto do Governo RS, determina que o comércio se mantenha fechado em todo estado até 15/04.

Link para notícia no site Tua Rádio

Anvisa orienta sobre a higienização de alguns alimentos

Medidas de higiene devem ser mantidas diariamente, em especial neste momento de pandemia

De acordo com um estudo publicado no New England Journal of Medicine, o vírus causador da Covid-19 pode ser transmitido pelo ar e após tocar em objetos contaminados – neste caso por meio do ato de levar a mão às mucosas (olhos, nariz e boca). Os cientistas descobriram que o vírus é detectável por até três horas em aerossóis, até quatro horas em cobre, até 24 horas em papelão e de dois a três dias em plástico e aço inoxidável.

Considerando todas as descobertas já feitas, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária recomenda a utilização de produtos clorados para as limpezas das superfícies de toque e os pisos de ambientes ondem circulam pessoas. O uso, porém, deve ser em doses moderadas para evitar efeitos colaterais. Outra orientação da Anvisa é sobre os cuidados com frutas e hortaliças em geral, que ao chegarem do supermercado ou pela teleentrega devem ser lavadas antes de irem para a geladeira ou fruteira. No caso de querer manter a embalagem original, deve-se lavá-las com água e sabão neutro e borrifar álcool 70% antes de armazenar na geladeira ou local apropriado.

Se for decidido não armazenar na embalagem original, a dica é retirar as frutas e hortaliças das embalagens originais, lavar em água corrente, higienizar em solução clorada durante 15 minutos, conforme diluição do fabricante. Após 15 minutos, lavar novamente em água corrente, secar com papel toalha ou centrífuga de alimentos e armazenar  em recipientes fechados na geladeira. Se for armazenar frutas fora da geladeira, higienize a casca com álcool 70% e antes do consumo realizea  higienização do alimento.

Além da correta higienização, deve-se ter atenção no armazenamento e preparo dos alimentos. Para alimentos que necessitam de refrigeração, manter em temperatura abaixo de cinco graus ou para alimentos que necessitem de cozimento, recomenda-se temperatura acima de 70 graus para retardar a multiplicação de microorganismos. Após o cozimento, refrigerar rapidamente alimentos perecíveis ou cozidos. Sobras de comida não devem ser armazenadas na geladeira por mais de três dias.

Link para notícia no site Tua Rádio

Casos descartados de Covid-19 aumentam em Caxias do Sul

O exame do idoso, que faleceu nessa terça-feira (31/03), deu negativo para coronavírus

Os casos descartados do novo coronavírus (Covid-19) aumentaram, em Caxias do Sul. De acordo com o novo boletim da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), até às 16h desta quarta-feira (1º/04), a cidade registra 82 ocorrências descartadas, 16 confirmadas, com nove curados, e 67 suspeitas.  Na última divulgação, o município apresentou 75 casos descartados.

A pasta da saúde ainda informa que o idoso, de 74 anos, que faleceu nessa terça-feira (31/03), atestou negativo para coronavírus. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral, apresentando outras doenças.

A SMS contabiliza que um paciente positivo e seis suspeitos continuam internados  em UTI. Mais nove suspeitos se encontram hospitalizados.

Link para notícia no site Tua Rádio

“Algumas pessoas ainda não entenderam a gravidade da situação”, lamenta prefeito de Bagé

Prefeito Divaldo Lara concedeu entrevista à Tua Rádio São Francisco nesta quarta-feira

Após se tornar o município do interior com mais casos confirmados de coronavírus no Estado, a Prefeitura de Bagé deu início, nesta quarta-feira (1º), as barreiras sanitárias, parando e abordando veículos e caminhões, para uma triagem rápida, como uma forma de precaução para conter a ampliação do Covid-19 na cidade. Na segunda-feira (30/03), o município confirmou a transmissão comunitária do coronavírus, quando a origem do contágio é desconhecida. Com 120 mil habitantes, Bagé registra 15 casos, sendo sete médicos. Outros 50 profissionais da saúde estão em isolamento, de acordo com o prefeito Divaldo Lara (PTB), em entrevista ao programa ‘No Ponto’ da Tua Rádio São Francisco, nesta quarta.

Ouça AQUI a entrevista completa.

As ações estão acontecendo em três pontos de entrada no município e se unem as demais medidas adotadas pelo governo municipal, como a desinfecção de paradas de ônibus, áreas centrais, hospitais e unidades de saúde e o estabelecimento de toque de recolher das 22h às 6h. As barreiras estarão funcionando a contar de hoje, por sete dias, das 8h às 18h e conta com o apoio Exército e Polícia Militar.

O prefeito lamenta a situação. “Algumas pessoas ainda não entenderam a gravidade da situação. Existem sim pessoas passando fome e necessidade devido ao isolamento. Existe sim o problema econômico. Mas existe o elemento número um, que é a saúde da população. Quem quer pegar na alça do caixão? Então, para que isso não seja uma tragédia, é preciso responsabilidade não só de quem governa, mas também da própria população que ainda não caiu a ficha”.

Reforço da Força Nacional

O efetivo do Presídio Regional de Bagé, um dos municípios mais atingidos pelo surto de coronavírus no Estado, será reforçado com a chegada de 31 agentes penitenciários federais. Também na segunda-feira, um detento testou positivo para covid-19.

A equipe é formada por profissionais da Força de Cooperação do Ministério da Justiça, coordenada pelo Departamento Penitenciário Nacional, administrada pelo diretor geral, Fabiano Bordignon, e foi requisitada por uma iniciativa da Secretaria da Administração Penitenciária através de solicitação do prefeito Divaldo Lara.

Link para notícia no site Tua Rádio

Pneumologista explica a diferença entre gripe, resfriado, alergias e corona vírus

Sintomas semelhantes confundem a população

Diante do novo corona vírus, sintomas de tosse, febre, coriza e prostração ascendem o sinal de alerta na hora de procurar ajuda médica. O problema é que esses sintomas são muito comuns em outras doenças e tendem a ficar mais evidentes nesse período de troca de estação. 

O  professor do curso de Medicina da UCS Fabrício Piccoli Fortuna, médico e mestre em Ciências Pneumológicas concedeu entrevista ao programa Temática na manhã desta quarta-feira, quando falou do assunto. 

Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Coasa doa R$ 144 mil para hospitais das cidades onde possui filiais

Entre os beneficiados está o Hospital de Marau, com R$ 21 mil reais

Este 1º de abril está sendo chamado de “Dia da Verdade” para a Cooperativa Coasa. É a data em que comemora 25 anos do início de suas atividades comerciais, pois em neste dia, em 1995 inaugurou as primeiras instalações construídas em forma de mutirão pelos associados.

Para marcar a data, em um momento diferenciado que vive a população mundial, a Coasa realiza nesta data a doação de R$ 144 mil reais, mesma quantia que foi investida para constituir as instalações iniciais – há 25 anos atrás, à hospitais das cidades da região em que possui filiais.

Dessa forma, a cooperativa acredita estar contribuindo para que toda a comunidade regional possa receber o melhor atendimento por estas entidades abrangidas na doação, que são: Hospital Santo Antônio (de Tapejara) com o valor de R$ 60 mil e Hospital Cristo Redentor (de Marau), Entidade Hospitalar Santa Terezinha (de Ciríaco), Hospital Beneficente São José (de David Canabarro), Hospital São Paulo (de Lagoa Vermelha) com R$ 21 mil cada.

O dinheiro poderá ser utilizado na aquisição de alimentos produzidos por agricultores da região, Equipamentos de Proteção Individual ou demais necessidades neste momento em que eles são tão necessários para o combate ao Coronavírus. A mobilização, interesse comum, solidariedade, compromisso com a sociedade fazem parte dos princípios da Coasa que buscam o bem-estar de todos.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Faculdades de Medicina da região participam de estudo epidemiológico sobre Covid-19 no Estado

Pesquisa quer identificar a proporção de casos em oito regiões gaúchas, incluindo a de Passo Fundo

Três universidades da região vão participar do estudo populacional sobre a pandemia da Covid-19, coordenado pela Universidade Federal de Pelotas. O trabalho, que iniciou nesta semana, é um pedido do Governo do Estado e visa identificar a proporção de casos de infecção pelo coronavírus, incluindo pessoas assintomáticas, e a evolução da doença em oito regiões do estado: Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Ijuí, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul/Lajeado e na região metropolitana de Porto Alegre.

Com os dados será possível descobrir qual parcela da população gaúcha foi contaminada, quantos desenvolveram a doença ou são assintomáticos e qual é a taxa real de letalidade (a proporção de mortos em relação ao total de doentes). Além disso, os resultados servirão de subsídio ao poder público na tomada de decisão quanto as políticas de restrição e saúde pública, uma vez que fornecerá informações sobre o estágio da epidemia no RS e uma estimativa de sua progressão.

Ao todo, serão testadas 4.500 pessoas, a cada quinze dias, em quatro ciclos, totalizando 18 mil análises. O estudo consiste em um teste rápido de Covid-19, para análise da presença de anticorpos contra o vírus e uma entrevista. A coleta dos dados está sob gestão do Instituto de Pesquisa de Opinião (IPO). Em Passo Fundo, o estudo será conduzido pela IMED, com atuação também da Universidade Federal da Fronteira Sul e da Universidade de Passo Fundo. O projeto, que poderá ser ampliado nacionalmente, por solicitação do Ministério da Saúde, é coordenado pelo pesquisador e reitor da UFPel, Dr. Pedro Hallal. Em Passo Fundo, estão à frente do estudo os pesquisadores Dr. Jeovany Martínez-Mesa (IMED), Dra. Shana Ginar da Silva (UFFS) e Dr. Kauê Collares (UPF).

Link para notícia no site Tua Rádio

CIC e sindicatos defendem retorno gradual das atividades

Manifesto divulgado à sociedade ressalta preocupação com a saúde e sustentabilidade das empresas.

O documento, assinado pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul e diversas entidades patronais, ressalta a necessidade de preocupação com a saúde durante a pandemia do coronavírus. Entretanto, destaca que é importante a sustentabilidade das empresas e da economia da região.

O grupo apresenta uma proposta, que consiste numa retomada gradual das atividades industriais em Caxias do Sul a partir do dia 06 de abril. Além disso, o grupo garante que, caso isso ocorra, possíveis são avanços ocorrerão somente após a avaliação dos boletins sobre os casos.

O presidente da CIC, Ivanir Gasparin, falou sobre a proposta e, também, fez uma análise da pandemia e o reflexo no setor econômico da região.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

São Domingos do Sul confirma primeiro caso de coronavírus

Município tem outros dois casos suspeitos

Foi confirmado nesta terça-feira, 31/03, o primeiro caso de Covid-19 no município de São Domingos do Sul. Trata-se de uma mulher de 64 anos, que viajou em cruzeiro pela costa brasileira. De acordo com informações repassadas pela Secretaria de Saúde, através da enfermeira, Naiara Marafon, a mulher retornou da viagem no dia 14/03 e, desde então, permanece em isolamento domiciliar. Outras dez pessoas que estavam na viagem também são monitoradas.

No município, há, ainda, dois casos suspeitos. Um deles foi testado na segunda-feira, 30/03, e o outro nesta terça-feira, 31/03.

A orientação da Secretaria Municipal de Saúde de São Domingos do sul é para que os munícipes com sintomas façam contato através dos números (54) 3349 1212 ou pelo 99908 8297.

Link para notícia no site Tua Rádio

São Domingos do Sul confirma primeiro caso de cornavírus

Município tem outros dois casos suspeitos

 

Foi confirmado nesta terça-feira, 31/03, o primeiro caso de Covid-19 no município de São Domingos do Sul. Trata-se de uma mulher de 64 anos, que viajou em cruzeiro pela costa brasileira. De acordo com informações repassadas pela Secretaria de Saúde, através da enfermeira, Naiara Marafon, a mulher retornou da viagem no dia 14/03 e desde então permanece em isolamento com acompanhamento domiciliar. Outras dez pessoas que estavam na viagem também são monitoradas.

No município, há, ainda, dois casos suspieots. Um deles fi testdo na segunda-feira, 30/03, e o outro nesta terça-feira, 31/03.

A orientação da Secretaria Municipal de Saúde de São Domingos do sul é para que os munícipes com sintomas façam contato através dos números (54) 3349 1212 ou pelo 99908 8297.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura de Caxias realiza desinfecção de espaços públicos

Objetivo é reduzir a disseminação do coronavírus nas áreas públicas do município

A partir desta quarta-feira (1), a Prefeitura de Caxias do Sul, em parceria com algumas empresas, realizará a desinfecção de ambientes públicos da cidade. O trabalho, que começa pela manhã, será realizado na Praça Dante Alighieri, terminais de ônibus e no entorno da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central. Nos próximos dias, a desinfecção será feita nas praças e parques da cidade. Por fim, a ação ocorre nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O diretor presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Idair Moschen, falou mais sobre ação em entrevista ao programa Em Alta. Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Idoso com suspeita de coronavírus falece em Caxias do Sul

Secretaria Municipal da Saúde aguarda laudo do Lacen para confirmação ou descarte do caso. O paciente possuía outras complicações

O último boletim apresentado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), às 15h, registra que Caxias do Sul possui ainda 16 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e 61 suspeitos. O indicador apresenta uma alta no número de curados, subindo para nove, e nos descartados, que foi para 75.

A pasta da saúde aponta que um dos casos suspeitos, um homem, de 74 anos, faleceu na manhã desta terça-feira (31/03). Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral (HG) e apresentava outras doenças. O Município aguarda o laudo do Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen) para a confirmação ou descarte. A coleta ocorreu na última quinta-feira (26/03).

A criança internada na UTI do HG, com suspeita do Covid-19, já recebeu alta e se encontra em isolamento domiciliar. A pasta da saúde espera o resultado desse exame.

O perfil dos pacientes com coronavírus são sete homens, de 15 a 59 anos, e duas mulheres de 37 e 57 anos. O boletim ainda apresenta que dois positivos e dois suspeitos estão recebendo cuidados médicos na UTI. Outros sete suspeitos também estão hospitalizados.

Link para notícia no site Tua Rádio

Rio Grande do Sul terá pesquisa inédita sobre avanço do coronavírus

Estudo mobiliza rede de universidades federais e será replicado em todo país no combate ao Covid-19

Uma Iniciativa do governo do Estado vai estimar, com base científica, o percentual da população gaúcha infectada pela Covid-19 e o ritmo de avanço da pandemia no Rio Grande do Sul. É um estudo inédito, a partir de amostragens epidemiológicas sequenciais, e que permitirá identificar a prevalência da doença por regiões, o contingente de pessoas atingidas pelo novo coronavírus, mas que não apresentam sintomas e projetar incidência de casos mais graves e até o grau de letalidade da doença.

Quando os primeiros resultados surgirem, o estudo será uma das principais referências ao governo gaúcho na definição de estratégias de enfrentamento da pandemia.

O trabalho de epidemiologia da Covid-19 tem a coordenação do reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pedro Curi Hallal, e mobiliza um grupo de especialistas de outras quatro universidades federais do RS. A ideia surgiu nas discussões internas do Comitê de Análise de Dados sobre a pandemia, instituído há poucos dias pelo governador Eduardo Leite, e que tem no comando a titular da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), Leany Lemos.

Ouça AQUI a entrevista completa com a secretária.

O Comitê reúne pesquisadores do Departamento de Economia e Estatística (DEE/Seplag), técnicos da própria secretaria e de outros setores do governo, além de colaboradores externos, em particular das principais universidades e hospitais.

 

Pesquisa de campo

A primeira rodada de aplicação dos testes por amostragem deve ocorrer nos próximos dias, tão logo cheguem ao Estado os kits disponibilizados pelo Ministério da Saúde. Conforme detalhou o reitor da UFPel, serão 4.500 coletas a cada uma das quatro pesquisas de campo prevista pelo estudo (com intervalo de duas semanas entre cada uma delas).

Doutor em Epidemiologia, Hallal observou que o perfil do trabalho permitirá conhecer os primeiros resultados sobre a prevalência da Covid-19 na população dois dias após a aplicação dos testes. “Ao conhecermos a proporção de infectados e a velocidade de expansão da doença, poderemos recomendar estratégias para os serviços de saúde baseadas em dados reais, da nossa própria população. É algo que todos os governos, locais, regionais e nacionais precisam nesse momento. O RS servirá de exemplo para outras regiões, certamente”, destacou o reitor.

Além de confirmar a liberação extra de 20 mil testes para viabilizar a pesquisa no RS, o Ministério da Saúde pretende levar a experiência inédita para outros Estados. A pesquisa reúne também equipes das Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

Diante da impossibilidade material de testar a população em geral (atualmente o diagnósticos são realizados em casos de internação), o estudo de prevalência da doença é um mecanismo seguro para estimar o percentual de infectados a partir de testes em pessoas selecionadas.

Ao mesmo tempo, permitirá com maior grau de acerto estimar a taxa de letalidade da Covid-19, o que certamente será determinante nas próximas decisões sobre o confinamento ou não ao longo das próximas semanas. Até o momento, o RS registra oficialmente 241 casos confirmados pelo último boletim da Secretaria Estadual da Saúde, com três óbitos por conta do coronavírus.

 

A PESQUISA

Epidemiologia da Covid-19 no Rio Grande do Sul: estudo de base populacional e validação de testes diagnósticos

Objetivos principais

• Estimar o percentual de pessoas infectadas no RS através de inquéritos epidemiológicos sequenciais

• Conhecer a evolução (velocidade) que o coronavírus vem se alastrando

• Identificar o percentual da população que é assintomática (não manifesta sintomas da doença)

• Auxiliar o governo do Estado e demais organismos na definição das estratégias de enfrentamento da pandemia de Covid-19

Regiões onde será aplicada

A partir de critérios do perfil populacional (IBGE), a pesquisa de campo será em oito regiões intermediárias:
• Pelotas
• Santa Maria
• Uruguaiana
• Ijuí
• Passo Fundo
• Caxias do Sul
• Santa Cruz do Sul/Lajeado
• Grande Porto Alegre.

 

Quantos testes serão aplicados

• Serão 18 mil testes, divididos em quatro rodadas a serem implementadas com intervalo de duas semanas, com coletas nas residências. A cada etapa, novas pessoas serão diagnosticadas.

O estudo já conta com o apoio de parceiros privados: Unimed Porto Alegre (inquérito 1) e Instituto Floresta, também da capital, para a segunda rodada de testes.

Link para notícia no site Tua Rádio

Passo Fundo confirma segundo caso positvo do coronavirus

Região chega a seis casos confirmados da doença

Passo Fundo registou o segundo caso de coronavirus, conforme atualização do boletim epidemiológico da sexta coordenadoria de saúde regional, na qual Marau também faz parte. Dados como idade do paciente ainda não foram divulgados e devem ser revelados em novo boletim da Secretaria de saúde do Rio Grande do Sul.

Com mais esta confirmação, a sexta coordenadoria de saúde tem no momento seis casos positivos de covid-19. Serafina Côrrea lidera a lista com três casos confirmados. Passo Pundo agora tem dois e Marau tem um.

Link para notícia no site Tua Rádio

Casos positivos de coronavírus sobem para 16 em Caxias

Sete pessoas são consideradas curadas.

Caxias do Sul contabilizou, nesta segunda-feira (30/03), mais cinco casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Agora, a cidade possui 16 ocorrências da doença, sendo que sete pacientes estão curados. No último domingo (29/03), eram 11 confirmações.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) também informa que, até o momento, o município possui 69 casos suspeitos. Até ontem, os indicadores apontavam para 54. Os casos descartados passaram de 59 para 58.

Nesta segunda, a SMS revelou que um caso positivo e oito suspeitos estão internados na UTI.

16 casos confirmados (7 curados)
69 casos suspeitos
59 casos descartados

Link para notícia no site Tua Rádio

Caxias do Sul receberá 12,7 mil doses de vacina contra gripe na quarta-feira

Medicação estará disponível nas UBSs a partir de quinta (2).

O Governo do Estado recebeu, nesta segunda-feira (30), 376 mil doses de vacina contra a gripe. A partir de agora, a medicação será repassada para as 19 Coordenadorias Regionais de Saúde do Estado.

Com isso, está previsto que Caxias do Sul receba as doses na quarta-feira (1). No total, serão 12,7 mil unidades. A Secretaria Municipal da Saúde vai disponibilizar o material nas Unidades Básicas de Saúde a partir de quinta.

Apesar disso, inicialmente a SMS não pensa em realizar um novo drive-thru de vacinação, como ocorreu no dia 26, na Praça Dante Alighieri.

Este é o terceiro lote que o Rio Grande do Sul recebe do Governo Federal, totalizando pouco mais de um milhão de doses.

Neste primeiro momento da campanha, são vacinados apenas os idosos e profissionais da saúde. Novos públicos serão alvo a partir do dia 9 de abril.   

Link para notícia no site Tua Rádio

“Só se ouve o som das sirenes das ambulâncias”, relata caxiense que está na Itália

“Fiquem em casa. Vai passar, mas temos que fazer a nossa parte”, recomenda Ricardo Machado, gerente de marketing que está no país desde fevereiro

São 9.143 mortos na Itália devido ao Covid-19, doença causada pelo coronavírus. Na sexta-feira, a agência de proteção civil informou que foram 919 mortes, um recorde para um único dia.

O caxiense Ricardo Machado é gerente de marketing e está na Itália desde fevereiro, antes do surto da doença. Em isolamento na cidade de Pisa, ele conversou com a reportagem da Tua Rádio São Francisco, neste sábado (28).

Ouça AQUI a entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

UBSs Eldorado e Esplanada abrem neste fim de semana

Objetivo é não sobrecarregar serviços de urgência e emergência

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos bairros Eldorado e Esplanada, em Caxias do Sul, estarão abertas neste final de semana (28 e 29), das 9h às 17h. Serão oferecidas consultas médicas, preferencialmente casos de síndrome gripal.

A medida tem o objetivo de não sobrecarregar as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e outros serviços do município.

Link para notícia no site Tua Rádio

Médica explica o que é a Coalizão Covid Brasil

Profissionais de diversas insituições de saúde se unem para pesquisar o melhor tratamento contra o vírus

Hospitais brasileiros como o gaúcho Moinhos de Vento  e os paulistas Sírio-Libanês e Albert Einstein, além de outras instituições de saúde, se uniram a Rede Brasileira de Pesquisa em Terapia Intensiva (BRICNet) para coordenar estudos sobre o tratamento de pacientes hospitalizados devido à Covid-19. O objetivo é avaliar a eficácia, a segurança e o impacto na qualidade de vida de três possíveis tratamentos a pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

A médica Juliana Noskoski, cardiologista que atua no município de Marau, explica que a aliança interinstitucional, chamada de Coalizão Covid Brasil, está avaliando, por exemplo, se os benefícios da cloroquina, em casos de Covid-19, são maiores que os efeitos colaterais do produto, especialmente ao sistema cardíaco. Cerca de 70 hospitais devem utilizar o medicamento para fazer a observação em mais ou menos 1.300 pacientes.

Conforme a profissional, a iniciativa é essencial para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes no Brasil, já que trata-se de um vírus novo, do qual os pesquisadores ainda estão conhecendo seus efeitos, em uma pesquisa, digamos assim, em tempo real. Os primeiros resultados da Coalizão Covid Brasil, conforme a dra. Juliana, devem estar disponíveis entre 60 e 90 dias.

Link para notícia no site Tua Rádio

Assembleia Legislativa destina R$ 30 milhões para a saúde no combate ao coronavírus no RS

ENTREVISTA: Presidente da AL, deputado Ernani Polo (PP) anunciou a suspensão de diárias e verbas de gabinetes. O dinheiro será devolvido ao Governo do Estado

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul está destinando R$ 30 milhões ao Governo do Estado, como um reforço no combate a pandemia do coronavírus. O valor é resultado da economia em gabinetes, bancadas e demais custos da Casa, que segue com as atividades de forma remota, desde o final da semana passada.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo (PP), anunciou a suspensão de diárias e da emissão de passagens aéreas para viagens regionais, nacionais e internacionais pelo período de 90 dias, prorrogáveis por igual período. A determinação, que integra uma nova resolução, vale para deputados e servidores. Outra medida anunciada foi o contingenciamento de 30% das verbas de custeio de gabinetes parlamentares, lideranças de bancadas, lideranças parlamentares, comissões, diretorias, departamentos e superintendências da Casa. O presidente concedeu entrevista à Tua Rádio São Francisco nesta sexta-feira (27).

Ouça AQUI a entrevista completa.

Com a economia orçamentária já gerada nos primeiros meses do ano e com a redução a ser possibilitada pelas novas medidas, a Assembleia devolverá R$ 30 milhões de seu duodécimo para ações do governo do Estado na linha de frente do controle da pandemia de coronavírus. Dois terços serão transferidos imediatamente e o restante, entre abril e maio, o quanto antes seja possível, informou o presidente.

Normalmente, a devolução de sobras orçamentárias é realizada próximo ao fim de cada gestão na Presidência. Devido à gravidade da situação por conta da disseminação do vírus, Polo decidiu antecipar o repasse dos valores ao Executivo antes de completar dois meses no cargo.

Link para notícia no site Tua Rádio

Secretaria da Saúde de Caxias cancela "Drive-thru" para vacinação contra gripe deste sábado

A ação foi suspensa por falta de doses suficientes da vacina. Uma nova data deve ser reagendada

A Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul cancelou a vacinação contra a gripe, em formato de “drive-thru”, que estava prevista para este sábado (28). Segundo a pasta, a ação foi suspensa devido à falta de doses.

A ação deve ser reagendada assim que o Município receber mais doses da imunização.

Link para notícia no site Tua Rádio