Consulta Popular começa nesta segunda, dia 26, com predomínio de projetos da área agrícola

Começa na segunda-feira (26/10) mais uma edição da Consulta Popular, pleito do governo do Estado organizado pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG). Nessa edição, a votação será 100% virtual, pelo site www.consultapopular.rs.gov.br ou via SMS, e se estenderá até o dia 3 de novembro.

A população gaúcha terá à disposição 96 projetos de Desenvolvimento Regional para votar. As demandas foram definidas em assembleias regionais, microrregionais e municipais, realizadas pelo governo do Estado, por meio da SPGG, e pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

“Mesmo com a pandemia, decidimos por manter a votação da Consulta Popular nesse ano, porque acreditamos que é uma política pública relevante e contribui muito na definição das prioridades de cada uma das 28 regiões do Estado”, explicou o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal.

O processo vai encaminhar a aplicação de R$ 20 milhões em projetos para municípios das 28 regiões do Estado. Desse valor, R$ 10 milhões serão quitados em 2021, os outros R$ 10 milhões avaliados conforme a condição financeira de 2022.

O objetivo é fortalecer o desenvolvimento regional, valorizando demandas que ampliam o crescimento econômico, a ciência e a inovação em áreas como agricultura, infraestrutura e turismo.

Projetos do setor agrícola

Dos 96 projetos em votação, 46% estão ligados à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). Há pelo menos um projeto da área agrícola em votação em cada Corede.

As ações ligadas ao fortalecimento das agroindústrias respondem por 29,5% dos projetos, o apoio à agricultura familiar está em segundo lugar com 18% e, em terceiro, com 9%, ações direcionadas ao desenvolvimento da cadeia produtiva do leite. Os outros projetos tratam de assuntos diversos como fortalecimento do solo, uso dos recursos hídricos e infraestrutura rural. Entre os mais específicos de uma região estão o turismo rural, patrulha agrícola mecanizada, jovem empreendedor rural e avaliação de resíduos de agrotóxicos em hortaliças.

O Corede com 100% de projetos na área agrícola é o do Vale do Rio Pardo, com três projetos: combate ao êxodo rural, produção industrializada da agricultura familiar e agroecologia. Os Coredes da Fronteira Oeste e do Vale do Taquari têm três dos quatro projetos ligados à agricultura. No Vale do Taquari, são projetos de incentivo à produção orgânica, turismo rural a partir das agroindústrias familiares e sistema de água. No Conselho da Fronteira Oeste, as demandas são referentes ao fortalecimento das agroindústrias e da agricultura familiar e apoio ao pequeno e médio produtor rural.

“A votação na Consulta Popular é a grande oportunidade que a população tem para participar das decisões juntos aos Coredes de suas regiões. É momento de ajudar a sua comunidade com a melhor escolha”, diz o secretário da Seapdr, Covatti Filho.

Como funciona a votação

Para votar, basta ter título de eleitor. Dos 96 projetos disponibilizados nas cédulas de votação, o cidadão poderá escolher apenas um, conforme a sua região.

Online: pelo site www.consultapopular.rs.gov.br (as cédulas estarão disponíveis nos dias de votação)

Via SMS: para o número 29634, com a mensagem RSVOTO#nº título do eleitor#nº do programa (sem espaços). Exemplo: RSVOTO#99999999#4

As populações dos municípios da região Nordeste poderão optar por uma das cinco demandas elencadas pelos 19 municípios que compõem o COREDE Nordeste.

Fortalecimento do projeto de municipalização ambiental de atividades de impacto local via Consórcio de municípios;
Apoio à melhoria da sanidade animal do gado leiteiro;
Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de matérias para defesa cível;
Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de equipamentos e veículos para inspeção sanitária;
Apoio às agroindústrias familiares – Estruturação do Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais (localizado em Lagoa Vermelha).

Em entrevista à Tua Rádio Cacique o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Lagoa Vermelha (COMUDE), Dalvan Costa falou que o Estado liberou R$ 342 mil para a região. O recurso é pequeno, e menor do que dos anos anteriores.

Dalvan recomendou à população que vote na demanda número 05, já que o Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais está localizado em Lagoa Vermelha.

Começa na segunda-feira (26/10) mais uma edição da Consulta Popular, pleito do governo do Estado organizado pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG). Nessa edição, a votação será 100% virtual, pelo site www.consultapopular.rs.gov.br ou via SMS, e se estenderá até o dia 3 de novembro.

A população gaúcha terá à disposição 96 projetos de Desenvolvimento Regional para votar. As demandas foram definidas em assembleias regionais, microrregionais e municipais, realizadas pelo governo do Estado, por meio da SPGG, e pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

"Mesmo com a pandemia, decidimos por manter a votação da Consulta Popular nesse ano, porque acreditamos que é uma política pública relevante e contribui muito na definição das prioridades de cada uma das 28 regiões do Estado", explicou o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal.

O processo vai encaminhar a aplicação de R$ 20 milhões em projetos para municípios das 28 regiões do Estado. Desse valor, R$ 10 milhões serão quitados em 2021, os outros R$ 10 milhões avaliados conforme a condição financeira de 2022.

O objetivo é fortalecer o desenvolvimento regional, valorizando demandas que ampliam o crescimento econômico, a ciência e a inovação em áreas como agricultura, infraestrutura e turismo.

Projetos do setor agrícola

Dos 96 projetos em votação, 46% estão ligados à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). Há pelo menos um projeto da área agrícola em votação em cada Corede.

As ações ligadas ao fortalecimento das agroindústrias respondem por 29,5% dos projetos, o apoio à agricultura familiar está em segundo lugar com 18% e, em terceiro, com 9%, ações direcionadas ao desenvolvimento da cadeia produtiva do leite. Os outros projetos tratam de assuntos diversos como fortalecimento do solo, uso dos recursos hídricos e infraestrutura rural. Entre os mais específicos de uma região estão o turismo rural, patrulha agrícola mecanizada, jovem empreendedor rural e avaliação de resíduos de agrotóxicos em hortaliças.

O Corede com 100% de projetos na área agrícola é o do Vale do Rio Pardo, com três projetos: combate ao êxodo rural, produção industrializada da agricultura familiar e agroecologia. Os Coredes da Fronteira Oeste e do Vale do Taquari têm três dos quatro projetos ligados à agricultura. No Vale do Taquari, são projetos de incentivo à produção orgânica, turismo rural a partir das agroindústrias familiares e sistema de água. No Conselho da Fronteira Oeste, as demandas são referentes ao fortalecimento das agroindústrias e da agricultura familiar e apoio ao pequeno e médio produtor rural.

"A votação na Consulta Popular é a grande oportunidade que a população tem para participar das decisões juntos aos Coredes de suas regiões. É momento de ajudar a sua comunidade com a melhor escolha", diz o secretário da Seapdr, Covatti Filho.

Como funciona a votação

Para votar, basta ter título de eleitor. Dos 96 projetos disponibilizados nas cédulas de votação, o cidadão poderá escolher apenas um, conforme a sua região.

Online: pelo site www.consultapopular.rs.gov.br (as cédulas estarão disponíveis nos dias de votação)

Via SMS: para o número 29634, com a mensagem RSVOTO#nº título do eleitor#nº do programa (sem espaços). Exemplo: RSVOTO#99999999#4

As populações dos municípios da região Nordeste poderão optar por uma das cinco demandas elencadas pelos 19 municípios que compõem o COREDE Nordeste.

  1. Fortalecimento do projeto de municipalização ambiental de atividades de impacto local via Consórcio de municípios;
  2. Apoio à melhoria da sanidade animal do gado leiteiro;
  3. Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de matérias para defesa cível;
  4. Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de equipamentos e veículos para inspeção sanitária;
  5. Apoio às agroindústrias familiares – Estruturação do Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais (localizado em Lagoa Vermelha).

Em entrevista à Tua Rádio Cacique o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Lagoa Vermelha (COMUDE), Dalvan Costa falou que o Estado liberou R$ 342 mil para a região. O recurso é pequeno, e menor do que dos anos anteriores.

Dalvan recomendou à população que vote na demanda número 05, já que o Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais está localizado em Lagoa Vermelha.

Link para notícia no site Tua Rádio

Inscrições para estágio no Banrisul estão abertas até quarta-feira, dia 28

Estão abertas até a próxima quarta-feira (28/10) as inscrições para o processo seletivo público de estágio no Banrisul. No total, são 185 vagas e formação de cadastro de reserva para estudantes de vários cursos do ensino superior.

A seleção ocorrerá por meio de prova objetiva online no dia 8 de novembro, no portal www.cieers.org.br.

Podem se inscrever estudantes dos seguintes cursos:

• Ciências Econômicas
• Ciências Contábeis
• Administração
• Ciências Jurídicas e Sociais
• Arquitetura e Urbanismo
• Engenharia Civil
• Cinema
• Design
• Publicidade e Propaganda
• Realização Audiovisual
• Agronomia
• Engenharia Agrícola
• Engenharia Florestal
• Engenharia Ambiental
• Estatística
• Matemática
• Ciências Atuariais

INFORMAÇÕES

Ciee-RS
• Telefone (51) 3363-1000
• www.cieers.org.br, ferramenta Chat On-Line
• E-mail processoseletivobanrisul@cieers.org.br

Estão abertas até a próxima quarta-feira (28/10) as inscrições para o processo seletivo público de estágio no Banrisul. No total, são 185 vagas e formação de cadastro de reserva para estudantes de vários cursos do ensino superior.

A seleção ocorrerá por meio de prova objetiva online no dia 8 de novembro, no portal www.cieers.org.br.

Podem se inscrever estudantes dos seguintes cursos:

• Ciências Econômicas
• Ciências Contábeis
• Administração
• Ciências Jurídicas e Sociais
• Arquitetura e Urbanismo
• Engenharia Civil
• Cinema
• Design
• Publicidade e Propaganda
• Realização Audiovisual
• Agronomia
• Engenharia Agrícola
• Engenharia Florestal
• Engenharia Ambiental
• Estatística
• Matemática
• Ciências Atuariais

INFORMAÇÕES

Ciee-RS
• Telefone (51) 3363-1000
www.cieers.org.br, ferramenta Chat On-Line
• E-mail processoseletivobanrisul@cieers.org.br

Link para notícia no site Tua Rádio

Aposentados e pensionistas do Estado estão dispensados de fazer a prova de vida em 2020

Reforçando a informação divulgada anteriormente, aposentados, pensionistas e militares inativos vinculados ao Estado e ao Instituto de Previdência do Estado (IPE Prev) estão dispensados de fazer a chamada “prova de vida” – atualização dos dados cadastrais – durante o ano de 2020. A dispensa, decorrente dos efeitos da pandemia, está no Decreto 55.472/2020, de 10 de setembro.

Para evitar dúvidas, o Tesouro do Estado esclarece que, mesmo com a virada do ano, não há necessidade de deslocamento imediato aos bancos, pois a prova de vida só deverá ser realizada no mês do próximo aniversário do inativo no ano de 2021. Por exemplo, o servidor inativo que faz aniversário em outubro só deverá realizar o procedimento em outubro de 2021.

Uma vez por ano, inativos e pensionistas, ou seus procuradores, precisam comparecer a agências do Banrisul para comprovar que estão vivos a fim de se evitar fraudes e pagamento indevido de benefícios. Devido às medidas prevenção e de enfrentamento à pandemia da Covid-19, o processo foi suspenso em março.

Reforçando a informação divulgada anteriormente, aposentados, pensionistas e militares inativos vinculados ao Estado e ao Instituto de Previdência do Estado (IPE Prev) estão dispensados de fazer a chamada “prova de vida” – atualização dos dados cadastrais – durante o ano de 2020. A dispensa, decorrente dos efeitos da pandemia, está no Decreto 55.472/2020, de 10 de setembro.

Para evitar dúvidas, o Tesouro do Estado esclarece que, mesmo com a virada do ano, não há necessidade de deslocamento imediato aos bancos, pois a prova de vida só deverá ser realizada no mês do próximo aniversário do inativo no ano de 2021. Por exemplo, o servidor inativo que faz aniversário em outubro só deverá realizar o procedimento em outubro de 2021.

Uma vez por ano, inativos e pensionistas, ou seus procuradores, precisam comparecer a agências do Banrisul para comprovar que estão vivos a fim de se evitar fraudes e pagamento indevido de benefícios. Devido às medidas prevenção e de enfrentamento à pandemia da Covid-19, o processo foi suspenso em março.

Link para notícia no site Tua Rádio

Abacapi aponta desperdício de água na Barragem Capingui

Conselho Consultivo pede que válvulas sejam abertas, apenas, quando necessária a utilização da água
O Conselho Consultivo da Abacapi – Associação dos Amigos da Barragem do Capingui está fazendo um apelo para melhor aproveitamento da água do reservatório. Segundo Carlos Augusto Pereira, membro do conselho, há um descontrole da vazão de água, que causa, além do desperdício, sérios danos ambientais. Durante entrevista que concedeu a Tua Rádio Alvorada, Carlos ressalta que a principal preocupação no momento é o período de reprodução dos peixes, conhecido como piracema, que pode ser prejudicado pela falta de água.

De acordo com Carlos, o uso excessivo da água vem sendo feito pela CEEE – Companhia Estadual de Energia Elétrica. Ele explica que o Conselho Consultivo contratou uma empresa especializada para fazer um levantamento da atual situação da barragem, e segundo o estudo, a maior parte da água está sendo desperdiçada. “Conforme estudo foi constatado que 30% da água seria suficiente para a geração da energia, com as válvulas totalmente abertas conforme estavam domingo passado”, afirma, Carlos. Dessa forma, acrescenta ele, 70% da água retirada hoje da barragem está sendo desperdiçada.

O que o conselho pede para a CEEE é que as válvulas de regulagem sejam abertas, apenas, quando for necessária a utilização da água da barragem e não que permaneçam sempre ativas como acontece no momento. Ainda, Carlos conta que esta é uma questão que vem sendo trabalhada há um bom tempo. Segundo ele, foi aberto, inclusive, um inquérito contra a empresa, junto ao Ministério Público de Passo Fundo, onde foi estabelecido um termo de conduta, porém, o mesmo não está sendo seguido.

Conselho Consultivo pede que válvulas sejam abertas, apenas, quando necessária a utilização da água

O Conselho Consultivo da Abacapi – Associação dos Amigos da Barragem do Capingui está fazendo um apelo para melhor aproveitamento da água do reservatório. Segundo Carlos Augusto Pereira, membro do conselho, há um descontrole da vazão de água, que causa, além do desperdício, sérios danos ambientais. Durante entrevista que concedeu a Tua Rádio Alvorada, Carlos ressalta que a principal preocupação no momento é o período de reprodução dos peixes, conhecido como piracema, que pode ser prejudicado pela falta de água.

De acordo com Carlos, o uso excessivo da água vem sendo feito pela CEEE – Companhia Estadual de Energia Elétrica. Ele explica que o Conselho Consultivo contratou uma empresa especializada para fazer um levantamento da atual situação da barragem, e segundo o estudo, a maior parte da água está sendo desperdiçada. “Conforme estudo foi constatado que 30% da água seria suficiente para a geração da energia, com as válvulas totalmente abertas conforme estavam domingo passado”, afirma, Carlos. Dessa forma, acrescenta ele, 70% da água retirada hoje da barragem está sendo desperdiçada.

O que o conselho pede para a CEEE é que as válvulas de regulagem sejam abertas, apenas, quando for necessária a utilização da água da barragem e não que permaneçam sempre ativas como acontece no momento. Ainda, Carlos conta que esta é uma questão que vem sendo trabalhada há um bom tempo. Segundo ele, foi aberto, inclusive, um inquérito contra a empresa, junto ao Ministério Público de Passo Fundo, onde foi estabelecido um termo de conduta, porém, o mesmo não está sendo seguido.

Link para notícia no site Tua Rádio

Hospital do Círculo irá ofertar consultas e exames em parceria com a prefeitura no programa Fila Zero

Serão mais de 477 atendimentos em diversas especialidades por mês, na instituição
O programa Fila Zero, promovido pela Prefeitura de Caxias do Sul com o intuito de diminuir filas de espera para consultas e exames em especialidade médicas, iniciou neste sábado (24). Nada data, também foi anunciada a parceria com o Hospital do Círculo que vai oferecer mais 477 consultas/exames à população caxiense.

Serão ofertadas 100 vagas para psicoterapia, 20 para fonoterapia, 100 consultas cardiológicas, 100 consultas psiquiátricas, 100 atendimentos de fisioterapia, dois exames de polissonografia, 10 exames de ultrassonografia de mama bilateral, 40 exames de ultrassonografia e 5 exames de ressonância magnética. Conforme a prefeitura, os procedimentos não terão custos para o Município.

Conforme o prefeito Flávio Cassina, a ação já estava planejada há alguns meses e a parceria deve ajudar a acelerar o atendimento. “O Fila Zero era uma ação que tínhamos previsto no início da nossa administração, porque a demanda reprimida na saúde é histórica. Entretanto, veio a pandemia, e tivemos que segurar essa questão. Agora com a dedicação dos nossos servidores da saúde, vamos intensificar esse atendimento e agilizar a fila até zerá-la. Para que isso aconteça, temos a alegria de anunciar também uma parceria muito importante com o Hospital do Círculo, sem custo algum para o município”.

No primeiro dia do programa, realizado neste sábado, 168 pacientes foram agendados para reumatologia, neurologia adulto, cardiologia, ortopedia, dermatologia, otorrinolaringologia e gastroenterologia, além dos exames de eletrocardiograma e espirometria. A próxima etapa será em 7 de novembro, quando serão agendados pacientes para reumatologia, neurologia adulto, cardiologia, ortopedia, dermatologia, otorrinolaringologia e gastroenterologia.

Serão mais de 477 atendimentos em diversas especialidades por mês, na instituição

O programa Fila Zero, promovido pela Prefeitura de Caxias do Sul com o intuito de diminuir filas de espera para consultas e exames em especialidade médicas, iniciou neste sábado (24). Nada data, também foi anunciada a parceria com o Hospital do Círculo que vai oferecer mais 477 consultas/exames à população caxiense.

Serão ofertadas 100 vagas para psicoterapia, 20 para fonoterapia, 100 consultas cardiológicas, 100 consultas psiquiátricas, 100 atendimentos de fisioterapia, dois exames de polissonografia, 10 exames de ultrassonografia de mama bilateral, 40 exames de ultrassonografia e 5 exames de ressonância magnética. Conforme a prefeitura, os procedimentos não terão custos para o Município.

Conforme o prefeito Flávio Cassina, a ação já estava planejada há alguns meses e a parceria deve ajudar a acelerar o atendimento. “O Fila Zero era uma ação que tínhamos previsto no início da nossa administração, porque a demanda reprimida na saúde é histórica. Entretanto, veio a pandemia, e tivemos que segurar essa questão. Agora com a dedicação dos nossos servidores da saúde, vamos intensificar esse atendimento e agilizar a fila até zerá-la. Para que isso aconteça, temos a alegria de anunciar também uma parceria muito importante com o Hospital do Círculo, sem custo algum para o município”.

No primeiro dia do programa, realizado neste sábado, 168 pacientes foram agendados para reumatologia, neurologia adulto, cardiologia, ortopedia, dermatologia, otorrinolaringologia e gastroenterologia, além dos exames de eletrocardiograma e espirometria. A próxima etapa será em 7 de novembro, quando serão agendados pacientes para reumatologia, neurologia adulto, cardiologia, ortopedia, dermatologia, otorrinolaringologia e gastroenterologia.

Link para notícia no site Tua Rádio

Com uso de drone, Prefeitura e órgãos de segurança realizam a 2ª edição da Operação Nômade, em Caxias

Durante a ação houve um registro de violência doméstica e tentativa de fuga de dois indivíduos
Nesta sexta-feira (23) ocorreu a segunda edição da Operação Nômade em Caxias do Sul, tendo como foco a segurança pública no município. A ação entre Prefeitura e órgãos de segurança ocorreu entre 15h30 e 22h30.

Foram feitas barreiras em pontos da cidade, visando intensificar o policiamento, com atuação direcionada à prevenção criminal de furto e roubo de veículos, crimes relacionados ao tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A operação contou com a participação dos integrantes do 12º BPM, 4º Batalhão de Polícia de Choque, Polícia Civil, Instituto Geral de Perícias, Bombeiros, Polícia Federal, Guarda Municipal, Fiscalização de Trânsito, Polícia Rodoviária Estadual e Superintendência dos Serviços Penitenciário.

A Secretaria da Segurança usou o drone pela primeira vez, auxiliando a atuação dos órgãos.

A operação registrou uma ocorrência de violência doméstica em andamento nas imediações de um ponto de barreira e a GM interveio e conduziu o agressor à Delegacia de Polícia. Também houve um condutor menor de idade dirigindo uma motocicleta sem placa, com chassi de uma moto e o motor de uma outra moto e a tentativa de fuga de duas pessoas, que foram abordados pela Guarda Municipal.

Local : Av. Ruben Bento Alves, 751 – Av. São Leopoldo, 1190 – Rua Jacob Luchesi, 5067 – Rua Antônio Broilo, 2010 – Rua Cristiano Ramos de Oliveira, 2745 – Av. Dr. Mario Lopes, 2055 e Av. Alexandre Rizzo, 665

Bairro: Sagrada Família – São Leopoldo – Santa Lúcia – Cruzeiro – Desvio Rizzo e Fátima

Veículos abordados: 118

Total de autuações: 71

Veículos recolhidos: 15

Condutor sem CNH (não habilitado): 15

Condutor com CNH suspensa/cassada: 04

Condutor com CNH de categoria diferente: 01

Condutor com CNH vencida há mais de 30 dias: 03

Documentos recolhidos (CRLV) para vistoria: 20

Documentos recolhidos (CNH): 03

Condutores sob influencia de álcool: um condutor flagrado dirigindo sob influência de álcool foi preso em flagrante por atingir índice superior a 0,33 mg/l de álcool por litro de ar expelidos pelos pulmões. O valor do teste de etilômetro dele foi de 0,75 mg/l.

Durante a ação houve um registro de violência doméstica e tentativa de fuga de dois indivíduos

Nesta sexta-feira (23) ocorreu a segunda edição da Operação Nômade em Caxias do Sul, tendo como foco a segurança pública no município. A ação entre Prefeitura e órgãos de segurança ocorreu entre 15h30 e 22h30.

Foram feitas barreiras em pontos da cidade, visando intensificar o policiamento, com atuação direcionada à prevenção criminal de furto e roubo de veículos, crimes relacionados ao tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A operação contou com a participação dos integrantes do 12º BPM, 4º Batalhão de Polícia de Choque, Polícia Civil, Instituto Geral de Perícias, Bombeiros, Polícia Federal, Guarda Municipal, Fiscalização de Trânsito, Polícia Rodoviária Estadual e Superintendência dos Serviços Penitenciário.

A Secretaria da Segurança usou o drone pela primeira vez, auxiliando a atuação dos órgãos.

A operação registrou uma ocorrência de violência doméstica em andamento nas imediações de um ponto de barreira e a GM interveio e conduziu o agressor à Delegacia de Polícia. Também houve um condutor menor de idade dirigindo uma motocicleta sem placa, com chassi de uma moto e o motor de uma outra moto e a tentativa de fuga de duas pessoas, que foram abordados pela Guarda Municipal.

Local : Av. Ruben Bento Alves, 751 – Av. São Leopoldo, 1190 – Rua Jacob Luchesi, 5067 – Rua Antônio Broilo, 2010 – Rua Cristiano Ramos de Oliveira, 2745 – Av. Dr. Mario Lopes, 2055 e Av. Alexandre Rizzo, 665

Bairro: Sagrada Família – São Leopoldo – Santa Lúcia – Cruzeiro – Desvio Rizzo e Fátima

Veículos abordados: 118

Total de autuações: 71

Veículos recolhidos: 15

Condutor sem CNH (não habilitado): 15

Condutor com CNH suspensa/cassada: 04

Condutor com CNH de categoria diferente: 01

Condutor com CNH vencida há mais de 30 dias: 03

Documentos recolhidos (CRLV) para vistoria: 20

Documentos recolhidos (CNH): 03

Condutores sob influencia de álcool: um condutor flagrado dirigindo sob influência de álcool foi preso em flagrante por atingir índice superior a 0,33 mg/l de álcool por litro de ar expelidos pelos pulmões. O valor do teste de etilômetro dele foi de 0,75 mg/l.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura autoriza 16 floristas a vender próximo aos cemitérios públicos de Caxias do Sul

Segundo a Secretaria do urbanismo, eles serão dispostos em locais demarcados previamente para não gerar aglomerações
Encerrou na última sexta-feira (23) o prazo de inscrições para os interessados em vender flores nas proximidades dos Cemitérios Público I e II (Rosário), em Caxias do Sul, no feriado de Finados. No total, 16 floristas foram autorizados a comercializar seus produtos. Eles apresentaram comprovante de residência na cidade e documento de identidade com foto e pagaram a taxa de R$ 100,35.

Segundo o secretário do Urbanismo, João Uez, os vendedores de flores serão dispostos no entorno dos cemitérios, em locais previamente demarcados pelos fiscais, de forma a manter o distanciamento para que não haja aglomerações. O prazo para as limpezas e reformas de túmulos também encerrou na sexta.

Os Cemitérios Públicos I e II (Rosário) estarão abertos ao público das 8h às 18h30 no sábado (31/10), domingo e segunda-feira (1º e 02/11). Neste ano, devido à pandemia, as missas serão realizadas apenas no Cemitério I e só no Dia de Finados. As celebrações, a cargo da Mitra Diocesana, serão realizadas no Largo Fábio Formolo (praça em frente ao cemitério), onde será instalada uma tenda. Nas demais comunidades, as paróquias terão autonomia sobre o horário das celebrações.

A Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM) irá fechar as quadras próximas ao Cemitério Público I e também está organizando as linhas de ônibus para o feriadão de Finados. Os detalhes serão informados na próxima semana. Para a segurança da comunidade durante os três dias, haverá 70 agentes da Guarda Municipal em revezamento para segurança preventiva.

Segundo a Secretaria do urbanismo, eles serão dispostos em locais demarcados previamente para não gerar aglomerações

Encerrou na última sexta-feira (23) o prazo de inscrições para os interessados em vender flores nas proximidades dos Cemitérios Público I e II (Rosário), em Caxias do Sul, no feriado de Finados. No total, 16 floristas foram autorizados a comercializar seus produtos. Eles apresentaram comprovante de residência na cidade e documento de identidade com foto e pagaram a taxa de R$ 100,35.

Segundo o secretário do Urbanismo, João Uez, os vendedores de flores serão dispostos no entorno dos cemitérios, em locais previamente demarcados pelos fiscais, de forma a manter o distanciamento para que não haja aglomerações. O prazo para as limpezas e reformas de túmulos também encerrou na sexta.

Os Cemitérios Públicos I e II (Rosário) estarão abertos ao público das 8h às 18h30 no sábado (31/10), domingo e segunda-feira (1º e 02/11). Neste ano, devido à pandemia, as missas serão realizadas apenas no Cemitério I e só no Dia de Finados. As celebrações, a cargo da Mitra Diocesana, serão realizadas no Largo Fábio Formolo (praça em frente ao cemitério), onde será instalada uma tenda. Nas demais comunidades, as paróquias terão autonomia sobre o horário das celebrações.

A Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM) irá fechar as quadras próximas ao Cemitério Público I e também está organizando as linhas de ônibus para o feriadão de Finados. Os detalhes serão informados na próxima semana. Para a segurança da comunidade durante os três dias, haverá 70 agentes da Guarda Municipal em revezamento para segurança preventiva.

Link para notícia no site Tua Rádio

Transporte Coletivo Urbano tem horários diferenciados neste domingo, em Caxias

Ônibus irão operar das 6h às 8h e das 17h30 às 21h
Devido aos decretos Municipal e Estadual que determinam o Distanciamento Controlado, o Transporte Coletivo Urbano irá operar novamente com restrições neste domingo (25/10), segundo informou a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM). Portanto, a Visate irá atender a comunidade apenas nos horários de pico, das 6h às 8h e das 17h30 às 21h.

A Secretaria de Trânsito ressalta que, fora dos horários estabelecidos, toda a frota estará recolhida às garagens da Visate. A medida visa atender principalmente aos servidores da saúde e aos órgãos de segurança pública, para que não haja prejuízo a funcionários que são usuários do Transporte Coletivo Urbano e dependem de ônibus para irem trabalhar. Linhas alimentadoras e coletoras, nas EPIs, terão última volta às 21h; a última volta da linha Troncal, nas EPIs, será às 20h35min; no Centro, as linhas radiais sairão para a última às 20h50min.

A orientação para os usuários que precisarem se deslocar com o Transporte Coletivo Urbano é que se programem com antecedência, a fim de evitar contratempos. Os horários dos ônibus podem ser consultados no site da Visate.

No sábado (24/10), o Transporte Coletivo Urbano opera normalmente, das 6h às 23h.

Ônibus irão operar das 6h às 8h e das 17h30 às 21h

Devido aos decretos Municipal e Estadual que determinam o Distanciamento Controlado, o Transporte Coletivo Urbano irá operar novamente com restrições neste domingo (25/10), segundo informou a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM). Portanto, a Visate irá atender a comunidade apenas nos horários de pico, das 6h às 8h e das 17h30 às 21h.

A Secretaria de Trânsito ressalta que, fora dos horários estabelecidos, toda a frota estará recolhida às garagens da Visate. A medida visa atender principalmente aos servidores da saúde e aos órgãos de segurança pública, para que não haja prejuízo a funcionários que são usuários do Transporte Coletivo Urbano e dependem de ônibus para irem trabalhar. Linhas alimentadoras e coletoras, nas EPIs, terão última volta às 21h; a última volta da linha Troncal, nas EPIs, será às 20h35min; no Centro, as linhas radiais sairão para a última às 20h50min.

A orientação para os usuários que precisarem se deslocar com o Transporte Coletivo Urbano é que se programem com antecedência, a fim de evitar contratempos. Os horários dos ônibus podem ser consultados no site da Visate.

No sábado (24/10), o Transporte Coletivo Urbano opera normalmente, das 6h às 23h.

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha de vacinação contra a pólio e multivacinação entra na última semana

Ação segue até sexta-feira, 30 de outubro
A campanha de vacinação contra a poliomielite e multivacinação segue até esta sexta-feira, 30 de outubro. Portanto, esses são os últimos dias para pais e responsáveis levarem crianças de 1 a cinco anos incompletos para se vacinar contra a poliomielite. Já a multivacinação é destinada a crianças e adolescentes menores de 15 anos que estejam com o esquema vacinal incompleto.

A diretora da Vigilância Epidemiológica de Caxias do Sul, Mônica Renosto, salienta a importância de colocar a caderneta de vacinação em dia e afirma que as equipes estão preparadas, aplicando os imunizantes segundo os cuidados sanitários necessários por conta da pandemia. “A vacina é considerada uma das principais formas de prevenção de doenças e uma das principais intervenções de saúde pública. Então, é muito importante que os pais levem as crianças e adolescentes para se imunizar. As equipes estão preparadas pra receber essa população e estão tomando todos os cuidados frente à pandemia da Covid, com o isolamento social, de cuidado pra distanciamento, tudo feito de forma segura”, explicou.

Todas as Unidades Básicas de Saúde de Caxias do Sul estão realizando a aplicação das doses, das 8h às 16h. Conforme dados da Secretaria Municipal da Saúde, até o momento, 10.440 crianças foram imunizadas contra a paralisia infantil (poliomielite) e 9.219 receberam doses atrasadas contra outras doenças durante a atualização da caderneta.

A meta é atingir 95% das crianças da faixa etária de 1 a 4 anos incompletos na vacinação contra a pólio, a qual, segundo o IBGE, é de 22.127 mil em Caxias. Já a campanha de multivacinação tem o objetivo de colocar em dia o esquema vacinal de crianças e adolescentes (0 a 14 anos completos) sem um quantitativo de público específico.

Ação segue até sexta-feira, 30 de outubro

A campanha de vacinação contra a poliomielite e multivacinação segue até esta sexta-feira, 30 de outubro. Portanto, esses são os últimos dias para pais e responsáveis levarem crianças de 1 a cinco anos incompletos para se vacinar contra a poliomielite. Já a multivacinação é destinada a crianças e adolescentes menores de 15 anos que estejam com o esquema vacinal incompleto.

A diretora da Vigilância Epidemiológica de Caxias do Sul, Mônica Renosto, salienta a importância de colocar a caderneta de vacinação em dia e afirma que as equipes estão preparadas, aplicando os imunizantes segundo os cuidados sanitários necessários por conta da pandemia. "A vacina é considerada uma das principais formas de prevenção de doenças e uma das principais intervenções de saúde pública. Então, é muito importante que os pais levem as crianças e adolescentes para se imunizar. As equipes estão preparadas pra receber essa população e estão tomando todos os cuidados frente à pandemia da Covid, com o isolamento social, de cuidado pra distanciamento, tudo feito de forma segura", explicou.

Todas as Unidades Básicas de Saúde de Caxias do Sul estão realizando a aplicação das doses, das 8h às 16h. Conforme dados da Secretaria Municipal da Saúde, até o momento, 10.440 crianças foram imunizadas contra a paralisia infantil (poliomielite) e 9.219 receberam doses atrasadas contra outras doenças durante a atualização da caderneta.

A meta é atingir 95% das crianças da faixa etária de 1 a 4 anos incompletos na vacinação contra a pólio, a qual, segundo o IBGE, é de 22.127 mil em Caxias. Já a campanha de multivacinação tem o objetivo de colocar em dia o esquema vacinal de crianças e adolescentes (0 a 14 anos completos) sem um quantitativo de público específico.

Link para notícia no site Tua Rádio

Cartório Eleitoral dá início à preparação das urnas eletrônicas em Caxias do Sul

A partir desta terça-feira (27), inicia os procedimentos para a geração das mídias, a carga nas urnas eletrônicas e por fim a inspeção e conferência dos dados
O Cartório Eleitoral de Caxias do Sul inicia, a partir desta terça-feira (27), os procedimentos para a geração das mídias, a carga nas urnas eletrônicas e por fim a inspeção e conferência dos dados, em preparação às Eleições de 2020. Esses procedimentos são públicos e podem ser acompanhados pela imprensa, seguindo o seguinte cronograma:

:: Geração das Mídias – dia 27/10, a partir das 13h:

É a cerimônia na qual o cartório gera os cartões de memória contendo as tabelas de partidos políticos, coligações, eleitores, seções e candidatos que serão inseridos nas urnas; os cartões de memória para votação e as mídias para gravação dos arquivos da urna;

:: Carga dos sistemas nas Urnas Eletrônicas e lacração das urnas – dia 28/10/2020, a partir das 09h:

É o evento em que as urnas de votação são preparadas e lacradas, utilizando-se o cartão de memória de carga e inserindo-se o cartão de memória de votação e a mídia para a gravação de arquivos. Também é realizado o teste de funcionamento das urnas e identificadas as embalagens com a zona eleitoral, o município e a seção a que se destinam;

:: Votação por amostragem – dia 06/11/2020, às 09h30:

Será realizada em até 3% das urnas preparadas para cada zona, observado o mínimo de uma urna, escolhidas aleatoriamente entre as urnas por zona de votação;

:: Inspeção e conferência dos dados nas Urnas Eletrônicas – dia 09/11/2020, a partir das 09h:

As urnas são ligadas para verificar se a data, hora e seção estão corretos.

O primeiro turno das Eleições Municipais de 2020 ocorre no dia 15 de novembro, e o segundo turno no dia 29 de novembro. Caxias do Sul contará com 1.096 seções, mas com a redução de urnas, na eleição serão utilizadas 876. A redução será de 20,01% do total de urnas/seções em relação às Eleições de 2018.

A partir desta terça-feira (27), inicia os procedimentos para a geração das mídias, a carga nas urnas eletrônicas e por fim a inspeção e conferência dos dados

O Cartório Eleitoral de Caxias do Sul inicia, a partir desta terça-feira (27), os procedimentos para a geração das mídias, a carga nas urnas eletrônicas e por fim a inspeção e conferência dos dados, em preparação às Eleições de 2020. Esses procedimentos são públicos e podem ser acompanhados pela imprensa, seguindo o seguinte cronograma:

:: Geração das Mídias – dia 27/10, a partir das 13h:

É a cerimônia na qual o cartório gera os cartões de memória contendo as tabelas de partidos políticos, coligações, eleitores, seções e candidatos que serão inseridos nas urnas; os cartões de memória para votação e as mídias para gravação dos arquivos da urna;

:: Carga dos sistemas nas Urnas Eletrônicas e lacração das urnas – dia 28/10/2020, a partir das 09h:

É o evento em que as urnas de votação são preparadas e lacradas, utilizando-se o cartão de memória de carga e inserindo-se o cartão de memória de votação e a mídia para a gravação de arquivos. Também é realizado o teste de funcionamento das urnas e identificadas as embalagens com a zona eleitoral, o município e a seção a que se destinam;

:: Votação por amostragem – dia 06/11/2020, às 09h30:

Será realizada em até 3% das urnas preparadas para cada zona, observado o mínimo de uma urna, escolhidas aleatoriamente entre as urnas por zona de votação;

:: Inspeção e conferência dos dados nas Urnas Eletrônicas – dia 09/11/2020, a partir das 09h:

As urnas são ligadas para verificar se a data, hora e seção estão corretos.

O primeiro turno das Eleições Municipais de 2020 ocorre no dia 15 de novembro, e o segundo turno no dia 29 de novembro. Caxias do Sul contará com 1.096 seções, mas com a redução de urnas, na eleição serão utilizadas 876. A redução será de 20,01% do total de urnas/seções em relação às Eleições de 2018.

Link para notícia no site Tua Rádio

Processo seletivo para cadastro reserva de estagiários na Câmara Municipal de Caxias do Sul está com inscrições abertas

Inscrição é gratuita e pode ser realizada até 10 de novembro
Jovens estudantes do Ensino Médio, Técnico em Informática e do Ensino Superior podem ter a chance de estagiar na Câmara Municipal de Caxias do Sul. O processo seletivo para cadastro reserva de estagiários já está com as inscrições abertas. Os interessados podem realizar a inscrição, que é gratuita, até o dia 10 de novembro, no site camaracaxias.rs.gov.br. O formulário está disponível no link “Concursos – Processo Seletivo de Estagiários”.

A seleção envolve alunos de Ensino Médio, Técnico em Informática e Ensino Superior. Para essa última etapa, poderão participar acadêmicos dos cursos de: Direito, Informática, Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda.

A seleção segue critérios de avaliação do currículo do candidato, seguindo detalhamento definido no edital. A supervisão dos atos do processo seletivo é de responsabilidade do setor de Recursos Humanos do Legislativo. Mais informações podem ser obtidas pelo fone: (54) 3218.1655.

Inscrição é gratuita e pode ser realizada até 10 de novembro

Jovens estudantes do Ensino Médio, Técnico em Informática e do Ensino Superior podem ter a chance de estagiar na Câmara Municipal de Caxias do Sul. O processo seletivo para cadastro reserva de estagiários já está com as inscrições abertas. Os interessados podem realizar a inscrição, que é gratuita, até o dia 10 de novembro, no site camaracaxias.rs.gov.br. O formulário está disponível no link “Concursos – Processo Seletivo de Estagiários”.

A seleção envolve alunos de Ensino Médio, Técnico em Informática e Ensino Superior. Para essa última etapa, poderão participar acadêmicos dos cursos de: Direito, Informática, Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda.

A seleção segue critérios de avaliação do currículo do candidato, seguindo detalhamento definido no edital. A supervisão dos atos do processo seletivo é de responsabilidade do setor de Recursos Humanos do Legislativo. Mais informações podem ser obtidas pelo fone: (54) 3218.1655.

Link para notícia no site Tua Rádio

Cartórios do Rio Grande do Sul já registraram mais de 3 mil uniões civis homoafetivas

Assunto veio a tona nesta semana após declaração do Papa Francisco de que “os homossexuais têm o direito de ter uma família”
A declaração do Papa Francisco de aprovação à união civil entre pessoas do mesmo sexo, que repercutiu em todo o mundo nesta semana, chama atenção a um direito que vem sendo exercido no Brasil desde 2011. Alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), os cartórios gaúchos já celebraram 3.595 uniões civis entre casais homoafetivos até setembro deste ano, promovendo a igualdade de oportunidades e a redução das desigualdades, por meio de legislação, políticas e ações igualitárias entre gêneros.

A posição do pontífice, revelada em documentário exibido no Festival de Cinema de Roma, destaca que “os homossexuais têm o direito de ter uma família. Eles são filhos de Deus”, disse Francisco em uma de suas entrevistas para o filme. “O que precisamos ter é uma lei de união civil, pois dessa maneira eles estarão legalmente protegidos”, completou. No Brasil, em 2011, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a união estável entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar, ao julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade 4277 e a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental 132. A partir da decisão, foram registradas 1.524 uniões deste tipo em Cartórios de Notas do Rio Grande do Sul, de acordo com dados da Central Notarial de Serviços Eletrônicos Compartilhados (Censec).

Já em maio de 2013, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução nº 175, regulamentou a habilitação, a celebração de casamento civil, e a conversão de união estável em casamento aos casais homoafetivos. A norma padronizou nacionalmente a celebração de matrimônios entre pessoas do mesmo sexo, uma vez que até então, cada estado adotava um entendimento, cabendo a cada magistrado a decisão de autorizar ou não a celebração. Desde então, 2.071 casamentos foram realizados no Rio Grande do Sul segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números mostram que os casamentos homoafetivos vem aumentando ano a ano desde sua regulamentação no Rio Grande do Sul, com crescimento ainda mais considerável nos últimos anos. Enquanto em 2017 foram realizados 249 casamentos, em 2018 esse número foi para 480, um aumento percentual de 92%.

Fonte: Anoreg/RS

Assunto veio a tona nesta semana após declaração do Papa Francisco de que "os homossexuais têm o direito de ter uma família"

A declaração do Papa Francisco de aprovação à união civil entre pessoas do mesmo sexo, que repercutiu em todo o mundo nesta semana, chama atenção a um direito que vem sendo exercido no Brasil desde 2011. Alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), os cartórios gaúchos já celebraram 3.595 uniões civis entre casais homoafetivos até setembro deste ano, promovendo a igualdade de oportunidades e a redução das desigualdades, por meio de legislação, políticas e ações igualitárias entre gêneros.

A posição do pontífice, revelada em documentário exibido no Festival de Cinema de Roma, destaca que "os homossexuais têm o direito de ter uma família. Eles são filhos de Deus", disse Francisco em uma de suas entrevistas para o filme. "O que precisamos ter é uma lei de união civil, pois dessa maneira eles estarão legalmente protegidos", completou. No Brasil, em 2011, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a união estável entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar, ao julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade 4277 e a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental 132. A partir da decisão, foram registradas 1.524 uniões deste tipo em Cartórios de Notas do Rio Grande do Sul, de acordo com dados da Central Notarial de Serviços Eletrônicos Compartilhados (Censec).

Já em maio de 2013, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução nº 175, regulamentou a habilitação, a celebração de casamento civil, e a conversão de união estável em casamento aos casais homoafetivos. A norma padronizou nacionalmente a celebração de matrimônios entre pessoas do mesmo sexo, uma vez que até então, cada estado adotava um entendimento, cabendo a cada magistrado a decisão de autorizar ou não a celebração. Desde então, 2.071 casamentos foram realizados no Rio Grande do Sul segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números mostram que os casamentos homoafetivos vem aumentando ano a ano desde sua regulamentação no Rio Grande do Sul, com crescimento ainda mais considerável nos últimos anos. Enquanto em 2017 foram realizados 249 casamentos, em 2018 esse número foi para 480, um aumento percentual de 92%.

Fonte: Anoreg/RS

Link para notícia no site Tua Rádio

Dupla é presa com veículo roubado, droga e arma em Caxias do Sul

Ação do Batalhão de Choque ocorreu no bairro São Victor Cohab
Dois homens de 22 anos foram presos pela Brigada Militar (BM) por receptação e posse de arma e drogas na noite desta sexta-feira (23/10) em Caxias do Sul, na Serra. Eles foram detidos por policiais do 4° Batalhão de Polícia de Choque, por volta das 19h na Rua Pedro Luiz Pessuto, no bairro São Victor Cohab.

De acordo com informações da polícia, foram apreendidos dois celulares, seis gramas de cocaína, uma balança de precisão, duas placas veículos clonadas, um revólver calibre 38, cinco munições do mesmo calibre e um veículo Toyota Etios.

A dupla foi encaminhada à delegacia, onde foi autuada em flagrante.

Ação do Batalhão de Choque ocorreu no bairro São Victor Cohab

Dois homens de 22 anos foram presos pela Brigada Militar (BM) por receptação e posse de arma e drogas na noite desta sexta-feira (23/10) em Caxias do Sul, na Serra. Eles foram detidos por policiais do 4° Batalhão de Polícia de Choque, por volta das 19h na Rua Pedro Luiz Pessuto, no bairro São Victor Cohab.

De acordo com informações da polícia, foram apreendidos dois celulares, seis gramas de cocaína, uma balança de precisão, duas placas veículos clonadas, um revólver calibre 38, cinco munições do mesmo calibre e um veículo Toyota Etios.

A dupla foi encaminhada à delegacia, onde foi autuada em flagrante.

Link para notícia no site Tua Rádio

Abertas as inscrições para o curso Master em Investimento On-line

Formação é voltada para todos que desejam aprender sobre o mercado financeiro
Está cada vez mais comum, investidores aplicarem suas economias em investimentos alternativos disponíveis no mercado. Buscando formar investidores mais conscientes, a Making Money, juntamente com a LC&T Investimentos – Agente Autônomo de Investimentos XP Investimentos – e a Faculdade Cesurg Marau, lançam a formação intensiva do Master em Investimentos. A formação é voltada para todos que desejam aprender sobre o mercado financeiro.

O conteúdo do curso será dividido em cinco módulos, sendo quatro disciplinas por semana, estudadas em 20 dias de aula. Serão 80 horas de aula ao vivo com especialistas, mestres e doutores, mais 40 horas de atividades tutoradas com profissionais certificados, além de 10 horas de aulas magnas gravadas e conferências com gestoras, também gravadas. Os alunos terão acesso ilimitado ao acervo gravado de aulas.

Os módulos trabalhados serão: Planejamento Financeiro; Renda Fixa, Fundos e Previdência; Renda Variável; Mercados Futuros e Derivativos e Carteiras de Investimentos. O curso inicia no dia 9 de novembro, com duração até 10 de dezembro. As matrículas podem ser feitas pelo fone (54) 9700-7000. Serão disponibilizadas poucas vagas.

Formação é voltada para todos que desejam aprender sobre o mercado financeiro

Está cada vez mais comum, investidores aplicarem suas economias em investimentos alternativos disponíveis no mercado. Buscando formar investidores mais conscientes, a Making Money, juntamente com a LC&T Investimentos – Agente Autônomo de Investimentos XP Investimentos – e a Faculdade Cesurg Marau, lançam a formação intensiva do Master em Investimentos. A formação é voltada para todos que desejam aprender sobre o mercado financeiro.

O conteúdo do curso será dividido em cinco módulos, sendo quatro disciplinas por semana, estudadas em 20 dias de aula. Serão 80 horas de aula ao vivo com especialistas, mestres e doutores, mais 40 horas de atividades tutoradas com profissionais certificados, além de 10 horas de aulas magnas gravadas e conferências com gestoras, também gravadas. Os alunos terão acesso ilimitado ao acervo gravado de aulas.

Os módulos trabalhados serão: Planejamento Financeiro; Renda Fixa, Fundos e Previdência; Renda Variável; Mercados Futuros e Derivativos e Carteiras de Investimentos. O curso inicia no dia 9 de novembro, com duração até 10 de dezembro. As matrículas podem ser feitas pelo fone (54) 9700-7000. Serão disponibilizadas poucas vagas.

Link para notícia no site Tua Rádio

Aqui é o Meu Lugar conta a história do jovem Oberdan Finato

Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria
Estamos chegando a penúltima reportagem da série Aqui é o Meu Lugar deste ano, quando foi realizada a sexta temporada doprojeto. Para contar mais um exemplo de sucessão rural, fomos até o município de São Domingos do Sul, mais preciamente na Comunidade Seis de Maio. Por lá, conhecemos a família do Oberdan Finato, que trabalha na produção de hortifuti no sistema orgânico.

Oberdam, ao encerra o Ensino Médio, decidiu fazer faculdade de Engenharia Química. Ele cursou na Universidade Federal de Rio Grande e, no último ano do curso, estagiou em uma empresa de papelção, sediada em Santa Catarina. Foi neste momento que o coração bateu mais forte e ele decidiu voltar para casa e investir seu conhecimento no meio rural. O jovem recebeu proposta para ser efetivado na empresa porém, entendeu que estando em casa, com a família, atuando no segmento agrícola, poderia ter melhores resultados em sua vida. É o que vem acontecendo desde então.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio e assista o vídeo desse conteúdo em nosso canal do youtube.

Neste ano, são patrocinadores do projeto Aqui é o Meu Lugar o escritório de advocacia de. José João Santin, ex-prefeito de Marau; o Posto do Décio e a Clínica Plena, ambas do município de Casca; a Associação Sindical Regional de Passo Fundo, que atua no segmento da agricultura familiar; a concessionária de energia Coprel e seu braço de geração de internet, a Triway; a Fabe Faculdade de Marau; a Clínica Pele do ramo da odontologia, também localizada em Marau; a Cooperativa Coasa, que tem unidades em municípios da região e o Moinho Marau, instalado na Comunidade de São Caetano, em Marau.

Cronograma Aqui é o Meu Lugar 2020: toda quinta-feira à noite, por volta de 20h30, é veiculado um vídeo nos canais da Tua Rádio Alvorada, com uma resenha da reportagem, da história da família e da atividade desenvolvida na propriedade rural. A reportagem completa vai ao ar nos sábados, às 8h da manhã e a reprise aos domingos, às 13h. O conteúdo também está disponível nesta matéria, em áudio e vídeo.

Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria

Estamos chegando a penúltima reportagem da série Aqui é o Meu Lugar deste ano, quando foi realizada a sexta temporada doprojeto. Para contar mais um exemplo de sucessão rural, fomos até o município de São Domingos do Sul, mais preciamente na Comunidade Seis de Maio. Por lá, conhecemos a família do Oberdan Finato, que trabalha na produção de hortifuti no sistema orgânico.

Oberdam, ao encerra o Ensino Médio, decidiu fazer faculdade de Engenharia Química. Ele cursou na Universidade Federal de Rio Grande e, no último ano do curso, estagiou em uma empresa de papelção, sediada em Santa Catarina. Foi neste momento que o coração bateu mais forte e ele decidiu voltar para casa e investir seu conhecimento no meio rural. O jovem recebeu proposta para ser efetivado na empresa porém, entendeu que estando em casa, com a família, atuando no segmento agrícola, poderia ter melhores resultados em sua vida. É o que vem acontecendo desde então.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio e assista o vídeo desse conteúdo em nosso canal do youtube.

Neste ano, são patrocinadores do projeto Aqui é o Meu Lugar o escritório de advocacia de. José João Santin, ex-prefeito de Marau; o Posto do Décio e a Clínica Plena, ambas do município de Casca; a Associação Sindical Regional de Passo Fundo, que atua no segmento da agricultura familiar; a concessionária de energia Coprel e seu braço de geração de internet, a Triway; a Fabe Faculdade de Marau; a Clínica Pele do ramo da odontologia, também localizada em Marau; a Cooperativa Coasa, que tem unidades em municípios da região e o Moinho Marau, instalado na Comunidade de São Caetano, em Marau.

Cronograma Aqui é o Meu Lugar 2020: toda quinta-feira à noite, por volta de 20h30, é veiculado um vídeo nos canais da Tua Rádio Alvorada, com uma resenha da reportagem, da história da família e da atividade desenvolvida na propriedade rural. A reportagem completa vai ao ar nos sábados, às 8h da manhã e a reprise aos domingos, às 13h. O conteúdo também está disponível nesta matéria, em áudio e vídeo.

Link para notícia no site Tua Rádio

Regional Passo Fundo segue com risco médio para Covid-19

Classificação preliminar, divulgada nesta sexta, indica bandeira laranja para a região
A Região de Passo Fundo segue em bandeira laranja com risco epidemiológico médio, por mais uma semana, no mapa do Distanciamento Controlado do Governo do Estado. Porém, depois de duas rodadas sem regiões classificadas como risco epidemiológico alto, o mapa preliminar da 25ª semana, divulgado nesta sexta-feira, 23/10, voltou a apresentar bandeira vermelha. Foi para as Regionais Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo. As outras 15 regiões Covid seguem em bandeira laranja.

Veja o mapa preliminar da 25ª rodada: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

O número de novas hospitalizações (clínicas e UTI) confirmadas por Covid-19 chamou a atenção da equipe que monitora os indicadores de propagação do coronavírus. Entre as duas últimas semanas, o aumento foi de 21% – de 739 para 897. Esse aumento repercutiu sobre a elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. Para internados em UTI com a doença, a situação ficou relativamente estável, com leve aumento de 533 para 539. O indicador óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, de 213 para 236.

O monitoramento diário desses indicadores permite ao governo identificar se essas oscilações são situações pontuais ou alguma tendência mais consistente ao longo do tempo. De qualquer maneira, há a necessidade de a população reforçar os cuidados pessoais, como o uso de máscara e a higienização das mãos, e o distanciamento pessoal, além de evitar ao máximo as aglomerações.

As regiões em cogestão classificadas em bandeira vermelha podem adotar regras de bandeira laranja, e as classificadas em laranja podem adotar protocolos de bandeira amarela, basta que enviem protocolos próprios adaptados à Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (Saam). A Associação dos Municípios do Planalto optou por seguir a bandeira laranja por enquanto. Os planos regionais aprovados estão disponíveis em https://planejamento.rs.gov.br/cogestao-regional. As classificações desta rodada passam a valer a partir de terça, dia 27/10.

Classificação preliminar, divulgada nesta sexta, indica bandeira laranja para a região

A Região de Passo Fundo segue em bandeira laranja com risco epidemiológico médio, por mais uma semana, no mapa do Distanciamento Controlado do Governo do Estado. Porém, depois de duas rodadas sem regiões classificadas como risco epidemiológico alto, o mapa preliminar da 25ª semana, divulgado nesta sexta-feira, 23/10, voltou a apresentar bandeira vermelha. Foi para as Regionais Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo. As outras 15 regiões Covid seguem em bandeira laranja.

Veja o mapa preliminar da 25ª rodada: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

O número de novas hospitalizações (clínicas e UTI) confirmadas por Covid-19 chamou a atenção da equipe que monitora os indicadores de propagação do coronavírus. Entre as duas últimas semanas, o aumento foi de 21% – de 739 para 897. Esse aumento repercutiu sobre a elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. Para internados em UTI com a doença, a situação ficou relativamente estável, com leve aumento de 533 para 539. O indicador óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, de 213 para 236.

O monitoramento diário desses indicadores permite ao governo identificar se essas oscilações são situações pontuais ou alguma tendência mais consistente ao longo do tempo. De qualquer maneira, há a necessidade de a população reforçar os cuidados pessoais, como o uso de máscara e a higienização das mãos, e o distanciamento pessoal, além de evitar ao máximo as aglomerações.

As regiões em cogestão classificadas em bandeira vermelha podem adotar regras de bandeira laranja, e as classificadas em laranja podem adotar protocolos de bandeira amarela, basta que enviem protocolos próprios adaptados à Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (Saam). A Associação dos Municípios do Planalto optou por seguir a bandeira laranja por enquanto. Os planos regionais aprovados estão disponíveis em https://planejamento.rs.gov.br/cogestao-regional. As classificações desta rodada passam a valer a partir de terça, dia 27/10.

Link para notícia no site Tua Rádio

Com mais 91 registros, Caxias do Sul chega a 10 mil casos confirmados da Covid-19

Segundo Secretaria da Saúde, 8.754 pessoas estão recuperadas
A Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul divulgou o último boletim epidemiológico nesta sexta-feira (23) informando que o município chegou a 10.051 casos confirmados da Covid-19.

O documento também aponta que 1.133 pessoas estão com o vírus ativo enquanto 8.754 estão recuperadas. Dos pacientes em tratamento, 1.079 estão em isolamento domiciliar, 28 em enfermaria e 26 em UTI.

Também há 100 pessoas aguardando resultado e 61.012 testaram negativo para Covid-19. Até o momento, o município registrou 164 mortes ocasionadas por complicações da doença.

Dos 10.051 casos confirmados, 4.727 são homens e 5.324 mulheres. Do total, 1.108 são profissionais da saúde e 60 da segurança.

Na rede pública de saúde do município a ocupação de leitos de UTI está em 77%, com 56 vagas utilizadas. Já na rede particular, 64 leitos de UTI estão em utilização, o que corresponde a 75% da capacidade total.

Para mais informações, acesse https://covid.caxias.rs.gov.br

Segundo Secretaria da Saúde, 8.754 pessoas estão recuperadas

A Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul divulgou o último boletim epidemiológico nesta sexta-feira (23) informando que o município chegou a 10.051 casos confirmados da Covid-19.

O documento também aponta que 1.133 pessoas estão com o vírus ativo enquanto 8.754 estão recuperadas. Dos pacientes em tratamento, 1.079 estão em isolamento domiciliar, 28 em enfermaria e 26 em UTI.

Também há 100 pessoas aguardando resultado e 61.012 testaram negativo para Covid-19. Até o momento, o município registrou 164 mortes ocasionadas por complicações da doença.

Dos 10.051 casos confirmados, 4.727 são homens e 5.324 mulheres. Do total, 1.108 são profissionais da saúde e 60 da segurança.

Na rede pública de saúde do município a ocupação de leitos de UTI está em 77%, com 56 vagas utilizadas. Já na rede particular, 64 leitos de UTI estão em utilização, o que corresponde a 75% da capacidade total.

Para mais informações, acesse https://covid.caxias.rs.gov.br

Link para notícia no site Tua Rádio

“Feira sem sacola” e coleta de resíduos eletrônicos são promovidas pela Prefeitura de Caxias do Sul na Semana Lixo Zero

Atividades integram as mais de 70 ações promovidas até 1º de novembro
Pela primeira vez, Caxias do Sul participa da Semana Lixo Zero, que iniciou nesta sexta-feira (23). A iniciativa é idealizada pelo Instituto Lixo Zero Brasil e coordenada pelo Coletivo Lixo Zero Rio Grande do Sul. As atividades seguem até o dia 1º de novembro.

São mais de70 ações sobre sustentabilidade e educação ambiental que vão correr durante nove dias (Confira AQUI). Entre as ações, está a Feira sem Sacola. Dos dias 27 a 31 de outubro, consumidores das Feiras do Agricultor e Feira Ecológica serão convidados a utilizar bolsas reutilizáveis (ecobag) em vez de sacolas plásticas. A prática será realizada em diferentes pontos da cidade. Conforme o secretário municipal do Meio Ambiente, Nério Susin, o objetivo é conscientizar a população sobre a redução de resíduos. “Também a Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento vai promover a feira sem sacolas plásticas pra incentivar as pessoas a levarem suas próprias bolsas e não precisar separar os alimentos em 20 ou 30 sacolinhas. Esse é um ponto pra ver que é possível sim a gente gerar menos descarte, menos lixo”, afirmou. Ouça a entrevista no link acima da foto.

Outra ação que será realizada em conjunto com a Codeca é a coleta de resíduos eletrônicos. A atividade vai ocorrer em formato drive-thru, na Praça Dante Alighieri no dia 29 de outubro, das 7h às 19h.

Confira os cronogramas:

“Feira sem Sacola” nas Feiras do Agricultor:

27/10 – Praça das Feiras (15h)
30/10 – Bairro Cruzeiro (15h)
31/10 – Maesa (6h)

“Feira sem Sacola” nas Feiras Ecológicas

29/10 – em frente à Prefeitura (12h)
31/10 – Praça das Feiras (6h30)

Coleta de resíduos eletrônicos:

29/10 – Praça Dante Alighieri (7h às 19h)

Atividades integram as mais de 70 ações promovidas até 1º de novembro

Pela primeira vez, Caxias do Sul participa da Semana Lixo Zero, que iniciou nesta sexta-feira (23). A iniciativa é idealizada pelo Instituto Lixo Zero Brasil e coordenada pelo Coletivo Lixo Zero Rio Grande do Sul. As atividades seguem até o dia 1º de novembro.

São mais de70 ações sobre sustentabilidade e educação ambiental que vão correr durante nove dias (Confira AQUI). Entre as ações, está a Feira sem Sacola. Dos dias 27 a 31 de outubro, consumidores das Feiras do Agricultor e Feira Ecológica serão convidados a utilizar bolsas reutilizáveis (ecobag) em vez de sacolas plásticas. A prática será realizada em diferentes pontos da cidade. Conforme o secretário municipal do Meio Ambiente, Nério Susin, o objetivo é conscientizar a população sobre a redução de resíduos. “Também a Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento vai promover a feira sem sacolas plásticas pra incentivar as pessoas a levarem suas próprias bolsas e não precisar separar os alimentos em 20 ou 30 sacolinhas. Esse é um ponto pra ver que é possível sim a gente gerar menos descarte, menos lixo”, afirmou. Ouça a entrevista no link acima da foto.

Outra ação que será realizada em conjunto com a Codeca é a coleta de resíduos eletrônicos. A atividade vai ocorrer em formato drive-thru, na Praça Dante Alighieri no dia 29 de outubro, das 7h às 19h.

Confira os cronogramas:

“Feira sem Sacola” nas Feiras do Agricultor:

  • 27/10 – Praça das Feiras (15h)
  • 30/10 – Bairro Cruzeiro (15h)
  • 31/10 – Maesa (6h)

Feira sem Sacola” nas Feiras Ecológicas

  • 29/10 – em frente à Prefeitura (12h)
  • 31/10 – Praça das Feiras (6h30)

Coleta de resíduos eletrônicos:

  • 29/10 – Praça Dante Alighieri (7h às 19h)
Link para notícia no site Tua Rádio

Serra Gaúcha segue em situação de risco epdemiológico médio para Covid-19

Estado voltou a apresentar bandeiras vermelha e nenhuma região ficou na bandeira amarela
Na 25ª semana do Distanciamento Cobntrolado o Rio Grande do Sul voltou a apresentar piora em alguns indicadores. Com isso, três regiões voltaram para a bandeira vermelha e nenhuma se enquadrou na bandeira amarela. A Serra Gaúcha permanece na bandeira laranja, quie significa risco epidemiológico médio para Covid-19, por mais uma semana.

As regiões de Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões foram as que retornaram para a bandeira laranja. Já, Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo foram enquadradas na bandeira vermelha.

Conforme dados do governo estadual, o número de novas hospitalizações confirmadas por Covid-19 chamou a atenção com aumento de 21% – de 739 para 897 – em duas semanas. Também houve elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. O número de óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, subindo de 213 para 236.

Porém, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em UTI tiveram queda de 7% e houve relativa estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI (aumento de apenas 1%). Mesmo contabilizando os pacientes internados por outras causas, ocorreu queda no número de leitos de UTI ocupados.

Quanto às regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, Caxias do Sul aparece em terceiro lugar com 72, atrás apenas den Porto Alegre (326) e Canoas (77).

Estado voltou a apresentar bandeiras vermelha e nenhuma região ficou na bandeira amarela

Na 25ª semana do Distanciamento Cobntrolado o Rio Grande do Sul voltou a apresentar piora em alguns indicadores. Com isso, três regiões voltaram para a bandeira vermelha e nenhuma se enquadrou na bandeira amarela. A Serra Gaúcha permanece na bandeira laranja, quie significa risco epidemiológico médio para Covid-19, por mais uma semana.

As regiões de Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões foram as que retornaram para a bandeira laranja. Já, Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo foram enquadradas na bandeira vermelha.

Conforme dados do governo estadual, o número de novas hospitalizações confirmadas por Covid-19 chamou a atenção com aumento de 21% – de 739 para 897 – em duas semanas. Também houve elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. O número de óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, subindo de 213 para 236.

Porém, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em UTI tiveram queda de 7% e houve relativa estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI (aumento de apenas 1%). Mesmo contabilizando os pacientes internados por outras causas, ocorreu queda no número de leitos de UTI ocupados.

Quanto às regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, Caxias do Sul aparece em terceiro lugar com 72, atrás apenas den Porto Alegre (326) e Canoas (77).

Link para notícia no site Tua Rádio

Serra Gaúcha segue em situação de risco epidemiológico médio para Covid-19

Estado voltou a apresentar bandeiras vermelha e nenhuma região ficou na bandeira amarela
Na 25ª semana do Distanciamento Cobntrolado o Rio Grande do Sul voltou a apresentar piora em alguns indicadores. Com isso, três regiões voltaram para a bandeira vermelha e nenhuma se enquadrou na bandeira amarela. A Serra Gaúcha permanece na bandeira laranja, quie significa risco epidemiológico médio para Covid-19, por mais uma semana.

As regiões de Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões foram as que retornaram para a bandeira laranja. Já, Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo foram enquadradas na bandeira vermelha.

Conforme dados do governo estadual, o número de novas hospitalizações confirmadas por Covid-19 chamou a atenção com aumento de 21% – de 739 para 897 – em duas semanas. Também houve elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. O número de óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, subindo de 213 para 236.

Porém, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em UTI tiveram queda de 7% e houve relativa estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI (aumento de apenas 1%). Mesmo contabilizando os pacientes internados por outras causas, ocorreu queda no número de leitos de UTI ocupados.

Quanto às regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, Caxias do Sul aparece em terceiro lugar com 72, atrás apenas den Porto Alegre (326) e Canoas (77).

Estado voltou a apresentar bandeiras vermelha e nenhuma região ficou na bandeira amarela

Na 25ª semana do Distanciamento Cobntrolado o Rio Grande do Sul voltou a apresentar piora em alguns indicadores. Com isso, três regiões voltaram para a bandeira vermelha e nenhuma se enquadrou na bandeira amarela. A Serra Gaúcha permanece na bandeira laranja, quie significa risco epidemiológico médio para Covid-19, por mais uma semana.

As regiões de Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões foram as que retornaram para a bandeira laranja. Já, Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo foram enquadradas na bandeira vermelha.

Conforme dados do governo estadual, o número de novas hospitalizações confirmadas por Covid-19 chamou a atenção com aumento de 21% – de 739 para 897 – em duas semanas. Também houve elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. O número de óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, subindo de 213 para 236.

Porém, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em UTI tiveram queda de 7% e houve relativa estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI (aumento de apenas 1%). Mesmo contabilizando os pacientes internados por outras causas, ocorreu queda no número de leitos de UTI ocupados.

Quanto às regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, Caxias do Sul aparece em terceiro lugar com 72, atrás apenas den Porto Alegre (326) e Canoas (77).

Link para notícia no site Tua Rádio

Número de inadimplentes recua em Caxias do Sul

Dados da Boa Vista SCPC apontam que a cidade reduziu em 13 mil a quantidade de devedores.
Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, Caxias do Sul apresentou redução no número de inadimplentes. Segundo a Boa Vista SCPC, banco de informações de crédito, na comparação com 2019, os devedores passaram de 125 mil para 112 mil.

Na avaliação do economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank, quatro fatores contribuíram para este fato. O auxílio emergencial, concedido pelo Governo Federal durante a pandemia. Além disso, as famílias se tornaram mais precavidas economicamente diante das incertezas. Por fim, a redução da taxa Selic permitiu renegociar dívidas, e os bancos concederam adiamento de pagamentos.

A presidente do Sindilojas Caxias, Idalice Manchini, analisou o cenário da cidade. Além disso, falou sobre a reação na geração de empregos na cidade. Em agosto, após cinco meses, apresentou um número positivo no Varejo com 39 vagas. Ela concedeu entrevista ao No Ponto desta sexta-feira (23).

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Dados da Boa Vista SCPC apontam que a cidade reduziu em 13 mil a quantidade de devedores.

Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, Caxias do Sul apresentou redução no número de inadimplentes. Segundo a Boa Vista SCPC, banco de informações de crédito, na comparação com 2019, os devedores passaram de 125 mil para 112 mil.

Na avaliação do economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank, quatro fatores contribuíram para este fato. O auxílio emergencial, concedido pelo Governo Federal durante a pandemia. Além disso, as famílias se tornaram mais precavidas economicamente diante das incertezas. Por fim, a redução da taxa Selic permitiu renegociar dívidas, e os bancos concederam adiamento de pagamentos.

A presidente do Sindilojas Caxias, Idalice Manchini, analisou o cenário da cidade. Além disso, falou sobre a reação na geração de empregos na cidade. Em agosto, após cinco meses, apresentou um número positivo no Varejo com 39 vagas. Ela concedeu entrevista ao No Ponto desta sexta-feira (23).

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Eleições 2020: confira a entrevista com o candidato a prefeito Júlio Freitas

Concorrente do Republicanos foi o quinto entrevistado da série De Frente com o Candidato
A Tua Rádio São Francisco dá continuidade a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Caxias do Sul. De segunda a sexta, das 11h às 12h, os candidatos serão entrevistados por jornalistas da Central de Conteúdos. Conforme o critério adotado (ordem alfabética), o candidato a participar nesta sexta-feira (23) foi Júlio Freitas, do Republicanos.

Confira a entrevista completa no áudio acima.

Eleições 2020 – De frente com o Candidato:

19/10 – Adiló Didomênico
20/10 – Antonio Feldmann
21/10 – Carlos Burigo
22/10 – Edson Nespolo
23/10 – Julio Freitas
26/10 – Marcelo Slaviero
27/10 – Nelson D’Arrigo
28/10 – Pepe Vargas
29/10 – Renato Nunes
30/10 – Renato Toigo
03/11 – Vinícius Ribeiro

Concorrente do Republicanos foi o quinto entrevistado da série De Frente com o Candidato

A Tua Rádio São Francisco dá continuidade a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Caxias do Sul. De segunda a sexta, das 11h às 12h, os candidatos serão entrevistados por jornalistas da Central de Conteúdos. Conforme o critério adotado (ordem alfabética), o candidato a participar nesta sexta-feira (23) foi Júlio Freitas, do Republicanos.

Confira a entrevista completa no áudio acima.

Eleições 2020 – De frente com o Candidato:

19/10 – Adiló Didomênico
20/10 – Antonio Feldmann
21/10 – Carlos Burigo
22/10 – Edson Nespolo
23/10 – Julio Freitas
26/10 – Marcelo Slaviero
27/10 – Nelson D’Arrigo
28/10 – Pepe Vargas
29/10 – Renato Nunes
30/10 – Renato Toigo
03/11 – Vinícius Ribeiro

Link para notícia no site Tua Rádio

TSE laça Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp

Número é 61 9637-1078
Para ajudar a tirar dúvidas dos eleitores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou um assistente virtual que funciona pelo aplicativo do WhatsApp. Chamado de “Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp”, o recurso foi lançado com o objetivo de facilitar o acesso do eleitor a informações relevantes sobre as eleições municipais de 2020 e reforçar o combate à desinformação durante o período eleitoral.

O tira-dúvidas funciona por meio de um assistente virtual, que traz informações sobre diferentes temas de interesse do eleitor, desde cuidados com a saúde para votar, informações sobre dia, horário e local de votação até dicas para mesários e informações sobre candidatura, entre outros temas.

Para interagir com o assistente virtual, basta adicionar o telefone 61 9637-1078 à sua lista de contatos. Segundo o TSE, o assistente virtual oferece ainda um serviço voltado exclusivamente ao esclarecimento de notícias falsas, as chamadas fake news, envolvendo o processo eleitoral brasileiro.

Número é 61 9637-1078

Para ajudar a tirar dúvidas dos eleitores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou um assistente virtual que funciona pelo aplicativo do WhatsApp. Chamado de “Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp”, o recurso foi lançado com o objetivo de facilitar o acesso do eleitor a informações relevantes sobre as eleições municipais de 2020 e reforçar o combate à desinformação durante o período eleitoral.

O tira-dúvidas funciona por meio de um assistente virtual, que traz informações sobre diferentes temas de interesse do eleitor, desde cuidados com a saúde para votar, informações sobre dia, horário e local de votação até dicas para mesários e informações sobre candidatura, entre outros temas.

Para interagir com o assistente virtual, basta adicionar o telefone 61 9637-1078 à sua lista de contatos. Segundo o TSE, o assistente virtual oferece ainda um serviço voltado exclusivamente ao esclarecimento de notícias falsas, as chamadas fake news, envolvendo o processo eleitoral brasileiro.

Link para notícia no site Tua Rádio

Encerra neste domingo o prazo de inscrição em eventos sobre plantas bioativas

Será a partir de terça-feira, 06/10, mediante protocolos de segurança
A quinta edição do Seminário Regional de Plantas Bioativas e Homeopatia, juntamente como a II Jornada Sul-Brasileira de Pesquisa em Plantas Medicinais e Homeopatia e a 14ª Reunião Técnica Estadual de Plantas Bioativas, será realizado de forma virtual, em razão da pandemia da Covid-19. Os eventos acontecem simultaneamente a partir desta segunda-feira, 26/10, até a sexta, dia 30, com transmissão pelas redes sociais, Youtube e Facebook, da Emater. As inscrições na modalidade ouvinte encerra no domingo, 25/10, pelo site fasurgs.edu.br.

De acordo com Doriana Miotto, extensionista da Emater e coordenadora do evento, a programação, com duas palestras por dia, tem o objetivo de congregar pesquisadores, professores, estudantes, técnicos, extensionistas, profissionais de diferentes áreas do conhecimento, buscando a troca de saberes científicos e populares e de experiências sobre plantas bioativas e homeopatia.

Segundo ela, o tema central do evento para este ano é “A arte de cuidar da vida com a homeopatia e as plantas bioativas”. A programação vai abranger cinco temáticas, durante os cinco dias: na segunda, a arte de cuidar da mente; na terça, a arte de cuidar do corpo; na quarta, a arte de cuidar das plantas; na quinta, a arte de cuidar dos animais e na sexta, a arte de cuidar do outro.

Será a partir de terça-feira, 06/10, mediante protocolos de segurança

A quinta edição do Seminário Regional de Plantas Bioativas e Homeopatia, juntamente como a II Jornada Sul-Brasileira de Pesquisa em Plantas Medicinais e Homeopatia e a 14ª Reunião Técnica Estadual de Plantas Bioativas, será realizado de forma virtual, em razão da pandemia da Covid-19. Os eventos acontecem simultaneamente a partir desta segunda-feira, 26/10, até a sexta, dia 30, com transmissão pelas redes sociais, Youtube e Facebook, da Emater. As inscrições na modalidade ouvinte encerra no domingo, 25/10, pelo site fasurgs.edu.br.

De acordo com Doriana Miotto, extensionista da Emater e coordenadora do evento, a programação, com duas palestras por dia, tem o objetivo de congregar pesquisadores, professores, estudantes, técnicos, extensionistas, profissionais de diferentes áreas do conhecimento, buscando a troca de saberes científicos e populares e de experiências sobre plantas bioativas e homeopatia.

Segundo ela, o tema central do evento para este ano é “A arte de cuidar da vida com a homeopatia e as plantas bioativas”. A programação vai abranger cinco temáticas, durante os cinco dias: na segunda, a arte de cuidar da mente; na terça, a arte de cuidar do corpo; na quarta, a arte de cuidar das plantas; na quinta, a arte de cuidar dos animais e na sexta, a arte de cuidar do outro.

Link para notícia no site Tua Rádio

PRF prende três homens em flagrante por furto de placas de sinalização

Um dos presos possui histórico criminal e responde na justiça pelo mesmo crime
No início da tarde desta quinta-feira, 22/10, na BR470 em Bento Gonçalves, a Polícia Rodoviária Federal prendeu três homens em flagrante pelo crime de furto.

Em policiamento ostensivo os policiais verificaram um caminhão estacionado às margens da rodovia e três indivíduos realizando desmontagem de uma defensa metálica (guard-rail). Durante a fiscalização os policiais verificaram que na carroceria do caminhão estavam amarrados uma placa de “PARE” e uma secção de defensa metálica de aproximadamente 5 metros de comprimento.

Os homens, com idades de 62, 58 e 46 anos, de Caxias de Sul, foram presos em flagrante pelo crime de Furto de Bem Público e encaminhados à área judiciária. Um dos presos possui histórico criminal e responde na justiça pelo mesmo crime.

Fonte: PRF

Um dos presos possui histórico criminal e responde na justiça pelo mesmo crime

No início da tarde desta quinta-feira, 22/10, na BR470 em Bento Gonçalves, a Polícia Rodoviária Federal prendeu três homens em flagrante pelo crime de furto.

Em policiamento ostensivo os policiais verificaram um caminhão estacionado às margens da rodovia e três indivíduos realizando desmontagem de uma defensa metálica (guard-rail). Durante a fiscalização os policiais verificaram que na carroceria do caminhão estavam amarrados uma placa de “PARE” e uma secção de defensa metálica de aproximadamente 5 metros de comprimento.

Os homens, com idades de 62, 58 e 46 anos, de Caxias de Sul, foram presos em flagrante pelo crime de Furto de Bem Público e encaminhados à área judiciária. Um dos presos possui histórico criminal e responde na justiça pelo mesmo crime.

Fonte: PRF

Link para notícia no site Tua Rádio

Funcionamento do Castramóvel inicia na semana que vem

Se preferir, ouça o conteúdo no player de áudio
O Projeto Castramóvel de Marau entra em funcionamento na próxima terça-feira, 27/10. Na primeira semana, o trabalho será direcionado para as localidades atendidas pela Estratégia de Saúde da Família do Centro Social Urbano. Serão 20 castrações por semana, mediante agendamento que deve ser feito diretamente na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, pelo telefone 3342.6239. Aline Sarturi, coordenadora da pasta, detalha que o cronograma para as demais regiões será divulgado nos próximos dias. As castrações para cães e gatos (machos e fêmeas) serão direcionadas, preferencialmente, para famílias de baixa renda, que não possam pagar pela cirurgia na rede particular.

Adriano Rozin, médico veterinário e responsável técnico pelo Castramóvel, explica que para realizar a cirurgia, é preciso que o animal tenha no mínimo entre cinco e seis meses de idade. Também há uma série de observâncias que devem ser consideradas, como estar em jejum antes do procedimento. No momento em que a castração é agendada, estes pré-requisitos, segundo ele, são explicados. O profissional também relata que em todo animal atendido pelo Castramóvel será implantado um chip, para que ele possa receber o acompanhamento necessário e, seus tutores, responsabilizados caso aconteçam irregularidades, como maus tratos ou abandono.

Paralelamente ao trabalho de castrações, que objetiva o controle de natalidade e, consequentemente o abandono, serão realizadas ações de conscientização sobre os direitos dos animais. De acordo com Elis Gonçalves, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente de Marau, o auxílio para as organizações não-governamentais de Marau, que possuem registro como tal, continuará sendo oferecido apesar do trabalho via Castramóvel. Ela reforça que a atual administração já viabilizou, junto às Ongs, mais de 400 castrações.

Se preferir, ouça o conteúdo no player de áudio

O Projeto Castramóvel de Marau entra em funcionamento na próxima terça-feira, 27/10. Na primeira semana, o trabalho será direcionado para as localidades atendidas pela Estratégia de Saúde da Família do Centro Social Urbano. Serão 20 castrações por semana, mediante agendamento que deve ser feito diretamente na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, pelo telefone 3342.6239. Aline Sarturi, coordenadora da pasta, detalha que o cronograma para as demais regiões será divulgado nos próximos dias. As castrações para cães e gatos (machos e fêmeas) serão direcionadas, preferencialmente, para famílias de baixa renda, que não possam pagar pela cirurgia na rede particular.

Adriano Rozin, médico veterinário e responsável técnico pelo Castramóvel, explica que para realizar a cirurgia, é preciso que o animal tenha no mínimo entre cinco e seis meses de idade. Também há uma série de observâncias que devem ser consideradas, como estar em jejum antes do procedimento. No momento em que a castração é agendada, estes pré-requisitos, segundo ele, são explicados. O profissional também relata que em todo animal atendido pelo Castramóvel será implantado um chip, para que ele possa receber o acompanhamento necessário e, seus tutores, responsabilizados caso aconteçam irregularidades, como maus tratos ou abandono.

Paralelamente ao trabalho de castrações, que objetiva o controle de natalidade e, consequentemente o abandono, serão realizadas ações de conscientização sobre os direitos dos animais. De acordo com Elis Gonçalves, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente de Marau, o auxílio para as organizações não-governamentais de Marau, que possuem registro como tal, continuará sendo oferecido apesar do trabalho via Castramóvel. Ela reforça que a atual administração já viabilizou, junto às Ongs, mais de 400 castrações.

Link para notícia no site Tua Rádio

Apostador de Tapejara ganha mais de R$ 1 milhão na Lotofácil

Um apostador de Tapejara ganhou um prêmio de R$ 1.083.129,98. (um milhão, oitenta e três mil e cento e vinte e nove reais e noventa e oito centavos) após acertar sozinho, as 15 dezenas da Lotofácil.

As dezenas sorteadas foram: 01, 02, 05, 06, 07, 10, 11, 13, 16, 18, 19, 20, 22, 24 e 25.

O ganhador fez uma aposta simples na Lotérica Tapejara.

A Caixa sorteou nesta quinta-feira (22) o concurso 2063 da Lotofácil. O sorteio aconteceu no Espaço Loterias da Caixa, em São Paulo.

Informações: Rádio Tapejara

Um apostador de Tapejara ganhou um prêmio de R$ 1.083.129,98. (um milhão, oitenta e três mil e cento e vinte e nove reais e noventa e oito centavos) após acertar sozinho, as 15 dezenas da Lotofácil.

As dezenas sorteadas foram: 01, 02, 05, 06, 07, 10, 11, 13, 16, 18, 19, 20, 22, 24 e 25.

O ganhador fez uma aposta simples na Lotérica Tapejara.

A Caixa sorteou nesta quinta-feira (22) o concurso 2063 da Lotofácil. O sorteio aconteceu no Espaço Loterias da Caixa, em São Paulo.

Informações: Rádio Tapejara

Link para notícia no site Tua Rádio

Sobrinha é suspeita de esconder o corpo do tio para continuar recebendo aposentadoria em Vacaria

A mulher está presa preventivamente no Presídio Estadual de Vacaria
Em depoimento à Polícia Civil de Vacaria, uma mulher de 48 anos suspeita de esconder o corpo do tio Valdomiro Xavier, 78 anos, assumiu o crime e disse que agiu sozinha. O nome dela não foi divulgado pela polícia em razão da Lei de Abuso de Autoridade.

Segundo o delegado Anderson Silveira de Lima, a mulher relatou, sem falar em data, que foi ao quarto do tio e, como ele não se mexia, tocou nele e percebeu que estava morto. Em seguida, ela enrolou o corpo dele em uma coberta e arrastou-o pela casa até a escada que dá acesso ao pátio. Depois, levou até o depósito que fica nos fundos da residência e do qual apenas ela tem a chave, deixando o cadáver lá dentro.

Passados dois dias, ela foi ao depósito com sacos plásticos, envolveu o corpo do tio, o vedou com fitas adesivas e o colocou dentro de uma espécie de armário de metal. Era lá que ele estava até esta quarta-feira, 21/10, quando a polícia o localizou.

O delegado conta que não era possível sentir nenhum tipo de cheiro, mesmo dentro do depósito. Somente quando os policiais desenrolaram o corpo é que se percebeu o avançado estado de decomposição. Conforme Lima, é provável que tenha decorrido entre seis meses e um ano desde a ocultação.

A mulher está presa preventivamente no Presídio Estadual de Vacaria desde o flagrante feito na quarta-feira. A polícia segue investigando há quanto tempo a vítima está morta, quantas parcelas do benefício ela recebeu indevidamente e se a morte foi natural, como alega a sobrinha.

Entenda o caso

Foi a dificuldade de contatar o militar que causou estranheza entre familiares dele. Apesar de morar com uma sobrinha, outros parentes não conseguiam ter acesso a ele por telefone ou pessoalmente. O mistério foi desfeito no final da manhã desta quarta-feira: Xavier estava morto havia meses e seu corpo permanecia escondido em um saco dentro de um cômodo nos fundos da casa, segundo apurou a polícia.

Segundo a polícia, a sobrinha não queria que ninguém soubesse da morte para que pudesse seguir recebendo a aposentadoria do tio e, assim, usar o dinheiro em proveito próprio.

A mulher foi presa em flagrante por ocultação de cadáver, crime com pena prevista de um a três anos de detenção. A fiança foi arbitrada em R$ 20 mil, que não foi paga. Ela não tinha antecedentes criminais.

Informações: Poatã/GZH

A mulher está presa preventivamente no Presídio Estadual de Vacaria

Em depoimento à Polícia Civil de Vacaria, uma mulher de 48 anos suspeita de esconder o corpo do tio Valdomiro Xavier, 78 anos, assumiu o crime e disse que agiu sozinha. O nome dela não foi divulgado pela polícia em razão da Lei de Abuso de Autoridade.

Segundo o delegado Anderson Silveira de Lima, a mulher relatou, sem falar em data, que foi ao quarto do tio e, como ele não se mexia, tocou nele e percebeu que estava morto. Em seguida, ela enrolou o corpo dele em uma coberta e arrastou-o pela casa até a escada que dá acesso ao pátio. Depois, levou até o depósito que fica nos fundos da residência e do qual apenas ela tem a chave, deixando o cadáver lá dentro.

Passados dois dias, ela foi ao depósito com sacos plásticos, envolveu o corpo do tio, o vedou com fitas adesivas e o colocou dentro de uma espécie de armário de metal. Era lá que ele estava até esta quarta-feira, 21/10, quando a polícia o localizou.

O delegado conta que não era possível sentir nenhum tipo de cheiro, mesmo dentro do depósito. Somente quando os policiais desenrolaram o corpo é que se percebeu o avançado estado de decomposição. Conforme Lima, é provável que tenha decorrido entre seis meses e um ano desde a ocultação.

A mulher está presa preventivamente no Presídio Estadual de Vacaria desde o flagrante feito na quarta-feira. A polícia segue investigando há quanto tempo a vítima está morta, quantas parcelas do benefício ela recebeu indevidamente e se a morte foi natural, como alega a sobrinha.

Entenda o caso

Foi a dificuldade de contatar o militar que causou estranheza entre familiares dele. Apesar de morar com uma sobrinha, outros parentes não conseguiam ter acesso a ele por telefone ou pessoalmente. O mistério foi desfeito no final da manhã desta quarta-feira: Xavier estava morto havia meses e seu corpo permanecia escondido em um saco dentro de um cômodo nos fundos da casa, segundo apurou a polícia.

Segundo a polícia, a sobrinha não queria que ninguém soubesse da morte para que pudesse seguir recebendo a aposentadoria do tio e, assim, usar o dinheiro em proveito próprio.

A mulher foi presa em flagrante por ocultação de cadáver, crime com pena prevista de um a três anos de detenção. A fiança foi arbitrada em R$ 20 mil, que não foi paga. Ela não tinha antecedentes criminais.

Informações: Poatã/GZH

Link para notícia no site Tua Rádio

Polícia Civil prende homem que agrediu esposa e ameaçou matar a família em Lagoa Vermelha

Na tarde desta sexta-feira (23/10), a Polícia Civil de Lagoa Vermelha deu cumprimento a um mandando de prisão preventiva, em razão à Lei Maria da Penha.

Segundo o Delegado Falcão, o indiciado agrediu a companheira e descumpriu as medidas protetivas de urgência. Destacou que foram 03 dias de intensa busca pelo preso, que ameaçou a vítima e disse que mataria toda a família com um rifle.

Depois de lavrado o auto de prisão, o indivíduo foi encaminhado ao presídio de passo fundo.

Na tarde desta sexta-feira (23/10), a Polícia Civil de Lagoa Vermelha deu cumprimento a um mandando de prisão preventiva, em razão à Lei Maria da Penha.

Segundo o Delegado Falcão, o indiciado agrediu a companheira e descumpriu as medidas protetivas de urgência. Destacou que foram 03 dias de intensa busca pelo preso, que ameaçou a vítima e disse que mataria toda a família com um rifle.

Depois de lavrado o auto de prisão, o indivíduo foi encaminhado ao presídio de passo fundo.

Link para notícia no site Tua Rádio

Caxias do Sul se aproxima dos 10 mil casos da Covid-19

São mais de mil casos ativos
A Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul divulgou o último boletim epidemiológico nesta quinta-feira (22) informando que o município chegou a 9.960 casos confirmados da Covid-19.

O documento também aponta que 1.070 pessoas estão com o vírus ativo enquanto 8.726 estão recuperadas. Dos pacientes em tratamento, 1.018 estão em isolamento domiciliar, 26 em enfermaria e 26 em UTI.

Também há 80 pessoas aguardando resultado e 60.914 testaram negativo para Covid-19. Até o momento, o município registrou 164 mortes ocasionadas por complicações da doença.

Dos 9.960 casos confirmados, 4.682 são homens e 5.278 mulheres. Do total, 1.105 são profissionais da saúde e 60 da segurança.

Na rede pública de saúde do município a ocupação de leitos de UTI está em 77%, com 56 vagas utilizadas. Já na rede particular, 60 leitos de UTI estão em utilização, o que corresponde a 71% da capacidade total.

Para mais informações, acesse https://covid.caxias.rs.gov.br

São mais de mil casos ativos

A Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul divulgou o último boletim epidemiológico nesta quinta-feira (22) informando que o município chegou a 9.960 casos confirmados da Covid-19.

O documento também aponta que 1.070 pessoas estão com o vírus ativo enquanto 8.726 estão recuperadas. Dos pacientes em tratamento, 1.018 estão em isolamento domiciliar, 26 em enfermaria e 26 em UTI.

Também há 80 pessoas aguardando resultado e 60.914 testaram negativo para Covid-19. Até o momento, o município registrou 164 mortes ocasionadas por complicações da doença.

Dos 9.960 casos confirmados, 4.682 são homens e 5.278 mulheres. Do total, 1.105 são profissionais da saúde e 60 da segurança.

Na rede pública de saúde do município a ocupação de leitos de UTI está em 77%, com 56 vagas utilizadas. Já na rede particular, 60 leitos de UTI estão em utilização, o que corresponde a 71% da capacidade total.

Para mais informações, acesse https://covid.caxias.rs.gov.br

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura de Caxias do Sul passa a cobrar cerca de R$ 70 milhões em dívidas ativas de contribuintes caxienses

Correspondências com boletos de cobrança devem ser distribuídas até 06 de novembro. Débitos também podem ser parcelados.
A Secretaria da Receita Municipal está encaminhando aos contribuintes caxienses correspondências com cobranças de dívidas em aberto com o Município. Nos boletos, com vencimento para 16 de novembro, consta o valor integral dos débitos para quitação à vista. O objetivo é regularizar a situação antes que a cobrança seja feita na Justiça. As entregas dos boletos, via correio, devem se estender até 06 de novembro.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o titular da pasta, Gilmar Santa Catharina, falou sobre o processo de cobrança e afirmou que o Município está buscando essa arrecadação para equilibrar as contas. “Tradicionalmente, o Município ao final do ano realiza a campanha da dívida ativa. É a tentativa de cobrar do contribuinte os seus débitos que ainda não foram ajuizados. Nós temos hoje um montante de R$ 70 milhões aproximadamente que estão sendo cobrados. Com esse valor nós fecharíamos de uma forma muito tranquila as contas deste ano e ainda sobraria recursos para algum investimento e, ainda, para o próximo governo ter em caixa”.

As pessoas também podem procurar a Secretaria da Receita para renegociar ou parcelar a dívida pelos telefones (54) 3218.6000, (54) 3218.6077 e (54) 3218.6078. O procedimento também pode ser feito pelo e-mail acordo@caxias.rs.gov.br. Algumas negociações são realizadas por telefone e outras dependerão de agendamento para atendimento presencial.

Conforme o secretário, as maiores inadimplências estão relacionadas com tributos como o IPTU e ISSQN. Ouça a entrevista completa AQUI.

Correspondências com boletos de cobrança devem ser distribuídas até 06 de novembro. Débitos também podem ser parcelados.

A Secretaria da Receita Municipal está encaminhando aos contribuintes caxienses correspondências com cobranças de dívidas em aberto com o Município. Nos boletos, com vencimento para 16 de novembro, consta o valor integral dos débitos para quitação à vista. O objetivo é regularizar a situação antes que a cobrança seja feita na Justiça. As entregas dos boletos, via correio, devem se estender até 06 de novembro.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o titular da pasta, Gilmar Santa Catharina, falou sobre o processo de cobrança e afirmou que o Município está buscando essa arrecadação para equilibrar as contas. “Tradicionalmente, o Município ao final do ano realiza a campanha da dívida ativa. É a tentativa de cobrar do contribuinte os seus débitos que ainda não foram ajuizados. Nós temos hoje um montante de R$ 70 milhões aproximadamente que estão sendo cobrados. Com esse valor nós fecharíamos de uma forma muito tranquila as contas deste ano e ainda sobraria recursos para algum investimento e, ainda, para o próximo governo ter em caixa”.

As pessoas também podem procurar a Secretaria da Receita para renegociar ou parcelar a dívida pelos telefones (54) 3218.6000, (54) 3218.6077 e (54) 3218.6078. O procedimento também pode ser feito pelo e-mail acordo@caxias.rs.gov.br. Algumas negociações são realizadas por telefone e outras dependerão de agendamento para atendimento presencial.

Conforme o secretário, as maiores inadimplências estão relacionadas com tributos como o IPTU e ISSQN. Ouça a entrevista completa AQUI.

Link para notícia no site Tua Rádio

Homem de 28 anos é o óbito mais jovem por coronavírus em Caxias

Vítima tinha hipertensão e obesidade.
Caxias do Sul registrou o 164º óbito por coronavírus. A vítima é um homem de 28 anos, hipertenso e obeso. Ele internou na UTI do Hospital Geral no dia 13 de outubro e faleceu nesta quinta-feira (22). Esse é o óbito mais jovem do município.

Portanto, Caxias do Sul registra 164 óbitos, sendo 96 masculinos entre 28 e 94 anos e 68 femininos entre 33 e 97 anos.

Vítima tinha hipertensão e obesidade.

Caxias do Sul registrou o 164º óbito por coronavírus. A vítima é um homem de 28 anos, hipertenso e obeso. Ele internou na UTI do Hospital Geral no dia 13 de outubro e faleceu nesta quinta-feira (22). Esse é o óbito mais jovem do município.

Portanto, Caxias do Sul registra 164 óbitos, sendo 96 masculinos entre 28 e 94 anos e 68 femininos entre 33 e 97 anos.

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha Criança é Prioridade quer adesão de candidatos à política para primeira infância

Objetivo no Rio Grande do Sul é obter apoio de 200 postulantes às prefeituras.
Com a intenção que os futuros gestores dos municípios brasileiros tenham atenção com a primeira infância, que engloba crianças de zero a seis anos, a Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) está fazendo a campanha Criança é Prioridade. O objetivo é que os candidatos a prefeito assinem um documento se comprometendo com a causa.

No Rio Grande do Sul, o Primeira Infância Melhor (PIM), membro da RNPI, está articulando a iniciativa. Até a tarde desta quinta-feira (22), pouco mais de dez termos de compromisso foram assinados. Entretanto, a coordenadora-adjunta do PIM, Carolina Drügg, explica que a intenção é conseguir 200 assinaturas.

Pessoas da sociedade civil, sem ligação partidária, podem encaminhar de maneira voluntária o documento aos candidatos. O site da campanha você confere AQUI.

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Objetivo no Rio Grande do Sul é obter apoio de 200 postulantes às prefeituras.

Com a intenção que os futuros gestores dos municípios brasileiros tenham atenção com a primeira infância, que engloba crianças de zero a seis anos, a Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) está fazendo a campanha Criança é Prioridade. O objetivo é que os candidatos a prefeito assinem um documento se comprometendo com a causa.

No Rio Grande do Sul, o Primeira Infância Melhor (PIM), membro da RNPI, está articulando a iniciativa. Até a tarde desta quinta-feira (22), pouco mais de dez termos de compromisso foram assinados. Entretanto, a coordenadora-adjunta do PIM, Carolina Drügg, explica que a intenção é conseguir 200 assinaturas.

Pessoas da sociedade civil, sem ligação partidária, podem encaminhar de maneira voluntária o documento aos candidatos. O site da campanha você confere AQUI.

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Condições adversas do clima afetam a safra do trigo no Estado

Expectativa de colheita reduziu em um milhão de toneladas.
A safra do trigo ainda ocorre no Rio Grande do Sul. Entretanto, os produtores já sabem que a meta esperada, colher cerca de três milhões de toneladas, não deverá ser alcançada. Uma geada no final de agosto e semanas consecutivas sem chuva atrapalharam o desempenho da produção.

O presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (Fecoagro/RS), Paulo Pires, explica que a expectativa de três milhões de toneladas era inédita. Outro ponto negativo ficou por conta o valor defasado. Muitos produtores comercializaram a produção em contrato futuro abaixo do valor atual da saca do cereal.

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Expectativa de colheita reduziu em um milhão de toneladas.

A safra do trigo ainda ocorre no Rio Grande do Sul. Entretanto, os produtores já sabem que a meta esperada, colher cerca de três milhões de toneladas, não deverá ser alcançada. Uma geada no final de agosto e semanas consecutivas sem chuva atrapalharam o desempenho da produção.

O presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (Fecoagro/RS), Paulo Pires, explica que a expectativa de três milhões de toneladas era inédita. Outro ponto negativo ficou por conta o valor defasado. Muitos produtores comercializaram a produção em contrato futuro abaixo do valor atual da saca do cereal.

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Quem não votou para presidente, pode votar neste ano?

Dúvida é comum entre ouvintes da emissora
Se você não participou das últimas eleições, seja a federal, em 2018, ou a municipal, de 2016, deve estar se perguntando se poderá votar no próximo dia 15 de novembro, quando os brasileiros escolherão prefeitos e vereadores de suas cidades. A resposta é: depende. Se você não votou, mas justificou a ausência em até 60 dias após a data do pleito, seu título está regularizado, e você pode participar das eleições municipais.

Segundo Rafael Copetti, chefe do Cartório Eleitoral de Marau, o fato de não ter votado para presidente, em princípio, não impede de votar agora. O impeditivo é para aquele eleitor que não votou nas três últimas eleições (2016, 2018 primeiro e segundo turno) e teve o título suspenso. Portanto, o eleitor pode não ter votado, ter a pendência com relação a algum pleito/turno, mas votar na eleição municipal. Existem, claro, situações em que o título está suspenso e necessita de regularização. Neste ano, o prazo para as regularizações encerrou em maio.

Caso esteja em dúvida, é possível consultar a situação do título, se está regular ou não, pelo site do TSE – Trbunal Superior Eleitoral ou aplicativo E-Título. Importante lembrar que quem está com o título irregular, além de não votar, não pode: tirar ou renovar seu passaporte nem carteira de identidade; receber salário proveniente de função ou emprego público; participar de concursos públicos; obter empréstimos na caixa econômica federal e outros estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo e nem renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outros.

Ainda, lembramos que se por acaso você precisar de atendimento no Cartório Eleitoral de Marau, é preciso fazer o agendamento prévio, que pode ser feito fone/whats (54) 9 9633 9773. O atendimento é de segunda a sexta, do meio-dia às 19h e em sábados domingos e feriados, das 14h às 19h.

Dúvida é comum entre ouvintes da emissora

Se você não participou das últimas eleições, seja a federal, em 2018, ou a municipal, de 2016, deve estar se perguntando se poderá votar no próximo dia 15 de novembro, quando os brasileiros escolherão prefeitos e vereadores de suas cidades. A resposta é: depende. Se você não votou, mas justificou a ausência em até 60 dias após a data do pleito, seu título está regularizado, e você pode participar das eleições municipais.

Segundo Rafael Copetti, chefe do Cartório Eleitoral de Marau, o fato de não ter votado para presidente, em princípio, não impede de votar agora. O impeditivo é para aquele eleitor que não votou nas três últimas eleições (2016, 2018 primeiro e segundo turno) e teve o título suspenso. Portanto, o eleitor pode não ter votado, ter a pendência com relação a algum pleito/turno, mas votar na eleição municipal. Existem, claro, situações em que o título está suspenso e necessita de regularização. Neste ano, o prazo para as regularizações encerrou em maio.

Caso esteja em dúvida, é possível consultar a situação do título, se está regular ou não, pelo site do TSE – Trbunal Superior Eleitoral ou aplicativo E-Título. Importante lembrar que quem está com o título irregular, além de não votar, não pode: tirar ou renovar seu passaporte nem carteira de identidade; receber salário proveniente de função ou emprego público; participar de concursos públicos; obter empréstimos na caixa econômica federal e outros estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo e nem renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outros.

Ainda, lembramos que se por acaso você precisar de atendimento no Cartório Eleitoral de Marau, é preciso fazer o agendamento prévio, que pode ser feito fone/whats (54) 9 9633 9773. O atendimento é de segunda a sexta, do meio-dia às 19h e em sábados domingos e feriados, das 14h às 19h.

Link para notícia no site Tua Rádio

Governo regulamenta renegociação de dívidas com o Fies

No caso de quitação, em parcela única, do débito vencido ou saldo devedor total, haverá redução de 100% dos encargos moratórios
O governo federal regulamentou o programa que permite a renegociação de dívidas de financiamentos concedidos com recursos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A medida estava prevista na Lei nº 14.024/2020, sancionada em julho, que suspendeu o pagamento de parcelas do Fies até 31 de dezembro, em razão da pandemia de covid-19.

A resolução do Comitê Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil, com as regras do programa, foi publicada hoje (22) no Diário Oficial da União. A medida vale para os contratos assinados até o segundo semestre de 2017 e para os débitos vencidos e não pagos até o dia 10 de julho deste ano, na fase de amortização, quando o estudante já concluiu o curso.

A resolução entra em vigor em 3 de novembro e a adesão ao programa poderá ser solicitada ao banco até 31 de dezembro e será efetuada mediante termo aditivo ao contrato de financiamento, podendo ser assinado eletronicamente pelos financiados e seus fiadores.

No caso de quitação, em parcela única, do débito vencido ou saldo devedor total, haverá redução de 100% dos encargos moratórios, desde que o pagamento seja feito até 31 de dezembro. Também poderá ser feita a liquidação do saldo devedor em quatro parcelas semestrais, até 31 de dezembro de 2022, ou 24 parcelas mensais, com redução de 60% dos encargos e pagamento a partir de 31 de março de 2021.

Já os parcelamentos do saldo devedor feitos em 145 ou 175 parcelas mensais receberão redução de 40% e 25%, respectivamente, e os pagamentos começam a partir de janeiro de 2021. Em caso de prorrogação do estado de calamidade pública em razão da pandemia, ficará suspensa automaticamente a obrigação do pagamento da primeira parcela em janeiro, exceto no caso da liquidação total em parcela única.

O valor da parcela mensal resultante da renegociação não poderá ser inferior a R$ 200, mesmo que isso implique redução do prazo máximo de parcelamento. Os descontos concedidos no programa são referentes apenas aos encargos moratórios, permanecendo a cobrança dos débitos contratuais.

Será permitida apenas uma renegociação no âmbito do programa. Em caso de não pagamento de três parcelas consecutivas ou alternadas do saldo devedor renegociado, o cidadão perderá o direito ao desconto concedido sobre os encargos, e o valor correspondente será reincorporado ao saldo devedor do financiamento.

As pessoas que têm dívidas em discussão judicial e queiram aderir ao programa de regularização deverão renunciar em juízo à ação. Nesse caso, a renúncia sobre quaisquer alegações de direito é irretratável e não exime o autor da ação do pagamento de custas e honorários advocatícios.

O Fies é o programa do governo federal que tem o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa; o percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino. Já o P-Fies funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

*Agência Brasil

No caso de quitação, em parcela única, do débito vencido ou saldo devedor total, haverá redução de 100% dos encargos moratórios

O governo federal regulamentou o programa que permite a renegociação de dívidas de financiamentos concedidos com recursos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A medida estava prevista na Lei nº 14.024/2020, sancionada em julho, que suspendeu o pagamento de parcelas do Fies até 31 de dezembro, em razão da pandemia de covid-19.

A resolução do Comitê Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil, com as regras do programa, foi publicada hoje (22) no Diário Oficial da União. A medida vale para os contratos assinados até o segundo semestre de 2017 e para os débitos vencidos e não pagos até o dia 10 de julho deste ano, na fase de amortização, quando o estudante já concluiu o curso.

A resolução entra em vigor em 3 de novembro e a adesão ao programa poderá ser solicitada ao banco até 31 de dezembro e será efetuada mediante termo aditivo ao contrato de financiamento, podendo ser assinado eletronicamente pelos financiados e seus fiadores.

No caso de quitação, em parcela única, do débito vencido ou saldo devedor total, haverá redução de 100% dos encargos moratórios, desde que o pagamento seja feito até 31 de dezembro. Também poderá ser feita a liquidação do saldo devedor em quatro parcelas semestrais, até 31 de dezembro de 2022, ou 24 parcelas mensais, com redução de 60% dos encargos e pagamento a partir de 31 de março de 2021.

Já os parcelamentos do saldo devedor feitos em 145 ou 175 parcelas mensais receberão redução de 40% e 25%, respectivamente, e os pagamentos começam a partir de janeiro de 2021. Em caso de prorrogação do estado de calamidade pública em razão da pandemia, ficará suspensa automaticamente a obrigação do pagamento da primeira parcela em janeiro, exceto no caso da liquidação total em parcela única.

O valor da parcela mensal resultante da renegociação não poderá ser inferior a R$ 200, mesmo que isso implique redução do prazo máximo de parcelamento. Os descontos concedidos no programa são referentes apenas aos encargos moratórios, permanecendo a cobrança dos débitos contratuais.

Será permitida apenas uma renegociação no âmbito do programa. Em caso de não pagamento de três parcelas consecutivas ou alternadas do saldo devedor renegociado, o cidadão perderá o direito ao desconto concedido sobre os encargos, e o valor correspondente será reincorporado ao saldo devedor do financiamento.

As pessoas que têm dívidas em discussão judicial e queiram aderir ao programa de regularização deverão renunciar em juízo à ação. Nesse caso, a renúncia sobre quaisquer alegações de direito é irretratável e não exime o autor da ação do pagamento de custas e honorários advocatícios.

O Fies é o programa do governo federal que tem o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa; o percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino. Já o P-Fies funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

*Agência Brasil

Link para notícia no site Tua Rádio

Votação na Consulta Popular inicia na próxima semana, saiba como votar

Dalvan recomendou à população que vote na demanda número 05, já que o Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais está localizado em Lagoa Vermelha
Neste ano a Consulta Popular será realizada entre 26 de outubro e 03 de novembro. As populações dos municípios da região Nordeste poderão optar por uma das cinco demandas elencadas pelos 19 municípios que compõem a AMUNOR.

Fortalecimento do projeto de municipalização ambiental de atividades de impacto local via Consórcio de municípios;
Apoio à melhoria da sanidade animal do gado leiteiro;
Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de matérias para defesa cível;
Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de equipamentos e veículos para inspeção sanitária;
Apoio às agroindústrias familiares – Estruturação do Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais (localizado em Lagoa Vermelha).

Em entrevista à Tua Rádio Cacique o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Lagoa Vermelha (COMUDE), Dalvan Costa falou que o Estado liberou R$ 342 mil para a região. O recurso é pequeno, e menor do que dos anos anteriores.

Dalvan recomendou à população que vote na demanda número 05, já que o Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais está localizado em Lagoa Vermelha.

A expectativa é de que os valores sejam depositados em 2021. Ouça a entrevista.

Como votar

Devido a medidas de contenção da Covid-19, a votação será realizada de forma online ou via SMS. Para votar é necessário possuir o título de eleitor em mãos e entrar no site www.consultapopular.rs.gov.br ou ainda por SMS para o número 29634 com a mensagem: RSVOTO#Título de Eleitor#n° programa. Exemplo: RSVOTO#123456789#4.

Dalvan recomendou à população que vote na demanda número 05, já que o Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais está localizado em Lagoa Vermelha

Neste ano a Consulta Popular será realizada entre 26 de outubro e 03 de novembro. As populações dos municípios da região Nordeste poderão optar por uma das cinco demandas elencadas pelos 19 municípios que compõem a AMUNOR.

  1. Fortalecimento do projeto de municipalização ambiental de atividades de impacto local via Consórcio de municípios;
  2. Apoio à melhoria da sanidade animal do gado leiteiro;
  3. Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de matérias para defesa cível;
  4. Fortalecimento do Consórcio Intermunicipal da Região Nordeste/RS, CIRENOR – Aquisição de equipamentos e veículos para inspeção sanitária;
  5. Apoio às agroindústrias familiares – Estruturação do Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais (localizado em Lagoa Vermelha).

Em entrevista à Tua Rádio Cacique o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Lagoa Vermelha (COMUDE), Dalvan Costa falou que o Estado liberou R$ 342 mil para a região. O recurso é pequeno, e menor do que dos anos anteriores.

Dalvan recomendou à população que vote na demanda número 05, já que o Centro Regional de Treinamentos de Produtores Rurais está localizado em Lagoa Vermelha.

A expectativa é de que os valores sejam depositados em 2021. Ouça a entrevista.

Como votar

Devido a medidas de contenção da Covid-19, a votação será realizada de forma online ou via SMS. Para votar é necessário possuir o título de eleitor em mãos e entrar no site www.consultapopular.rs.gov.br ou ainda por SMS para o número 29634 com a mensagem: RSVOTO#Título de Eleitor#n° programa. Exemplo: RSVOTO#123456789#4.

Link para notícia no site Tua Rádio

Localizada médica sequestrada em Erechim

Dois sequestradores que estavam no cativeiro teriam sido presos na ação
Na noite desta quarta-feira, 22/10, o pai de Tamires Gemelli da Silva Mignoni, informou em sua rede social (Facebook), que a filha foi localizada. “Valeram as orações. A Tamires acaba de ser libertada pelos grupos DEIC e TIGRE. Nossa menina está voltando pra casa”.

Uma ação de policiais do DEIC – Departamento Estadual de Investigações Criminais do RS e do Grupo Tigre na cidade de Cantagalo, distante 30 quilômetros de Laranjeiras do Sul, no Centro-Oeste do Paraná, deu fim no sequestro da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, raptada em Erechim na última sexta-feira, 16/10.

Segundo informações, dois sequestradores que estavam no cativeiro teriam sido presos na ação. A médica foi levada para Laranjeiras do Sul onde o comboio de viaturas policiais foi recepcionado com festa da população na entrada da cidade.

Infomações: Rádio Uirapuru

Dois sequestradores que estavam no cativeiro teriam sido presos na ação

Na noite desta quarta-feira, 22/10, o pai de Tamires Gemelli da Silva Mignoni, informou em sua rede social (Facebook), que a filha foi localizada. “Valeram as orações. A Tamires acaba de ser libertada pelos grupos DEIC e TIGRE. Nossa menina está voltando pra casa”.

Uma ação de policiais do DEIC – Departamento Estadual de Investigações Criminais do RS e do Grupo Tigre na cidade de Cantagalo, distante 30 quilômetros de Laranjeiras do Sul, no Centro-Oeste do Paraná, deu fim no sequestro da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, raptada em Erechim na última sexta-feira, 16/10.

Segundo informações, dois sequestradores que estavam no cativeiro teriam sido presos na ação. A médica foi levada para Laranjeiras do Sul onde o comboio de viaturas policiais foi recepcionado com festa da população na entrada da cidade.

Infomações: Rádio Uirapuru

Link para notícia no site Tua Rádio

Justiça Eleitoral divulga regras para o dia da eleição

Os eleitores brasileiros vão retornar às urnas em novembro para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores e devem tomar os cuidados necessários para evitar a contaminação pela covid-19.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elaborou uma série de medidas que devem ser respeitadas nos dias do pleito.

Os eleitores só poderão entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras. O uso deverá ser feito em todo o percurso, até chegar à seção eleitoral.

Não será permitido se alimentar, beber ou realizar qualquer ato que exija a retirada da máscara. As mãos deverão ser higienizadas com álcool em gel antes e depois de votar. O produto será disponibilizado nos locais de votação.

O TSE recomenda que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação. A distância de um metro entre as demais pessoas que estivem na sala também deverá ser mantida.

Serão feitas marcações no chão com adesivos para indicar o distanciamento correto. O processo de identificação por biometria não será usado nas eleições deste ano para evitar a contaminação.

A Justiça Eleitoral recomenda que os eleitores que estiverem com sintomas de covid-19 não devem comparecer ao local de votação. A justificativa de falta não será feita presencialmente para evitar aglomerações. Pelo aplicativo e-Título, que pode ser usado em qualquer smartphone, será possível fazer a justificativa sem sair de casa.

Horário de votação

O tempo da votação foi ampliado em uma hora neste ano. As seções ficarão abertas das 7h às 17h. Das 7h às 10h será mantido um horário preferencial para que pessoas com mais de 60 anos possam votar. Nas eleições passadas. a votação começava às 8h e terminava às 17h. Dia da votação.

O TSE elaborou um passo a passo sobre a movimentação que deve ser feita pelo eleitor dentro da seção de votação. O fluxo será orientado pelos mesários.

1 – O eleitor entrará na seção eleitoral e deverá se posicionar na frente do mesário, seguindo o distanciamento de um metro, conforme marcação no chão;

2 – Sem contato com o mesário, o eleitor vai erguer o braço e mostrar seu documento oficial com foto;

3 – O mesário vai ler o nome do eleitor em voz alta e pedir que ele confirme se a identificação está correta;

4 – O eleitor deve guardar seu documento;

5 – O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel que será disponibilizado;

6 – Em seguida, deverá assinar o caderno de votação com sua própria caneta.

7 – Neste momento, o eleitor receberá seu comprovante de votação;

8 – O eleitor será autorizado pelo mesário para ir até a cabine de votação;

9 – O eleitor deverá digitar o número de seus candidatos na urna eletrônica e apertar a tecla confirma após cada voto para encerrar a votação.

10 – O eleitor deverá higienizar as mãos novamente com álcool em gel e deverá se retirar da seção eleitoral.

Os eleitores brasileiros vão retornar às urnas em novembro para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores e devem tomar os cuidados necessários para evitar a contaminação pela covid-19.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elaborou uma série de medidas que devem ser respeitadas nos dias do pleito.

Os eleitores só poderão entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras. O uso deverá ser feito em todo o percurso, até chegar à seção eleitoral.

Não será permitido se alimentar, beber ou realizar qualquer ato que exija a retirada da máscara. As mãos deverão ser higienizadas com álcool em gel antes e depois de votar. O produto será disponibilizado nos locais de votação.

O TSE recomenda que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação. A distância de um metro entre as demais pessoas que estivem na sala também deverá ser mantida.

Serão feitas marcações no chão com adesivos para indicar o distanciamento correto. O processo de identificação por biometria não será usado nas eleições deste ano para evitar a contaminação.

A Justiça Eleitoral recomenda que os eleitores que estiverem com sintomas de covid-19 não devem comparecer ao local de votação. A justificativa de falta não será feita presencialmente para evitar aglomerações. Pelo aplicativo e-Título, que pode ser usado em qualquer smartphone, será possível fazer a justificativa sem sair de casa.

Horário de votação

O tempo da votação foi ampliado em uma hora neste ano. As seções ficarão abertas das 7h às 17h. Das 7h às 10h será mantido um horário preferencial para que pessoas com mais de 60 anos possam votar. Nas eleições passadas. a votação começava às 8h e terminava às 17h. Dia da votação.

O TSE elaborou um passo a passo sobre a movimentação que deve ser feita pelo eleitor dentro da seção de votação. O fluxo será orientado pelos mesários.

1 – O eleitor entrará na seção eleitoral e deverá se posicionar na frente do mesário, seguindo o distanciamento de um metro, conforme marcação no chão;

2 – Sem contato com o mesário, o eleitor vai erguer o braço e mostrar seu documento oficial com foto;

3 – O mesário vai ler o nome do eleitor em voz alta e pedir que ele confirme se a identificação está correta;

4 – O eleitor deve guardar seu documento;

5 – O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel que será disponibilizado;

6 – Em seguida, deverá assinar o caderno de votação com sua própria caneta.

7 – Neste momento, o eleitor receberá seu comprovante de votação;

8 – O eleitor será autorizado pelo mesário para ir até a cabine de votação;

9 – O eleitor deverá digitar o número de seus candidatos na urna eletrônica e apertar a tecla confirma após cada voto para encerrar a votação.

10 – O eleitor deverá higienizar as mãos novamente com álcool em gel e deverá se retirar da seção eleitoral.

Link para notícia no site Tua Rádio

Buscas encerradas: presos todos os criminosos envolvidos na ocorrência em Palmeira das Missões

Em uma ocorrência que iniciou na madrugada desta terça-feira (20), na BR 468 em Palmeira das Missões, a Polícia Rodoviária Federal prendeu oito criminosos e apreendeu uma tonelada de maconha, além de quatro veículos. Um policial ficou gravemente ferido ao ser atropelado por um dos traficantes.

Os policiais receberam informações do serviço de inteligência da PRF sobre quatro veículos, uma Ranger, uma Amarok, uma S10 e um Voyage, que estariam sendo utilizados por uma organização criminosa

Os agentes federais localizaram os quatro na BR 468 e, durante a abordagem, os motoristas tentaram fugir. Os criminosos acabaram colidindo os veículos e ainda atropelando um policial rodoviário federal.

Um dos traficantes foi preso no momento da abordagem e outros cinco durante as buscas que contaram com a participação da PRF, PC, PF e BM, e seguiram até quarta-feira (21) à tarde. O sétimo criminoso foi preso à noite em um motel em Chapecó/SC com um comparsa que havia o resgatado.

Dentro da Ranger, que era roubada, foi encontrada quase uma tonelada de maconha. Todos os veículos utilizavam placas clonadas.

Os oito presos são paranaenses, todos com antecedentes policiais, com idades entre 29 e 41 anos. As investigações ficarão a cargo da PF, que contará com o apoio do serviço de inteligência da PRF para identificar o restante da quadrilha.

A Polícia Rodoviária Federal agradece os policiais de todas as instituições envolvidos nas buscas, assim como os profissionais do SAMU, do Corpo de Bombeiros e da Argos Emergências Médicas, que apoiaram o resgate e o transporte do policial ferido que, apesar da gravidade das lesões, apresenta boa recuperação.

Em uma ocorrência que iniciou na madrugada desta terça-feira (20), na BR 468 em Palmeira das Missões, a Polícia Rodoviária Federal prendeu oito criminosos e apreendeu uma tonelada de maconha, além de quatro veículos. Um policial ficou gravemente ferido ao ser atropelado por um dos traficantes.

Os policiais receberam informações do serviço de inteligência da PRF sobre quatro veículos, uma Ranger, uma Amarok, uma S10 e um Voyage, que estariam sendo utilizados por uma organização criminosa

Os agentes federais localizaram os quatro na BR 468 e, durante a abordagem, os motoristas tentaram fugir. Os criminosos acabaram colidindo os veículos e ainda atropelando um policial rodoviário federal.

Um dos traficantes foi preso no momento da abordagem e outros cinco durante as buscas que contaram com a participação da PRF, PC, PF e BM, e seguiram até quarta-feira (21) à tarde. O sétimo criminoso foi preso à noite em um motel em Chapecó/SC com um comparsa que havia o resgatado.

Dentro da Ranger, que era roubada, foi encontrada quase uma tonelada de maconha. Todos os veículos utilizavam placas clonadas.

Os oito presos são paranaenses, todos com antecedentes policiais, com idades entre 29 e 41 anos. As investigações ficarão a cargo da PF, que contará com o apoio do serviço de inteligência da PRF para identificar o restante da quadrilha.

A Polícia Rodoviária Federal agradece os policiais de todas as instituições envolvidos nas buscas, assim como os profissionais do SAMU, do Corpo de Bombeiros e da Argos Emergências Médicas, que apoiaram o resgate e o transporte do policial ferido que, apesar da gravidade das lesões, apresenta boa recuperação.

Link para notícia no site Tua Rádio

Caxias do Sul contabiliza mais 92 casos positivos de Covid-19

Cidade está com os leitos adulto SUS em 75% de ocupação
Caxias do Sul apresentou mais 92 casos positivos de covid-19 nesta quarta-feira (21/10). Agora, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) afirma que a cidade possui 9.877 infectados, com 8.675 recuperados e 1.039 que estão com a doença no organismo. Dos ativos, 988 estão em isolamento domiciliar, 25 em enfermaria e 26 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O Município registra ainda 163 óbitos por coronavírus.

Caxias do Sul tem 159 leitos de UTI utilizados dos 228 disponíveis, apresentando 70% de ocupação. Dos leitos de UTI Adulto do Sistema Único de Saúde (SUS), 75% estão ocupados, com 55 usados dos 73 ofertados. Os leitos privados chegam 78% de ocupação (66 ocupados dos 85 disponibilizados).

Dos casos positivos totais, 5.236 são mulheres e 4.641 são homens, com a maioria em uma faixa etária de 30 a 39 anos. Desses, 1.101 são profissionais da saúde e 60 da segurança. O Executivo ainda mostra que 6.133 pessoas procuraram os postos de saúde por síndrome gripal, mas não foram testadas.

A cidade também possui 150 casos suspeitos e 60.811 casos negativos. Para mais informações, acesse a plataforma covid.caxias.rs.gov.br.

Cidade está com os leitos adulto SUS em 75% de ocupação

Caxias do Sul apresentou mais 92 casos positivos de covid-19 nesta quarta-feira (21/10). Agora, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) afirma que a cidade possui 9.877 infectados, com 8.675 recuperados e 1.039 que estão com a doença no organismo. Dos ativos, 988 estão em isolamento domiciliar, 25 em enfermaria e 26 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O Município registra ainda 163 óbitos por coronavírus.

Caxias do Sul tem 159 leitos de UTI utilizados dos 228 disponíveis, apresentando 70% de ocupação. Dos leitos de UTI Adulto do Sistema Único de Saúde (SUS), 75% estão ocupados, com 55 usados dos 73 ofertados. Os leitos privados chegam 78% de ocupação (66 ocupados dos 85 disponibilizados).

Dos casos positivos totais, 5.236 são mulheres e 4.641 são homens, com a maioria em uma faixa etária de 30 a 39 anos. Desses, 1.101 são profissionais da saúde e 60 da segurança. O Executivo ainda mostra que 6.133 pessoas procuraram os postos de saúde por síndrome gripal, mas não foram testadas.

A cidade também possui 150 casos suspeitos e 60.811 casos negativos. Para mais informações, acesse a plataforma covid.caxias.rs.gov.br.

Link para notícia no site Tua Rádio

Em cinco meses, 100 pacientes são beneficiados com plasma convalescente coletado no Hemocs

Cinco hospitais do Estado solicitaram o componente utilizado como terapia alternativa na recuperação de pacientes da Covid-19
A utilização do plasma convalescente (porção do sangue que contém anticorpos) como tratamento experimental de pacientes com complicações da Covid-19 ganhou adesão ao longo dos meses. Com o crescimento da demanda, a necessidade de doações também cresceu. Nesta quarta-feira (21), Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs) alcançou a marca de 100 pacientes beneficiados com plasma convalescente. A unidade foi a primeira no Estado a iniciar a captação do material.

A primeira coleta foi realizada em 22 de maio. De lá para cá, já foram 59 pacientes beneficiados no Hospital Virvi Ramos, pioneiro no Estado no tratamento, 31 no Hospital Tacchini (Bento Gonçalves), seis no Hospital Schlatter (Feliz), um no Hospital de Clínicas (Passo Fundo) e três no N.S. da Oliveira (Vacaria).

Dessas, foram 139 bolsas coletadas por meio de aférese e 39 por meio de sangue total, as quais beneficiaram 58 homens e 42 mulheres. Até o momento, 244 candidatos se inscreveram para doar, sendo 151 homens e 93 mulheres. Desses, após entrevista e triagem, 114 foram considerados aptos para realizar o procedimento.

O diretor geral da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Mário Taddeucci, disse em entrevista à Tua Rádio São Francisco que a utilização da técnica é promissora: “É muito gratificante porque os relatos são que vários pacientes tiveram uma ajuda muito grande com esse tratamento do plasma convalescente. Fomos pioneiros no Sul do Brasil com a produção e tratamento com o plasma convalescente. A partir do momento que começamos vários municípios, até mesmo de fora do Estado, nos contataram para ter mais informações ou até mesmo conseguir o plasma para realizar os tratamentos nos seus hospitais”, relatou. Ouça a entrevista AQUI

A captação das doações continua. Os interessados agendar a coleta pelos telefones (54) 3290-4543 e (54) 3290-4580 ou por meio do whatsapp (54) 9929-7491. O Hemocs atende de segunda a quarta-feira, das 8h às 19h, sem fechar ao meio dia. Quinta e sexta-feira, das 8h às 17h, também sem fechar ao meio dia e, aos sábados, das 8h até 12h, na rua Ernesto Alves,2260, ao lado da UPA Central.

Plasma por doação de sangue convencional

Para doação de plasma por meio do chamado sangue total, é necessário seguir as mesmas diretrizes da doação normal, isto é: ser homem ou mulher entre 16 e 69, 11 meses e 29 dias, estar em bom estado de saúde e ser aprovado na pré-triagem e triagem médica do Hemocs. Os procedimentos técnicos são todos a cargo do Hemocentro e internos, no qual as amostras serão testadas para buscar anticorpos IgG contra o coronavírus. Os plasmas identificados como convalescente serão rotulados e destinados como tal, para uso compassivo.

Plasma por doação por aférese

Na doação por aférese, alguns pontos divergem do método através do sangue total. Antes da coleta é necessário ter testado positivo para Covid-19, pelo exame PCR ou teste sorológico, e estar recuperado e sem sintomas há, no mínimo, 28 dias.

No caso dos homens, podem doar aqueles entre 18 e 59 anos, 11 meses e 29 dias. Há uma realização prévia de teste sorológico para detecção dos anticorpos e bloco sorológico. O plasma é destinado para o projeto de pesquisa junto ao Hospital Virvi Ramos (o projeto de estudo aprovado contempla apenas plasma originado de homens).

Para as mulheres, a idade é de 18 até 59 anos, 11 meses e 29 dias. Também serão aceitas mulheres que tiveram até duas gestações ou abortos. Ocorre, igualmente, a realização prévia do teste sorológico para detecção dos anticorpos e bloco sorológico. O plasma é destinado para uso compassivo.

Cinco hospitais do Estado solicitaram o componente utilizado como terapia alternativa na recuperação de pacientes da Covid-19

A utilização do plasma convalescente (porção do sangue que contém anticorpos) como tratamento experimental de pacientes com complicações da Covid-19 ganhou adesão ao longo dos meses. Com o crescimento da demanda, a necessidade de doações também cresceu. Nesta quarta-feira (21), Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs) alcançou a marca de 100 pacientes beneficiados com plasma convalescente. A unidade foi a primeira no Estado a iniciar a captação do material.

A primeira coleta foi realizada em 22 de maio. De lá para cá, já foram 59 pacientes beneficiados no Hospital Virvi Ramos, pioneiro no Estado no tratamento, 31 no Hospital Tacchini (Bento Gonçalves), seis no Hospital Schlatter (Feliz), um no Hospital de Clínicas (Passo Fundo) e três no N.S. da Oliveira (Vacaria).

Dessas, foram 139 bolsas coletadas por meio de aférese e 39 por meio de sangue total, as quais beneficiaram 58 homens e 42 mulheres. Até o momento, 244 candidatos se inscreveram para doar, sendo 151 homens e 93 mulheres. Desses, após entrevista e triagem, 114 foram considerados aptos para realizar o procedimento.

O diretor geral da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Mário Taddeucci, disse em entrevista à Tua Rádio São Francisco que a utilização da técnica é promissora: “É muito gratificante porque os relatos são que vários pacientes tiveram uma ajuda muito grande com esse tratamento do plasma convalescente. Fomos pioneiros no Sul do Brasil com a produção e tratamento com o plasma convalescente. A partir do momento que começamos vários municípios, até mesmo de fora do Estado, nos contataram para ter mais informações ou até mesmo conseguir o plasma para realizar os tratamentos nos seus hospitais”, relatou. Ouça a entrevista AQUI

A captação das doações continua. Os interessados agendar a coleta pelos telefones (54) 3290-4543 e (54) 3290-4580 ou por meio do whatsapp (54) 9929-7491. O Hemocs atende de segunda a quarta-feira, das 8h às 19h, sem fechar ao meio dia. Quinta e sexta-feira, das 8h às 17h, também sem fechar ao meio dia e, aos sábados, das 8h até 12h, na rua Ernesto Alves,2260, ao lado da UPA Central.

Plasma por doação de sangue convencional

Para doação de plasma por meio do chamado sangue total, é necessário seguir as mesmas diretrizes da doação normal, isto é: ser homem ou mulher entre 16 e 69, 11 meses e 29 dias, estar em bom estado de saúde e ser aprovado na pré-triagem e triagem médica do Hemocs. Os procedimentos técnicos são todos a cargo do Hemocentro e internos, no qual as amostras serão testadas para buscar anticorpos IgG contra o coronavírus. Os plasmas identificados como convalescente serão rotulados e destinados como tal, para uso compassivo.

Plasma por doação por aférese

Na doação por aférese, alguns pontos divergem do método através do sangue total. Antes da coleta é necessário ter testado positivo para Covid-19, pelo exame PCR ou teste sorológico, e estar recuperado e sem sintomas há, no mínimo, 28 dias.

No caso dos homens, podem doar aqueles entre 18 e 59 anos, 11 meses e 29 dias. Há uma realização prévia de teste sorológico para detecção dos anticorpos e bloco sorológico. O plasma é destinado para o projeto de pesquisa junto ao Hospital Virvi Ramos (o projeto de estudo aprovado contempla apenas plasma originado de homens).

Para as mulheres, a idade é de 18 até 59 anos, 11 meses e 29 dias. Também serão aceitas mulheres que tiveram até duas gestações ou abortos. Ocorre, igualmente, a realização prévia do teste sorológico para detecção dos anticorpos e bloco sorológico. O plasma é destinado para uso compassivo.

Link para notícia no site Tua Rádio

Novo projeto da Smel é ampliado para pessoas acima dos 60 anos

Inicialmente, o Move-te, que oferta atividades físicas, atendia apenas pessoas de 18 a 59 anos
O Move-te – projeto alternativo da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) para substituir outras atividades como o Conviver, Ginástica, Câmbio e outros durante a pandemia – passará a atender pessoas com mais de 60 anos. Inicialmente, o projeto, que começou a funcionar neste mês, atendia apenas o público de 18 a 59 anos.

O Move-te tem o objetivo de oferecer atividades físicas para pessoas sem doenças que fazem parte do grupo de risco para Covid-19, a fim de contribuir para a promoção da saúde, bem como promover a convivência. Durante entrevista à Tua Rádio São Francisco, a professora da Smel, Maria Luiza Bedin, afirmou que o projeto não substitui os outros já ofertados pela pasta. “No momento em que passarmos por toda essa situação da pandemia, no momento em que os decretos e protocolos nos autorizarem a retornarmos novamente aos espaços onde, até antes da pandemia, foram desenvolvidos os programas, assim será feito. Essa é a intenção da Secretaria. Mas, não sabemos se isso será possível ainda neste ano ou no próximo ano, por isso lançamos o Move-te”, explicou. Ouça AQUI

As atividades do Move-te estão ocorrendo em espaços públicos de gerência do Município, com turmas de até 30 alunos. Os interessados em participar do projeto devem entrar em contato com a Smel pelo telefone (54) 3901-1265, ramal 211.

Confira os horários para o público de 60 anos ou mais:

SEGUNDA-FEIRA:
GINÁSIO ENXUTÃO, Rua Luiz Covolan, 1560, Bairro Santa Catarina, das 9hh30 às 10h30, das 15h30 às 16h30
GINÁSIO VASCO DA GAMA, Rua José Soares de Oliveira ,2557, Bairro Pio X, das 8h30 às 9h30
CENTRO DE CULTURA ORDOVÁS, Rua Luiz Antunes, 312, Bairro Panazollo, das 14h às 15h
TERÇA-FEIRA:
GINÁSIO VASCO DA GAMA, Rua José Soares de Oliveira, 2557, Bairro Pio X.
das 14h às 15h
QUINTA FEIRA:
GINÁSIO DO CIE, Rua Eugênio Nicoletti,2643 – Bairro São Caetano.
das 14h às 15h
Além disso, a Smel ampliou desde o último dia 5 de outubro mais um horário para público de 18 a 59 anos:
SEGUNDA-FEIRA:
CENTRO DE CULTURA ORDOVÁS, Rua Luiz Antunes, 312, Bairro Panazollo, das 15h30 às 16h30
Os outros horários do público de 18 a 59 são:
SEGUNDA-FEIRA:
GINÁSIO ENXUTÃO, Rua Luiz Covolan, 1560, Bairro Santa Catarina, das 8h30 às 9h15 e das 14h30 às 15h15
QUARTA-FEIRA:
GINÁSIO VASCO DA GAMA, Rua José Soares de Oliveira, 2557, Bairro Pio X, das 8h30 às 9h15, e das 14h30 às 15h15.

Inicialmente, o Move-te, que oferta atividades físicas, atendia apenas pessoas de 18 a 59 anos

O Move-te – projeto alternativo da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) para substituir outras atividades como o Conviver, Ginástica, Câmbio e outros durante a pandemia – passará a atender pessoas com mais de 60 anos. Inicialmente, o projeto, que começou a funcionar neste mês, atendia apenas o público de 18 a 59 anos.

O Move-te tem o objetivo de oferecer atividades físicas para pessoas sem doenças que fazem parte do grupo de risco para Covid-19, a fim de contribuir para a promoção da saúde, bem como promover a convivência. Durante entrevista à Tua Rádio São Francisco, a professora da Smel, Maria Luiza Bedin, afirmou que o projeto não substitui os outros já ofertados pela pasta. “No momento em que passarmos por toda essa situação da pandemia, no momento em que os decretos e protocolos nos autorizarem a retornarmos novamente aos espaços onde, até antes da pandemia, foram desenvolvidos os programas, assim será feito. Essa é a intenção da Secretaria. Mas, não sabemos se isso será possível ainda neste ano ou no próximo ano, por isso lançamos o Move-te”, explicou. Ouça AQUI

As atividades do Move-te estão ocorrendo em espaços públicos de gerência do Município, com turmas de até 30 alunos. Os interessados em participar do projeto devem entrar em contato com a Smel pelo telefone (54) 3901-1265, ramal 211.

Confira os horários para o público de 60 anos ou mais:

SEGUNDA-FEIRA:
GINÁSIO ENXUTÃO, Rua Luiz Covolan, 1560, Bairro Santa Catarina, das 9hh30 às 10h30, das 15h30 às 16h30
GINÁSIO VASCO DA GAMA, Rua José Soares de Oliveira ,2557, Bairro Pio X, das 8h30 às 9h30
CENTRO DE CULTURA ORDOVÁS, Rua Luiz Antunes, 312, Bairro Panazollo, das 14h às 15h
TERÇA-FEIRA:
GINÁSIO VASCO DA GAMA, Rua José Soares de Oliveira, 2557, Bairro Pio X.
das 14h às 15h
QUINTA FEIRA:
GINÁSIO DO CIE, Rua Eugênio Nicoletti,2643 – Bairro São Caetano.
das 14h às 15h
Além disso, a Smel ampliou desde o último dia 5 de outubro mais um horário para público de 18 a 59 anos:
SEGUNDA-FEIRA:
CENTRO DE CULTURA ORDOVÁS, Rua Luiz Antunes, 312, Bairro Panazollo, das 15h30 às 16h30
Os outros horários do público de 18 a 59 são:
SEGUNDA-FEIRA:
GINÁSIO ENXUTÃO, Rua Luiz Covolan, 1560, Bairro Santa Catarina, das 8h30 às 9h15 e das 14h30 às 15h15
QUARTA-FEIRA:
GINÁSIO VASCO DA GAMA, Rua José Soares de Oliveira, 2557, Bairro Pio X, das 8h30 às 9h15, e das 14h30 às 15h15.

Link para notícia no site Tua Rádio

Em casa, Lagoa EC enfrenta o Passo Fundo neste domingo (25)

Após um jogo difícil, marcado por faltas estouradas para os dois times no empate em 2 a 2 com a AFUCS de Seberi, na última terça-feira (20), o Lagoa EC se prepara para nova atuação no ginásio Adolfo Stella.

No domingo, dia 25, os comandados de Adão Vilanova enfrentarão o Passo Fundo, atual vice-líder da tabela da primeira divisão da Liga Gaúcha de Futsal. O Lagoa está em quarto, e tem um ponto a menos que o oponente do final de semana, que contabiliza 8 pontos (confira a tabela).

Depois do confronto em casa, o Lagoa viajará para Frederico Westphalen e enfrenta o Guarani, no dia 31 de outubro.

A Tua Rádio Cacique transmitirá as partidas pelo 92,7 FM e facebook.

Após um jogo difícil, marcado por faltas estouradas para os dois times no empate em 2 a 2 com a AFUCS de Seberi, na última terça-feira (20), o Lagoa EC se prepara para nova atuação no ginásio Adolfo Stella.

No domingo, dia 25, os comandados de Adão Vilanova enfrentarão o Passo Fundo, atual vice-líder da tabela da primeira divisão da Liga Gaúcha de Futsal. O Lagoa está em quarto, e tem um ponto a menos que o oponente do final de semana, que contabiliza 8 pontos (confira a tabela).

Depois do confronto em casa, o Lagoa viajará para Frederico Westphalen e enfrenta o Guarani, no dia 31 de outubro.

A Tua Rádio Cacique transmitirá as partidas pelo 92,7 FM e facebook.

Link para notícia no site Tua Rádio

Hospital do Círculo adquire nova tecnologia para suporte respiratório

O cateter nasal de alto fluxo é menos invasivo, e pode ser utilizado para tratamento de pacientes com a covid-19.
O aparelho é um recurso intermediário entre a ventilação não invasiva e o suporte de oxigênio convencional. O cateter nasal de alto fluxo (CNAF) pode ser utilizado em pacientes adultos, pediátricos e neonatais com sintomas de desconforto respiratório.

O coordenador do serviço de fisioterapia do hospital, Ney Ricardo Stedile, explicou os detalhes da nova tecnologia em entrevista ao No Ponto desta quarta-feira (21).

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

O cateter nasal de alto fluxo é menos invasivo, e pode ser utilizado para tratamento de pacientes com a covid-19.

O aparelho é um recurso intermediário entre a ventilação não invasiva e o suporte de oxigênio convencional. O cateter nasal de alto fluxo (CNAF) pode ser utilizado em pacientes adultos, pediátricos e neonatais com sintomas de desconforto respiratório.

O coordenador do serviço de fisioterapia do hospital, Ney Ricardo Stedile, explicou os detalhes da nova tecnologia em entrevista ao No Ponto desta quarta-feira (21).

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Eleições 2020: confira a entrevista com o candidato a prefeito Carlos Búrigo

Concorrente da coligação Vamos Abraçar Caxias foi o terceiro entrevistado da série De Frente com o Candidato
A Tua Rádio São Francisco dá continuidade a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Caxias do Sul. De segunda a sexta, das 11h às 12h, os candidatos serão entrevistados por jornalistas da Central de Conteúdos. Conforme o critério adotado (ordem alfabética), o candidato a participar nesta quarta-feira (21) foi Carlos Búrigo, da coligação Vamos Abraçar Caxias (MDB, PSB, CIDADANIA E AVANTE).

Confira a entrevista completa no áudio acima.

Eleições 2020 – De frente com o Candidato:

19/10 – Adiló Didomênico
20/10 – Antonio Feldmann
21/10 – Carlos Burigo
22/10 – Edson Nespolo
23/10 – Julio Freitas
26/10 – Marcelo Slaviero
27/10 – Nelson D’Arrigo
28/10 – Pepe Vargas
29/10 – Renato Nunes
30/10 – Renato Toigo
03/11 – Vinícius Ribeiro

Concorrente da coligação Vamos Abraçar Caxias foi o terceiro entrevistado da série De Frente com o Candidato

A Tua Rádio São Francisco dá continuidade a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Caxias do Sul. De segunda a sexta, das 11h às 12h, os candidatos serão entrevistados por jornalistas da Central de Conteúdos. Conforme o critério adotado (ordem alfabética), o candidato a participar nesta quarta-feira (21) foi Carlos Búrigo, da coligação Vamos Abraçar Caxias (MDB, PSB, CIDADANIA E AVANTE).

Confira a entrevista completa no áudio acima.

Eleições 2020 – De frente com o Candidato:

19/10 – Adiló Didomênico
20/10 – Antonio Feldmann
21/10 – Carlos Burigo
22/10 – Edson Nespolo
23/10 – Julio Freitas
26/10 – Marcelo Slaviero
27/10 – Nelson D’Arrigo
28/10 – Pepe Vargas
29/10 – Renato Nunes
30/10 – Renato Toigo
03/11 – Vinícius Ribeiro

Link para notícia no site Tua Rádio

Ensino técnico integrado com Ensino Médio está com inscrições abertas no Senac Caxias

As vagas são limitadas
Sempre referência quando o assunto é ensino de qualidade e alinhado com as demandas do mercado de trabalho, o Senac Gestão & Negócios está com matrículas abertas para as turmas 2021 do Ensino Médio. As aulas para o próximo ano, que iniciam em fevereiro, oportunizam que o estudante vivencie de forma concreta a construção do conhecimento por meio de metodologias estimulantes e desafiadoras, que possibilitam a transformação tanto do contexto em que vivem quanto de si mesmos. Integrado ao curso Técnico em Informática para Internet, o aluno conclui o Ensino Médio já com uma profissão devidamente habilitado e certificado para o mercado de trabalho.

O curso, que compreende toda a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio, também desenvolve competências relativas aplicações para internet (Web e Web Mobile), além de preparar o estudante para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), para o vestibular e para o mercado de trabalho.

Com duração de três anos, o curso oportuniza uma experiência educacional realizada por meio de métodos, metodologias e estratégias que proporcionam o desenvolvimento de competências de maneira prática e reflexiva. Além disso, o modelo de ensino conta com um corpo de professores preparados para atuar em um nível educacional interdisciplinar, incentivando os jovens a atuarem de forma protagonista frente aos desafios que serão propostos.

O diretor do Senac Caxias, Marcus Lubisco Guazzelli, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta quarta-feira. Confira na íntegra.

As vagas são limitadas

Sempre referência quando o assunto é ensino de qualidade e alinhado com as demandas do mercado de trabalho, o Senac Gestão & Negócios está com matrículas abertas para as turmas 2021 do Ensino Médio. As aulas para o próximo ano, que iniciam em fevereiro, oportunizam que o estudante vivencie de forma concreta a construção do conhecimento por meio de metodologias estimulantes e desafiadoras, que possibilitam a transformação tanto do contexto em que vivem quanto de si mesmos. Integrado ao curso Técnico em Informática para Internet, o aluno conclui o Ensino Médio já com uma profissão devidamente habilitado e certificado para o mercado de trabalho.

O curso, que compreende toda a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio, também desenvolve competências relativas aplicações para internet (Web e Web Mobile), além de preparar o estudante para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), para o vestibular e para o mercado de trabalho.

Com duração de três anos, o curso oportuniza uma experiência educacional realizada por meio de métodos, metodologias e estratégias que proporcionam o desenvolvimento de competências de maneira prática e reflexiva. Além disso, o modelo de ensino conta com um corpo de professores preparados para atuar em um nível educacional interdisciplinar, incentivando os jovens a atuarem de forma protagonista frente aos desafios que serão propostos.

O diretor do Senac Caxias, Marcus Lubisco Guazzelli, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta quarta-feira. Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Lançada a Conexo, a iniciativa de inovação aberta das Empresas Randon

A novidade conta com espaço físico e digital
Criar conexões com o objetivo de gerar conhecimento, fortalecer networking, resolver problemas reais, valorizar ideias, capacitar as pessoas e gerar novas possibilidades de negócios. Com essas premissas, as Empresas Randon lançaram na tarde desta terça-feria, a Conexo. O novo investimento da companhia funcionará como um hub de conexões entre as Empresas Randon e diversos players, como empreendedores, outras grandes empresas, startups, universidades, instituições deste ecossistema e a comunidade.

Fisicamente, a Conexo está instalada em um moderno prédio, com 945 m², localizado em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, projetado com áreas para cocriação, interação e produção de conteúdo. No ambiente digital, a empresa disponibiliza uma aplicação que permite a interconexão entre os interessados, permitindo a cooperação e o desenvolvimento de novas ideias, em um ambiente de coexistência.

O CTO (Chief Transformation Officer) das Empresas Randon, Daniel Ely, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã de hoje (21). Confira na íntegra.

A novidade conta com espaço físico e digital

Criar conexões com o objetivo de gerar conhecimento, fortalecer networking, resolver problemas reais, valorizar ideias, capacitar as pessoas e gerar novas possibilidades de negócios. Com essas premissas, as Empresas Randon lançaram na tarde desta terça-feria, a Conexo. O novo investimento da companhia funcionará como um hub de conexões entre as Empresas Randon e diversos players, como empreendedores, outras grandes empresas, startups, universidades, instituições deste ecossistema e a comunidade.

Fisicamente, a Conexo está instalada em um moderno prédio, com 945 m², localizado em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, projetado com áreas para cocriação, interação e produção de conteúdo. No ambiente digital, a empresa disponibiliza uma aplicação que permite a interconexão entre os interessados, permitindo a cooperação e o desenvolvimento de novas ideias, em um ambiente de coexistência.

O CTO (Chief Transformation Officer) das Empresas Randon, Daniel Ely, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã de hoje (21). Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Mês da Alimentação: uma reflexão sobre nossas escolhas alimentares

Este conteúdo esta disponível, também, no áudio da matéria
Outubro é o “Mês da Alimentação”! Com o objetivo de alertar a população sobre a alimentação saudável, a data faz referência a criação da FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, comemorada em todo o mundo no dia 16 de outubro. Sobre o assunto a Tua Rádio alvorada conversou com a engenheira agrônoma, Susi Freddi, que comentou sobre a importância de refletir sobre as nossas escolhas alimentares.

De acordo com Susi, o tema da campanha deste ano,“ Comer, alimentar e sustentar juntos”, busca um olhar solidário e não apenas individual. Além de prestarmos atenção no que consumimos e no que isso implica é necessário que haja um olhar de consideração pelas outras pessoas. “Foi justamente um apelo, uma provocação de solidariedade mundial para a gente prestar atenção nas pessoas que perderam seus empregos, perderam seus postos de trabalho e entraram, de fato, na linha da pobreza, da insegurança alimentar. Mas também, para as pessoas que não se alimentam direito pelo próprio estilo de vida ou sobre peso, por exemplo”, acrescenta ela.

Uma dica que Susi da para quem deseja se alimentar melhor, é a busca por produtos sem agrotóxicos. Segundo ela, o processo de higienização dos alimentos antes do consumo é de grande importância, mas ele sozinho não garante uma alimentação saudável nem “retira” os agrotóxicos utilizados na produção daquele alimento.

A entrevista completa com Susi Freddi está disponível no áudio da matéria.

Este conteúdo esta disponível, também, no áudio da matéria

Outubro é o “Mês da Alimentação”! Com o objetivo de alertar a população sobre a alimentação saudável, a data faz referência a criação da FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, comemorada em todo o mundo no dia 16 de outubro. Sobre o assunto a Tua Rádio alvorada conversou com a engenheira agrônoma, Susi Freddi, que comentou sobre a importância de refletir sobre as nossas escolhas alimentares.

De acordo com Susi, o tema da campanha deste ano,“ Comer, alimentar e sustentar juntos”, busca um olhar solidário e não apenas individual. Além de prestarmos atenção no que consumimos e no que isso implica é necessário que haja um olhar de consideração pelas outras pessoas. “Foi justamente um apelo, uma provocação de solidariedade mundial para a gente prestar atenção nas pessoas que perderam seus empregos, perderam seus postos de trabalho e entraram, de fato, na linha da pobreza, da insegurança alimentar. Mas também, para as pessoas que não se alimentam direito pelo próprio estilo de vida ou sobre peso, por exemplo”, acrescenta ela.

Uma dica que Susi da para quem deseja se alimentar melhor, é a busca por produtos sem agrotóxicos. Segundo ela, o processo de higienização dos alimentos antes do consumo é de grande importância, mas ele sozinho não garante uma alimentação saudável nem “retira” os agrotóxicos utilizados na produção daquele alimento.

A entrevista completa com Susi Freddi está disponível no áudio da matéria.

Link para notícia no site Tua Rádio

Caxias do Sul registra mais três mortes por coronavírus

São 163 mortes em decorrência da Covid-19 na cidade
Mais três óbitos por complicações do coronavírus foram registrados em Caxias do Sul, de acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

A 161ª morte é um idoso de 73 anos, hipertenso. Ele internou no Hospital do Círculo dia 14 de outubro e faleceu dia 18. O óbito de número 162 é uma mulher de 54 anos, acamada por sequela de acidente vascular. Ela faleceu em casa no dia 12 de outubro. Já a 163ª morte é uma idosa de 79 anos, com doença neurológica crônica. Ela internou na UTI do Hospital da Unimed dia 24 de setembro e faleceu nesta terça-feira (20/10).

Dessa forma, Caxias do Sul registra 163 óbitos, sendo 95 homens entre 31 e 94 anos e 68 mulheres entre 33 e 97 anos.

São 163 mortes em decorrência da Covid-19 na cidade

Mais três óbitos por complicações do coronavírus foram registrados em Caxias do Sul, de acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

A 161ª morte é um idoso de 73 anos, hipertenso. Ele internou no Hospital do Círculo dia 14 de outubro e faleceu dia 18. O óbito de número 162 é uma mulher de 54 anos, acamada por sequela de acidente vascular. Ela faleceu em casa no dia 12 de outubro. Já a 163ª morte é uma idosa de 79 anos, com doença neurológica crônica. Ela internou na UTI do Hospital da Unimed dia 24 de setembro e faleceu nesta terça-feira (20/10).

Dessa forma, Caxias do Sul registra 163 óbitos, sendo 95 homens entre 31 e 94 anos e 68 mulheres entre 33 e 97 anos.

Link para notícia no site Tua Rádio