Crimes ambientais foram identificados em Lagoa Vermelha e Ibiraiaras

Nesta quarta-feira (8) a polícia ambiental de Lagoa Vermelha, durante ação de patrulhamento e fiscalizações, identificou dois crimes ambientais na região.

Na capela São Cristóvão, área rural de Ibiraiaras, foi constatada a supressão de sub-bosque, poda radical de pinheiros brasileiro, uso irregular do fogo, que consumiu a vegetação arbórea nativa em estágio inicial, bem como danificou a vegetação em estágio médio e avançado de regeneração, atingindo uma área de 0.75 hectares, fora de área de preservação permanente. Toda a prática foi feita sem licença do órgão ambiental.

Em Lagoa Vermelha, em atendimento a denúncia anônima de corte irregular de pinheiros brasileiro, foi verificada a veracidade da informação. No local foi realizado levantamento fotográfico e topográfico, sendo notificado o responsável a apresentar a documentação referente ao serviço.

Nesta quarta-feira (8) a polícia ambiental de Lagoa Vermelha, durante ação de patrulhamento e fiscalizações, identificou dois crimes ambientais na região.

Na capela São Cristóvão, área rural de Ibiraiaras, foi constatada a supressão de sub-bosque, poda radical de pinheiros brasileiro, uso irregular do fogo, que consumiu a vegetação arbórea nativa em estágio inicial, bem como danificou a vegetação em estágio médio e avançado de regeneração, atingindo uma área de 0.75 hectares, fora de área de preservação permanente. Toda a prática foi feita sem licença do órgão ambiental.

Em Lagoa Vermelha, em atendimento a denúncia anônima de corte irregular de pinheiros brasileiro, foi verificada a veracidade da informação. No local foi realizado levantamento fotográfico e topográfico, sendo notificado o responsável a apresentar a documentação referente ao serviço.

Link para notícia no site Tua Rádio

Aqui é o Meu Lugar conta a história do jovem Diego Pressi

Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria
Para a reportagem deste final de semana, fomos até o município de Santo Antônio do Palma, a terra da agroecologia. Por lá, conhecemos a história do jovem Diego Pressi que, junto com os pais, atua na produção de grãos, na criação de suínos e também com gado leiteiro. Diego é mais um jovem apaixonado pelo que faz e que mantém a intenção de seguir atuando no meio rural. Tanto que fez apenas um semestre da Faculdade de Medicina Veterinária e optou por dar um tempo, para pensar mais, em qual ramo quer se aperfeiçoar.

Diego atua como inseminador, a partir de curso já realizado. Com isso, ele se dedica à questão genética dos animais que integram a bacia leiteira da propriedade. O jovem entende que o interior é vida, que a lida é boa e proximidade da família é algo que enche o dia de felicidade. Para quem está em dúvida, se faz a sucessão ou não, ele sugere tentar. Como objetivo de vida, ele pensa na prosperidade da unidade de produção da sua família. “O que move o mundo é a agricultura, precisamos trabalhar para alimentar o mundo”, diz ele.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio e assista o vídeo desse conteúdo em nosso canal do youtube.

Neste ano, são patrocinadores do projeto Aqui é o Meu Lugar o escritório de advocacia de. José João Santin, ex-prefeito de Marau; o Posto do Décio e a Clínica Plena, ambas do município de Casca; a Associação Sindical Regional de Passo Fundo, que atua no segmento da agricultura familiar; a concessionária de energia Coprel e seu braço de geração de internet, a Triway; a Fabe Faculdade de Marau; a Clínica Pele do ramo da odontologia, também localizada em Marau; a Cooperativa Coasa, que tem unidades em municípios da região e o Moinho Marau, instalado na Comunidade de São Caetano, em Marau.

Cronograma Aqui é o Meu Lugar 2020: toda quinta-feira à noite, por volta de 20h30, é veiculado um vídeo nos canais da Tua Rádio Alvorada, com uma resenha da reportagem, da história da família e da atividade desenvolvida na propriedade rural. A reportagem completa vai ao ar nos sábados, às 8h da manhã e a reprise aos domingos, às 13h.

Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria

Para a reportagem deste final de semana, fomos até o município de Santo Antônio do Palma, a terra da agroecologia. Por lá, conhecemos a história do jovem Diego Pressi que, junto com os pais, atua na produção de grãos, na criação de suínos e também com gado leiteiro. Diego é mais um jovem apaixonado pelo que faz e que mantém a intenção de seguir atuando no meio rural. Tanto que fez apenas um semestre da Faculdade de Medicina Veterinária e optou por dar um tempo, para pensar mais, em qual ramo quer se aperfeiçoar.

Diego atua como inseminador, a partir de curso já realizado. Com isso, ele se dedica à questão genética dos animais que integram a bacia leiteira da propriedade. O jovem entende que o interior é vida, que a lida é boa e proximidade da família é algo que enche o dia de felicidade. Para quem está em dúvida, se faz a sucessão ou não, ele sugere tentar. Como objetivo de vida, ele pensa na prosperidade da unidade de produção da sua família. “O que move o mundo é a agricultura, precisamos trabalhar para alimentar o mundo”, diz ele.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio e assista o vídeo desse conteúdo em nosso canal do youtube.

Neste ano, são patrocinadores do projeto Aqui é o Meu Lugar o escritório de advocacia de. José João Santin, ex-prefeito de Marau; o Posto do Décio e a Clínica Plena, ambas do município de Casca; a Associação Sindical Regional de Passo Fundo, que atua no segmento da agricultura familiar; a concessionária de energia Coprel e seu braço de geração de internet, a Triway; a Fabe Faculdade de Marau; a Clínica Pele do ramo da odontologia, também localizada em Marau; a Cooperativa Coasa, que tem unidades em municípios da região e o Moinho Marau, instalado na Comunidade de São Caetano, em Marau.

Cronograma Aqui é o Meu Lugar 2020: toda quinta-feira à noite, por volta de 20h30, é veiculado um vídeo nos canais da Tua Rádio Alvorada, com uma resenha da reportagem, da história da família e da atividade desenvolvida na propriedade rural. A reportagem completa vai ao ar nos sábados, às 8h da manhã e a reprise aos domingos, às 13h.

Link para notícia no site Tua Rádio

Festa da Uva 2022: confira o bate-papo cultural com as candidatas a soberanas sobre pontos turísticos de Caxias do Sul

Série de entrevistas realizada no programa Café & Cultura encerrou nesta segunda-feira (28)
O programa Café & Cultura, da Tua Rádio São Francisco, encerrou nesta semana a série de entrevistas com as candidatas à Rainha e Princesas da Festa da Uva 2022. As candidatas contaram a história e os atrativos dos pontos turísticos de Caxias do Sul.

Confira as participações desta semana:

21/08: Sara Garbin Pereira, representante da Viação Santa Tereza (VISATE) e da União das Associações de Bairro de Caxias do Sul (UAB). Ela falou sobre a Estação Férrea. Ouça AQUI.

23/09: Thaís Marcon, representante da Rede de Postos Gambino. Ela falou sobre o Catedral Diocesana. Ouça AQUI.

25/09: Vanessa Mazzochi, representante da CDL, Sindigêneros e Sindilojas. Ela falou sobre o Museu Municipal. Ouça AQUI.

28/09: Vitória Bordin, representante do Supermercados Vantajão e Casa de Caça e Pesca Samburá. Ela falou sobre o Museu Ambiência Casa de Pedra. Ouça AQUI.

Com as quatro entrevistas, a série de entrevistas foi encerrada. Confira as participações anteriores nos links.

:: Bianca Fabro Ott, Bruna Mallmann, Débora Scopel Moreira; AQUI

:: Josiele Mewius, Larissa Binsfeld Lautert, Luana Bonamigo; AQUI

:: Manuela Visoná Brogliato, Pricila Zanol, Sabrina Valar Feronatto; AQUI

Série de entrevistas realizada no programa Café & Cultura encerrou nesta segunda-feira (28)

O programa Café & Cultura, da Tua Rádio São Francisco, encerrou nesta semana a série de entrevistas com as candidatas à Rainha e Princesas da Festa da Uva 2022. As candidatas contaram a história e os atrativos dos pontos turísticos de Caxias do Sul.

Confira as participações desta semana:

21/08: Sara Garbin Pereira, representante da Viação Santa Tereza (VISATE) e da União das Associações de Bairro de Caxias do Sul (UAB). Ela falou sobre a Estação Férrea. Ouça AQUI.

23/09: Thaís Marcon, representante da Rede de Postos Gambino. Ela falou sobre o Catedral Diocesana. Ouça AQUI.

25/09: Vanessa Mazzochi, representante da CDL, Sindigêneros e Sindilojas. Ela falou sobre o Museu Municipal. Ouça AQUI.

28/09: Vitória Bordin, representante do Supermercados Vantajão e Casa de Caça e Pesca Samburá. Ela falou sobre o Museu Ambiência Casa de Pedra. Ouça AQUI.

Com as quatro entrevistas, a série de entrevistas foi encerrada. Confira as participações anteriores nos links.

:: Bianca Fabro Ott, Bruna Mallmann, Débora Scopel Moreira; AQUI

:: Josiele Mewius, Larissa Binsfeld Lautert, Luana Bonamigo; AQUI

:: Manuela Visoná Brogliato, Pricila Zanol, Sabrina Valar Feronatto; AQUI

Link para notícia no site Tua Rádio

Grupo de voluntários promove feirão para ajudar nas despesas do INAV, em Caxias

Feirão de brinquedos e de roupas de verão inicia no dia 1º de outubro
Um grupo de voluntários vai promover uma ação em prol do Instituto de Audiovisão (INAV) durante o próximo mês, em Caxias do Sul. É o feirão de brinquedos e de roupas de verão, que ocorre de 1º a 23 de outubro, na rua Pinheiro Machado, 1540. As vendas serão realizadas das 9h até às 17h.

Para a Tua Rádio São Francisco, a voluntária Bernadete Adami conta que a arrecadação será voltada para custear algumas despesas do INAV e ajudá-lo a ser mantido. Ela relata que é necessária a ajuda, pois a instituição não auxilia somente os usuários, mas também suas famílias. O instituto presta um atendimento para que o familiar compreenda a situação da pessoa cega, surdocega ou de baixa visão e consiga lidar com a nova realidade.

Para mais informações, entre em contato com o INAV pelo telefone (54) 3226.6262, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Clique AQUI e confira a entrevista completa

Feirão de brinquedos e de roupas de verão inicia no dia 1º de outubro

Um grupo de voluntários vai promover uma ação em prol do Instituto de Audiovisão (INAV) durante o próximo mês, em Caxias do Sul. É o feirão de brinquedos e de roupas de verão, que ocorre de 1º a 23 de outubro, na rua Pinheiro Machado, 1540. As vendas serão realizadas das 9h até às 17h.

Para a Tua Rádio São Francisco, a voluntária Bernadete Adami conta que a arrecadação será voltada para custear algumas despesas do INAV e ajudá-lo a ser mantido. Ela relata que é necessária a ajuda, pois a instituição não auxilia somente os usuários, mas também suas famílias. O instituto presta um atendimento para que o familiar compreenda a situação da pessoa cega, surdocega ou de baixa visão e consiga lidar com a nova realidade.

Para mais informações, entre em contato com o INAV pelo telefone (54) 3226.6262, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Clique AQUI e confira a entrevista completa

Link para notícia no site Tua Rádio

Arquitetos e urbanistas podem se inscrever no programa “Nenhuma Casa sem Banheiro” até o dia 04 de outubro, em Caxias

Programa é realizado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS, desde junho deste ano
Arquitetos e urbanistas de Caxias do Sul podem se inscrever até o dia 04 de outubro no projeto “Nenhuma Casa sem Banheiro”, promovido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS). O programa foi lançado em junho e tem o objetivo de fornecer melhorias sanitárias para famílias em vulnerabilidade social, por meio da construção ou obras em banheiros nas moradias.

Para a Tua Rádio São Francisco, a coordenadora operacional do Gabinete de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS) do CAU/RS, Sandra Becker, contou que o projeto está presente também nas cidades de Lajeado e Santa Cruz do Sul. Ela explica que a iniciativa para ter adesão necessita de um apoio do poder público. O Município é responsável pelos cadastros sociais das famílias e, com isso, podem verificar qual a necessidade habitacional dela no momento. Se for vista a carência de um banheiro, os profissionais cadastrados possuem aval técnico para auxiliar essas pessoas.

A ação visa ajudar cerca de 11 mil famílias em todo o estado. Para se inscrever, basta entrar no site caurs.gov.br, procurar pelo projeto e baixar o formulário de inscrição. Preenchido o documento, é necessário protocolar no sistema interno do CAU/RS, em que todos os arquitetos e urbanistas possuem acesso.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Programa é realizado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS, desde junho deste ano

Arquitetos e urbanistas de Caxias do Sul podem se inscrever até o dia 04 de outubro no projeto “Nenhuma Casa sem Banheiro”, promovido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS). O programa foi lançado em junho e tem o objetivo de fornecer melhorias sanitárias para famílias em vulnerabilidade social, por meio da construção ou obras em banheiros nas moradias.

Para a Tua Rádio São Francisco, a coordenadora operacional do Gabinete de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS) do CAU/RS, Sandra Becker, contou que o projeto está presente também nas cidades de Lajeado e Santa Cruz do Sul. Ela explica que a iniciativa para ter adesão necessita de um apoio do poder público. O Município é responsável pelos cadastros sociais das famílias e, com isso, podem verificar qual a necessidade habitacional dela no momento. Se for vista a carência de um banheiro, os profissionais cadastrados possuem aval técnico para auxiliar essas pessoas.

A ação visa ajudar cerca de 11 mil famílias em todo o estado. Para se inscrever, basta entrar no site caurs.gov.br, procurar pelo projeto e baixar o formulário de inscrição. Preenchido o documento, é necessário protocolar no sistema interno do CAU/RS, em que todos os arquitetos e urbanistas possuem acesso.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio

Mão Amiga recebe cestas básicas da live da cantora Marília Mendonça

Nesta semana, o Projeto Mão Amiga recebeu 101 cestas básicas oriundas das doações de quem acompanhou a live da cantora sertaneja Marília Mendonça. Os alimentos recebidos serão destinados para as famílias auxiliadas pelo projeto.

A presidente do projeto Mão Amiga, Ana Policastro destacou o trabalho feito pela a associação, que ajuda famílias em situação de vulnerabilidade social. O projeto entrega cerca mil cestas básicas por mês. O Mão amiga foi uma das três instituições beneficiadas no estado pela live da artista. (Ouça a notícia)

A entrega foi feita pela equipe do Sesc, que é responsável pelo programa Mesa Brasil. O Mão Amiga tem sua sede na Rua General Mallet, 33, no bairro Rio Branco, em Caxias do Sul (RS).

Nesta semana, o Projeto Mão Amiga recebeu 101 cestas básicas oriundas das doações de quem acompanhou a live da cantora sertaneja Marília Mendonça. Os alimentos recebidos serão destinados para as famílias auxiliadas pelo projeto.

A presidente do projeto Mão Amiga, Ana Policastro destacou o trabalho feito pela a associação, que ajuda famílias em situação de vulnerabilidade social. O projeto entrega cerca mil cestas básicas por mês. O Mão amiga foi uma das três instituições beneficiadas no estado pela live da artista. (Ouça a notícia)

A entrega foi feita pela equipe do Sesc, que é responsável pelo programa Mesa Brasil. O Mão Amiga tem sua sede na Rua General Mallet, 33, no bairro Rio Branco, em Caxias do Sul (RS).

Link para notícia no site Tua Rádio

Ventilador pulmonar desenvolvido pelo TecnoUCS recebe aporte de R$ 100 mil

Equipamento passa por trâmites para receber registro da Anvisa.
O Frank 5010, projeto de ventilador pulmonar desenvolvido pelo TecnoUCS, recebeu um aporte de R$ 100 mil. O valor, destinado pela Petrobrás, também foi repassado para outros quatro produtos semelhantes desenvolvidos em outros pontos do Brasil.

O professor Alexandre Viecelli, coordenador do curso de Engenharia Mecânica da Universidade de Caxias do Sul e da equipe de engenheiros do projeto, explica que o Frank 5010 passa pelos trâmites para receber o registro da Anvisa.

(Ouça a entrevista do professor na íntegra abaixo do título)

Equipamento passa por trâmites para receber registro da Anvisa.

O Frank 5010, projeto de ventilador pulmonar desenvolvido pelo TecnoUCS, recebeu um aporte de R$ 100 mil. O valor, destinado pela Petrobrás, também foi repassado para outros quatro produtos semelhantes desenvolvidos em outros pontos do Brasil.

O professor Alexandre Viecelli, coordenador do curso de Engenharia Mecânica da Universidade de Caxias do Sul e da equipe de engenheiros do projeto, explica que o Frank 5010 passa pelos trâmites para receber o registro da Anvisa.

(Ouça a entrevista do professor na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha Conectando Esperança arrecada 6 toneladas de alimentos, em Caxias do Sul

Os donativos serão destinados para famílias em situação de vulnerabilidade
A Campanha Conectando Esperança, realizada neste sábado (23), em Caxias do Sul resultou na arrecadação de 6 toneladas de alimentos que serão destinados para famílias que passam por dificuldades, neste momento de pandemia. Além de alimentos não perecíveis, foram recolhidos produtos de higiene, limpeza e roupas.

A ação ocorreu das 10h às 16h, em formato drive-thru, ou seja, as pessoas não precisaram descer dos carros para entregar os donativos. Uma equipe de voluntários da Pastoral do Pão e do Projeto Mão Amiga, devidamente protegidos com máscaras e luvas, fizeram toda a logística de arrecadação.

Realizada pela Rádio Maisnova, Tua Rádio São Francisco, Editora São Miguel e Freis Capuchinhos, a campanha também contou com diversos apoiadores, entre eles o Santuário de Caravaggio, já que a ação também foi uma das formas de celebrar a 141ª Romaria.

Conforme o diretor das Redes Tua Rádio e Mais Nova, frei Álvaro Morés, a campanha foi um sucesso e irá auxiliar muitas famílias. “Foi uma campanha que deu muito certo porque as pessoas têm um coração bom. As pessoas que doaram, doaram com alegria, com um espírito de solidariedade e isso que é importante. Graças a isso muitas famílias vão poder ter amainado sua situação difícil. Quantas famílias aqui em Caxias, mesmo numa região tão rica, não tem o suficiente de alimento que é básico para a vida. Então, muito obrigado a todos e a todas que doaram de coração”.

Agora a Pastoral do Pão e o Projeto Mão Amiga vão fazer a distribuição dos alimentos para as famílias cadastradas e que se encontram em situação de vulnerabilidade.

Empresas e entidades parceiras da ação Conectando Esperança:

Pastoral do Pão

Mão Amiga

Santuário de Caravaggio

Café Bom Jesus

Sim Rede de Postos

Empório Nova Aliança

Campanha Caxias do Amor

UNICCA – União dos Ciclistas Caxienses

Clube de Corredores de Caxias do Sul

Pakuá Sport

Biscoitos Orquídea

Victoria Maxx

Todos os grupos tradicionalistas da região

Grupos de motorhome

Os donativos serão destinados para famílias em situação de vulnerabilidade

A Campanha Conectando Esperança, realizada neste sábado (23), em Caxias do Sul resultou na arrecadação de 6 toneladas de alimentos que serão destinados para famílias que passam por dificuldades, neste momento de pandemia. Além de alimentos não perecíveis, foram recolhidos produtos de higiene, limpeza e roupas.

A ação ocorreu das 10h às 16h, em formato drive-thru, ou seja, as pessoas não precisaram descer dos carros para entregar os donativos. Uma equipe de voluntários da Pastoral do Pão e do Projeto Mão Amiga, devidamente protegidos com máscaras e luvas, fizeram toda a logística de arrecadação.

Realizada pela Rádio Maisnova, Tua Rádio São Francisco, Editora São Miguel e Freis Capuchinhos, a campanha também contou com diversos apoiadores, entre eles o Santuário de Caravaggio, já que a ação também foi uma das formas de celebrar a 141ª Romaria.

Conforme o diretor das Redes Tua Rádio e Mais Nova, frei Álvaro Morés, a campanha foi um sucesso e irá auxiliar muitas famílias. “Foi uma campanha que deu muito certo porque as pessoas têm um coração bom. As pessoas que doaram, doaram com alegria, com um espírito de solidariedade e isso que é importante. Graças a isso muitas famílias vão poder ter amainado sua situação difícil. Quantas famílias aqui em Caxias, mesmo numa região tão rica, não tem o suficiente de alimento que é básico para a vida. Então, muito obrigado a todos e a todas que doaram de coração”.

Agora a Pastoral do Pão e o Projeto Mão Amiga vão fazer a distribuição dos alimentos para as famílias cadastradas e que se encontram em situação de vulnerabilidade.

Empresas e entidades parceiras da ação Conectando Esperança:

Pastoral do Pão

Mão Amiga

Santuário de Caravaggio

Café Bom Jesus

Sim Rede de Postos

Empório Nova Aliança

Campanha Caxias do Amor

UNICCA – União dos Ciclistas Caxienses

Clube de Corredores de Caxias do Sul

Pakuá Sport

Biscoitos Orquídea

Victoria Maxx

Todos os grupos tradicionalistas da região

Grupos de motorhome

Link para notícia no site Tua Rádio

Balanço e Demonstrações da Associação Caritativo Literária São José

Para fins legais, segue abaixo o Balanço e as demonstrações
financeiras do exercício findo em 31/12/2019, acompanhado do Parecer do Conselho Fiscal e do Relatório dos Auditores Independentes demonstrando os fatos relevantes do período. A Diretoria permanece à sua disposição para quaisquer outras informações ou esclarecimentos que se fizerem necessários.
A Diretoria em 10 de abril de 2020

BALANÇO PATRIMONIAL E NOTAS EXPLICATIVAS 2019

PARECER DA AUDITORIA 2019

CERTIFICADO 2019

Para fins legais, segue abaixo o Balanço e as demonstrações
financeiras do exercício findo em 31/12/2019, acompanhado do Parecer do Conselho Fiscal e do Relatório dos Auditores Independentes demonstrando os fatos relevantes do período. A Diretoria permanece à sua disposição para quaisquer outras informações ou esclarecimentos que se fizerem necessários.
A Diretoria em 10 de abril de 2020

BALANÇO PATRIMONIAL E NOTAS EXPLICATIVAS 2019

PARECER DA AUDITORIA 2019

CERTIFICADO 2019

Link para notícia no site Tua Rádio

Estudantes caxienses participam de torneio de robótica com projeto que visa melhorar mobilidade no trânsito

A equipe Tecnoway, da Rede Caminho do Saber, participa da etapa nacional do Torneio de Robótica First Lego League de 06 a 08 deste mês, em São Paulo
Uma equipe de estudantes da Rede Caminho do Saber embarca nesta quinta-feira (05) para participar de um Torneio de Robótica em São Paulo. São sete adolescentes que integram a equipe Tecnoway e que vão apresentar um projeto desenvolvido para melhorar a mobilidade no trânsito de Caxias do Sul, como explica a técnica do time, Alexandra Valença Colvara: “Eles verificaram que existe a questão do trânsito na área central de Caxias do Sul e acaba sendo muito difícil de conseguir estacionamento. Então, eles desenvolveram um sistema que vai identificar se tem a vaga livre ou não, na área central, e a pessoa pode consultar até mesmo antes de sair de casa se tem essa vaga disponível ou pra evitar o trânsito desnecessário”.

Alexandra também destaca que a intenção é fazer com que esse sistema seja colocado em prática em Caxias do Sul a partir de parcerias com entidades, empresas e/ou Poder Público. Por isso, na última segunda-feira (02), a equipe também apresentou o projeto para integrantes do MOBI Caxias: “Eles já sugeriram algumas melhorias que a gente pode pensar, por exemplo, que esse nosso sistema converse com as câmeras de segurança da área central. E estamos vendo essa possibilidade de implementar o projeto e iniciar a melhoria por Caxias do Sul”.

O projeto da Tecnoway disputa a etapa nacional do Torneio de Robótica First Lego League (FLL) e a ideia segue o tema da competição deste ano, que é “Cidades Inteligentes”. Os melhores times selecionados na etapa nacional do FLL participam dos torneios mundiais. “Dentro do torneio existem vagas para os internacionais na Grécia, Houston ou Austrália. Então a gente vai para concorrer e tentar alguma vaga para algum internacional”.

A Caminho do Saber já participou das etapas mundiais do torneio, em 2017 na Austrália; e em 2019, no Uruguai. Além disso, o projeto também recebeu indicação para o Global Innovation Award, um prêmio que faz parte do Torneio FLL.

Ouça a entrevista completa AQUI.

A equipe Tecnoway, da Rede Caminho do Saber, participa da etapa nacional do Torneio de Robótica First Lego League de 06 a 08 deste mês, em São Paulo

Uma equipe de estudantes da Rede Caminho do Saber embarca nesta quinta-feira (05) para participar de um Torneio de Robótica em São Paulo. São sete adolescentes que integram a equipe Tecnoway e que vão apresentar um projeto desenvolvido para melhorar a mobilidade no trânsito de Caxias do Sul, como explica a técnica do time, Alexandra Valença Colvara: “Eles verificaram que existe a questão do trânsito na área central de Caxias do Sul e acaba sendo muito difícil de conseguir estacionamento. Então, eles desenvolveram um sistema que vai identificar se tem a vaga livre ou não, na área central, e a pessoa pode consultar até mesmo antes de sair de casa se tem essa vaga disponível ou pra evitar o trânsito desnecessário”.

Alexandra também destaca que a intenção é fazer com que esse sistema seja colocado em prática em Caxias do Sul a partir de parcerias com entidades, empresas e/ou Poder Público. Por isso, na última segunda-feira (02), a equipe também apresentou o projeto para integrantes do MOBI Caxias: “Eles já sugeriram algumas melhorias que a gente pode pensar, por exemplo, que esse nosso sistema converse com as câmeras de segurança da área central. E estamos vendo essa possibilidade de implementar o projeto e iniciar a melhoria por Caxias do Sul”.

O projeto da Tecnoway disputa a etapa nacional do Torneio de Robótica First Lego League (FLL) e a ideia segue o tema da competição deste ano, que é “Cidades Inteligentes”. Os melhores times selecionados na etapa nacional do FLL participam dos torneios mundiais. “Dentro do torneio existem vagas para os internacionais na Grécia, Houston ou Austrália. Então a gente vai para concorrer e tentar alguma vaga para algum internacional”.

A Caminho do Saber já participou das etapas mundiais do torneio, em 2017 na Austrália; e em 2019, no Uruguai. Além disso, o projeto também recebeu indicação para o Global Innovation Award, um prêmio que faz parte do Torneio FLL.

Ouça a entrevista completa AQUI.

Link para notícia no site Tua Rádio

TecnoUCS articula projetos com grafeno para a indústria automotiva

O material mais fino e resistente do mundo é o futuro da tecnologia e foi um dos temas destaque de 2019 e já se apresenta como assunto relevante para 2020
Representantes das empresas Gerdau, Randon, Marcopolo e Sanmartin conheceram o projeto de produção de grafeno do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul e debateram as possibilidades de utilização do material em seus produtos durante rodada de negócios realizada na sede administrativa do TecnoUCS, nas últimas semanas do ano. O encontro também serviu para uma apresentação do projeto Rota 2030, criado em 2018 pelo governo federal para o investimento de R$ 200 milhões em cinco anos, em projetos de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I), para aumentar a competitividade da cadeia automotiva nacional.

O programa pretende captar R$ 200 milhões em cinco anos e formar uma rede de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) para o desenvolvimento de projetos de qualificação para empresas do setor automotivo, nas áreas de eficiência energética, segurança, tecnologia assistiva e uso de biocombustíveis e automatização de produção. O apoio se estenderá da pesquisa básica à aplicada, no investimento em startups, desenvolvimento tecnológico e de protótipos e, por fim, à introdução do produto no mercado.

Como material mais forte, leve, fino e com maior condutividade térmica que existe, e grande condutor de eletricidade, o grafeno desponta entre as soluções em tecnologia avançada para diversos setores da indústria. Em duas das cinco linhas temáticas do Rota 2030 há possibilidades de inserção do grafeno: Materiais Avançados (materiais nanoestruturados, compósitos poliméricos e ligas metálicas) e Indústria 4.0 (robótica, inteligência artificial, integração de sistemas, Internet das Coisas, entre outros).

O coordenador-executivo do TecnoUCS, Enor Tonolli Jr., falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta segunda-feira.

O material mais fino e resistente do mundo é o futuro da tecnologia e foi um dos temas destaque de 2019 e já se apresenta como assunto relevante para 2020

Representantes das empresas Gerdau, Randon, Marcopolo e Sanmartin conheceram o projeto de produção de grafeno do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul e debateram as possibilidades de utilização do material em seus produtos durante rodada de negócios realizada na sede administrativa do TecnoUCS, nas últimas semanas do ano. O encontro também serviu para uma apresentação do projeto Rota 2030, criado em 2018 pelo governo federal para o investimento de R$ 200 milhões em cinco anos, em projetos de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I), para aumentar a competitividade da cadeia automotiva nacional.

O programa pretende captar R$ 200 milhões em cinco anos e formar uma rede de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) para o desenvolvimento de projetos de qualificação para empresas do setor automotivo, nas áreas de eficiência energética, segurança, tecnologia assistiva e uso de biocombustíveis e automatização de produção. O apoio se estenderá da pesquisa básica à aplicada, no investimento em startups, desenvolvimento tecnológico e de protótipos e, por fim, à introdução do produto no mercado.

Como material mais forte, leve, fino e com maior condutividade térmica que existe, e grande condutor de eletricidade, o grafeno desponta entre as soluções em tecnologia avançada para diversos setores da indústria. Em duas das cinco linhas temáticas do Rota 2030 há possibilidades de inserção do grafeno: Materiais Avançados (materiais nanoestruturados, compósitos poliméricos e ligas metálicas) e Indústria 4.0 (robótica, inteligência artificial, integração de sistemas, Internet das Coisas, entre outros).

O coordenador-executivo do TecnoUCS, Enor Tonolli Jr., falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta segunda-feira.

Link para notícia no site Tua Rádio