Veja quem pode receber o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal

Benefício foi autorizado para retirada nesta semana

O governo federal liberou, nesta semana, o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais durante o período da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Em Caxias do Sul, a Fundação de Assistência Social (FAS) fará o atendimento apenas às pessoas que atualizaram o Cadastro Único até 20 de março.

Para o caxiense que não se inscreveu no Cadastro Único até a data limite e não for beneficiário do Bolsa-Família, é necessário baixar o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou entrar no site auxilio.caixa.gov.br. Já para quem não possui cadastro junto a FAS, a orientação é ligar no telefone 111, da Caixa Econômica Federal ou nos canais já citados.

Quem pode receber o auxílio?

– Ser trabalhador informal, desempregado, contribuintes individuais, do INSS e Microempreendedor Individual (MEI), mãe chefe de família;

– Ser titular de pessoa jurídica (Micro Empreendedor Individual, ou MEI);

– Estar inscrito Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal até o último dia 20 de março;

– cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até três salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;

– ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social;

– ter mais de 18 anos de idade e CPF ativo;

– ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50);

– ter renda mensal até três salários mínimos (R$ 3.135) por família;

– não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

Link para notícia no site Tua Rádio

Caminhoneiros autônomos ainda têm dificuldades para encontrar locais para descanso

Presidente da Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Rio Grande do Sul (FECAM/RS), André Luis Costa concedeu entrevista à Tua Rádio São Francisco nesta quarta-feira

Uma das categorias primordiais para o desenvolvimento do país é a dos caminhoneiros. Diante da pandemia de coronavírus, os profissionais seguem trabalhando no transporte rodoviário, tomando os devidos cuidados e recomendações de higiene. Diante desse cenário, muitas ações positivas ocorrem para ajudar os motoristas. Uma delas é a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que vem desenvolvendo uma série de ações para auxiliar no combate à pandemia.  

Na campanha Siga em Frente, Caminhoneiro, a PRF disponibilizou os pátios em suas unidades operacionais (Postos PRF) para que voluntários distribuam alimentos na hora do almoço para os caminhoneiros que estão em viagem. Importante destacar que, para agilizar a entrega e diminuir o risco de acidentes, os motoristas não devem descer dos caminhões. A entrega vai ser feita pelos voluntários na janela do veículo.

Em entrevista ao programa No Ponto da Tua Rádio São Francisco, nesta quarta-feira (08), o presidente da Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Rio Grande do Sul (FECAM/RS), André Luis Costa afirmou que os profissionais ainda encontram dificuldades para encontrar locais adequados e com segurança para que eles possam tomar banho e fazer a higienização.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio

Empréstimo de R$ 12 milhões garante ampliação do aterro sanitário Rincão das Flores em Caxias

Recurso foi aprovado por unanimidade pelos vereadores nesta semana. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o secretário municipal de Meio Ambiente (Semma), Nério Susin, detalhou os impactos do recurso no trabalho de aumento do espaço

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul autorizou, nessa quarta-feira (07/04), um empréstimo de R$ 12,2 milhões para ampliação do aterro sanitário Rincão das Flores. Os projetos de lei, encaminhados pelo Executivo municipal, foram aprovados por unanimidade pela bancada legislativa. A primeira proposta (PL26/2020) propõe mudanças na lei (8.438/2019) de diretrizes orçamentárias, a fim de incluir o recurso no Orçamento 2020, a segunda (PL27/2020) trata sobre a contratação da operação de crédito junto a Caixa Econômica Federal.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o secretário municipal do Meio Ambiente (Semma), Nério Susin, explica que não há prazo para obtenção do empréstimo com o banco, pois existe um processo interno na Caixa para liberação do recurso. O que está adiantado é o projeto de engenharia para aumento do aterro. Acabado este trabalho, será solicitada para a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) a Licença Prévia para dar início à obra.

Uma das justificativas nas exposições de motivo é que o aumento da área vai gerar uma economia de R$ 8.794.416,24 aos cofres públicos, uma vez que a Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) deixaria de gastar R$ 7.429.583,76 na manutenção do espaço. Segundo Susin, esse cálculo leva em conta os oito anos de duração do aterro, com diminuição no gasto com o processo de trabalho.

Em fevereiro, a pasta projetou um custo de cerca de R$ 35 milhões nas intervenções no Rincão das Flores, visualizando uma expansão de 1.600.000 metros cúbicos. Conforme Susin, a mudança na ideia inicial foi por conta da falta de recursos nos cofres públicos. A antiga proposta também trabalhava um melhoramento no sistema de coleta de resíduos da cidade.

Mesmo em meio à pandemia da Covid-19, o titular da pasta diz que os técnicos da Semma atuaram no projeto por meio do home office.

Agora, os dois projetos de lei dependem da sanção do prefeito Flávio Cassina (PTB). As proposições foram autorizadas em três sessões extraordinárias na Câmara de Vereadores.

CLIQUE AQUI e confira a entrevista concedida ao repórter Rodrigo Fischer.

Link para notícia no site Tua Rádio

Para evitar filas e aglomerações, regularização do CPF pode ser feita por telefone

Delegacia da Receita Federal em Caxias do Sul registrou, nos últimos dias, uma grande procura profissionais autônomos e informais, que buscavam a regularização para conseguir pedir o auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal

A Delegacia da Receita Federal em Caxias do Sul registrou, nos últimos dois dias, uma grande procura de pessoas com o intuito de regularizar o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Muitos eram profissionais autônomos e informais, que buscavam a regularização para conseguir pedir o auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal. Porém, em entrevista ao programa No Ponto da Tua Rádio São Francisco, nesta quarta-feira (08), o chefe do Centro de Atendimento ao Contribuinte da delegacia, Gilson de Almeida, explicou que, para evitar filas e aglomerações, o procedimento pode ser realizado pelos telefones da Receita Federal.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Quem estiver com problemas no CPF deve entrar em contato com a Delegacia da Receita Federal em Caxias do Sul pelos telefones (54) 3290-3590 (das 8h às 13h), ou 32903600 (das 13h às 17h). O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira. “Peço que o pessoal tenha paciência e cautela, pois as linhas podem estar congestionadas. O contribuinte não deve desistir, ele pode continuar ligando, pois nós vamos atende-lo”.

Link para notícia no site Tua Rádio

Páscoa: confira os serviços que funcionarão em Caxias neste feriado

Decretos de combate ao coronavírus influenciam em diversos setores do município.

Os decretos, municipais e estadual, influenciam no funcionamento de serviços e outros setores. Portanto, confira como será o feriado de Páscoa em Caxias do Sul:

Guarda Municipal: plantão pelo telefone 153

Samae: plantão pelo telefone 115

Codeca: na sexta-feira não haverá coleta, varrição e capina. No sábado, a coleta funciona normalmente. Os serviços de varrição e capina serão retomados na segunda-feira. 

Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade: plantão pelo telefone 118.

Fundação de Assistência Social (FAS): plantão pelos telefones 99909-0539 e 98404-9921, Serviço de Abordagem Social de Rua  98403-8864 e Conselhos Tutelares 98408-0066 e 99104-7982

Alô, Caxias: não haverá atendimento no telefone 156 de sexta a domingo. Denúncias por descumprimento dos decretos podem ser feitas pelo sac.caxias.rs.gov.br/AlôCaxias/Coronavírus.

Secretaria da Saúde: expediente normal nos serviços considerados essenciais: Pronto Atendimento 24 horas, UPA Zona Norte, Samu, Central de Regulação de Leitos, Caps Reviver, Serviço Residencial Terapêutico e Unidade de Acolhimento Adulto.

A Central de Exames trabalhará apenas em regime de plantão, atendendo urgências e emergências.

O Hemocs também estará fechado ao público, atendendo apenas os hospitais, em regime de plantão. Os demais serviços, incluindo as Unidades Básicas de Saúde e os setores administrativos estarão fechados.

Secretaria de Obras e Serviços Públicos: plantão saneamento e infraestrutura viária pelo telefone 98434.6870 e iluminação pública pelos telefones 98434-6863 e 98423-1297.

Farmácias Ipam: matriz atendimento normal 24 horas.

Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento: o Ponto de Safra será realizado excepcionalmente na quinta-feira (09.04), nos seguintes horários: Praça Dante Alighieri – das 6h às 17h, Rua Treze de Maio, entre Sinimbu e Av. Júlio de Castilhos – das 5h30min às 16h, Praça Dante Marcucci (da Bandeira) – das 6h às 17h (com fechamento do trecho final da Rua Moreira César, entre Sinimbu e Os Dezoito do Forte entre 5h e 17h.

As Feiras do Agricultor da sexta-feira (Centro/ Rua Hércules Galló, Cruzeiro, Diamantino, Fátima Alto, Madureira, Mariani, Pioneiro, Sagrada Família e Santa Corona) não serão realizadas. No sábado (11) voltam ao normal os horários e locais da Feira do Agricultor e Feira Ecológica. 

Feira do Peixe Vivo – Cancelada 

Secretaria Municipal da Cultura: todos setores, Casa da Cultura, Galeria, Ordovás e museus fechados.

Secretaria Municipal do Turismo: Centros de Atendimento ao Turista (CATs) fechados.

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha “Compre do Pequeno” arregimenta artistas e empreendedores locais para superar os efeitos da pandemia do Coronavírus

O objetivo é usar as redes sociais para dar visibilidade a esses profissionais

A campanha #compredopequeno está ganhando forças nas redes sociais, com o propósito de incentivar as marcas autorias, que serão as mais prejudicadas pelos efeitos da pandemia do Coronavírus na economia. As orientações para que a população evite o contato social para não disseminar o contágio da Covid-19 tem estimulado o ócio criativo desses artistas que dependem de feiras para vender seus produtos e contatar novos clientes, por exemplo, e agora, precisam fazer esse trabalho de casa. 

Em respaldo ao movimento, Luciana Alberti, curadora do Le Marché Chic, uma das maiores feiras de moda, arte e design autoral do sul do país,  por onde já passaram mais de 500 artistas, está divulgando nas suas redes sociais o que cada um deles está produzindo nesse período de quarentena e isolamento social. A ideia é apresentar dicas de conteúdo para aumentar a produtividade no cenário digital durante esta fase em que os empreendedores precisam se reinventar com novas estratégias de marketing e vendas online.

Para acompanhar e apoiar o trabalho desses empreendedores acesse as redes sociais @lemarchechic.

Luciana Alberti falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta quarta-feira. Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Site oficial concentra voluntariado e doações para enfrentar a COVID-19 em Caxias do Sul

Plataforma está em funcionamento e foi elaborada pela prefeitura e entidades de classe

O site Caxias contra a COVID-19 – Ajude a Salvar Vidas (http://www.caxiascontracovid19.com.br/) foi feito pela CIC, Mobi e Prefeitura Municipal e conta com o apoio de 14 entidades de classe. Na plataforma, o objetivo principal e recolher doações em dinheiro e em materiais, bem como organizar o voluntariado de pessoas interessadas em ajudar nas ações estratégicas de enfrentamento ao corona vírus. O valor arrecadado já ultrapassa os R$ 3 milhões até o momento e serão usados para a compra de equipamentos para hospitais, EPIs para agentes de saúde e em outras iniciativas que exijam o aporte de recursos. 

O diretor executivo da Mobi Caxias, Rogério Rodrigues, falou sobre o canal oficial em entrevista ao programa Temática nesta terça-feira. Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Site e aplicativo para cadastro ao auxílio emergencial são disponibilizados

Confira quem são as pessoas que tem direito ao benefício

Iniciou nesta terça-feira, 07/04, o período de cadastros para pessoas que não possuem Bolsa Família e Cadastro Único, mas que tem direito ao auxílio emergencial que está sendo disponibilizado pelo Governo Federal. O cadastro deve ser feito através do site auxilio.caixa.gov.br ou aplicativo Caixa Auxilio Emergencial, no caso de pessoas que não possuem internet o cadastro poderá se feito nas agências da Caixa ou em lotéricas, sendo que este cadastro presencial deve ser considerado, apenas, em último caso. 

Devem receber o auxílio de R$ 600,00, durante três meses, as pessoas inscritas no Programa Bolsa Família, Microempreendedores Individuais (MEI), contribuintes individuais do INSS, pessoas inscritas no Cadastro Único  e trabalhadores informais que não recebem nenhum benefício do Governo Federal. O benefício será destinados a até duas pessoas da famílias de no mínimo 18 anos. Desde que a família apresente renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos.

No site oficial do Ministério da Cidadania (que pode ser acessado clicando aqui) foram disponibilizadas uma série de dúvidas frequentes e suas respostas. A Caixa Econômica Federal também disponibilizou um material de para esclarecimento de dúvidas que pode ser acessado aqui.

Link para notícia no site Tua Rádio

COE de Casca orienta empresas sobre medidas de prevenção ao coronavírus

Se preferir, ouça este conteúdo clicando no player de áudio

O COE – Comitê de Operações Emergenciais de Casca está antecipando o trabalho de orientações para as empresas que poderão restabelecer seu funcionamento a partir de 15 de abril. Esta data é a que consta no mais recente decreto publicado pelo governo estadual e, até o momento, não sofreu mudanças. O próprio Ministério da Saúde já fala em alteração no tipo de isolamento para as localidades onde o número de casos fica muito abaixo do número de leitos disponíveis nos hospitais. Casca não possui nenhum caso positivo de coronavírus.

A enfermeira Cristina Faresin, que coordena co COE – Covid 19, explica que neste momento está sendo feito um trabalho de visitação às empresas cujo serviço é considerado essencial e, por isso, estão em funcionamento. Estas visitas têm o objetivo de repassar orientações sobre prevenção. Também estão sendo realizadas reuniões com representantes dos demais segmentos, antecipando uma medida que libere o funcionamento das mesmas, para também orientar sobre as medidas que são obrigatórias.

Conforme Cristina, estas medidas que estão sendo explicadas não fogem às orientações amplamente divulgadas pela imprensa que vão desde a disponibilização de álcool em gel para funcionários e clientes bem como de pias, sabonetes líquidos e toalhas de papel descartável, limpeza das superfícies de toque e higienização dos ambientes. A profissional revela, ainda, que todas as ações são voltadas a evitar o colapso do sistema de saúde que nada mais é do que não haver espaço para atendimento, mesmo para quem pode pagar por eles.

Link para notícia no site Tua Rádio

Mão Amiga e Mitra Diocesana recebem as chaves do prédio do antigo INSS

Local será reformado para se tornar um lar para idosos e moradores de rua.

Uma etapa da cedência do antigo prédio do INSS ocorreu nesta terça-feira (7). A Associação Mão Amiga e Mitra Diocesana receberam as chaves do local, que foram entregues pela Guarda Municipal. Estiveram presentes no ato o bispo da Diocese de Caxias do Sul, Dom José Gislon, frei Jaime Bettega e a equipe responsável pela reforma do local.

O bispo, que já conhecia o projeto, esteve pela primeira vez no prédio. Para ele, receber o local é uma medida positiva, por utilizar um espaço público que estava abandonado. Outro ponto importante, na avaliação do bispo, é a posição geográfica do imóvel. Por fim, Dom José destaca que o empenho da sociedade pode mudar a realidade das pessoas que precisam de ajuda.

O local, que depois de reformado vai se chamar Recanto da Compaixão Frei Salvador, deverá abrigar cerca de 100 pessoas. O atendimento será direcionado para moradores de rua e idosos.

O prédio foi construído na década de 1960 e está desocupado desde 2011. A área, que possui três pavimentos, tem 2.773 metros quadros. O imóvel é avaliado em R$ 4 milhões.

Link para notícia no site Tua Rádio

Cobrança do estacionamento rotativo, em Caxias do Sul, será retomada na próxima segunda-feira (13)

A cobrança estava suspensa desde o dia 23 de março

A cobrança do estacionamento rotativo da Zona Azul e da Zona Verde, em Caxias do Sul, será retomada a partir da próxima segunda-feira (13), às 9h. A decisão foi um acordo entre a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM) e a empresa Rek Parking, concessionária do estacionamento rotativo pago no município.  

Os parquímetros não estavam em funcionamento desde o dia 23 de março por conta do decreto municipal que estabeleceu ações de enfrentamento do coronavírus.

Os preços das tarifas não sofreram alterações. Na Zona Azul, o ticket mínimo é de R$ 2,80, enquanto na Zona Verde, o valor é de R$ 1,40. A tarifa equivale a 60 minutos de estacionamento.

Mais informações poderão ser obtidas na SMTTM, por meio do telefone (54) 3290.3900.

Link para notícia no site Tua Rádio

SEST SENAT realiza companha nacional em apoio aos profissionais de transporte

Na região, cerca de 1300 caminhoneiros são atendidos todos os dias

A orientação que mais recebemos nos últimos dias é ficar em casa, porém, muitos profissionais não podem aderir a quarentena pois prestam serviços essenciais à sociedade. Este é o caso dos caminhoneiros que, todos os dias, transportam alimentos, medicamentos e demais produtos que precisam chegar a casa de todos. Neste momento a solidariedade se torna ainda mais importante para estes profissionais que muitas vezes se deparam com restaurantes e estabelecimentos fechados. Pensando nisso, o SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) realiza uma campanha de mobilização nacional de apoio aos caminhoneiros.

 Em conversa com a Tua Rádio Alvorada, o atual diretor do SEST SENAT Passo Fundo, Paulo Ivan, explicou como este trabalho está sendo realizado. Segundo ele, há 132 pontos fixos, localizados junto a postos de combustíveis e Polícias Rodoviárias. Na região, cerca de 1300 caminhoneiros, na grande maioria autônomos, são atendidos todos os dias, recebendo kits de higiene e alimentação e orientações de prevenção. Além disso, segundo a assessoria de comunicação do SEST SENAT, as equipes estão conferindo a temperatura corporal e verificando demais sintomas que os profissionais do transporte possam estar sentindo. 

De acordo com Paulo, este trabalho deve ser realizado até a quinta – feira, 09/04, com a possibilidade de continuidade para os próximos dias.

Confira a entrevista completa com Paulo Ivan está disponível no áudio da matéria.

Link para notícia no site Tua Rádio

SEST/SENAT realiza companha nacional em apoio aos profissionais de transporte

Na região, cerca de 1300 caminhoneiros são atendidos todos os dias

A orientação que mais recebemos nos últimos dias é ficar em casa, porém, muitos profissionais não podem aderir a quarentena pois prestam serviços essenciais à sociedade. Este é o caso dos caminhoneiros que, todos os dias, transportam alimentos, medicamentos e demais produtos que precisam chegar a casa de todos. Neste momento a solidariedade se torna ainda mais importante para estes profissionais que muitas vezes se deparam com restaurantes e estabelecimentos fechados. Pensando nisso, o SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) realiza uma campanha de mobilização nacional de apoio aos caminhoneiros.

 Em conversa com a Tua Rádio Alvorada, o atual diretor do SEST SENAT Passo Fundo, Paulo Ivan, explicou como este trabalho está sendo realizado. Segundo ele, há 132 pontos fixos, localizados junto a postos de combustíveis e Polícias Rodoviárias. Na região, cerca de 1300 caminhoneiros, na grande maioria autônomos, são atendidos todos os dias, recebendo kits de higiene e alimentação e orientações de prevenção. Além disso, segundo a assessoria de comunicação do SEST SENAT, as equipes estão conferindo a temperatura corporal e verificando demais sintomas que os profissionais do transporte possam estar sentindo. 

De acordo com Paulo, este trabalho deve ser realizado até a quinta – feira, 09/04, com a possibilidade de continuidade para os próximos dias.

Confira a entrevista completa com Paulo Ivan está disponível no áudio da matéria.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura de Casca cria comissão para orientar o comércio sobre o coronavírus

Integrantes da comissão estão visitando os estabelecimentos que podem funcionar

A administração de Casca criou uma comissão de orientação para que  comércio do município seja instruído a seguir alguns cuidados, para se manter em funcionamento neste período de enfrentamento ao coronavírus. A partir daí, cada estabelecimento será responsável por repassar as orientações aos seus funcionários e clientes. Em caso de descumprimento das normativas, haverá notificação e posterior multa e suas respectivas sanções.

As visitas da comissão de orientação iniciaram na tarde desta segunda-feira, 06/04. No primeiro momento, serão visitados os estabelecimentos com atividades essenciais, a exemplo de mercados, oficinas, farmácias e postos de combustíveis. O calendário segue com os demais estabelecimentos e empresas do município. Neste dia, entrou em vigor o decreto municipal que liberou o funcionamento de alguns estabelecimentos do comércio casquense.

A comissão montou um termo de compromisso com as principais medidas que os estabelecimentos precisam adotar. Entre estas medidas está  controlar o fluxo de pessoas circulando no ambiente, evitando aglomerações; disponibilizar álcool em gel em local visível e manter pia, toalha de papel descartável e sabonete líquido para higienização das mãos.

Também é obrigatório  que o funcionário use máscara quando em contato com clientes. Nos estabelecimentos que estão abertos, fica proibido o chimarrão e o uso de ítens de uso pessoal, como copos e xícaras. Além disso, são solicitadas medidas que constam em todos os decretos anteriores e nos decretos do governo estadual, como manter o ambiente ventilado, evitando o uso de ar-condicionado e climatizadores, higienizar com álcool 70% ou água sanitária calculadoras, máquinas de cartão, mouse, teclado, controles, canetas, telefones e outros objetos de contato constante, higienizar o piso com água sanitária.

Por fim, também é preciso verificar a temperatura corporal de todos os funcionários, registrando na ficha de controle individual e, caso o funcionário apresente temperatura corporal acima de 37,8 graus e outro sintoma, este deverá ser encaminhado para a unidade de saúde.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prorrogação do pagamento do IPVA foi pauta em protesto de motoristas de vans em Caxias do Sul

Ato reuniu cerca de 180 profissionais

Um protesto de motoristas de vans ocorreu, nesta segunda-feira (06/04), em Caxias do Sul. A manifestação pediu a prorrogação da data para o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) da categoria. Participaram do ato cerca de 180 profissionais, que partiram dos pavilhões da Festa da Uva até chegar à sede da Prefeitura.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o vice-presidente da Associação Univans da Serra Gaúcha, Paulo Marcos da Silva, conta que o pedido foca no transporte de fretamento e de turismo, pois as vans escolares estão isentas de quitar o imposto. “Estamos praticamente sem trabalhar, a situação está difícil para todo mundo. Então, queremos pedir a prorrogação, não que não vamos pagar, solicitamos mais 30 ou 40 dias para começarmos a saldar o IPVA das vans. A maioria custa de R$ 1 mil a R$ 1,2 mil.”, explica.

Ao final da carreata, eles se reuniram com o prefeito Flávio Cassina (PTB) e entregaram um documento para ser encaminhado ao governador Eduardo Leite (PSDB). A ideia é que o Município faça uma intermediação com a executiva estadual. Silva acredita que o órgão municipal ajudará a categoria.

Os motoristas ainda doaram cerca de 170 quilos de alimentos para a Defesa Civil, que serão encaminhados aos projetos sociais do município.

CLIQUE AQUI  e confira a entrevista concedida ao repórter Clayton Camargo.

Link para notícia no site Tua Rádio

Cerca de 50% da frota de táxis de Caxias do Sul está parada, segundo sindicato

O presidente do Sindicato dos Taxistas, Adail Silva, relatou que, dos 312 veículos da cidade, cerca de 150 estão em operação

Trabalhando diretamente com pessoas e suscetíveis ao contágio, os taxistas de Caxias do Sul também tiveram que se adequar devido à pandemia de coronavírus. Atualmente a cidade conta com 312 veículos, porém, cerca de 150 estão em operação, segundo o presidente do Sindicato dos Taxistas, Adail Silva, em entrevista ao programa No Ponto da Tua Rádio São Francisco. “Estamos hoje entre 40% e 50% com a frota de táxis parada. Alguns motoristas tem mais de 60 anos e a recomendação é de parar, conforme a prefeitura. Na rodoviária, por exemplo, são 22 táxis e tem 12 trabalhando ”.

Ouça AQUI a entrevista completa

Adail também comenta que houve um remanejamento de frotas devido à pouca demanda. Exemplo dos dez táxis que operavam no Aeroporto Hugo Cantergiani, fechado por 90 dias. “Conversamos com o secretário de Trânsito (Alfonso Willembring Jr.) Aqueles dez táxis foram para o centro. Serviço tem muito pouco, mas é questão de humanidade”, disse.

O presidente do sindicato recomenda que os trabalhadores que tiverem algum problema de saúde, que evitem trabalhar. “Está bem complicado e todo mundo está com medo. Quem está trabalhando nós orientamos que tenha álcool gel, panos e máscara nos veículos, principalmente os que trabalham em frente aos hospitais”.

Link para notícia no site Tua Rádio

Feira do Peixe Vivo não será realizada em Caxias do Sul

O Ponto de Safra será na quinta-feira (09) e as feiras do Agricultor da sexta-feira (10) não serão realizadas

Como já havia sido anunciado anteriormente, a Feira do Peixe Vivo, que ocorria tradicionalmente na Semana Santa em Caxias do Sul, não será realizada neste ano. O motivo é o deslocamento de toda estrutura (tendas, bretes, veículos e servidores) para as ações de combate à pandemia de coronavírus.

O direcionamento da equipe da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento para outras atividades, como produção de refeições para o abrigo temporário dos Pavilhões da Festa da Uva e cozinhas comunitárias nos bairros, também é um dos motivos do cancelamento da Feira do Peixe Vivo.

Ponto de Safra

Nesta semana, por causa da Sexta-feira Santa, o Ponto de Safra será realizado excepcionalmente na quinta-feira (09) nos três pontos (Praça Dante, Rua Treze de Maio e Praça da Bandeira, esta última com fechamento do trecho final da Rua Moreira César, entre Sinimbu e Os Dezoito do Forte entre 5h e 18h).

As feiras do Agricultor da sexta-feira (10). No sábado (11), voltam ao normal os horários e locais da Feira do Agricultor e Feira Ecológica.

Link para notícia no site Tua Rádio

Live "Um Papo Sobre Autismo" será realizada hoje através da parceria entre APAE Marau e Instituto Umani

A ação busca conscientização e respeito

Na última quinta – feira, 02/04, foi o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Como já é de costume, a APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais realiza atividades e mobilizações que buscam a compreensão e o respeito para que os atos de preconceito se tornem cada vez menores. A Tua Rádio Alvorada conversou com a psicóloga da instituição, Paulina Montovani, que explicou que, neste ano, a fim de evitar aglomerações, o evento tradicional que conta  com mobilização e discussões não foi realizado, mas os profissionais da APAE não deixarão que a data passe em branco. 

Na noite desta segunda -feira, 06/04, será realizada a live “Um Papo Sobre Autismo” em parceria com o Instituto de Recuperação Cognitiva e Funcional Umani de Passo Fundo. De acordo com Paulina, durante a live as terapeutas ocupacionais, Patrícia Brum Fagundes e Viviam Thaís Scotii, realizam uma conversa sobre comportamento, adaptação e preconceito em relação ao autismo. Também será assunto, o período de isolamento social pelo qual grande parte da população está passando e como esta situação afeta as pessoas com autismo. A live inicia às 20h e pode ser acompanhada através da página da Apae Marau ou da Umani através do facebook. 

A entrevista completa com Paulina Montovani no áudio da matéria.

Link para notícia no site Tua Rádio

“Voluntariado é se doar por uma causa maior”, diz presidente da Cruz Vermelha de Caxias

Em tempos de pandemia do coronavírus, voluntários da Cruz Vermelha vêm empenhando esforços no apoio ao acolhimento aos 135 moradores de rua que estão abrigados nos Pavilhões da Festa da Uva

A Cruz Vermelha é a principal instituição de ajuda humanitária do mundo e o voluntariado é um dos pilares da instituição. Tanto que, no momento em que vivemos, de pandemia do coronavírus, os voluntários da entidade têm se destacado nas ações humanitárias por todo o país.

Em Caxias do Sul, os 40 voluntários da Cruz Vermelha vêm empenhando esforços no apoio à Prefeitura no acolhimento aos 135 moradores de rua que estão abrigados nos Pavilhões da Festa da Uva. No abrigo, os moradores recebem kit de higiene, café da manhã, frutas e demais refeições. Os alojamentos são separados por lonas, com quatro camas em cada espaço, feitas de pallets.

A Cruz Vermelha depende exclusivamente de recursos oriundos de cursos realizados na sede, os quais, devido ao momento de quarentena, não podem ser desenvolvidos. Sendo assim, a entidade conta com o apoio da comunidade e empresários da região, seja por doações de materiais, ou mesmo contribuições financeiras, para conseguir manter as atividades. Um exemplo disso ocorreu na tarde desta sexta-feira (03). Voluntários da instituição receberam da empresa ProtoTec Indústria de Protótipos, 40 máscaras de proteção facial desenvolvidos pela empresa e que serão usadas no combate ao coronavírus.

Em entrevista ao programa No Ponto da Tua Rádio São Francisco deste sábado (04), o presidente da Cruz Vermelha caxiense, Diego Monteiro, falou sobre a importância do voluntariado. “A gente ajuda muitas pessoas em vulnerabilidade social. Aquilo que para nós pode parecer simples, para essas pessoas que recebem o nosso apoio é algo muito importante. O voluntariado é se doar por uma causa maior, que é fazer o bem”, diz ele.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Como ajudar:

E-mail: [email protected]

Facebook: Cruz Vermelha Brasileira – Caxias do Sul

Telefone: (54) 3538-3448

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura de Farroupilha é notificada e deverá cumprir Decreto Estadual

Prefeito Claiton Gonçalves iria permitir abertura do comércio a partir desta segunda-feira (06)

A Prefeitura de Farroupilha foi notificada pelo Ministério Público Federal e Estadual na manhã desta sexta-feira (03) no que diz respeito ao novo decreto que estaria sendo lançado pela cidade no mesmo dia, prevendo o retorno das atividades econômicas comerciais e industriais.

O Ministério Púbico Estadual notificou Farroupilha para obter mais informações sobre o que estaria sendo previsto pela cidade. Ainda, o Ministério Público Estadual, através da sua Procuradoria Geral, registra que eventual descumprimento das medidas determinadas no Decreto Estadual poderia ensejar crime de responsabilização do prefeito Claiton Gonçalves. Já o Ministério Público Federal notificou no sentido orientar que Farroupilha siga o decreto Estadual, solicitando também informações.

Com isso, o município deverá seguir todas as orientações estaduais no que diz respeito a abertura e retorno de todas as atividades da cidade, seguindo claramente o que foi determinado pelo Governo do Estado em decreto.

Link para notícia no site Tua Rádio

Governo Federal inicia processo de liberação do auxílio para trabalhadores informais

Sistema digitalizado deve ser instalado a partir de 16/04

Na última segunda – feira, 30/03, o Senado aprovou o Projeto de Lei que determina o auxílio de R$ 600, durante três meses, para os trabalhadores informais. Desde então, trabalhadores de todo o país aguardam o início do processo de liberação do auxílio. Em conversa com a Tua Rádio Alvorada, o Secretário de Desenvolvimento Social, Jair Lombardi, contou que os primeiros passos já foram tomados. Segundo ele, o Governo Federal começou, no final desta semana, a identificar, através do Cadastro Único Nacional, as pessoas que possuem renda per capita de até meio salário mínimo, e que assim, devem receber o auxílio. 

De acordo com Jair, o primeiro grupo a ser beneficiado será o de pessoas que possuem o cadastro Bolsa Família, por serem as pessoas que apresentam uma maior vulnerabilidade. Após, será atendido o grupo referente ao Cadastro Único Nacional. Além disso, explica o secretário, a partir do dia, 16/04,  será aberto um sistema digitalizado, em parceria com a Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, para que os demais brasileiros ( que não possuem Bolsa Família nem Cadastro Único Nacional) possam ser orientados. Jair ressalta que o auxílio é destinado a pessoas que não possuem nenhum benefício do Governo Federal como seguro desemprego, aposentadoria, auxílio doença, entre outros.

Link para notícia no site Tua Rádio

Vila Maria decreta situação de calamidade pública

Medidas foram anunciadas nesta sexta-feira, 04/04

Nesta sexta-feira, dia 03 de abril, foi declarado estado de calamidade pública em todo o território do Município de Vila Maria, para fins de prevenção e de enfrentamento ao novo Coronavírus. As principais medidas incluídas tratam do atendimento em estabelecimentos alimentícios, como restaurantes, do funcionamento da construção civil e do comércio relativo à esta atividade. O Decreto Municipal nº 1932 tem como base o Decreto nº 55.154, de 1º de abril, emitido pelo Governo do Estado, que reitera a declaração de estado de calamidade pública em todo o território estadual.

De forma resumida, considerando que todos os restaurantes municipais estão localizados às margens da RS324, estes permanecem em funcionamento, com algumas restrições: atendimento até as 22h, vedado o serviço de buffet, vedada a venda de bebidas alcoólicas e atendimento de, no máximo, 30% (trinta por cento) da capacidade total do estabelecimento. Manter estes espaços em funcionamento garante que os caminhoneiros e motoristas que prestam serviços essenciais tenham suas necessidades atendidas.

A construção civil e os comércios relativos à esta atividade podem atender de portas fechadas, para suprir a necessidade destes serviços. O Decreto pode ser encontrado na íntegra no site do município: http://vilamaria.rs.gov.br/. Anteriormente, o município havia publicado outros decretos prorrogando por tempo indeterminado os pagamentos de água na Prefeitura Municipal e as licenças ambientais, além de definir o funcionamento dos órgãos públicos e suspensão de atividades não essenciais, medidas que permanecem válidas.

O Prefeito Municipal ressaltou a seriedade do assunto e a importância das pessoas permanecerem em suas casas. “Que tenhamos muita paciência e discernimento neste momento e que também possamos vislumbrar um futuro melhor à frente”, afirmou Maico Betto. O novo decreto também segue orientações dos protocolos emitidos pela Organização Mundial de Saúde, pelo Ministério da Saúde, pela Secretaria Estadual de Saúde e pelo Centro de Operações de Emergências.

Link para notícia no site Tua Rádio

Transporte coletivo urbano passa a operar até 22h a partir desta sexta-feira (03) em Caxias do Sul

Medida considera a pandemia da Covid-19

O transporte coletivo urbano começa, a partir desta sexta-feira (03/04), a funcionar das 5h às 22h, em Caxias do Sul. A determinação é da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A Viação Santa Tereza (Visate) informa que mais detalhes sobre os horários de ônibus podem ser obtidos no Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800.0516.133, pelo telefone (54) 3215.8000, pelo celular (54) 99605.3935 ou no site visate.com.br

Link para notícia no site Tua Rádio

Profissionais do CRAS orientam em campanhas solidárias do município

Este conteúdo esta disponível, também, no áudio da matéria

A solidariedade, sempre presente no município de Marau, vem ganhando força para superar o momento delicado instalado no município, por conta da pandemia do novo coronavírus. Junto ao aumento de pessoas que passam por dificuldades aumenta, também, o número de pessoas dispostas a ajudar. Nesta sexta -feira, 03/04, a Tua Rádio Alvorada conversou com Jair Lombardi, Secretário de Desenvolvimento Social de Marau que deu algumas orientações para quem deseja ajudar. 

Segundo Jair, o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS)  do município de Marau está se organizando para poder atender a duas demandas: Aquela já existente, ou seja, de pessoas que já tinham cadastro com o CRAS e aquela que passou a existir em consequência ao coronavírus. Desta forma, os profissionais do setor de assistência social trabalham no levantamentos de necessidades e pessoas que precisam ser atendidas. 

A orientação que o secretário dá a quem deseja contribuir é entrar em contato com o CRAS, através dos telefones 3342 – 3183 ou 3342 – 0593 para que haja uma organização e uma linha de ação que atinja as pessoas que mais precisam. Outra opção é entregar as doações diretamente para o Centro de Referência em Assistência Social que realizará uma triagem e depois a distribuição.

Confira a entrevista completa com Jair Lombardi no áudio da matéria.

Link para notícia no site Tua Rádio

Como se proteger na hora da troca do botijão de gás de cozinha

Dicas para consumidores e entregadores

A pandemia causada pelo novo coronavírus está deixando toda a população brasileira em alerta. E nesmo momento, os cuidados de higiene e limpeza estão se tornando armas fundamentais, na luta contra a doença. Algumas medidas para impedir a continuidade da transmissão comunitária do vírus (quando não é mais possível identificar a origem da contaminação) já foram tomadas em alguns estados, como o fechamento de shoppings, restaurantes, bares, e outros estabelecimentos que prestam serviços que não são considerados essenciais. Muitas empresas também optaram pelo home office, porém nem todas as pessoas têm condições de trabalhar em suas casas, é o caso dos profissionais da saúde, motoristas, entregadores de delivery e os revendedores de gás GLP.

E como grande parte da população está em isolamento em suas residências, alguns suprimentos acabam mais rápido do que o normal, como os alimentos, água e o gás de cozinha. Para trocar o botijão é necessário que um entregador vá até a residência levando o produto. Em muitas situações, é preciso entrar na casa para realizar a instalação, quebrando o isolamento social. Então quais são os cuidados que o cliente e o entregador precisam tomar para evitar o contágio do coronavírus? Por isso, o aplicativo Chama, marketplace que conecta revendedores de botijão de gás a clientes, destacou alguns cuidados essenciais, confira:

Para os clientes:

1- Dê preferência ao pagamento com cartão de crédito pelo aplicativo. Se não for possível, prefira o pagamento em débito na entrega e lave as mãos imediatamente após o pagamento. Manusear cédulas de dinheiro pode ser um meio de espalhar o vírus;

2 – Quando seu entregador chegar, procure manter janelas e portas abertas para ventilar;

3 – Evite cumprimentar o entregador com aperto de mão ou através de qualquer modo no qual haja contato físico;

4 – Se possível, peça para que o entregador deixe o botijão do lado de fora da sua residência e faça a limpeza do produto com água e sabão antes de instalar;

5 – Caso não seja possível fazer a instalação sozinho, mantenha distância de pelo menos um metro do entregador quando ele realizar o serviço;

6 – Evite tocar sua boca, nariz e olhos e lave bem as mãos com água e sabão!

Para os entregadores:

1 – Quando estiverem na revenda, mantenham espaço mínimo de um metro entre cada colaborador e procure deixar portas e janelas abertas;

2 – Utilize luvas, tenha sempre álcool gel disponível no veículo e faça higienização sempre que houver contato;

3 – Mantenha as janelas do veículo sempre abertas;

4 – Evite contato físico com outros colegas na revenda ou clientes no momento de entrega, respeitando sempre o espaço mínimo de um metro;

5 – Se possível, evite fazer a instalação do botijão de gás;

6 – Evite tocar sua boca, nariz e olhos;

7 – Quando finalizar a entrega, lave as mãos com água e sabão ou álcool gel o mais rápido possível.

Muitas recomendações citadas acima são reforçadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como a higienização das mãos e dos produtos manuseados. Neste momento de pandemia é muito importante tomar cuidado até mesmo com atividades consideradas simples, como a troca do botijão de gás.

Fonte: Agência Digitaltrix

Link para notícia no site Tua Rádio

Conselho do Idoso orienta população para possíveis casos de aumento de agressão durante o isolamento

Mais gente em casa costuma gerar conflitos

A presidente do Conselho Municipal do Idoso, Vanisse Zancan, concedeu entrevista ao programa Temática na manhã desta quinta-feira. Ela falou sobre a possibilidade de crescimento de casos de violência conta a pessoa idosa na quarentena, da fiscalização em casas geriátricas e dos cuidados em não criminalizar a população mais madura que também é grupo de maior risco do corona vírus.

Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Especialista em Marketing Digital dá dicas de uso da internet durante o isolamento social

É hora de novos aprendizados e de fortalecimento do relacionamento virtual

A pandemia da COVID-19 fez com que grande parte da população mundial ficasse em casa. Professores estão aprendendo a dar vídeo-aulas. Alunos se organizam para fazer trabalho em grupo por aplicativos. Profissionais das mais variadas áreas estão em home office. Vovôs e vovós ainda mais isolados. Esse cenário aponta a internet como ferramenta de socialização, aproximação e manutenção de empregos. Para usar melhor a rede mundial de computadores, o especialista em Marketing Digital, criador do Método Astro – Evandro Carter, deu dicas práticas em entrevista ao programa Temática na manhã desta quinta-feira. Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Bancos podem funcionar mas devem respeitar uma série de regras

Orientações foram publicadas nesta quarta-feirta em decreto do governo estadual

Dúvida comum entre os ouvintes da Tua Rádio Alvorada, nestes últimos dias, diz respeito ao funcionamento das casas lotéricas e agências bancárias. O decreto publicado nesta quarta-feira, 01/04, pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul aponta  que “as autoridades estaduais ou municipais não poderão determinar o fechamento de agências bancárias, desde que estas adotem as providências necessárias de prevenção”. Ou seja, os bancos podem atender seus clientes estabelecendo regras que levem em conta as medidas de proteção aos funcionários e clientes.

A exemplo de outros estabelecimentos que tem autorização para funcionar, as agências bancárias e devem manter à disposição e em local de fácil acesso, álcool em gel 70%, sabonete líquido e toalha de papel não reciclável para a utilização dos clientes e dos funcionários do local e, ainda, manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar condicionados limpos e, obrigatoriamente, manter pelo menos uma janela externa aberta ou qualquer outra abertura, contribuindo para a renovação de ar. Também é fundamental que se evite filas ou aglomeração de pessoas. 

Também é orientados aos bancos higienizar, após cada uso, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades, as superfícies de toque, preferencialmente com álcool em gel 70% e, também, higienizar após cada utilização ou, no mínimo, a cada três horas, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades, os pisos, as paredes, os forro e os banheiros, com água sanitária ou outro produto adequado.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prazo para entregar Imposto de Renda é estendido para 30 de junho

Nova data é 30 de junho

Cerca de 32 milhões de pessoas físicas ganharam mais dois meses para entregarem a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física. O prazo, que acabaria em 30 de abril, foi estendido para 30 de junho, anunciou há pouco o secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto.

Segundo o secretário, apesar de a entrega das declarações neste ano estar em ritmo superior ao do mesmo período do ano passado, a Receita concordou em prorrogar o prazo depois de ouvir relatos de contribuintes confinados em casa com dificuldades em obter documentos na empresa ou de conseguir recibos com clínicas médicas para deduzirem gastos.

“O ritmo de entrega continua bom. Até ontem, tínhamos recebido 8,8 milhões de declarações, 400 mil a mais que no mesmo período do ano passado. Isso representa 27% do esperado. Porém decidimos pela prorrogação por demanda de contribuintes confinados em casa, mas que relatam a falta de documentos ou documentos que estão na empresa, no escritório ou na clínica. Eles estão com dificuldade momentânea de obter todos os documentos necessários”, explicou.

Sobre a possibilidade de rever o cronograma de restituição para quem já entregou a declaração, o secretário disse que ainda vai reavaliar a medida. Neste ano, a Receita tinha reduzido, de sete para cinco, o número de lotes de restituição e antecipado o primeiro lote de 15 de junho para 30 de maio.

Tostes também anunciou a total desoneração, por 90 dias, de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre operações de crédito. A medida terá como objetivo baratear as linhas emergenciais de crédito já anunciadas pelo governo. Segundo ele, o governo deixará de arrecadar R$ 7 bilhões com a desoneração.

A última medida anunciada pelo secretário foi o adiamento das contribuições de abril e de maio para o Programa de Integração Social (PIS), o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da contribuição patronal para a Previdência Social, paga pelos empregadores. As parcelas só serão pagas de agosto a outubro, permitindo a injeção de R$ 80 bilhões na economia.

Fonte: Agência Brasil

Link para notícia no site Tua Rádio

UCS, empresas e voluntários se unem para produzir EPIs para profissionais da saúde e ventiladores mecânicos

A ação conjunta também está produzindo outros materiais necessários para combate ao coronavírus e pretende atender a demanda de Caxias do Sul e região

Com o avanço do coronavírus, diversas empresas, entidades, organizações e instituições estão se mobilizando para combater a doença.

Em Caxias do Sul, engenheiros, técnicos e outros voluntários, sob a orientação de médicos e coordenação do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul (TecnoUCS), estão desenvolvendo EPIs, ventiladores mecânicos e acessórios para aumentar a capacidade dos equipamentos.

Conforme o coordenador-executivo do TecnoUCS, Enor Tonolli, a principal frente de atuação neste momento é na confecção de viseiras plásticas e outros acessórios de proteção para os profissionais da saúde. Segundo ele, já foram distribuídas mais de 8 mil viseiras e outras 12 mil já estão sendo finalizadas.

Quanto ao ventilador mecânico, um protótipo já foi desenvolvido e está sendo aperfeiçoado para entrar em fase de teste na próxima segunda-feira (06). Com mais de 30 pessoas envolvidas, o projeto foi inteiramente desenvolvido em pouco mais de uma semana por empresas e profissionais de Caxias do Sul, a partir dos conceitos necessários para o atendimento provocado pela pandemia do coronavírus. Porém, Tonolli salienta que o equipamento deverá ser utilizado somente em casos de extrema necessidade: ”Ele será utilizado somente em caso de extrema necessidade, porque esses respiradores todos que estão sendo propagados no mercado hoje não cumprem a função que efetivamente um ventilador mecânico pode cumprir com toda a competência necessária. Então temos que ter muito cuidado, porque todo o equipamento produzido para o setor de saúde tem que ter um critério muito grande para ser utilizado. Então ele está sendo produzido para que, em hospitais de campanha, por exemplo, a pessoa não fique sem ser atendida e possa ter uma ventilação mecânica”.

Outra frente de atuação é a produção de conectores e canos para ampliar a capacidade dos ventiladores mecânicos já existentes. Ou seja, um aparelho poderia ser utilizado para duas ou até quatro pessoas.

Durante entrevista na Tua Rádio São Francisco, o coordenador do TecnoUCS também destacou a solidariedade e a união das empresas e entidades do município para promover ações de combate ao novo coronavírus. Ouça a entrevista completa AQUI.

Link para notícia no site Tua Rádio

Bancos podem funcionar mas devem respeitar uma série de regras

Orientações foram publicadas nesta quarta-feirta em decreto do governo estadual

Dúvida comum entre os ouvintes da Tua Rádio Alvorada, nestes últimos dias, diz respeito ao funcionamento das casas lotéricas e agências bancárias. O decreto publicado nesta quarta-feira, 01/04, pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul aponta  que “as autoridades estaduais ou municipais não poderão determinar o fechamento de agências bancárias, desde que estas adotem as providências necessárias de prevenção”. Ou seja, os bancos podem atender seus clientes estabelecendo regras que levem em conta as medidas de proteção aos funcionários e clientes.

A exemplo de outros estabelecimentos que tem autorização para funcionar, as agências bancárias e devem manter à disposição e em local de fácil acesso, álcool em gel 70%, sabonete líquido e toalha de papel não reciclável para a utilização dos clientes e dos funcionários do local e, ainda, manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar condicionados limpos e, obrigatoriamente, manter pelo menos uma janela externa aberta ou qualquer outra abertura, contribuindo para a renovação de ar. Também é fundamental que se evite filas ou aglomeração de pessoas. 

Também é orientados aos bancos higienizar, após cada uso, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades, as superfícies de toque, preferencialmente com álcool em gel 70% e, também, higienizar após cada utilização ou, no mínimo, a cada três horas, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades, os pisos, as paredes, os forro e os banheiros, com água sanitária ou outro produto adequado.

Link para notícia no site Tua Rádio

Oito estabelecimentos são interditados após descumprir decreto, em Caxias do Sul

Fiscalização da Secretaria do Urbanismo e Brigada Militar chegaram aos estabelecimentos por meio de denúncias

Oito bares que descumpriram o decreto municipal de manter as portas fechadas durante o período de quarentena, em Caxias do Sul, foram interditados, na noite desta terça-feira (31). A Fiscalização da Secretaria do Urbanismo, com o apoio da Brigada Militar constatou a irregularidade e aplicou as medidas previstas no decreto.

Durante o dia, a fiscalização também, após denúncias, fechou estabelecimentos comerciais na área central. Estabelecimentos estes que não se enquadram em serviços essenciais à população, conforme decretos de combate ao coronavírus.

Desde o início do decreto de fechamento de estabelecimentos, dia 18 de março, já foram realizadas pela SMU mais de 2,5 mil vistorias, 60% dos estabelecimentos foram advertidos e apenas um, até agora, foi multado em R$ 35 mil.

Link para notícia no site Tua Rádio

Metadados lança plataforma de acompanhamento da evolução do coronavírus

Painel de análises foi desenvolvido pela equipe de Business Intelligence da empresa e é atualizado diariamente

A Metadados, empresa especializada em sistemas de gestão de Recursos Humanos, lançou por meio de sua equipe de Business Intelligence (BI) na sexta-feira (27) uma plataforma para acompanhar a evolução da COVID-19 no Brasil e no mundo. Com interface em português, o mapa apresenta os números oficiais de casos confirmados, mortes e taxa de letalidade do novo coronavírus. Além disso, a plataforma apresenta gráficos com a propagação do vírus por região do país.

Na plataforma, o usuário pode utilizar e explorar as análises gráficas de forma interativa. A ferramenta rastreia novas ocorrências de infecção por COVID-19 com base em informações da Worldometers (site que fornece estatísticas mundiais em tempo real) e do Ministério da Saúde. Os dados mundiais são atualizados a cada meia hora e os do Brasil todos os dias às 18h. O site está disponível gratuitamente no link: >www.metadados.com.br/covid19.

O consultor de Business Intelligence (BI) da empresa e responsável pelo desenvolvimento da plataforma, Mélldson Soliz, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta quarta-feira. Confira na íntegra.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

"Live Solidária" será realizada para ajudar famílias atendidas pela APAE

A ação busca arrecadar, principalmente, alimentos e materiais de higiene e limpeza

A APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais e a dupla Mateus Taborda e Dirlei, realizam na noite desta quarta – feira, 01/04, a Live Solidária. O objetivo é ajudar os alunos da instituição e seus familiares que passam por dificuldades neste período de quarentena. Em conversa com a Tua Rádio Alvorada, a coordenadora de projetos da APAE, Sandra Fabiani, explicou que durante a live a dupla irá se apresentar e divulgar as formas de doação e quais são as necessidades destas famílias. A live inicia às 20h e será transmitida através do facebook da dupla Mateus Taborda e Dirlei. 

Um levantamento realizado pela APAE identificou que, alimentos e materiais de limpeza e higiene, são as principais necessidades neste momento, quem deseja realizar doações deve entrar em contato pelo telefone 9 9619  – 1162. Doações em dinheiro podem ser realizadas através dos seguintes bancos:

Banco do Brasil

Agência:  0726-9

Conta corrente: 2361-2

Sicredi 

Agência:  0226-7

Conta corrente: 50.901-9

Caixa econômica federal

Agência: 0697 Op 01.

Conta corrente: 2585-8

O CNPJ da APAE é: 90.779.752/0001-95

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura caxiense estuda que hospitais de campanha contra o Covid-19 custariam cerca de R$ 700 mil mensais

Em entrevista ao programa Em Alta, o secretário de Gestão e Finanças explicou o que falta para os dois locais

O bispo Dom José Gislon colocou a disposição duas áreas da Mitra Diocesana de Caxias do Sul para ajudar no combate ao novo coronavírus (Covid-19). A ideia é que os locais sirvam como hospitais de campanha. As tratativas foram firmadas em um encontro realizado com o prefeito Flávio Cassina (PTB), nesta segunda-feira (30/03), no Salão Nobre do paço municipal.

Os espaços serão o Centro Diocesano de Formação Pastoral, no bairro Colina Sorriso, que vai disponibilizar 64 leitos, enquanto a Casa de Retiro, no Diamantino, dará 45 camas. A pasta da saúde avaliou que a segunda área será um abrigo aos profissionais da saúde para que não necessitem retornar para suas casas durante a pandemia.

Com a cedência do Centro, Caxias do Sul possui dois hospitais de campanha. O primeiro está em uma área disponibilizada pelo Hospital Virvi Ramos, onde era o antigo centro de saúde mental. Com isso, o Município terá mais 34 vagas, totalizando 98 leitos.

Em entrevista ao programa Em Alta, o secretário municipal de Gestão e Finanças, Paulo Dahmer, falou sobre os gastos do Executivo, no momento, com a pandemia. “Só ontem (30/03), com medicamentos para tratamento de broncopneumonia e outras doenças respiratórias, gastamos R$ 270 mil. O custo desses hospitais (de campanha), com pessoal que será contratado, equipamentos, medicamentos e demais insumos, gira em torno de R$ 700 mil por mês cada um (hospital de campanha), por meio de pagamento da Prefeitura.”

Dahmer, contou o que necessita ser adquirido para os locais virarem um hospital de campanha. Atualmente, o Município segue e Lei Federal de Calamidade Pública, que dispensa exigência de licitação para obter os equipamentos. “Basicamente, necessitamos de rouparia e de respiradores de oxigênio. Tudo terá que ser comprado junto aos fornecedores. Em relação à rouparia, vamos contratar uma empresa que atenda esse tipo de serviço para levar diariamente a roupa “suja” e entregar a “limpa”, pois existe toda uma lavagem especial em função da utilização. Também vamos fazer um aporte de compra para aqueles móveis que faltam, específicos de um quarto de hospital.”.

CLIQUE AQUI e confira a entrevista concedida aos repórteres Fernando Levinski e Rodrigo Fischer

Link para notícia no site Tua Rádio

“O Estado deve fazer a normatização igual para todos” defende prefeito de Flores da Cunha após restringir novamente atividades do comércio e da indústria

Decreto com restrições em Flores da Cunha havia sido flexibilizado na sexta-feira (27)

A decisão da prefeitura de Flores da Cunha de permitir o funcionamento do comércio e das atividades industriais na última sexta-feira (27) chamou a atenção de outros municípios da Serra Gaúcha. Porém, nesta segunda-feira (30) a administração reviu a decisão e voltou atrás, retomando o decreto que previa restrição de todas as atividades exceto as consideradas essenciais (mercados, farmácias, postos de combustíveis, etc).

Conforme o prefeito Lídio Scortegagna, as novas medidas têm validade de 15 dias, e refletem a falta de compreensão da comunidade com a flexibilização de algumas atividades, que foram anunciadas na última sexta-feira. “A comunidade interpretou que seria tudo liberado, tudo aberto, quase que como numa festa de capela. Nós, embora não tivemos tantos problemas, mas para evitar esses problemas que poderiam ser agravados entre hoje e amanhã, voltamos atrás, recuamos e vamos acertar os próximos passos com as entidades e as instituições. Também entendemos que o Estado deve fazer uma normatização para todos”.  

Lídio Scortegagna também destacou que o município está seguindo as recomendações das autoridades de Saúde em promover o isolamento social a fim de controlar o avanço do coronavírus. O município também montou estruturas externas para fazer a triagem de pacientes com sintomas da Covid-19, está distribuindo cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social, entre outras ações.

Ouça a entrevista completa AQUI.

Link para notícia no site Tua Rádio

Abrigo montado nos Pavilhões da Festa da Uva já conta com 113 acolhidos

O ingresso de novas pessoas no local será permitido até esta sexta-feira (03)

O abrigo temporário para pessoas em situação de rua, montado nos Pavilhões da Festa da Uva, em Caxias do Sul, já conta com 113 acolhidos. Conforme explica o coordenador do Centro POP Rua, Júlio César da Silva Chaves, todas as pessoas passam por um controle de saúde para prevenir que haja um possível contágio de coronavírus dentro do abrigo. Por isso, para reforçar o controle, além de não permitir a saída dos acolhidos, o ingresso de novas pessoas por demanda espontânea será permitida somente até a próxima sexta-feira (03).   

Durante entrevista na Tua Rádio São Francisco, Júlio César também destacou o bom funcionamento do trabalho devido à solidariedade da população caxiense, tanto com donativos quanto com voluntariado.  Ele também afirmou que no momento ainda são necessários alimentos e produtos de higiene. Quem quiser auxiliar a ação de alguma forma, com doações ou em serviços, pode se dirigir até os Pavilhões da Festa da Uva.

Ouça a entrevista completa AQUI.

Link para notícia no site Tua Rádio

Administração de Gentil e ACIG decidem manter decreto de restrições para prevenção ao Coronavírus

Contatos devem ser feitos pelo telefone (54) 3615 5210 ou pelo site da prefeitura

A situação do funcionamento do comércio e empresas em Gentil foi debatida na sala de reuniões da Prefeitura, na segunda-feira, 30/03, com a Administração Pública Municipal, Secretaria da Saúde e integrantes da ACIG – Associação Comercial e Industrial de Gentil.

Participaram da reunião, o prefeito Alcenir Dalmago, a equipe do COE – Comitê de Operações Emergenciais, a presidente da ACIG, Alessandra Cobelincki e comerciantes.

“A decisão para a semana é manter as restrições previstas no decreto em vigência, pedimos que as pessoas continuem tomando todos os cuidados de prevenção. É um cenário que está em constante mudança, cada decisão é difícil de ser tomada, mas vamos avaliar a cada dia o andamento municipal, em relação a esse problema que tem atingido o mundo e conforme o andamento vão sendo definidas as medidas. Nossa prioridade é a saúde da população, mas sempre ouvindo e trabalhando junto com todos os setores que são essenciais para Gentil. Pedimos a cada gentilense, se puder fique em casa, não coloque em risco a tua saúde e das pessoas que você ama”, destaca o prefeito Alcenir.

Ficou definido, que se mantém o Decreto 016, do dia 23 de março, em que continuam em funcionamento os locais considerados essenciais, mas com atendimento reduzido, evitando aglomerações de pessoas e respeitando o distanciamento.

Ainda prevê que esses locais disponibilizem material para higienização e álcool gel 70% em local visível para funcionários e clientes.

Não podem funcionar bares, ginásio esportivos, espaços culturais e centro de eventos com aglomerações de pessoas.

A parte do Setor Público mantém o expediente interno, com atendimento presencial em casos de urgência. Destacando que todos os vencimentos municipais como taxas e impostos tiveram o pagamento prorrogados para até 60 dias, sem alteração nos valores.

Está sendo priorizado atendimentos via telefone e internet. Telefone de contato é o (54) 3615  5210. No site www.pmgentil.com.br é possível encontrar o contato de cada secretaria, como celular e e-mail, ainda tem a opção autoatendimento para impressões de boletos.

Texto: Márcia Tadioto / Comunicação Prefeitura de Gentil

 

Link para notícia no site Tua Rádio

ADCE inicia Ciclo de Palestras Liderança com Valores

Atividade acontece em vídeo no instagram e será aberta ao público

Em tempos de isolamento social, a primeira atividade do ano da ADCE (Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas) acontece em formato de live na internet com o tema “Uma Palavra de Esperança”. A atividade ocorre na quinta-feira, dia 02 de abril, a partir das 19h30min e contará com a participação do Frei Jaime Bettega.

O presidente da ADCE, Fernando Gonçalves, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta terça-feira. Segundo ele, o momento exige postura de criatividade e inovação empresarial, mas também é tempo de fé e atitude colaborativa. Para Fernando, a pandemia provocou mudanças profundas nos modelos de economia, política e relacioanamento entre as pessoas. A pergunta, segundo o empresário, “é como podemos nos unir para sair dessa mais fortes”.

Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

GSI repasssa R$ 100 mil para o Hospital Cristo Redentor

Doação é viabilizada pela legislação do Imposto de Renda

GSI e Agromarau realizam ação solidária para ajudar o Hospital Cristo Redentor e repassam à casa de saúde o valor de R$ 100 mil. A preocupação com a capacidade de atendimento aos casos mais graves da Covid-19 pelo sistema de saúde está no foco da ação. As lideranças da empresa entendem que esse é um momento em que o apoio da comunidade é fundamental. A doação está sendo viabilizada pela legislação do Imposto de Renda, que permite a empresa canalizar uma parte do seu resultado à comunidade.

Link para notícia no site Tua Rádio

Câmara fará sessão extraordinária para votar projeto dos médicos

Será nesta quarta-feira, dia 01/04

O presidente do Legislativovde Marau, vereador Zigomar Zanin, convocou os parlamentares para sessão extraordinária a ser realizada na próxima quarta-feira, dia 1º de abril, às 9 horas.

O objetivo é a votação do Projeto de Lei nº 24, de autoria do Poder Executivo, que efetuará a contratação temporária de profissionais da saúde.

Serão contratados dez profissionais médicos, dez enfermeiros e dez técnicos em enfermagem para atuação durante o período de Pandemia do Covid-19.

“Sabemos da urgência que a nossa Secretaria de Saúde tem em poder contar com mais profissionais capacitados neste momento de muita preocupação em todo país. É fundamental que nós, enquanto Legisladores, entendamos esta necessidade e estejamos engajados em prol da nossa comunidade”, justificou o presidente.

Link para notícia no site Tua Rádio

Funerárias adequam procedimentos às normas da OMS e do Ministério da Saúde

Em caso de mortes ocasionadas pela Covid-19, não poderá ocorrer o velório

O momento é delicado, mas, felizmente Caxias do Sul não registrou nenhuma morte decorrente da Covid-19. Porém, os serviços de funerária da cidade já estão se preparando para atender normativas que foram editadas pela Organização Mundial da Saúde e orientações do Ministério da Saúde sobre o manejo de vítimas do novo coronavírus.

Conforme o Diretor Comercial do Grupo L. Formolo, Mateus Formolo, a recomendação é que não haja velório e que o corpo seja transportado diretamente para o local de sepultamento ou cremação. Ele também afirmou que os profissionais da funerária estão trabalhando com os EPIs como máscaras, macacões de proteção, botas de borracha, toca e óculos.   

Para outros casos, de mortes não ocasionadas pelo coronavírus, o velório será realizado, mas, com a permissão de um número limite de pessoas na capela e com, no máximo, 4h de duração.

Ouça a entrevista completa AQUI.     

Link para notícia no site Tua Rádio

Sindicatos de trabalhadores defendem medidas de isolamento social em Caxias

Nota divulgada por 21 sindicatos recomenda que “Hoje, o melhor método para tentar prevenir um possível colapso do nosso sistema de saúde, achatando a curva dos infectados, é o isolamento, com fortes medidas de restrição de circulação de pessoas

Uma nota divulgada em conjunto entre 21 sindicatos de trabalhadores de Caxias do Sul defende a manutenção das medidas de isolamento social no município, como forma de combate ao coronavírus (Covid-19). A nota afirma que “Hoje, o melhor método para tentar prevenir um possível colapso do nosso sistema de saúde, achatando a curva dos infectados, é o isolamento, com fortes medidas de restrição de circulação de pessoas”.

O Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza e Conservação de Caxias do Sul (Sindilimp) é uma das entidades que assinam a nota. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o presidente Henrique Silva reforçou a recomendação para que a população permaneça em casa.

Ouça AQUI a entrevista completa.

 

Confira a nota:

Todas as previsões indicam que estamos perto de entrar na fase crítica da pandemia da Covid-19 no Brasil. Neste momento, em CAXIAS DO SUL, não há desafio maior do que unir a sociedade e seguir tomando todas as medidas para conter a doença que já conta com diversos casos na nossa cidade. 

Mais de 40 mil pessoas já morreram na Europa. Os Estados Unidos enfrentam um crescimento geométrico dos infectados e um caos no seu sistema de saúde. É exatamente por isso que grandes e médias cidades ao redor do planeta estão praticamente fechadas. Caxias do Sul não está fora desse contexto. Nós não queremos que as pessoas morram nas ruas de Caxias por falta de atendimento devido a possibilidade real de superlotação das nossas já limitadas estruturas de saúde, falta de leitos e de respiradores nas UTIs dos hospitais.

Hoje, o melhor método para tentar prevenir um possível colapso do nosso sistema de saúde, achatando a curva dos infectados, é o isolamento, com fortes medidas de restrição de circulação de pessoas.

Proteger a saúde, também significa proteger a economia e o direito ao emprego e a renda. O dinheiro e a economia deveriam existir para servir a sociedade e não o contrário. Essa mesma união deve ser uma força coletiva de pressão para que o governo federal adote medidas mais profundas e abrangentes de proteção às empresas e aos empregos, à renda dos trabalhadores, aos desempregados e aos mais vulneráveis, assim como estão fazendo diversos países, como Alemanha, Holanda, Estados Unidos, Dinamarca, Espanha, Venezuela, Inglaterra. Nestes países, o investimento para proteger a economia e os trabalhadores chega a 20% do PIB. No Brasil, até o momento, os anúncios chegaram a apenas 2% do PIB, o que é muito pouco! Não é hora de flexibilizar as medidas de isolamento em Caxias! É hora criarmos uma grande corrente de solidariedade na nossa cidade e apoiar as medidas governamentais para proteger a vida. Em Caxias, todas as pessoas importam. Nossos familiares importam, nossos idosos importam, nossos trabalhadores do sistema de saúde importam!

 

ASSINAM ESTA NOTA:

Sindicato dos Comerciários de Caxias do Sul e Região – SINDICOMERCIÁRIOS

Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região
Sindicato dos Rodoviários de Caxias do Sul
Sindicato dos Empregados em Entidades, Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Caxias do Sul – SENALBA
Sindicato dos Trabalhadores Indústria do Vestuário
Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Hoteleiro, Meios de Hospedagem Gastronomia Turismo e Hospitalidade – SINTRAHTUR
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Caxias do Sul
Sindicato das Refeições Coletivas
Sindicato Profissional dos Vigilantes de Caxias do Sul
Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul – SINDISERV
Sindicato dos Professores de Caxias do Sul – SINPRO
Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região
Centro de Professores do Estado do Rio Grande do Sul – CPERS 1º NÚCLEO
Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza e Conservação de Caxias do Sul – SINDILIMP
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação e Tecelagem de Caxias do Sul e Região
Sindicato Têxtil de Galópolis
Sindicato dos Químicos de Caxias do Sul
Sindicato dos Trabalhadores Gráficos de Caxias do Sul
Sindisaúde de Caxias do Sul
Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil e Mobiliário de Caxias do Sul
Sintrajoias RS

Link para notícia no site Tua Rádio

Cartórios orientam o uso das plataformas digitais para solicitação de documentos

Ambos os cartórios de Marau lembram que prazos judiciais, por exemplo, estão suspensos neste período

O decreto municipal que orienta a abertura apenas de serviços considerados essenciais em Marau renovado no final de semana, também determina o fechamento dos cartórios e tabelionatos. O cartório de registro civil orienta as pessoas a aguardarem a volta das atividades ou a utilizarem os serviços on line. É possível solicitar segundas vias de certidões de nascimento, casamento e óbito pela internet, por meio do portal www.registrocivil.org.br. No mesmo portal é possível realizar a pesquisa de registros e solicitar documentos físicos e digitais.

Já cartório de registro de imóveis de Marau, localizado na Avenida Barão do Rio Branco, orienta as pessoas a utilizarem os serviços on line através do site www.cartoriomarau.com.br. Muitos documentos podem ser solicitados pela internet, com a mesma validade dos papíes físicos.  Os serviços de protesto também estão disponíveis neste site ou no portal da Central Nacional de Protestos, onde é possível consultar gratuitamente CPFs e CNPJs, pedir certidões, encaminhar dívidas a protesto, cartas de anuência, bem como realizar o cancelamento de dívidas e o pagamento de boletos bancários.
 

Link para notícia no site Tua Rádio

Feiras do Agricultor voltam a funcionar em Caxias do Sul nesta terça-feira

Ponto de Safra e Feira Ecológica também retomam atividades nessa semana

A  Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), informou que as Feiras do Agricultor, Ponto de Safra e Feira Ecológica retornam ao normal a partir desta terça-feira (31.03). As feiras foram suspensas por uma semana para adequações na prevenção ao coronavírus. Já a Feira do Peixe Vivo, prevista para os dias 07, 08 e 09 de abril, não será realizada, pois toda estrutura de logística  foi deslocada para as ações de combate à pandemia e vacinação contra a gripe.

As feiras voltam com readequação

As bancas terão distância de dois metros e álcool gel para comerciantes e consumidores, que devem seguir as orientações de distanciamento uns dos outros. Feirantes que integram o grupo de risco deverão ficar em casa.

O secretário da Agricultura, Valmir Susin, falou sobre como será a retomada dos serviços a partir de amanhã. Confira a entrevista que foi ao ar na tarde desta segunda-feira.

Link para notícia no site Tua Rádio

Economista analisa pacote financeiro federal e os impactos na Serra Gaúcha

Medidas são necessárias para auxiliar pessoas e empresas durante a parada profissional

Mosar Leandro Ness é economista e professor universitário. Ele falou ao programa Temática na manhã desta segunda-feira sobre as medidas do governo federal com o anúncio do pacote de R$ 85,8 bilhões para estados e municípios e como a iniciativa deverá refletir na economia local. Mosar também analisou o cenário econômico atual, as possibilidades de recuperação e destacou: “depois que a pandemia passar, o Brasil terá ótimas oportunidades de se tornar um grande produtor de bens de capital e bens de consumo duráveis para o mundo”.

Confira a entrevista na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

AGAS garante que não vai faltar abastecimento nos mercados

Aumento de preço de alguns produtos ocorre devido a entressafra e estiagem

Antônio Cesa Longo, presidente da AGAS (Associação Gaúcha de Supermercados) concedeu entrevista ao programa Temática na manhã desta segunda-feira. Longo falou sobre o aumento de preços de produtos como o leite e ovos e já anunciou que nos próximos dias, será a vez de alimentos como feijão e lentilha sofrer aumento no preço final.

Segundo Longo, o consumidor é capaz de regular os preços ao preferir não comprar produtos e marcas com aumento. Diante da baixa demanda, a tendência é a regulagem dos preços finais no mercado. Ele também garantiu que não há motivo para acreditar no desabastecimento de produtos alimentícios.

Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

CRAS e Cadastro Único retomam atendimento presencial

Interessados precisam fazer agendamento de horário.

Os atendimentos dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Cadastro Único, sob responsabilidade da Fundação de Assistência Social (FAS), foram retomados a partir desta segunda-feira (30). Entretanto, os interessados precisam agendar o horário de atendimento.

O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 13h e das 17h.

Confira os endereços e telefones:

* CRAS CENTRO – Rua Dr. Montaury, nº 1015, Bairro Centro. Telefone: 3027-5948 3028-3209
* CRAS NORTE – Rua das Fruteiras, nº 925, Bairro Sto Antônio. Telefone: 3901-1591 3901-1484
* CRAS SUL – Rua Laudelino Ribeiro, nº 157, Bairro Bom Pastor. Telefone: 3029-2923
* CRAS LESTE – Rua Júlia Gomes, nº 21, Bairro Sagrada Família Telefone: 3028-3955
* CRAS OESTE – Rua Abel Postali, nº 1767, Bairro Cidade Nova. Telefone: 3901-1492 3901-1480
* CRAS SUDESTE – Rua Nadyr Antônio Antonioli, nº 21, Bairro Planalto. Telefone: 3901-1487
*CADASTRO ÚNICO – Gestão de Benefícios Assistenciais e Transferência de Rendas
Rua Os Dezoito do Forte, 1222, Bairro Centro. Telefone: 3201-7800

Link para notícia no site Tua Rádio

Advogado alerta para aumento de pedido de recuperações judiciais diante da crise econômica

Situação das empresas diante da parada como enfrentamento à COVID-19 já demonstra interesse pelo assunto

 

O aumento de pedidos de recuperação judicial, não pagamentos de impostos e fornecedores, além de demissões é o cenário visto pelo advogado especialista em Direito Tributário, Societário e Civil, sócio da Rebuild – Consultoria Empresarial.  Essa é a expectativa para os próximos 90 dias projetado pelo especialista que atua na área jurídica, econômica e de reestruturação de empresas com sede em Porto Alegre. 

Segundo Cristiano Kalkmann, a paralisação do mercado devido à pandemia de coronavírus obrigará as empresas a reestruturarem toda a sua operação. Empresas e indústrias que não atuam no fornecimento de itens de primeira necessidade serão os primeiros a sofrer. Kalkmann cita, por exemplo, setores como estruturas metálicas, colchões, automotivo e peças, eletromecânica, móveis, construção e turismo.

Segundo Kalkmann, o número de pedidos de recuperação judicial de empresas gaúchas subiu de 15, em janeiro de 2019, para 23 em janeiro de 2020, segundo levantamento da Serasa Experian. Em todo o Brasil, foram 94 pedidos feitos no primeiro mês deste ano, contra 95 realizados em janeiro do ano passado.

Ainda de acordo com o sócio da consultoria Rebuild, um agravante para esse cenário é que o desempenho da economia já não vinha bem há cerca de dois anos e muitas empresas já estão operando no limite, sem caixa, sem gordura para queimar. 

Cristiano kalkmann, falou de forma mais ampla sobre o assunto em entrevista ao programa Temática na manhã desta segunda-feira. Confira na íntegra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Casca mantém medidas de isolamento por mais um tempo

Na sexta, um decreto liberando as atividades chegou a ser divulgado mas ele foi adiado para abril

A Administração Municipal de Casca, tendo em vista as manifestações de entidades, as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), profissionais da área da saúde, o pronunciamento do Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, o posicionamento da Federação das Associações dos Municípios (Famurs) que reiteraram que é necessário manter o isolamento social, a suspensão das aulas e as atividades comerciais, resolve prorrogar os efeitos do Decreto nº 1849.

Com o passar dos dias e acompanhando as situações, se faz necessário novos decretos e adequações, já que o momento que estamos vivendo é totalmente desconhecido.Nos próximos dias reuniões e tratativas serão feitas a fim de buscar uma maneira de diminuir os impactos econômicos.

Na tarde deste domingo, 29/03, foi realizada uma reunião com membros do Poder Executivo, Presidente do Poder Legislativo e do Comitê de Operações Emergenciais (COE) a fim de buscar a melhor alternativa. Os profissionais da saúde ressaltam para a importância do isolamento já que a forma como o vírus evolui e como ele se comporta no nosso Estado e região ainda não é conhecida. Desta reunião, foi construído o Decreto nº 1850, com algumas alterações em relação aos anteriores, mas mantendo a orientação de isolamento.

Durante essa semana, a Secretaria de Saúde e o COE estarão conversando e orientando os empresários para que estejam mais conscientes da maneira como retornar às atividades, a fim de evitar aglomerações e a transmissão do Covid-19.

 

Link para notícia no site Tua Rádio