Polícia Civil prende acusado pela morte de Rosilene de Fátima Oliveira

A Polícia Civil de Lagoa Vermelha efetuou no final da tarde desta sexta-feira, a prisão de um homem de 38 anos, acusado de matar sua companheira Rosilene de Fátima de Oliveira de 45 anos. O crime foi registrado nesta quarta-feira (7) no Bairro Ernani Dias de Moraes.

A vítima foi assassinada com um tiro no pescoço.

Após as formalidades legais o preso foi encaminhado ao presídio Regional de Passo Fundo, onde ficará à disposição do Judiciário.

O acusado havia se apresentou na DPPA, no final da manhã desta quinta-feira (08). De acordo com o delegado Falcão, o acusado usou do direito constitucional de permanecer calado.

A Polícia Civil de Lagoa Vermelha efetuou no final da tarde desta sexta-feira, a prisão de um homem de 38 anos, acusado de matar sua companheira Rosilene de Fátima de Oliveira de 45 anos. O crime foi registrado nesta quarta-feira (7) no Bairro Ernani Dias de Moraes.

A vítima foi assassinada com um tiro no pescoço.

Após as formalidades legais o preso foi encaminhado ao presídio Regional de Passo Fundo, onde ficará à disposição do Judiciário.

O acusado havia se apresentou na DPPA, no final da manhã desta quinta-feira (08). De acordo com o delegado Falcão, o acusado usou do direito constitucional de permanecer calado.

Link para notícia no site Tua Rádio

PRF inicia Operação Nossa Senhora Aparecida 2020 nas rodovias federais gaúchas

Será um esforço coordenado de policiamento ostensivo para garantir a segurança dos usuários
A Polícia Rodoviária Federal realizará a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020 em todo o país, que iniciará às 00h desta sexta-feira, 09/10, e será finalizada às 23h59min de segunda-feira, 12/10. Ela funcionará nos moldes das outras operações em feriados prolongados, através de um esforço coordenado de policiamento ostensivo que tem por objetivo garantir segurança aos usuários que circularão nas rodovias federais.

No Rio Grande do Sul, a PRF desenvolverá ações planejadas de segurança viária e reforçará o policiamento ostensivo nos trechos considerados críticos para acidentalidade, assim como naquelas rodovias que normalmente apresentam maior fluxo de veículos durante os feriados prolongados.

A fiscalização será intensificada nos pontos onde há maior probabilidade de prática de infrações de trânsito, coibindo comportamentos associados a acidentes graves. Serão realizadas fiscalizações visando combater a embriaguez ao volante, as ultrapassagens em locais proibidos, o não uso do cinto de segurança e o uso do telefone celular.

O maior fluxo de veículos na saída para o feriado deve se concentrar entre o fim da tarde e o início da noite de sexta-feira, 09, e na manhã de sábado, 10. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de segunda-feira, 12, de forma mais acentuado nas rodovias que ligam Porto Alegre ao resto do estado.

COMBATE AO CRIME

A PRF seguirá suas ações de enfrentamento à criminalidade objetivando aumentar a segurança dos usuários da rodovia e da população em geral, prendendo criminosos e retirando de circulação armas ilegais, drogas e mercadorias ilícitas. O serviço de inteligência da corporação atuará durante o feriado no monitoramento de possíveis atividades criminosas que podem ser realizadas nas rodovias federais gaúchas.

RESTRIÇÃO DE TRÁFEGO

Veículos de carga com dimensões ou pesos excedentes estarão impedidos de transitar em trechos de pista simples no seguintes horários: – sexta-feira das 16h às 22h – sábado das 06h às 12h – segunda-feira das 16h às 22h

RESULTADOS

A divulgação do resultado operacional registrado durante a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020 está prevista para o final da tarde de terça-feira, 13/10.

ORIENTAÇÕES PARA UMA VIAGEM SEGURA

Respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança, evitar dirigir com sonolência e não utilizar o telefone celular. Se possível, viaje enquanto houver luz natural e estude antecipadamente o caminho a ser percorrido. Estas são algumas das principais orientações da Polícia Rodoviária Federal para reduzir o risco de acidentes.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer a revisão preventiva do veículo, incluindo a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

O uso do cinto de segurança, do capacete para os motociclistas e dos demais equipamentos de segurança são importantes para evitar ou reduzir lesões em caso de acidente.

É importante que o motorista dirija descansado e sem estar sob efeito de álcool ou drogas.

Será um esforço coordenado de policiamento ostensivo para garantir a segurança dos usuários

A Polícia Rodoviária Federal realizará a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020 em todo o país, que iniciará às 00h desta sexta-feira, 09/10, e será finalizada às 23h59min de segunda-feira, 12/10. Ela funcionará nos moldes das outras operações em feriados prolongados, através de um esforço coordenado de policiamento ostensivo que tem por objetivo garantir segurança aos usuários que circularão nas rodovias federais.

No Rio Grande do Sul, a PRF desenvolverá ações planejadas de segurança viária e reforçará o policiamento ostensivo nos trechos considerados críticos para acidentalidade, assim como naquelas rodovias que normalmente apresentam maior fluxo de veículos durante os feriados prolongados.

A fiscalização será intensificada nos pontos onde há maior probabilidade de prática de infrações de trânsito, coibindo comportamentos associados a acidentes graves. Serão realizadas fiscalizações visando combater a embriaguez ao volante, as ultrapassagens em locais proibidos, o não uso do cinto de segurança e o uso do telefone celular.

O maior fluxo de veículos na saída para o feriado deve se concentrar entre o fim da tarde e o início da noite de sexta-feira, 09, e na manhã de sábado, 10. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de segunda-feira, 12, de forma mais acentuado nas rodovias que ligam Porto Alegre ao resto do estado.

COMBATE AO CRIME

A PRF seguirá suas ações de enfrentamento à criminalidade objetivando aumentar a segurança dos usuários da rodovia e da população em geral, prendendo criminosos e retirando de circulação armas ilegais, drogas e mercadorias ilícitas. O serviço de inteligência da corporação atuará durante o feriado no monitoramento de possíveis atividades criminosas que podem ser realizadas nas rodovias federais gaúchas.

RESTRIÇÃO DE TRÁFEGO

Veículos de carga com dimensões ou pesos excedentes estarão impedidos de transitar em trechos de pista simples no seguintes horários: – sexta-feira das 16h às 22h – sábado das 06h às 12h – segunda-feira das 16h às 22h

RESULTADOS

A divulgação do resultado operacional registrado durante a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020 está prevista para o final da tarde de terça-feira, 13/10.

ORIENTAÇÕES PARA UMA VIAGEM SEGURA

Respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança, evitar dirigir com sonolência e não utilizar o telefone celular. Se possível, viaje enquanto houver luz natural e estude antecipadamente o caminho a ser percorrido. Estas são algumas das principais orientações da Polícia Rodoviária Federal para reduzir o risco de acidentes.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer a revisão preventiva do veículo, incluindo a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

O uso do cinto de segurança, do capacete para os motociclistas e dos demais equipamentos de segurança são importantes para evitar ou reduzir lesões em caso de acidente.

É importante que o motorista dirija descansado e sem estar sob efeito de álcool ou drogas.

Link para notícia no site Tua Rádio

Setor comemora Dia Mundial do Ovo com projeções recordes em cenário complexo

Consumo cresce em patamares históricos, mas custos de produção impõem desafio
O brasileiro está comendo ovo como nunca, o que é motivo de comemoração especialmente nesta sexta, 09/10, quando o mundo inteiro comemora o Dia do Ovo. De acordo com projeções da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o consumo per capita nacional deve alcançar 250 unidades neste ano, número 8,5% maior em relação ao ano passado. Em 2010, este índice era de 148 unidades.

O marauense Ricardo Santin, presidente da ABPA e do Instituto Ovos Brasil (IOB), ressalta que, ao longo da última década, o brasileiro mudou seus hábitos alimentares, e o ovo foi um dos protagonistas desse processo. A preocupação com a saudabilidade dos alimentos ganhou força ao mesmo tempo em que a população tinha informações mais claras sobre as qualidades do ovo.

“Hoje, graças ao empenho setorial por meio de instituições como o IOB, as entidades estaduais, os órgãos de saúde, a nutrição e outros, é de conhecimento público que o ovo é um alimento completo, recomendável a todas às faixas etárias. Essa ampla divulgação de atributos, após pesquisas que comprovaram a sua eficácia alimentar, impulsionaram o consumo e fizeram justiça a um alimento que é acessível e extremamente seguro”, avalia.

O ovo produzido no Brasil é, predominantemente, consumido no mercado interno. Das 53 bilhões de unidades que deverão ser produzidas este ano (quase 1,3 mil ovos por segundo), menos de 1% ganha o mercado internacional.

“O ovo exerce um papel estratégico na segurança alimentar e saúde pública do Brasil. É um alimento que marca presença nas mesas das famílias de diversas classes sociais. Porém, como qualquer outro produto, está sujeito às altas de custos de produção. É o quadro que enfrentamos hoje com o milho e a soja, em altas históricas. Em algumas praças, a alta comparativa com o ano anterior chega a 70%”, diz Santin.

Frente a este cenário que impacta não apenas o ovo, mas também a carne de frango e a carne suína, a ABPA solicitou ao Governo Federal, por meio da Câmara de Comércio Exterior (CAMEX), a suspensão temporária da Tarifa de Exportação Comum (TEC) para a importação de milho e de soja provenientes de nações externas ao Mercosul.

Consumo cresce em patamares históricos, mas custos de produção impõem desafio

O brasileiro está comendo ovo como nunca, o que é motivo de comemoração especialmente nesta sexta, 09/10, quando o mundo inteiro comemora o Dia do Ovo. De acordo com projeções da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o consumo per capita nacional deve alcançar 250 unidades neste ano, número 8,5% maior em relação ao ano passado. Em 2010, este índice era de 148 unidades.

O marauense Ricardo Santin, presidente da ABPA e do Instituto Ovos Brasil (IOB), ressalta que, ao longo da última década, o brasileiro mudou seus hábitos alimentares, e o ovo foi um dos protagonistas desse processo. A preocupação com a saudabilidade dos alimentos ganhou força ao mesmo tempo em que a população tinha informações mais claras sobre as qualidades do ovo.

“Hoje, graças ao empenho setorial por meio de instituições como o IOB, as entidades estaduais, os órgãos de saúde, a nutrição e outros, é de conhecimento público que o ovo é um alimento completo, recomendável a todas às faixas etárias. Essa ampla divulgação de atributos, após pesquisas que comprovaram a sua eficácia alimentar, impulsionaram o consumo e fizeram justiça a um alimento que é acessível e extremamente seguro”, avalia.

O ovo produzido no Brasil é, predominantemente, consumido no mercado interno. Das 53 bilhões de unidades que deverão ser produzidas este ano (quase 1,3 mil ovos por segundo), menos de 1% ganha o mercado internacional.

“O ovo exerce um papel estratégico na segurança alimentar e saúde pública do Brasil. É um alimento que marca presença nas mesas das famílias de diversas classes sociais. Porém, como qualquer outro produto, está sujeito às altas de custos de produção. É o quadro que enfrentamos hoje com o milho e a soja, em altas históricas. Em algumas praças, a alta comparativa com o ano anterior chega a 70%”, diz Santin.

Frente a este cenário que impacta não apenas o ovo, mas também a carne de frango e a carne suína, a ABPA solicitou ao Governo Federal, por meio da Câmara de Comércio Exterior (CAMEX), a suspensão temporária da Tarifa de Exportação Comum (TEC) para a importação de milho e de soja provenientes de nações externas ao Mercosul.

Link para notícia no site Tua Rádio

AMF e Horizontina ficam no empate pela Liga Gaúcha

Em Marau, jogo acabou igualado em 1 a 1
A noite desta quinta-feira, 08/10, foi de jogo no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, em Marau. Pela Liga Gaúcha, a Associação Marauense de Futsal – AMF enfrentou o Horizontina. Com a bola rolando, não demorou para sair gol: foram apenas 25 segundos para balançar as redes. Em jogada rápida, o time marauense abriu o placar com o pivô Pato. Porém, a igualdade veio no minuto seguinte, os visitantes surpreenderam e empataram com gol de Magui.
Os gols não demoraram para sair, porém eles pararam por aí. E foi a vez dos goleiros se destacarem. Teve bola na trave, chute de média distância, diversas tentativas ao logo de todo o jogo. Mas, os goleiros, do lado visitante, Baranha, e do lado marauense, Vagner – craque do jogo – não deixaram o placar se alterar. Dessa forma, o jogo ficou na igualdade do 1 a 1. Com o ponto somado, a AMF vai a quatro pontos na competição. O próximo compromisso está marcado para quinta-feira, 15/10. A partida acontece em Frederico Westphalen, contra o Guarani.
FICHA DO JOGO
AMF 1×1 Horizontina [Liga Gaúcha 1] (08/10 – Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti – Marau/RS)
AMF: Vagner, Poffo, Emerson, Esquerda e Pato. No banco: Cris Zaparoli, Tatim, Lucas, Zé Victor, Jefe, Pereto, Jean Junior, Biskui e Kassio. Técnico: Nuno
Horizontina: Baranha. Tapejara, Alegria, Teves e Magui. No banco: Willi, Zalinha, Puia, Emanuel,Wesley, Joney e Suita. Técnico: Alê Ott.
Arbitragem: Tales Ferreira Goulart (árbitro principal), Luciano Prudente (árbitro auxiliar), Micheli Alessandra Dalbão (anotador), Elton Pedroso Severo (cronometrista) e Alfredo Gartner (representante de quadra).
Gols: AMF – Pato. Horizontina – Magui.

Fonte: Assessoria e Comunicação AMF

Em Marau, jogo acabou igualado em 1 a 1

A noite desta quinta-feira, 08/10, foi de jogo no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, em Marau. Pela Liga Gaúcha, a Associação Marauense de Futsal – AMF enfrentou o Horizontina. Com a bola rolando, não demorou para sair gol: foram apenas 25 segundos para balançar as redes. Em jogada rápida, o time marauense abriu o placar com o pivô Pato. Porém, a igualdade veio no minuto seguinte, os visitantes surpreenderam e empataram com gol de Magui.
Os gols não demoraram para sair, porém eles pararam por aí. E foi a vez dos goleiros se destacarem. Teve bola na trave, chute de média distância, diversas tentativas ao logo de todo o jogo. Mas, os goleiros, do lado visitante, Baranha, e do lado marauense, Vagner – craque do jogo – não deixaram o placar se alterar. Dessa forma, o jogo ficou na igualdade do 1 a 1. Com o ponto somado, a AMF vai a quatro pontos na competição. O próximo compromisso está marcado para quinta-feira, 15/10. A partida acontece em Frederico Westphalen, contra o Guarani.
FICHA DO JOGO
AMF 1×1 Horizontina [Liga Gaúcha 1] (08/10 – Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti – Marau/RS)
AMF: Vagner, Poffo, Emerson, Esquerda e Pato. No banco: Cris Zaparoli, Tatim, Lucas, Zé Victor, Jefe, Pereto, Jean Junior, Biskui e Kassio. Técnico: Nuno
Horizontina: Baranha. Tapejara, Alegria, Teves e Magui. No banco: Willi, Zalinha, Puia, Emanuel,Wesley, Joney e Suita. Técnico: Alê Ott.
Arbitragem: Tales Ferreira Goulart (árbitro principal), Luciano Prudente (árbitro auxiliar), Micheli Alessandra Dalbão (anotador), Elton Pedroso Severo (cronometrista) e Alfredo Gartner (representante de quadra).
Gols: AMF – Pato. Horizontina – Magui.

Fonte: Assessoria e Comunicação AMF

Link para notícia no site Tua Rádio

Demissões na Visate correspondem a cerca de 20% do total de funcionários

Nesta quarta-feira (7), 243 colaboradores foram desligados da empresa.
Ao ser informado que 243 funcionários seriam demitidos nesta semana, o Sindicato dos Rodoviários de Caxias do Sul foi informado pela Visate que, a princípio, novas demissões não devem ocorrer. O advogado do sindicato, João Batista Wolf de Oliveira, explicou que os desligamentos ocorreram com aviso prévio indenizado.

Segundo informações da entidade, o total de funcionários demitidos corresponde a cerca de 20% do quadro de colaboradores da empresa. Alguns estavam incluídos na lei de redução parcial de jornada de trabalho.

A Visate se manifestou somente por meio de nota:

“A VISATE informa, seguindo seus princípios de transparência e prestação de contas à comunidade caxiense, que devido a grande queda na demanda de usuários do transporte público de Caxias do Sul, ocorrida em virtude da pandemia do novo Coronavírus e decorridos seis meses desde o início do Estado de Emergência, o qual continuamos vivendo, infelizmente, precisamos desligar 243 funcionários do nosso quadro, visando ajustar a operação em relação a demanda. Essa redução é absolutamente necessária para a manutenção dos serviços à população, bem como para o reequilíbrio financeiro da empresa. Lamentamos profundamente a situação, mas, é preciso se adaptar para continuar atendendo a comunidade caxiense.”

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Nesta quarta-feira (7), 243 colaboradores foram desligados da empresa.

Ao ser informado que 243 funcionários seriam demitidos nesta semana, o Sindicato dos Rodoviários de Caxias do Sul foi informado pela Visate que, a princípio, novas demissões não devem ocorrer. O advogado do sindicato, João Batista Wolf de Oliveira, explicou que os desligamentos ocorreram com aviso prévio indenizado.

Segundo informações da entidade, o total de funcionários demitidos corresponde a cerca de 20% do quadro de colaboradores da empresa. Alguns estavam incluídos na lei de redução parcial de jornada de trabalho.

A Visate se manifestou somente por meio de nota:

A VISATE informa, seguindo seus princípios de transparência e prestação de contas à comunidade caxiense, que devido a grande queda na demanda de usuários do transporte público de Caxias do Sul, ocorrida em virtude da pandemia do novo Coronavírus e decorridos seis meses desde o início do Estado de Emergência, o qual continuamos vivendo, infelizmente, precisamos desligar 243 funcionários do nosso quadro, visando ajustar a operação em relação a demanda. Essa redução é absolutamente necessária para a manutenção dos serviços à população, bem como para o reequilíbrio financeiro da empresa. Lamentamos profundamente a situação, mas, é preciso se adaptar para continuar atendendo a comunidade caxiense.

(Ouça a entrevista na íntegra abaixo do título)

Link para notícia no site Tua Rádio

Professor de economia explica o que é o Pix, novo sistema do Banco Central

Professor de Economia da FSG, Gustavo Bertotti também faz um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes
Desde o início desta semana, usuários de todo o Brasil estão cadastrando suas chaves no Pix, novo sistema do Banco Central (BC) para pagamentos instantâneos, ou seja, transferências monetárias eletrônicas na qual a transmissão da ordem de pagamento e a disponibilidade de fundos para o usuário recebedor ocorre em tempo real e cujo serviço está disponível durante 24 horas por dia, sete dias por semana e em todos os dias no ano. As transferências ocorrem diretamente da conta do usuário pagador para a conta do usuário recebedor, sem a necessidade de intermediários.

O Pix estará disponível para a população brasileira a partir de novembro. Em entrevista o programa No Ponto desta quinta-feira (08), o professor de Economia do Centro Universitário da Serra gaúcha (FSG), Gustavo Bertotti, explicou e tirou algumas dúvidas sobre o novo sistema, além de fazer um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Professor de Economia da FSG, Gustavo Bertotti também faz um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes

Desde o início desta semana, usuários de todo o Brasil estão cadastrando suas chaves no Pix, novo sistema do Banco Central (BC) para pagamentos instantâneos, ou seja, transferências monetárias eletrônicas na qual a transmissão da ordem de pagamento e a disponibilidade de fundos para o usuário recebedor ocorre em tempo real e cujo serviço está disponível durante 24 horas por dia, sete dias por semana e em todos os dias no ano. As transferências ocorrem diretamente da conta do usuário pagador para a conta do usuário recebedor, sem a necessidade de intermediários.

O Pix estará disponível para a população brasileira a partir de novembro. Em entrevista o programa No Ponto desta quinta-feira (08), o professor de Economia do Centro Universitário da Serra gaúcha (FSG), Gustavo Bertotti, explicou e tirou algumas dúvidas sobre o novo sistema, além de fazer um alerta para que os usuários redobrem a atenção para não caírem em golpes.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio

BRF reforça contratações de pessoas com deficiência

Esforços para promover a diversidade e a inclusão incluem seleções específicas nas unidades
Como parte de suas iniciativas para promover a diversidade e a inclusão, a BRF ampliou os esforços para contratar pessoas com deficiência. Além de oferecer vagas para a contratação de pessoas com deficiência em todas as unidades no Brasil por meio de um processo seletivo permanente, a companhia abre seleções exclusivas. É o que ocorre neste momento em Lajeado, no Rio Grande do Sul, onde a BRF abriu um processo seletivo com 200 vagas exclusivas para pessoas com deficiência.

A diretora de Gente Operações da BRF, Indiara Manfré, lembra que a contratação de pessoas com deficiência é uma rotina que coloca em prática os princípios da cultura BRF. “Acelerar a inclusão da pessoa com deficiência avança a estratégia da BRF, que tem pessoas como um dos princípios em sua cultura. Entendemos que diversidade enriquece. A BRF, como uma das maiores empregadoras do Brasil, tem o compromisso de ampliar as oportunidades para todos, para todas as diversidades, independentemente de cargos e de local”, ressalta.

Para participar do processo seletivo, os interessados devem se inscrever via meios digitais, através do Portal de Talentos da BR. É desejável que os interessados sejam moradores das cidades sede das unidades ou de municípios vizinhos e que tenham disponibilidade para início imediato. Pessoas com Ensino Fundamental incompleto podem se candidatar. Dentre os benefícios, a BRF oferece salário compatível com o mercado, vale alimentação, vale transporte, refeitório no local e vale compras no mercado BRF.

Os interessados devem se inscrever via brf.com/talentos na vaga Operador de Produção I e procurar a cidade de seu interesse. No processo de cadastramento, devem anexar o laudo médico com as referências sobre o tipo de deficiência. Os candidatos receberão instruções precisas sobre o processo seletivo e datas de ingresso. Em uma das etapas, o pré-selecionado será chamado pela Companhia para uma avaliação ergonômica. O objetivo do teste é verificar em qual área da unidade o colaborador poderá potencializar o seu desempenho, em caso de contratação.

Esforços para promover a diversidade e a inclusão incluem seleções específicas nas unidades

Como parte de suas iniciativas para promover a diversidade e a inclusão, a BRF ampliou os esforços para contratar pessoas com deficiência. Além de oferecer vagas para a contratação de pessoas com deficiência em todas as unidades no Brasil por meio de um processo seletivo permanente, a companhia abre seleções exclusivas. É o que ocorre neste momento em Lajeado, no Rio Grande do Sul, onde a BRF abriu um processo seletivo com 200 vagas exclusivas para pessoas com deficiência.

A diretora de Gente Operações da BRF, Indiara Manfré, lembra que a contratação de pessoas com deficiência é uma rotina que coloca em prática os princípios da cultura BRF. “Acelerar a inclusão da pessoa com deficiência avança a estratégia da BRF, que tem pessoas como um dos princípios em sua cultura. Entendemos que diversidade enriquece. A BRF, como uma das maiores empregadoras do Brasil, tem o compromisso de ampliar as oportunidades para todos, para todas as diversidades, independentemente de cargos e de local”, ressalta.

Para participar do processo seletivo, os interessados devem se inscrever via meios digitais, através do Portal de Talentos da BR. É desejável que os interessados sejam moradores das cidades sede das unidades ou de municípios vizinhos e que tenham disponibilidade para início imediato. Pessoas com Ensino Fundamental incompleto podem se candidatar. Dentre os benefícios, a BRF oferece salário compatível com o mercado, vale alimentação, vale transporte, refeitório no local e vale compras no mercado BRF.

Os interessados devem se inscrever via brf.com/talentos na vaga Operador de Produção I e procurar a cidade de seu interesse. No processo de cadastramento, devem anexar o laudo médico com as referências sobre o tipo de deficiência. Os candidatos receberão instruções precisas sobre o processo seletivo e datas de ingresso. Em uma das etapas, o pré-selecionado será chamado pela Companhia para uma avaliação ergonômica. O objetivo do teste é verificar em qual área da unidade o colaborador poderá potencializar o seu desempenho, em caso de contratação.

Link para notícia no site Tua Rádio

Lei Aldir Blanc: inscrições para editais estão abertas

As inscrições para o edital de chamamento público da Lei Aldir Blanc (Lei Federal 14017/2020) para espaços culturais e para a seleção de projetos culturais para artistas e entidades teve início nesta quarta-feira (07) e irá até o dia 22 de outubro. Os cadastros podem ser realizados no Setor de Protocolo da Prefeitura, das 8h às 11h e das 13h30 às 17h.

O valor dos subsídios para espaços culturais varia entre R$ 3 mil a R$ 10 mil por espaço, e tem a finalidade de auxiliar na manutenção dos espaços culturais, com a contrapartida da realização de atividades para a população escolar na pós-pandemia.

Além disso, serão contemplados projetos nas áreas de teatro, dança, circo, música, culturas afirmativas, culturas populares, artes visuais, artesanato, audiovisual, patrimônio cultural material e imaterial, livro e literatura. Para pessoas jurídicas o valor será de R$ 3 mil e para pessoas físicas R$ 2 mil.

Os editais estão disponíveis no site da Prefeitura Municipal. Mais informações podem ser obtidas por meio do e-mail aldirblanc.lv@gmail.com.

Ouça entrevista do Presidente Municipal de Políticas Culturais – Flávio Arend:

As inscrições para o edital de chamamento público da Lei Aldir Blanc (Lei Federal 14017/2020) para espaços culturais e para a seleção de projetos culturais para artistas e entidades teve início nesta quarta-feira (07) e irá até o dia 22 de outubro. Os cadastros podem ser realizados no Setor de Protocolo da Prefeitura, das 8h às 11h e das 13h30 às 17h.

O valor dos subsídios para espaços culturais varia entre R$ 3 mil a R$ 10 mil por espaço, e tem a finalidade de auxiliar na manutenção dos espaços culturais, com a contrapartida da realização de atividades para a população escolar na pós-pandemia.

Além disso, serão contemplados projetos nas áreas de teatro, dança, circo, música, culturas afirmativas, culturas populares, artes visuais, artesanato, audiovisual, patrimônio cultural material e imaterial, livro e literatura. Para pessoas jurídicas o valor será de R$ 3 mil e para pessoas físicas R$ 2 mil.

Os editais estão disponíveis no site da Prefeitura Municipal. Mais informações podem ser obtidas por meio do e-mail aldirblanc.lv@gmail.com.

Ouça entrevista do Presidente Municipal de Políticas Culturais – Flávio Arend:

Link para notícia no site Tua Rádio

AMF enfrenta Horizontina em Marau, pela Liga Gaúcha

Jogo acontece nesta quinta-feira, 08/10, com transmissão da Tua Rádio Alvorada
A Associação Marauense de Futsal – AMF tem mais um desafio nos seus domínios. Nesta quinta-feira, 08/10, a equipe enfrenta o Horizontina pela semana 05 da Liga Gaúcha. O jogo acontece a partir das 20 horas, no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, em Marau. A partida acontece com portões fechados.

Para o jogo, o técnico Nuno terá duas ausências: o goleiro Bruno, que se recupera de lesão, e o ala/fixo Rômulo, que está suspenso. Porém, deve contar com o retorno dos alas Kassio e Pereto, após se lesionarem.

A AMF vem de derrota em casa, para o Passo Fundo Futsal, por 4 a 2. Já o adversário vem de vitória por 2 a 1 contra o Guarani de Frederico Westphalen, em casa. As equipes já se enfrentaram seis vezes na história, somando duas vitórias da AMF, duas vitórias de Horizontina e dois empates.

SERVIÇO DO JOGO

AMF x Horizontina

Quinta-feira (08/10)

20h

Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti – Marau/RS

Transmissão: Tua Rádio Alvorada

Fonte: Assessoria de Comunicação da AMF

Jogo acontece nesta quinta-feira, 08/10, com transmissão da Tua Rádio Alvorada

A Associação Marauense de Futsal – AMF tem mais um desafio nos seus domínios. Nesta quinta-feira, 08/10, a equipe enfrenta o Horizontina pela semana 05 da Liga Gaúcha. O jogo acontece a partir das 20 horas, no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, em Marau. A partida acontece com portões fechados.

Para o jogo, o técnico Nuno terá duas ausências: o goleiro Bruno, que se recupera de lesão, e o ala/fixo Rômulo, que está suspenso. Porém, deve contar com o retorno dos alas Kassio e Pereto, após se lesionarem.

A AMF vem de derrota em casa, para o Passo Fundo Futsal, por 4 a 2. Já o adversário vem de vitória por 2 a 1 contra o Guarani de Frederico Westphalen, em casa. As equipes já se enfrentaram seis vezes na história, somando duas vitórias da AMF, duas vitórias de Horizontina e dois empates.

SERVIÇO DO JOGO

AMF x Horizontina

Quinta-feira (08/10)

20h

Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti – Marau/RS

Transmissão: Tua Rádio Alvorada

Fonte: Assessoria de Comunicação da AMF

Link para notícia no site Tua Rádio

Expointer Digital 2020 deixa legado para próximas edições

Evento, em formato híbrido, encerrou neste domingo
Em uma edição especial que já marcou a história, a Expointer Digital 2020 encerra as atividades contabilizando 187 mil visualizações em seu site oficial, desde o início da feira, dia 26 de setembro, até as 15h deste domingo, 04/10. A plataforma de negócios Expointer Digital Máquinas Agrícolas, organizada pelo Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul (Simers), contabiliza, desde 29 de agosto, mais 70 mil acessos de todo o Brasil e de 38 países.

“É uma certeza que vamos manter este formato híbrido para o próximo ano. As entidades promotoras tiveram um momento de superação para que esta edição acontecesse. Tenho certeza de que esta Expointer inovadora e histórica renderá muitos frutos para a agropecuária gaúcha”, afirmou o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho. E acrescentou que, no próximo ano, com a volta do público ao parque e a consolidação do formato digital, “teremos uma Expointer em dobro”.

O secretário destacou, também, o sucesso do drive-thru da agricultura familiar. “Foi uma ideia nossa e que surpreendeu, deu muito resultado”, avaliou. Conforme a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS), cerca de 2 mil carros passaram pelo drive-thru durante os nove dias da feira.

De Esteio para o mundo

O site da Expointer se tornou a plataforma de transmissão dos eventos realizados na feira, saindo dos limites de Esteio. Os quatro canais exibiram mais de 300 horas de conteúdo audiovisual, com transmissão ao vivo de 47 eventos, entre julgamentos, provas, seminários e lançamentos.

As provas e julgamentos tiveram 35 transmissões, que cobriram todas as etapas. Na agenda cultural, uma tradição da Expointer, foram 60 apresentações de artistas gaúchos.

O conteúdo de toda a transmissão ficará disponível em www.expointer.rs.gov.br para que o público possa rever quando quiser. Além disso, o secretário Covatti Filho iniciará tratativas para que os contatos das agroindústrias familiares fiquem permanentemente no site, facilitando a interação entre o público e produtores, estimulando mais vendas ao longo do ano.

Público aprovou formato

O Parque de Exposições Assis Brasil não teve movimento de pessoas pelas suas ruas, como costuma ser em cada edição da Expointer: as restrições impostas pela pandemia da Covid-19 não permitiram a entrada para as atividades dentro do parque. Ainda assim, um público fiel à feira conseguiu vivenciar, mesmo que remotamente, o clima da Expointer.

A empresária Cíntia Voges, de Novo Hamburgo, diz que não perde nenhuma edição da Expointer desde quando bebê. “Costumamos ir em vários dias, pouquíssimas vezes não consegui ir”, contou. Neste ano, diferentemente, Cíntia arranjou um jeito de poder participar, visitando o drive-thru da agricultura familiar de carro com a família.

Evento, em formato híbrido, encerrou neste domingo

Em uma edição especial que já marcou a história, a Expointer Digital 2020 encerra as atividades contabilizando 187 mil visualizações em seu site oficial, desde o início da feira, dia 26 de setembro, até as 15h deste domingo, 04/10. A plataforma de negócios Expointer Digital Máquinas Agrícolas, organizada pelo Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul (Simers), contabiliza, desde 29 de agosto, mais 70 mil acessos de todo o Brasil e de 38 países.

“É uma certeza que vamos manter este formato híbrido para o próximo ano. As entidades promotoras tiveram um momento de superação para que esta edição acontecesse. Tenho certeza de que esta Expointer inovadora e histórica renderá muitos frutos para a agropecuária gaúcha”, afirmou o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho. E acrescentou que, no próximo ano, com a volta do público ao parque e a consolidação do formato digital, “teremos uma Expointer em dobro”.

O secretário destacou, também, o sucesso do drive-thru da agricultura familiar. “Foi uma ideia nossa e que surpreendeu, deu muito resultado”, avaliou. Conforme a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS), cerca de 2 mil carros passaram pelo drive-thru durante os nove dias da feira.

De Esteio para o mundo

O site da Expointer se tornou a plataforma de transmissão dos eventos realizados na feira, saindo dos limites de Esteio. Os quatro canais exibiram mais de 300 horas de conteúdo audiovisual, com transmissão ao vivo de 47 eventos, entre julgamentos, provas, seminários e lançamentos.

As provas e julgamentos tiveram 35 transmissões, que cobriram todas as etapas. Na agenda cultural, uma tradição da Expointer, foram 60 apresentações de artistas gaúchos.

O conteúdo de toda a transmissão ficará disponível em www.expointer.rs.gov.br para que o público possa rever quando quiser. Além disso, o secretário Covatti Filho iniciará tratativas para que os contatos das agroindústrias familiares fiquem permanentemente no site, facilitando a interação entre o público e produtores, estimulando mais vendas ao longo do ano.

Público aprovou formato

O Parque de Exposições Assis Brasil não teve movimento de pessoas pelas suas ruas, como costuma ser em cada edição da Expointer: as restrições impostas pela pandemia da Covid-19 não permitiram a entrada para as atividades dentro do parque. Ainda assim, um público fiel à feira conseguiu vivenciar, mesmo que remotamente, o clima da Expointer.

A empresária Cíntia Voges, de Novo Hamburgo, diz que não perde nenhuma edição da Expointer desde quando bebê. “Costumamos ir em vários dias, pouquíssimas vezes não consegui ir”, contou. Neste ano, diferentemente, Cíntia arranjou um jeito de poder participar, visitando o drive-thru da agricultura familiar de carro com a família.

Link para notícia no site Tua Rádio

Iniciada a colheita do trigo no Rio Grande do Sul

Geada procovou pedidos de Proagro em cultivares do cedo
A colheita do trigo já iniciou no Rio Grande do Sul, a partir da região de Santa Rosa. Pouco mais de 1% da área cultivada em todo o Estado, está colhida. O restante das lavouras encontra-se em germinação e desenvolvimento vegetativo (2%); floração (20%); maturação (22%) e enchimento de grãos (55%). De acordo com o Informativo Conjuntural, produzido pela Emater, os últimos dias foram ensolarados, de grande amplitude térmica e precipitações com intensidade variável, contribuindo para o desenvolvimento da cultura. Os grãos das primeiras lavouras colhidas de trigo apresentaram pH abaixo de 78, considerado de baixa qualidade.

As fortes geadas de agosto promoveram danos que reduziram a estimativa de produtividade. A dimensão do dano real está sendo avaliada com maior precisão durante as vistorias de Proagro, que já chegam a mais de 700 solicitações. As áreas afetadas correspondem às lavouras com variedades mais precoces e às implantadas na abertura do período de zoneamento agrícola de risco climático. A produção, segundo a Emater, ainda está indefinida. Nas áreas que estavam em desenvolvimento vegetativo no momento das geadas, a recuperação evidencia um bom aspecto.

Geada procovou pedidos de Proagro em cultivares do cedo

A colheita do trigo já iniciou no Rio Grande do Sul, a partir da região de Santa Rosa. Pouco mais de 1% da área cultivada em todo o Estado, está colhida. O restante das lavouras encontra-se em germinação e desenvolvimento vegetativo (2%); floração (20%); maturação (22%) e enchimento de grãos (55%). De acordo com o Informativo Conjuntural, produzido pela Emater, os últimos dias foram ensolarados, de grande amplitude térmica e precipitações com intensidade variável, contribuindo para o desenvolvimento da cultura. Os grãos das primeiras lavouras colhidas de trigo apresentaram pH abaixo de 78, considerado de baixa qualidade.

As fortes geadas de agosto promoveram danos que reduziram a estimativa de produtividade. A dimensão do dano real está sendo avaliada com maior precisão durante as vistorias de Proagro, que já chegam a mais de 700 solicitações. As áreas afetadas correspondem às lavouras com variedades mais precoces e às implantadas na abertura do período de zoneamento agrícola de risco climático. A produção, segundo a Emater, ainda está indefinida. Nas áreas que estavam em desenvolvimento vegetativo no momento das geadas, a recuperação evidencia um bom aspecto.

Link para notícia no site Tua Rádio

AMF perde para o Passo Fundo Futsal

Próxima partida, pela Liga Gaúcha, será contra o Horizontina
A Associação Marauense de Futsal – AMF recebeu, em casa, o Passo Fundo Futsal na noite desta quinta-feira, 01/10. O clássico aconteceu no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, com os portões fechados. A Tua Rádio Alvorada transmitiu a partida e o vídeo está na página da emissora no Facebook.

Com apenas dois minutos, os donos da casa saíram na frente: Rômulo marcou para a AMF. Digno de clássico regional, o jogo seguiu disputado – e repleto de faltas, foram dez, cinco para cada lado, apenas na primeira etapa. Ainda, a poucos minutos do intervalo Matheus Gaúcho deixou tudo igual. Na segunda etapa, os visitantes reagiram e Gleison virou o placar. Logo depois, a AMF igualou o marcador com Pato. Porém, o Passo Fundo Futsal voltou à frente com Gui Canhoto e, a quatro minutos do fim, fechou o placar em 4 a 2, com Matheus Gaúcho novamente.

Com a derrota, a AMF soma três pontos na competição. A equipe marauense volta a jogar em casa na próxima semana, na quinta-feira, 08/10, quando enfrenta o Horizontina. O jogo acontece a partir das 20h, no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, com portões fechados. A Tua Rádio Alvorada fará a transmissão.

FICHA DO JOGO

AMF 2×4 PFF [Liga Gaúcha 1] (01/10 – Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti – Marau/RS)

AMF: Vagner, Poffo, Rômulo, Esquerda e Pato. No banco: Saymon, Tatim, Lucas, Zé Victor, Jefe, Cris Zaparoli, Jean Junior, Biskui e Emerson. Técnico: Nuno

PFF: Angelo, Farinha, Japa, Haap e Matheus Gaúcho. No banco: Vini, Edu, Bolivar, Beiço, Gabriel, Gui, Thiago, Gleison e Túlio. Técnico: Juninho.

Arbitragem: Fernando Luiz Henz (árbitro principal), Carlos Eduardo Lima da Silva (árbitro auxiliar), Júlia Rios Galbarino (anotador), Fernando Specht (cronometrista) e Carlos Cesar Quaresma da Silva (representante de quadra).

Gols: AMF – Rômulo e Pato. PFF – Matheus Gaúcho (2), Gleison, Gui Canhoto

Colaborou: Assessoria de Comunicação AMF

Próxima partida, pela Liga Gaúcha, será contra o Horizontina

A Associação Marauense de Futsal – AMF recebeu, em casa, o Passo Fundo Futsal na noite desta quinta-feira, 01/10. O clássico aconteceu no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, com os portões fechados. A Tua Rádio Alvorada transmitiu a partida e o vídeo está na página da emissora no Facebook.

Com apenas dois minutos, os donos da casa saíram na frente: Rômulo marcou para a AMF. Digno de clássico regional, o jogo seguiu disputado – e repleto de faltas, foram dez, cinco para cada lado, apenas na primeira etapa. Ainda, a poucos minutos do intervalo Matheus Gaúcho deixou tudo igual. Na segunda etapa, os visitantes reagiram e Gleison virou o placar. Logo depois, a AMF igualou o marcador com Pato. Porém, o Passo Fundo Futsal voltou à frente com Gui Canhoto e, a quatro minutos do fim, fechou o placar em 4 a 2, com Matheus Gaúcho novamente.

Com a derrota, a AMF soma três pontos na competição. A equipe marauense volta a jogar em casa na próxima semana, na quinta-feira, 08/10, quando enfrenta o Horizontina. O jogo acontece a partir das 20h, no Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti, com portões fechados. A Tua Rádio Alvorada fará a transmissão.

FICHA DO JOGO

AMF 2×4 PFF [Liga Gaúcha 1] (01/10 – Ginásio Municipal Jatyr Francisco Foresti – Marau/RS)

AMF: Vagner, Poffo, Rômulo, Esquerda e Pato. No banco: Saymon, Tatim, Lucas, Zé Victor, Jefe, Cris Zaparoli, Jean Junior, Biskui e Emerson. Técnico: Nuno

PFF: Angelo, Farinha, Japa, Haap e Matheus Gaúcho. No banco: Vini, Edu, Bolivar, Beiço, Gabriel, Gui, Thiago, Gleison e Túlio. Técnico: Juninho.

Arbitragem: Fernando Luiz Henz (árbitro principal), Carlos Eduardo Lima da Silva (árbitro auxiliar), Júlia Rios Galbarino (anotador), Fernando Specht (cronometrista) e Carlos Cesar Quaresma da Silva (representante de quadra).

Gols: AMF – Rômulo e Pato. PFF – Matheus Gaúcho (2), Gleison, Gui Canhoto

Colaborou: Assessoria de Comunicação AMF

Link para notícia no site Tua Rádio

CTG Alexandre Pato recebe autorização para realizar competição de laço em Lagoa Vermelha

Após publicação do governo do Estado, definindo o regramento para a retomada das provas campeiras, o CTG Alexandre Pato conseguiu autorização para realizar a primeira competição desde o início da pandemia, em Lagoa Vermelha.

De acordo com o patrão da entidade, Alessandro Muliterno, com a aprovação do plano de contingência por parte do COE municipal, o CTG prepara a organização do Duelo de Laço, que será realizado nos dias 21 e 22 de novembro, no parque de rodeios.

Cerca de 200 laçadores são esperados, para isso, um regramento rígido será imposto. Haverá obrigatoriendade do uso de máscaras durante todo o período em que os atletas estiverem dentro do parque (inclusive durante as provas de laço). Também será disponibilizado álcool em gel; as inscrições e pagamentos devem ser antecipados, por meios remotos; não haverá comércio ambulante, ou venda de bebidas alcoólicas.

Os acampamentos terão distanciamento mínimo; os cavalos não poderão ser compartilhados pelos tradicionalistas e somente os laçadores poderão entrar no parque. De acordo com o patrão, as inscrições já estão abertas. Saiba mais na entrevista.

Após publicação do governo do Estado, definindo o regramento para a retomada das provas campeiras, o CTG Alexandre Pato conseguiu autorização para realizar a primeira competição desde o início da pandemia, em Lagoa Vermelha.

De acordo com o patrão da entidade, Alessandro Muliterno, com a aprovação do plano de contingência por parte do COE municipal, o CTG prepara a organização do Duelo de Laço, que será realizado nos dias 21 e 22 de novembro, no parque de rodeios.

Cerca de 200 laçadores são esperados, para isso, um regramento rígido será imposto. Haverá obrigatoriendade do uso de máscaras durante todo o período em que os atletas estiverem dentro do parque (inclusive durante as provas de laço). Também será disponibilizado álcool em gel; as inscrições e pagamentos devem ser antecipados, por meios remotos; não haverá comércio ambulante, ou venda de bebidas alcoólicas.

Os acampamentos terão distanciamento mínimo; os cavalos não poderão ser compartilhados pelos tradicionalistas e somente os laçadores poderão entrar no parque. De acordo com o patrão, as inscrições já estão abertas. Saiba mais na entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

Rodeio de Vacaria será incluído calendário oficial de eventos do RS

“O Rodeio Crioulo Internacional projeta Vacaria e o Rio Grande do Sul para o mundo”. A afirmação é do deputado Paparico Bacchi (PL), autor do Projeto de Lei nº 479/2019, que inclui uma das maiores festas campeiras da América Latina no Calendário Oficial de Eventos. A proposta do líder da bancada do Partido Liberal foi aprovada com 50 votos favoráveis pelo parlamento gaúcho em sessão deliberativa na tarde desta quarta-feira (30).

Maior festa tradicionalista da América Latina

Historiador, vice-presidente da Comissão Especial da Cadeia Produtiva da Música e da Cultura Gaúcha, Paparico Bacchi destaca que a relevância do rodeio é incontestável. De acordo com o parlamentar, diversos elementos tornam o Rodeio de Vacaria um dos maiores espetáculos da Terra, fortalece a economia e valoriza a cultura regional.

“Esta é, sem dúvida, a maior festa tradicionalista da América Latina e que conta com a presença de milhares de turistas, tradicionalista ou não, a cada dois anos. Este evento é considerado como a ‘Copa do Mundo dos Rodeios’ e a 34ª edição merece estar no calendário oficial de eventos do nosso Estado”, reitera o autor da proposição.

O Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria foi criado no ano de 1958 em comemoração ao terceiro aniversário do CTG Porteira do Rio Grande. Mais de 300 mil pessoas são aguardadas na 34ª edição, marcada para ocorrer entre os dias 29 de fevereiro e 6 de março de 2022. Toda a programação é realizada no Parque de Exposições Nicanor Kramer da Luz, conhecido como o “Parque da Ferradura”, local por onde desfilam nomes expressivos da cultura regional e os chamados “grandes campeões de Vacaria”.

Valorização e reconhecimento

O patrão Elvio Guagnini Rossi, afirma que “a aprovação do projeto de lei orgulha toda a patronagem no ano em que o CTG Porteira do Rio Grande completa 65 anos de fundação”. O líder tradicionalista reitera que ao colocar o Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria no Calendário Oficial e Eventos do RS o parlamento gaúcho reconhece a importância de todos os centros de tradição que trabalham pela tradição, cultura e costumes do Rio Grande do Sul.

“O Rodeio Crioulo Internacional projeta Vacaria e o Rio Grande do Sul para o mundo”. A afirmação é do deputado Paparico Bacchi (PL), autor do Projeto de Lei nº 479/2019, que inclui uma das maiores festas campeiras da América Latina no Calendário Oficial de Eventos. A proposta do líder da bancada do Partido Liberal foi aprovada com 50 votos favoráveis pelo parlamento gaúcho em sessão deliberativa na tarde desta quarta-feira (30).

Maior festa tradicionalista da América Latina

Historiador, vice-presidente da Comissão Especial da Cadeia Produtiva da Música e da Cultura Gaúcha, Paparico Bacchi destaca que a relevância do rodeio é incontestável. De acordo com o parlamentar, diversos elementos tornam o Rodeio de Vacaria um dos maiores espetáculos da Terra, fortalece a economia e valoriza a cultura regional.

“Esta é, sem dúvida, a maior festa tradicionalista da América Latina e que conta com a presença de milhares de turistas, tradicionalista ou não, a cada dois anos. Este evento é considerado como a ‘Copa do Mundo dos Rodeios’ e a 34ª edição merece estar no calendário oficial de eventos do nosso Estado”, reitera o autor da proposição.

O Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria foi criado no ano de 1958 em comemoração ao terceiro aniversário do CTG Porteira do Rio Grande. Mais de 300 mil pessoas são aguardadas na 34ª edição, marcada para ocorrer entre os dias 29 de fevereiro e 6 de março de 2022. Toda a programação é realizada no Parque de Exposições Nicanor Kramer da Luz, conhecido como o “Parque da Ferradura”, local por onde desfilam nomes expressivos da cultura regional e os chamados “grandes campeões de Vacaria”.

Valorização e reconhecimento

O patrão Elvio Guagnini Rossi, afirma que “a aprovação do projeto de lei orgulha toda a patronagem no ano em que o CTG Porteira do Rio Grande completa 65 anos de fundação”. O líder tradicionalista reitera que ao colocar o Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria no Calendário Oficial e Eventos do RS o parlamento gaúcho reconhece a importância de todos os centros de tradição que trabalham pela tradição, cultura e costumes do Rio Grande do Sul.

Link para notícia no site Tua Rádio

Futuro da Smel é o principal desafio para o próximo prefeito de Caxias do Sul no esporte

Avaliação é da presidente do Conselho Municipal do Desporto, Carla Pretto
Nesta semana, o Encontro Certo aborda assuntos que serão os desafios para o futuro prefeito de Caxias do Sul. Nesta quarta-feira (30), o esporte do município foi discutido com a presidente do Conselho Municipal do Desporto (CMD), Carla Pretto.

Para ela, o principal desafio será o futuro da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel). Carla possui a dúvida se o novo gestor manterá a Smel como secretaria ou a tornará novamente um departamento, como era até 2003, quando estava vinculada a Secretaria Municipal da Educação (Smed).

Sobre o Fiesporte, a presidente acredita que o prefeito terá que readequar a questão das candidaturas dos projetos selecionados a participar do fundo. Segundo ela, é necessário mudar o modo de avaliação dos documentos.

Carla ainda falou sobre a forma de utilização de espaços públicos de lazer na cidade e a facilitação do acesso de equipes de alto rendimento a projetos esportivos.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Avaliação é da presidente do Conselho Municipal do Desporto, Carla Pretto

Nesta semana, o Encontro Certo aborda assuntos que serão os desafios para o futuro prefeito de Caxias do Sul. Nesta quarta-feira (30), o esporte do município foi discutido com a presidente do Conselho Municipal do Desporto (CMD), Carla Pretto.

Para ela, o principal desafio será o futuro da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel). Carla possui a dúvida se o novo gestor manterá a Smel como secretaria ou a tornará novamente um departamento, como era até 2003, quando estava vinculada a Secretaria Municipal da Educação (Smed).

Sobre o Fiesporte, a presidente acredita que o prefeito terá que readequar a questão das candidaturas dos projetos selecionados a participar do fundo. Segundo ela, é necessário mudar o modo de avaliação dos documentos.

Carla ainda falou sobre a forma de utilização de espaços públicos de lazer na cidade e a facilitação do acesso de equipes de alto rendimento a projetos esportivos.

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio

Soja, em patamares históricos, anima produtores para a nova safra

Nesta semana, o preço da saca de soja na região chegou a R$ 138,00
Nesta semana, o preço da saca de soja na região chegou a R$ 138,00. O valor da commodity forma-se a partir do indexador do buschel na Bolsa de Chicago, considerando as variáveis locais, atualmente, num cenário de aumento no valor do dólar perante o real e do prêmio, que é a lei da oferta e procura, indicando intenções de compra. Segundo o presidente da Acergs – Associação das Empresas Cerealistas do Rio Grande do Sul, Roges Pagnussat, o valor da soja está em patamares históricos e preço de porto, ultrapassa os R$ 145,00. Mesmo com o dólar tendo caído um pouco nos últimos dias, explica ele, a soja não baixou. Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria.

O reflexo desta alta, para a economia brasileira, é animador. Conforme o presidente, a balança comercial do agronegócio vem se mantendo positiva também pelo grau de exportação de soja. Neste sentido, ele entende que o primordial é dar condição para que o produtor produza mais com menores custos, para que se exporte o excedente. Ao contrário, uma produção mais voltada à exportação, acaba por elevar preços no mercado interno, inclusive nas gôndolas dos supermercados, a exemplo do que está sendo percebido com o arroz. No Porto de Rio Grande, 75% das movimentações estão relacionadas às exportações de soja. A entrevista, na íntegra, está disponível no ambiente de podcast.

Como tendência para a próxima safra, que já está em vias de implantação, Roges estima uma elevação na área plantada com a oleaginosa e também novos investimentos em tecnologia, considerando que cerca de 35% da safra 2020/2021 já esteja comercializada nas vendas futuras. “O produtor está confiante pois precisa se recuperar das perdas da safra passada. Neste período do ano passado, as vendas futuras chegavam a 38% para uma estimativa de safra de mais de 20 milhões de toneladas porém, foram colhidos apenas 13,5 milhões de toneladas”, explica o profissional, recordado da estiagem que atingiu o Rio Grande do Sul. Considerando isso, Roges finaliza defenendo que as lavouras de soja deverão receber o maior pacote tecnológico já aplicado por produtores, nos últimos tempos.

Nesta semana, o preço da saca de soja na região chegou a R$ 138,00

Nesta semana, o preço da saca de soja na região chegou a R$ 138,00. O valor da commodity forma-se a partir do indexador do buschel na Bolsa de Chicago, considerando as variáveis locais, atualmente, num cenário de aumento no valor do dólar perante o real e do prêmio, que é a lei da oferta e procura, indicando intenções de compra. Segundo o presidente da Acergs – Associação das Empresas Cerealistas do Rio Grande do Sul, Roges Pagnussat, o valor da soja está em patamares históricos e preço de porto, ultrapassa os R$ 145,00. Mesmo com o dólar tendo caído um pouco nos últimos dias, explica ele, a soja não baixou. Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria.

O reflexo desta alta, para a economia brasileira, é animador. Conforme o presidente, a balança comercial do agronegócio vem se mantendo positiva também pelo grau de exportação de soja. Neste sentido, ele entende que o primordial é dar condição para que o produtor produza mais com menores custos, para que se exporte o excedente. Ao contrário, uma produção mais voltada à exportação, acaba por elevar preços no mercado interno, inclusive nas gôndolas dos supermercados, a exemplo do que está sendo percebido com o arroz. No Porto de Rio Grande, 75% das movimentações estão relacionadas às exportações de soja. A entrevista, na íntegra, está disponível no ambiente de podcast.

Como tendência para a próxima safra, que já está em vias de implantação, Roges estima uma elevação na área plantada com a oleaginosa e também novos investimentos em tecnologia, considerando que cerca de 35% da safra 2020/2021 já esteja comercializada nas vendas futuras. “O produtor está confiante pois precisa se recuperar das perdas da safra passada. Neste período do ano passado, as vendas futuras chegavam a 38% para uma estimativa de safra de mais de 20 milhões de toneladas porém, foram colhidos apenas 13,5 milhões de toneladas”, explica o profissional, recordado da estiagem que atingiu o Rio Grande do Sul. Considerando isso, Roges finaliza defenendo que as lavouras de soja deverão receber o maior pacote tecnológico já aplicado por produtores, nos últimos tempos.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prazo para Declaração Anual de Rebanho encerra em outubro

proprietários que não realizarem o processo podem receber multa
Outubro é o último mês para a realização da Declaração Anual Obrigatória de Rebanho, o prazo que foi prorrogado em 2020, devido a pandemia da Covid – 19, encerra no dia 31 de outubro. Como explica, Maurício Flores, médico veterinário responsável pela Inspetoria Veterinária e Zootécnica de Marau, cerca de 380 produtores dos municípios de Marau, Vila Maria, Nova Alvorada e Camargo ainda não realizaram o processo.

De acordo com Maurício, a declaração é obrigatória para todos os produtores que tiverem animais de espécie de produção em suas propriedades (bovinos, equinos, caprinos, aves, peixes e abelhas). Como um processo de caráter obrigatório, a não declaração destes animais pode gerar multa de 60 UPFs (Unidade Padrão Fiscal), somada a 3 UPFs por animal não declarado.

proprietários que não realizarem o processo podem receber multa

Outubro é o último mês para a realização da Declaração Anual Obrigatória de Rebanho, o prazo que foi prorrogado em 2020, devido a pandemia da Covid – 19, encerra no dia 31 de outubro. Como explica, Maurício Flores, médico veterinário responsável pela Inspetoria Veterinária e Zootécnica de Marau, cerca de 380 produtores dos municípios de Marau, Vila Maria, Nova Alvorada e Camargo ainda não realizaram o processo.

De acordo com Maurício, a declaração é obrigatória para todos os produtores que tiverem animais de espécie de produção em suas propriedades (bovinos, equinos, caprinos, aves, peixes e abelhas). Como um processo de caráter obrigatório, a não declaração destes animais pode gerar multa de 60 UPFs (Unidade Padrão Fiscal), somada a 3 UPFs por animal não declarado.

Link para notícia no site Tua Rádio

Caxias do Sul recebe recurso de R$ 3,1 milhões referente à Lei Aldir Blanc

Secretaria da Cultura publicou nesta quarta-feira (23) decreto regulamentando a aplicação do valor no setor cultural
O município de Caxias do Sul já recebeu o repasse do Governo Federal de R$ 3.118.585,49, referente à Lei Aldir Blanc. Nesta a semana, a prefeitura publicou o decreto que regulamenta a aplicação dos recursos no município. O montante será utilizado em subsídios destinados a espaços culturais e em dois editais para profissionais do setor.

Para a distribuição da verba a Secretaria Municipal da Cultura realizou um Plano de Ação que foi aprovado Pelo Ministério do Turismo. O plano prevê que R$ 2.040.000,00 serão para o subsídio de espaços culturais e artísticos sediados no Município. Para seleção desses espaços será elaborado edital de chamada pública e estão previstas três faixas de auxílio, uma faixa de R$ 3 mil, uma de R$ 5 mil e uma de R$ 10 mil, pelo período de três meses.

Já R$ 1.078.585,49 serão destinados para a elaboração de dois editais, um para premiação de trabalhos culturais e artísticos de profissionais da cidade e um para seleção de propostas inéditas. Ambos os editais atenderão oito segmentos culturais, com faixas de valores iguais para todos.

Conforme o plano de ação, serão beneficiados 128 espaços culturais de Caxias do Sul e, aproximadamente, 400 profissionais do ramo artístico e cultural.

Secretaria da Cultura publicou nesta quarta-feira (23) decreto regulamentando a aplicação do valor no setor cultural

O município de Caxias do Sul já recebeu o repasse do Governo Federal de R$ 3.118.585,49, referente à Lei Aldir Blanc. Nesta a semana, a prefeitura publicou o decreto que regulamenta a aplicação dos recursos no município. O montante será utilizado em subsídios destinados a espaços culturais e em dois editais para profissionais do setor.

Para a distribuição da verba a Secretaria Municipal da Cultura realizou um Plano de Ação que foi aprovado Pelo Ministério do Turismo. O plano prevê que R$ 2.040.000,00 serão para o subsídio de espaços culturais e artísticos sediados no Município. Para seleção desses espaços será elaborado edital de chamada pública e estão previstas três faixas de auxílio, uma faixa de R$ 3 mil, uma de R$ 5 mil e uma de R$ 10 mil, pelo período de três meses.

Já R$ 1.078.585,49 serão destinados para a elaboração de dois editais, um para premiação de trabalhos culturais e artísticos de profissionais da cidade e um para seleção de propostas inéditas. Ambos os editais atenderão oito segmentos culturais, com faixas de valores iguais para todos.

Conforme o plano de ação, serão beneficiados 128 espaços culturais de Caxias do Sul e, aproximadamente, 400 profissionais do ramo artístico e cultural.

Link para notícia no site Tua Rádio

Trio elétrico “Tchê Cultura” leva música gaúcha a diversos bairros de Caxias do Sul neste final de semana

Shows itinerantes ocorrem neste sábado (19) e domingo (20), das 16h às 18h
Para levar um pouco dos Festejos Farroupilhas para mais perto da população caxiense, de forma segura e sem aglomerações, a Secretaria Municipal da Cultura e a 25ª Região Tradicionalista promovem um show itinerante neste final de semana.

Neste sábado (19) e domingo (20), artistas vão circular por diversos bairros da cidade no trio elétrico “Tchê Cultura”. A proposta é levar música tradicionalista até os moradores para que todos possam participar de alguma forma das celebrações da Semana Farroupilha, que também ocorrem de forma online pelas redes da Secretaria da Cultura e da 25ª Região Tradicionalista.

No sábado (19/09), o show itinerante será com Cristiano Gomes e Evânio Figueiró, das 16h às 18h. Os bairros que poderão aproveitar a apresentação nesse dia são:

– Centro

– São Pelegrino

– Rio Branco

– Nossa Senhora das Graças

– São Caetano

– Galópolis

– Santa Corona

– Marechal Floriano

– Reolon

– Cidade Nova

– Desvio Rizzo.

E no domingo (20/09), das 16h às 18h, Anderson Magrinelli e Gustavo Padilha animam os bairros:

– Centro

– São Leopoldo

– Planalto

– Bela Vista

– Cruzeiro

– Fátima

– Sagrada Familia

– Mariland

– São Ciro

– Serrano

– El Dorado

– Ana Rech

– Vila Seca.

Confira o restante da programação da Semana Farroupilha:

19 DE SETEMBRO – SÁBADO

Bóia de Patrão – Festival de Culinária Gaúcha.

Horário: 11h às 20h

Local: redes sociais das entidades e compartilhamento pela @25regiaotradicionalista

II Festival Gildo de Freitas – Festival de Trovadores

Horário: 11h às 20h

Local: redes sociais das entidades e compartilhamento pela @25regiaotradicionalista

Evento virtual “Quiz Farroupilha”

Horário: 14h

Local: stories Instagram da SMC (@culturacaxiasdosul)

Show itinerante “Tchê Cultura” com Cristiano Gomes (gaiteiro) e Evânio Figueiró (voz e violão)

Horário: das 16h às 18h

Bairros: Centro, São Pelegrino, Rio Branco, Nossa Senhora das Graças, São Caetano, Galópolis, Santa Corona, Marechal Floriano, Reolon, Cidade Nova e Desvio Rizzo.

Live com Luiza Cavalheiro

Horário: 20h30min

Local: transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão

20 DE SETEMBRO – DOMINGO

Show itinerante “Tchê Cultura” com Anderson Magrinelli (gaiteiro) e Gustavo Padilha (voz e violão)

Horário: das 16h às 18h

Bairros: Centro, São Leopoldo, Planalto, Bela Vista, Cruzeiro, Fátima, Sagrada Familia, Mariland, São Ciro, Serrano, El Dorado, Ana Rech e Vila Seca.

Entrega das premiações dos festivais

Horário: 17h

Local: transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão e no @25regiaotradicionalista

Encerramento da Semana Farroupilha e extinção da Chama Crioula

Horário: 18h

Local: Casa do Gaúcho – com transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão e no @25regiaotradicionalista

Live-show com Herança Fandangueira

Horário: 20h

Local: transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão e no @25regiaotradicionalista

Momento Tradicionalista, com curiosidades e fatos históricos sobre a Semana Farroupilha e a cultura gaúcha a partir de 14 de setembro, sempre às 14h, por meio das redes da SMC @culturacaxiasdosul.

Shows itinerantes ocorrem neste sábado (19) e domingo (20), das 16h às 18h

Para levar um pouco dos Festejos Farroupilhas para mais perto da população caxiense, de forma segura e sem aglomerações, a Secretaria Municipal da Cultura e a 25ª Região Tradicionalista promovem um show itinerante neste final de semana.

Neste sábado (19) e domingo (20), artistas vão circular por diversos bairros da cidade no trio elétrico “Tchê Cultura”. A proposta é levar música tradicionalista até os moradores para que todos possam participar de alguma forma das celebrações da Semana Farroupilha, que também ocorrem de forma online pelas redes da Secretaria da Cultura e da 25ª Região Tradicionalista.

No sábado (19/09), o show itinerante será com Cristiano Gomes e Evânio Figueiró, das 16h às 18h. Os bairros que poderão aproveitar a apresentação nesse dia são:

Centro

– São Pelegrino

– Rio Branco

– Nossa Senhora das Graças

– São Caetano

– Galópolis

– Santa Corona

– Marechal Floriano

– Reolon

– Cidade Nova

– Desvio Rizzo.

E no domingo (20/09), das 16h às 18h, Anderson Magrinelli e Gustavo Padilha animam os bairros:

– Centro

– São Leopoldo

– Planalto

– Bela Vista

– Cruzeiro

– Fátima

– Sagrada Familia

– Mariland

– São Ciro

– Serrano

– El Dorado

– Ana Rech

– Vila Seca.

Confira o restante da programação da Semana Farroupilha:

19 DE SETEMBRO – SÁBADO

Bóia de Patrão – Festival de Culinária Gaúcha.

Horário: 11h às 20h

Local: redes sociais das entidades e compartilhamento pela @25regiaotradicionalista

II Festival Gildo de Freitas – Festival de Trovadores

Horário: 11h às 20h

Local: redes sociais das entidades e compartilhamento pela @25regiaotradicionalista

Evento virtual “Quiz Farroupilha”

Horário: 14h

Local: stories Instagram da SMC (@culturacaxiasdosul)

Show itinerante “Tchê Cultura” com Cristiano Gomes (gaiteiro) e Evânio Figueiró (voz e violão)

Horário: das 16h às 18h

Bairros: Centro, São Pelegrino, Rio Branco, Nossa Senhora das Graças, São Caetano, Galópolis, Santa Corona, Marechal Floriano, Reolon, Cidade Nova e Desvio Rizzo.

Live com Luiza Cavalheiro

Horário: 20h30min

Local: transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão

20 DE SETEMBRO – DOMINGO

Show itinerante “Tchê Cultura” com Anderson Magrinelli (gaiteiro) e Gustavo Padilha (voz e violão)

Horário: das 16h às 18h

Bairros: Centro, São Leopoldo, Planalto, Bela Vista, Cruzeiro, Fátima, Sagrada Familia, Mariland, São Ciro, Serrano, El Dorado, Ana Rech e Vila Seca.

Entrega das premiações dos festivais

Horário: 17h

Local: transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão e no @25regiaotradicionalista

Encerramento da Semana Farroupilha e extinção da Chama Crioula

Horário: 18h

Local: Casa do Gaúcho – com transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão e no @25regiaotradicionalista

Live-show com Herança Fandangueira

Horário: 20h

Local: transmissão por meio das redes sociais da Rádio Chimarrão e no @25regiaotradicionalista

Momento Tradicionalista, com curiosidades e fatos históricos sobre a Semana Farroupilha e a cultura gaúcha a partir de 14 de setembro, sempre às 14h, por meio das redes da SMC @culturacaxiasdosul.

Link para notícia no site Tua Rádio