Grupo de voluntários promove feirão para ajudar nas despesas do INAV, em Caxias

Feirão de brinquedos e de roupas de verão inicia no dia 1º de outubro

Um grupo de voluntários vai promover uma ação em prol do Instituto de Audiovisão (INAV) durante o próximo mês, em Caxias do Sul. É o feirão de brinquedos e de roupas de verão, que ocorre de 1º a 23 de outubro, na rua Pinheiro Machado, 1540. As vendas serão realizadas das 9h até às 17h.

Para a Tua Rádio São Francisco, a voluntária Bernadete Adami conta que a arrecadação será voltada para custear algumas despesas do INAV e ajudá-lo a ser mantido. Ela relata que é necessária a ajuda, pois a instituição não auxilia somente os usuários, mas também suas famílias. O instituto presta um atendimento para que o familiar compreenda a situação da pessoa cega, surdocega ou de baixa visão e consiga lidar com a nova realidade.

Para mais informações, entre em contato com o INAV pelo telefone (54) 3226.6262, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Clique AQUI e confira a entrevista completa

Link para notícia no site Tua Rádio

Mão Amiga recebe cestas básicas da live da cantora Marília Mendonça

Nesta semana, o Projeto Mão Amiga recebeu 101 cestas básicas oriundas das doações de quem acompanhou a live da cantora sertaneja Marília Mendonça. Os alimentos recebidos serão destinados para as famílias auxiliadas pelo projeto.

A presidente do projeto Mão Amiga, Ana Policastro destacou o trabalho feito pela a associação, que ajuda famílias em situação de vulnerabilidade social. O projeto entrega cerca mil cestas básicas por mês. O Mão amiga foi uma das três instituições beneficiadas no estado pela live da artista. (Ouça a notícia)   

A entrega foi feita pela equipe do Sesc, que é responsável pelo programa Mesa Brasil. O Mão Amiga tem sua sede na Rua General Mallet, 33, no bairro Rio Branco, em Caxias do Sul (RS).

Link para notícia no site Tua Rádio

Mão Amiga realiza Feijoada para arrecadação de fundos para manutenção de ações do Projeto

O evento segue a estratégia drive thru adotada nas demais ações

Como forma de seguir arrecadando fundos para o pagamento de mensalidades de escolas de educação infantil parceiras, o Projeto Mão Amiga organiza uma Feijoada. O evento ocorre no dia 18 de outubro, no Salão da Comunidade São Francisco no bairro Kayser, em Caxias. No local serão entregues os pratos prontos, em formato drive thru, conforme vem ocorrendo com outras ações do Projeto. A retirada dos pedidos se dará entre 11h30 e 13h30 mediante apresentação do ingresso adquirido antecipadamente nos tradicionais pontos de venda parceiros pelo valor de R$ 50,00. Além da feijoada, o cardápio elaborado pelo chef Leonardo Nickel da Du’CHEF Gastronomia e Sabor traz arroz branco, couve, farofa, aipim frito, laranja, suco de uva e sobremesa. 

Conforme a presidente do Projeto, Ana Policastro, desde o início das restrições sanitárias, as escolas não puderam abrir e algumas estão passando por muitas dificuldades. “Nosso Projeto não deixou de pagar mensalmente um percentual do valor que pagava antes da pandemia. E as famílias beneficiadas pelo projeto também estão recebendo ajuda por meio de cestas básicas, kits de higiene e limpeza, leite, roupas, calçados e outras doações. É muito gratificante poder auxiliar as pessoas que necessitam e sabemos que para algumas famílias, esta ajuda é questão de sobrevivência”, observa ela. 

Para este evento, além dos patrocinadores, apoiadores e voluntários que prestam apoio, haverá também a parceria do Grupo “G50 do bem”. Formado por seleto grupo de homens que se destacam na nossa comunidade. São líderes, empresários e formadores de opinião, que se reúnem, sem fins lucrativos ou políticos, para troca de ideias e, agora, com essa parceria, com o envolvimento em ação solidária em prol dos mais necessitados.

Os ingressos já estão à venda com voluntários do Projeto, bem como na sede do Mão Amiga, Tudo em Grãos, Copihel, e Padaria Pão Quente. 

Mais informações sobre a Feijoada Mão Amiga ou outras formas de contribuir para o trabalho do Projeto Mão Amiga podem ser obtidas pelo telefone (54) 3223-5420 ou 99142-8223.

Sobre o Mão Amiga

O Projeto encaminha e auxilia famílias no pagamento de vagas de turno integral em escolas particulares de educação infantil. Aproximadamente 400 crianças em situação de vulnerabilidade social, de zero a quatro anos, que não conseguem vagas no ensino público, são atendidas pelo Mão Amiga. O Projeto paga 40 ou 50% das mensalidades e o restante do percentual é paga pelos pais que devem estar no mercado de trabalho. 

Serviço: 

O que: Feijoada Mão Amiga;

Quando: 18 de outubro, das 11h30 às 13h30;

Onde: no Salão da comunidade São Francisco no Kayser (Av. Perimetral Bruno Segalla, bairro Kayser, Caxias do Sul);

Ingressos: R$50,00 que podem ser adquiridos junto a sede do Projeto (Rua General Mallet, 33, bairro Rio Branco) ou em pontos de vendas parceiros da ação: Tudo em Grãos, da Rua Os 18 do Forte, Copihel, na Av. Júlio de Castilhos, 693 e na Padaria Pão Quente, da Rua Feijó Junior.

Informações por meio do telefone (54) 3223-5420 e 99142-8223; site http://www.maoamigacaxias.org.br/ e no Facebook pelo @projetomaoamiga/ Instagram. 

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha “Ajude a realizar os sonhos de uma criança” segue até o dia 30 de setembro em Caxias e Flores da Cunha

A ação solidária conta com a adesão de mais de 50 pontos comerciais de Caxias e é em prol do projeto Mão Amiga

A campanha “Ajude a realizar os sonhos de uma criança” da Loja do Bem, lançada pelo Sindilojas Caxias, teve a adesão de mais de 50 estabelecimentos comerciais de Caxias do Sul e Flores da Cunha, que estão atuando como postos para recebimento de doações.  

Criada para envolver comerciantes, comerciários e a comunidade na doação de brinquedos, livros infantis e guloseimas para celebrar o Dia das Crianças, a Loja do Bem está sendo realizada em prol do Projeto Mão Amiga em uma ação conjunta dos departamentos Jovem e de Comunicação.

A doação pode ser feita no comércio da cidade em estabelecimentos identificados como Loja do Bem. Para facilitar o acesso às lojas credenciadas, é possível acessar a listagem no site da entidade

A campanha vai até 30 de setembro e nos dias 1º e 02 de outubro ocorre o recolhimento das doações nos postos de doação. A entrega vai ser feita ao frei Jaime Bettega, responsável pelo projeto Mão Amiga. 

Link para notícia no site Tua Rádio

Histórias na Pele: trio de designers caxienses cria campanha nacional de prevenção ao suicídio

Objetivo é mobilizar tatuadores voluntários para fazerem a cobertura de cicatrizes de pessoas que passaram pela automutilação

O mês de setembro, entre tantas datas, é marcado, sobretudo, pela luta contra o suicídio. A campanha Setembro Amarelo, criada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), organiza desde 2014, busca salientar a necessidade de que toda a sociedade se engaje na prevenção do suicídio que faz mais de um milhão de vítimas por ano em todo o mundo.

Como forma de se engajar na causa e de buscar uma transformação na vida das pessoas que carregam as marcas da automutilação ou da tentativa de suicídio, a equipe da Fabulouser Design criou o projeto “Histórias na Pele”. A campanha consiste em mobilizar tatuadores voluntários no Brasil inteiro para que possam fazer a cobertura das cicatrizes em pessoas que passaram pelos momentos difíceis da tentativa de suicídio e automutilação. O trabalho ocorre de forma gratuita ou a preço de custo.

As idealizadoras do “Histórias na Pele”, Caroline Moreira Nora, Luana Bolfe Venson e Débora Scopel, já conseguiram mobilizar mais de 70 profissionais em nove estados brasileiros. “Nós da Fabulouser começamos a perceber muitas pessoas ao nosso redor que tinham esse problema de automutilação. Em especial, em Caxias do Sul se fala muito pouco sobre depressão, automutilação. A sociedade tem deixado isso como um tabu e o objetivo da campanha é trazer esse assunto à tona pra que a gente possa realmente conversar a respeito e resolver. A gente viu na oportunidade de convocar tatuadores e de criar o layout da campanha e oferecer de forma gratuita pra eles uma forma de atingir mais pessoas. Acabou se espalhando pelo Brasil inteiro essa campanha”, explicou Caroline, uma das idealizadoras do projeto.

Ouça a entrevista completa AQUI. 

A expectativa é que o “Histórias na Pele” auxilie milhares de pessoas em todo o País. Na Serra Gaúcha, já são mais de 20 tatuadores cadastrados como voluntários. Os tatuadores interessados em se voluntariar devem entrar em contato através do telefone (54) 9.9180.3535 ou pelo perfil da Fabulouser Design (@fabulouserdesign) no Instagram.

Já o público interessado em fazer a cobertura da cicatriz deve entrar em contato diretamente com os tatuadores. A lista com nomes e contatos desses profissionais estará à disposição também no perfil do Instagram da agência. Um dos critérios para poder realizar a tatuagem de forma gratuita ou a preço de custo é que a marca não pode ser recente, para evitar fraudes.

Na rede social da Fabulouser, o projeto também será ampliado por meio de uma campanha informativa, alertando para prevenção do suicídio, as inúmeras causas que podem levar a pessoa interromper a vida, tipos de terapia e onde obter ajuda.

Link para notícia no site Tua Rádio

Com atividades suspensas devido à pandemia, associação Rimviver pede ajuda da comunidade caxiense

Devido à pandemia do coronavírus e com integrantes no grupo de risco, associação Rimviver está fechada desde março

Devido à pandemia do coronavírus, muitas entidades assistenciais de Caxias do Sul foram impactadas pela redução de doações da comunidade. Entre elas, está a Associação dos Renais Crônicos de Caxias do Sul (Rimviver). Com cerca de 20 voluntários, a entidade, que atende 25 pessoas com insuficiência renal crônica, viu também a sua captação de recursos ser reduzida, já que não pode mais realizar o tradicional brechó, que ocorria nas terças e quintas-feiras, na sede da associação, cujos recursos financeiros provenientes da venda dos produtos eram investidos na compra de materiais para as oficinas de aprendizagem, bem como em atividades proporcionadas aos usuários. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o presidente da Rimviver, Evandro Pinho Neckel pediu para que a comunidade continue ajudando, contribuindo assim para a continuidade no trabalho desenvolvido pela associação.

Para ajudar, entre em contato com a instituição por meio do WhatsApp (54) 9 8405-8281.

Ouça AQUI a entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

BM reforça campanha de doação de sangue para incentivar reposição de estoques em hemocentros

Como apelo aos gaúchos para colaborarem com a reposição dos bancos de sangue de hospitais no Estado, que sofreram baixa nos estoques neste período de pandemia, a Brigada Militar reforça para toda a corporação a Campanha Sangue Brigadiano. A iniciativa é uma ação permanente que incentiva policiais militares a realizarem doações.

Além da menor circulação de pessoas provocada pelo necessário distanciamento social em prevenção ao coronavírus, o inverno contribui para deixar ainda mais crítica a situação nos hemocentros. Durante a estação, com a queda na temperatura e dias chuvosos, já costuma haver redução nos estoques e crescimento na demanda. O cenário de baixa ficou mais grave com a pandemia.

Conforme a Portaria nº 615/EMBM/2015, que regula a prática na instituição, basta ao militar estadual solicitar autorização ao comandante de pelotão ou chefe de seção em que estiver lotado. Quando destinada a familiares, o ato é autorizado de plano. Nos demais casos, é feita apenas uma análise de conveniência para que a dispensa na data da doação não prejudique o serviço de policiamento – o dia é considerado como de efetivo trabalho.

Para preservar a saúde física dos militares, tendo em vista a natureza das atividades, são permitidas até três doações voluntárias de sangue por ano, exceto nos casos em que se destinar a familiares.

A Campanha Sangue Brigadiano, além dos militares estaduais, procura incentivar outros cidadãos que possam contribuir para recuperar os estoques nos bancos e hospitais do RS. Cada doação pode beneficiar até quatro pessoas.

Até o momento, não existe evidência científica de transmissão dos coronavírus por transfusões sanguíneas. Ainda assim, o Ministério da Saúde emitiu recomendações preventivas relacionadas ao contágio pela Covid-19.

Pessoas que tenham sido infectadas pelo coronavírus estão impedidas de fazer doação de sangue pelo período de 30 dias após a completa recuperação, estando assintomáticos e sem sequelas que contraindiquem a doação.

Confira os pré-requisitos e impedimentos básicos:

Pré-requisitos para doação

• ter de 16 a 69 anos;
• primeira doação antes dos 60 anos;
• pesar 50kg ou mais;
• ser saudável;
• não estar em jejum;
• apresentar documento de identidade com foto;
• menores de 18 anos devem estar acompanhados de responsável legal.

Impedimentos para doação

• gravidez ou amamentação;
• doença de Chagas;
• hepatite após os 11 anos de idade;
• diabetes;
• hipertensão;
• comportamento de risco para aids;
• uso de bebida alcoólica há menos de 12 horas da doação;
• ter doado há menos de 60 dias para homens e 90 dias para mulheres;
• ter feito tatuagem ou piercing há menos de um ano;
• ter piercing na boca ou na língua.

Link para notícia no site Tua Rádio

Conheça a atuação do instituto AEIOU

Neste mês de agosto, entre os dias 21 e 28 é celebrada a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2020, neste ano com o tema: “protagonismo, empodera e concretiza a inclusão social”.

Na manhã desta quarta-feira o programa Conectado falou sobre o trabalho realizado pelo instituto AEIOU, que atua no atendimento de crianças autistas, com dificuldades de aprendizagem e portadores de síndrome de down.

O instituto surgiu há dois anos em Lagoa Vermelha e depois passou a abranger diversos municípios da região.

A presidente do instituto, Renata Ghizzo Neri, em entrevista à Tua Rádio falou como é a atuação e o trabalho realizado junto às crianças com necessidades especiais.

Crianças com alguma necessidade e que não tenham nenhum suporte, podem fazer parte do instituto.

Para isso é necessário que a família apresente o diagnostico da criança e de preferência um laudo médico, a fim de facilitar a condução da criança conforme sua necessidade. Ouça a entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

Hospital Geral necessita de doações de fraldas e produtos de higiene

Segundo instituição, estoque deve durar apenas até esta sexta-feira (28). O HG também recebe brinquedos e materiais escolares utilizados na recreação terapêutica de pacientes.

O Hospital Geral (HG) de Caxias do Sul está com os estoques de fraldas e produtos de higiene com os dias contados. Devido à queda drástica de doações e a demanda elevada, a instituição tem fraldas disponíveis apenas até sexta-feira (28).

Antes da pandemia do coronavírus, a instituição, que é 100% SUS, tinha a demanda suprida por voluntários e ações de entidades beneficentes como clube de mães e o Rotary Club. Porém, com a impossibilidade de realização de atividades voluntárias, a arrecadação que girava em torno de 6 mil fraldas em um mês caiu para pouco mais de 1,1 mil unidades.

Conforme a Coordenadora de Projetos Sociais e de Recreação Terapêutica Hospitalar do HG, Silvana Maziero, são entregues cerca de 7 mil fraldas por mês aos pacientes internados. Ela explicou que a ação faz parte do atendimento humanizado realizado na instituição. “No momento da urgência, da emergência ou até devido a um procedimento médico o paciente pode vir usar fralda. E até que ele consiga se organizar, conversar com a família ou a família conseguir comprar esse material, a gente pensa que o hospital e a comunidade podem estar suprindo. É como se fosse um carinho para o paciente ficar mais tranquilo e família também até se organizar para adquirir o material”, afirmou.

O mesmo ocorre com produtos de higiene como sabonetes, creme dental, escova de dente, absorvente, lenço umedecido, hidratante, xampu, entre outros. “Eu tenho certeza que quando surge uma emergência a gente não lembra de levar isso para o hospital. E nós atendemos a 49 municípios, alguns são distantes, até chegar no Hospital Geral e fazer todo o processo, o mínimo que a gente pode estar oferecendo é esse material de higiene até a família se organizar”, completou Silvana.

No momento, os itens mais necessários são: fraldas para adultos, tamanhos G e GG e fraldas RN (recém-nascido) utilizadas na UTI neonatal.

Além do fornecimento de materiais de higiene, outro viés de atendimento humanizado da instituição é a recreação terapêutica. Para a realização do serviço, ao HG também recebe doações de materiais como lápis de cor, giz de cera, massinha de modelar, brinquedos que são utilizados pelas crianças que estão internadas.

As doações podem ser entregues nas recepções do Hospital Geral. Silvana destaca que não precisa acessar o interior do hospital, ou seja, a ação ocorre de forma totalmente segura. Ouça a entrevista completa AQUI.

O HG está localizado na R. Prof. Antônio Vignole, 255, no bairro Petrópolis, em Caxias do Sul.    

Link para notícia no site Tua Rádio

Rotary inicia distribuição de sacos plásticos para descarte de máscaras e luvas potencialmente contaminadas

O Rotary Clube de Lagoa Vermelha iniciou nesta terça-feira (25), uma campanha que visa dar a finalidade correta às máscaras e luvas que estão potencialmente contaminadas pelo novo Coronavírus.

Aproximadamente cinco mil sacos plásticos serão distribuídos para os agentes de saúde, Farmácia Municipal e Secretaria de Saúde, além da empresa que realiza a coleta de lixo na cidade.

Com a ação, o grupo pretende preservar a saúde dos trabalhadores que realizam a triagem do lixo, e população em geral, evitando novos casos da Covid-19.

O material poderá ser solicitado nos locais indicados. Segundo a presidente do Rotary Club de Lagoa Vermelha, Valquíria Montemezzo Ribeiro, as sacolas foram doadas pela PlastiMarau Indústria de Plásticos. Ouça a entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

Reabertura das agências do INSS é adiada para 14 de setembro

Foi publicada hoje (24) no Diário Oficial da União a portaria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia que prorroga o atendimento aos segurados e beneficiários, exclusivamente por canais remotos, até o dia 11 de setembro. A retomada do atendimento presencial nas agências da Previdência está prevista para ocorrer em 14 de setembro.

A decisão pela prorrogação foi anunciada na sexta-feira (21) passada. A suspensão do atendimento nas unidades ocorreu em março em razão da pandemia da covid-19 e, desde então, o INSS e o Ministério da Economia vem prorrogando o atendimento remoto. De acordo com a última portaria, publicada em julho, a reabertura estava prevista para hoje (24).

A retomada deverá ser gradual e o atendimento com agendamento prévio pelos canais remotos. Até lá, para acessar os serviços da Previdência, os segurados e beneficiários devem utilizar os canais Meu INSS, pela internet, e Central 135, pelo telefone. Segundo o INSS, essas formas de atendimento continuarão sendo utilizadas mesmo após a reabertura das agências e serão adotadas medidas para simplificação dos procedimentos e a ampliação do prazo para cumprir exigências.

A reabertura considerará as especificidades das 1.525 agências da Previdência Social em todo o Brasil. Cada unidade deverá avaliar o perfil do quadro de servidores e contratados, o volume de atendimentos realizados, a organização do espaço físico, as medidas de limpeza e os equipamentos de proteção individual e coletiva. Aquelas que não reunirem as condições mínimas de segurança sanitária continuarão em regime de plantão reduzido para tirar dúvidas.

Ouça a entrevista com agerente da agência de Lagoa Vermelha, Geisa Paiva.

Novos procedimentos

Para agilizar os seus procedimentos, o INSS passou a adotar o serviço chamado Exigência Expressa para entrega de documentação para a análise de requerimentos que, por algum motivo, não puderam ser concluídos por meio remoto. Desde julho, a novidade está em vigor em São Paulo e, este mês, foi estendida a todo o país.

Os documentos poderão ser entregues em urnas que foram colocadas na entrada das agências. O interessado deve depositar nelas cópias simples dos documentos solicitados pelo INSS, na unidade da Previdência mais próxima de sua residência. Para isso, é preciso fazer o agendamento pelo Meu INSS ou Central 135.

Além disso, o instituto iniciou o projeto-piloto da prova de vida por biometria facial. A prova de vida digital será feita nos aplicativos do Governo Digital e Meu INSS com o uso da câmera do celular do cidadão. Como se trata de um projeto-piloto, o ícone para a prova de vida digital só estará disponível para os usuários escolhidos. Cerca de 500 mil segurados foram selecionados pelo órgão.

Obrigatória para o recebimento de aposentadoria, auxílios e pensões, a prova de vida deve ser feita todos os anos, no mês de aniversário do segurado, na agência bancária onde o benefício é sacado. Caso o próprio segurado não possa comparecer, algum representante legal pode ir em seu lugar. Por causa da pandemia do novo coronavírus, o procedimento está suspenso até setembro.

Link para notícia no site Tua Rádio

Aapecan Caxias do Sul promove tradicional feijoada em formato de drive-thru

Ação ocorre no dia 19 de setembro com o objetivo de arrecadar verbas para manutenção dos serviços da entidade

A Aapecan segue realizando suas atividades em Caxias do Sul prestando apoio às pessoas que enfrentam o câncer. Atualmente, são 375 pacientes ativos atendidos, além de 2,3 mil cadastros junto à entidade que também presta assistência às famílias. Em todo o Rio Grande do Sul mais de 19 mil pessoas são atendidas.

A Aapecan trabalha principalmente com a prevenção do câncer, além de fornecer atendimento psicológico, casa de apoio para as pessoas que fazem o tratamento oncológico fora da sua cidade, cestas básicas para famílias com dificuldades e outros serviços. Para manter as atividades a instituição necessita de doações da comunidade. Porém, devido à pandemia do novo coronavírus, a entidade viu o número de doações cair, enquanto a demanda por atendimento cresce exponencialmente, como explicou a psicóloga da entidade, Bruna Curra: “Houve uma redução nas doações, mas a gente continua fazendo o nosso trabalho. As pessoas entenderam na nossa campanha anterior que a gente precisava continuar oferendo os nossos serviços, a casa de apoio e alimentação paras os pacientes”, salientou. Ouça a entrevista AQUI.

Para arrecadar fundos e continuar prestando assistência às pessoas com câncer, a Aapecan vai realizar a tradicional Feijoada neste ano, porém em formato de drive-thru. A ação ocorrerá no dia 19 de setembro (sábado), na Sede da Aapecan (Rua Irmão Anastácio, 65, B. Sagrada Família). A retirada da feijoada será das 11h às 14 horas. O valor do ingresso é de R$ 25 e no cardápio está a feijoada, arroz, couve e laranja.

A venda dos ingressos será realizada na Aapecan ou também por meio do pagamento via Paypal, no link >https://cutt.ly/Ys6qKEN. No dia, é preciso levar o comprovante de pagamento impresso para retirada da feijoada.

Link para notícia no site Tua Rádio

Apae e Sindipetro unidos na ação Troco Solidário

Urnas de arrecadação estarão em 30 postos associados de Caxias do Sul, a partir do dia 10 de agosto. Toda a renda obtida na campanha será destinada à instituição

A Apae de Caxias do Sul juntamente com o Sindipetro Serra Gaúcha realizarão a ação Troco Solidário, a partir do dia 10 de agosto. As urnas da campanha estarão distribuídas em 30 postos de combustíveis da cidade, para doação voluntária da comunidade.

A campanha surgiu por uma necessidade da Apae, após perder boa parte da fonte de arrecadação para manutenção das atividades da instituição, com o cancelamento de eventos com grande participação de pessoas, devido à epidemia do novo coronavírus (Covid-19). A Festa Junina, um evento que acontece há 5 anos, promovido pelo grupo de voluntários Turma do Leitão (amigos que gostam de se divertir preparando jantares e indo a festas), foi uma delas. Solidarizados com a situação e atentos às necessidades da entidade, José Danilo Vaccari e Eitor Canezella sugeriram colaborar por meio do Troco Solidário, nos postos de combustíveis, por ser um local que faz parte do caminho diário de boa parte da população.  

Os recursos vindos de doações são imprescindíveis para garantir o atendimento pedagógico e de saúde não somente dos alunos, mas de todo o sistema familiar.

A Apae Caxias do Sul é uma entidade beneficente de assistência social, que há 62 anos presta atendimento especializado e gratuito às pessoas com deficiência intelectual e múltipla, no município. Atualmente estão em atendimento 420 pessoas com deficiência e suas famílias. Visite nosso site https://apaecaxiasdosul.org.br/site/ e redes sociais https://www.facebook.com/apaecaxiasdosul/ e https://www.instagram.com/apaedecaxiasdosul/.

Confira abaixo a lista completa dos postos participantes da campanha:

POSTO

BAIRRO

ABASTECEDORA DE COMBUSTIVEIS PORTAL SUL LTDA

KAYSER

ANDEBRAZ MEGA POSTOS LTDA

CENTRO

ANDEBRAZ MEGA POSTOS LTDA

PIONEIRO

AUTO POSTO COMBOIO LTDA

CINQUENTENÁRIO

AUTO POSTO COMBOIO LTDA

CENTRO

AUTO POSTO COMBOIO LTDA

SANTA CATARINA

AUTO POSTO CRUZEIRO LTDA.

CRUZEIRO

AUTO POSTO RODEIO LTDA

SÃO PELEGRINO

AUTO POSTO RODEIO LTDA

SANTA CATARINA

AUTO POSTO RODEIO LTDA.

N.SRA DE LOURDES

AUTO POSTO ZM LTDA

CENTRO

BCR COMERCIO DE COMBUSTIVEIS LTDA

PRESIDENTE VARGAS

BCR COMERCIO DE COMBUSTIVEIS LTDA

SÃO CIRO

CAPOANI E RECH COMERCIO DE COMBUSTIVEIS LTDA

BELA VISTA

CAPOANI E RECH COMERCIO DE COMBUSTIVEIS LTDA

SANTA LUCIA

COOP DE CONSUMO DOS CONDTAUTONOMOS DE VEIC. ROD. DE CXS

MAL. FLORIANO

COOP DE CONSUMO DOS CONDTAUTONOMOS DE VEIC. ROD. DE CXS

DE LAZZER

LINEO FERNANDES DE SOUZA E CIA LTDA

SANTA CATARINA

PETROTECH COMBUSTIVEIS LTDA

SÃO JOSÉ

POSTO DE SERVICOS ONZI LTDA

SAGRADA FAMILIA

POSTO DE SERVIÇOS ONZI LTDA – DESVIO RIZZO

DESVIO RIZZO

POSTO DE SERVICOS ONZI LTDA – MATRIZ

PIO X

POSTO IMIGRANTE LTDA

CRUZEIRO

POSTO LONGHI LTDA

CENTRO

POSTO PINHEIRO LTDA

SÃO CIRO

POSTO RAMAR COMERCIO DE COMBUSTIVEIS LTDA

SÃO LEOPOLDO

POSTO TIROL LTDA

CRUZEIRO

RT – COMERCIO DE COMBUSTIVEIS LTDA

CENTRO

SQUIZZATO COMERCIO DE COMBUSTIVES LTDA

DESVIO RIZZO

V12 COMÉRCIO DE COMBUSTIVEIS & CONVENIENCIA LTDA

N S DE LOURDES

Link para notícia no site Tua Rádio

Noite das Sopas arrecada valor para pagamento de 100 mensalidades em escolas de educação infantil

O evento do Projeto Mão Amiga ocorreu no formato drive-thru

O evento realizado em 10 de julho, em prol do Projeto Mão Amiga, contou com a iniciativa de cinco cozinhas, que entregaram no formato drive thru mais de 600 sopas. O resultado do evento possibilitou o pagamento de mais de 100 mensalidades de crianças matriculadas na educação infantil, principal ação do Projeto Mão Amiga.

Devido ao formato drive thru, foi possível que as pessoas pudessem levar para casa diferentes tipos de sopas (creme de moranga com calabresa, minestrone tradicional, capeletti com brodo, creme de queijo e creme de aipim com camarões) conforme a escolha antecipada de cada um.  A entrega das sopas ocorreu no estacionamento da Igreja dos Capuchinhos, em Caxias do Sul. Essa iniciativa só foi possível pelo especial apoio da AJURIS, Supermercados Andreazza, Quanta Ideias, Postos SIM, Sicredi, Q Restaurante, Clube de Mães e comunidade da localidade da Terceira Légua e Fica Café, que providenciaram com muito zelo as sopas, a sobremesa e os acompanhamentos.

O Projeto Mão Amiga promoveu também uma live para que as pessoas pudessem desfrutar de suas sopas no conforto de suas casas, apreciando o som de um boa música com a dupla Paola e Gabriel. Durante a live ocorreu um sorteio de diversos brindes doados pelos apoiadores do evento.

A presidente do Mão Amiga, Ana Policastro, explica que, apesar das escolas não poderem abrir neste momento, existe uma parceria onde o Projeto segue com os pagamentos de um percentual das mensalidades, de forma a auxiliar na saúde financeira das mesmas. Assim, celebra o sucesso do evento e agradece a mobilização e engajamento da comunidade caxiense em apoiar as atividades beneficentes do Mão Amiga, bem como os patrocinadores, apoiadores e voluntários, que sempre se doam para a realização deste tipo de ação. 

O Projeto encaminha e auxilia famílias no pagamento parcial de vagas de turno integral  em escolas particulares de educação infantil parceiras. São atendidas em média 400 crianças/ano em situação de vulnerabilidade social, de zero a quatro anos, que não conseguem vagas no ensino público. Os pais devem estar no mercado de trabalho e também pagam um percentual dessa vaga.

Link para notícia no site Tua Rádio

Banco de Alimentos de Caxias do Sul solicita doações de arroz, farinha de milho e leite

Entidade atende mais de dez mil famílias por mês com cestas básicas, além de 38 instituições

O Banco de Alimentos de Caxias do Sul, responsável pelas cestas básicas que são repassadas para famílias em situação de vulnerabilidade e também abastecimento de entidades e restaurantes comunitários, solicita doações de arroz, farinha de milho e leite.

Segundo a entidade, desde o início da Campanha Caxias do Amor, em março, houve queda expressiva nas doações de alimentos e itens de higiene, diante de uma alta demanda da comunidade. O Banco de Alimentos, em parceria com a Fundação de Assistência Social (FAS), tem atendido cerca de dez mil famílias por mês com o fornecimento de cestas básicas e refeições. Além disso, 38 entidades como casas lares, cozinhas comunitárias, lares de idosos, albergue, associações de recicladores e comunidades terapêuticas, entre outras recebem itens para as refeições.

As doações podem ser feitas nos supermercados, farmácias e postos de gasolina identificados com caixas e cartazes da campanha. A Campanha Caxias do Amor é promovida pela Prefeitura e Mitra Diocesana com apoio da Defesa Civil, Banco de Alimentos, Câmara de Vereadores, Projeto Mão Amiga, Fundação Caxias, Igrejas Assembleias de Deus, União das Associações de Bairros, Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas de Caxias do Sul, Câmara de Indústria e Comércio, Sindigêneros, Sindicomércio, Festa da Uva e Ceasa Serra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Projeto Hospedagem Solidária, em Caxias do Sul, necessita de doações de calçados e roupas de inverno masculinas

Os itens podem ser entregues na secretaria da Paróquia Sagrada Família

Com o intuito de dar um acolhimento especializado e humanizado às pessoas em situação de rua durante o inverno caxiense, o projeto Hospedagem Solidária foi posto em prática pelo terceiro ano consecutivo. A ação iniciou em 07 de julho e deve seguir até o mês de setembro.

O objetivo do projeto da Diocese de Caxias do Sul coordenado pela Pastoral da Pessoa em Situação de Rua é oportunizar um espaço onde os acolhidos possam passar a noite, com fornecimento de janta e café da manhã. Todos os mantimentos para produzir as refeições, bem como itens de higiene e limpeza, provêm de doações da comunidade. Neste momento, os artigos mais necessários são calçados e roupas de inverno masculinas. Durante entrevista na Tua Rádio São Francisco, a coordenadora do projeto, Maria Teresinha Mandelli Grasselli, salientou que preferencialmente sejam doados tênis. “Eles caminham muito, então precisamos de tênis e roupas de inverno como malhas, blusão, jaquetas”. As doações podem ser entregues na secretaria da Paróquia Sagrada Família, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h, de segunda à sexta-feira. 

Atendimento é adaptado para prevenir contaminação pela Covid-19

A Hospedagem Solidária tem parceria com o Centro Pop Rua da Fundação de Assistência Social (FAS) e com a ONG Médicos de Rua que buscam prestar assistência completa no intuito de gerar oportunidades para que as pessoas possam sair da rua.

O espaço montado no salão da Paróquia Sagrada Família tem capacidade para acolher 65 pessoas, dentro de todas as recomendações e protocolos de distanciamento devido à Covid-19. Porém, em duas semanas e meia de funcionamento a procura foi baixa, com cerca de 25 acolhidos por noite. Segundo a coordenadora do projeto, Tere Mandelli, como é chamada,o momento desperta a sensibilidade da população que auxilia os moradores de rua com alimentos e dinheiro. “Eu vejo que isso faz com que eles fiquem na rua e não estão tendo essa força interior para se deslocar até a Sagrada Família. Mas nós precisamos de uma rede de apoio para poder reverter essa situação, para que eles vejam que o lugar deles não é na rua”, explicou.

Durante a entrevista, ela também afirmou que todo o processo de acolhimento está devidamente adaptado para garantir a saúde dos moradores de rua e dos mais de 140 voluntários. Ouça a entrevista completa AQUI.

Link para notícia no site Tua Rádio

Gerente do INSS explica mudanças no processo da comprovação de vida

Desde esta segunda-feira (27), agentes bancários estão autorizados a realizar comprovação de vida, por meio de procurador ou representante legal, de beneficiários do Instituto Nacional do Serviço Social (INSS) com idade igual ou superior a 60 anos, sem o prévio cadastramento na instituição.

A dispensa da autenticação pode ser feita quando apresentada procuração, termo de tutela, curatela ou guarda. A procuração também deverá ser aceita quando for apresentado instrumento de mandato público, nas situações de ausência por viagem, impossibilidade de locomoção ou moléstia contagiosa e durante o período de 120 dias, podendo ser prorrogado por ato do presidente.

Confira a entrevista com a gerente da agência do INSS de Lagoa Vermelha, Geisa da Silva Paiva, e saiba mais.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Em novo formato, Juramento à Bandeira é realizado no município de Vila Maria

Somente jovens com o alistamento militar concluído foram convocados e haverá outras sessões nos próximos dias

Em Vila Maria, o Juramento à Bandeira é realizado por etapas. Na segunda-feira, dia 27/07, a Junta do Serviço Militar-122, correspondente ao município de Vila Maria, realizou a primeira sessão que ocorre em novo formato  para evitar a aglomeração de jovens e autoridades. Dessa forma, um número reduzido de alistados é convocado a confirmar seu patriotismo em sessões mais curtas.

A Secretária da JSM-122, Rosmeri Colombo, explica que o ato segue orientações do Posto de Recrutamento e Mobilização – PRM de Santo Ângelo e garante que os jovens e funcionários não sejam expostos ao novo coronavírus. “Como o número de jovens alistados é pequeno, temos essa alternativa de realizar sessões mais rápidas, com apenas dois ou três participantes e entregar os Certificados de Dispensa de Incorporação”, esclarece Rosmeri.

Somente jovens com o alistamento militar concluído foram convocados e haverá outras sessões nos próximos dias. O prazo para realizar o alistamento, agora obrigatório para jovens da classe 2002, segue até 30/09 e pode ser feito online.

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha do Agasalho 2020 encerra neste final de semana

A Campanha do Agasalho é uma promoção da Fundação Caxias

Este é o último final de semana em que os pontos de coleta da Campanha do Agasalho 2020 estarão à disposição da comunidade de Caxias do Sul. Até o momento, foram distribuídas 112 mil peças para 58 entidades.

Até o sábado, dia 25 de julho, é possível separar aquelas peças que podem fazer toda a diferença na vida de alguém, como roupas masculinas, femininas e infantis, além de calçados, meias, cobertores e mantas, entre outros. Todos os cuidados com higiene e segurança estão sendo tomados.

A Campanha do Agasalho é uma promoção da Fundação Caxias em parceria com entidades, empresas e poder público do município de Caxias do Sul. Os pontos de coleta, divididos por bairros, estão disponíveis no site www.fundacaocaxias.org.br e na fan page www.facebook.com.br/FundacaoCaxias

Link para notícia no site Tua Rádio

Tua Rádio São Francisco e HEMOCS promovem a campanha Bondade tá no Sangue

Durante o programa Temática, será feita cobertura com entrevistas

O Hemocentro Regional de Caxias do Sul (HEMOCS) e a Tua Rádio São Francisco promovem na próxima quinta-feira (30/07), a sexta edição da ação “Bondade tá no sangue!”.

Durante o programa Temática, das 09h às 12h, será feita uma cobertura com lives e entrevistas com profissionais que estarão no HEMOCS para tirar dúvidas e apresentar o funcionamento dos serviços disponibilizados.

O Bondade tá no Sangue é uma realização da Tua Rádio São Francisco e Maisnova e conta com o apoio do Hemocentro Regional de Caxias do Sul e Prefeitura de Caxias do Sul/ Secretaria Municipal da Saúde. O patrocínio é de Ioshi Sushi, Beldentale Clínica Odontológica, Aapopecs Caxias Do Sul e Editora São Miguel.

PLASMA CONVALESCENTE

Neste ano de pandemia, também será lembrado da importância da doação de plasma convalescente. O HEMOCS é pioneiro na captação de doadores de plasma convalescente no Rio Grande do Sul. Pessoas que tiveram a CoVid-19 podem fazer a doação e ajudar no tratamento de pacientes em estado grave com a doença. Podem doar homens de no mínimo 18 e máximo 60 anos de idade, que tiveram CoVid-19 confirmada no teste PRC e que estão recuperados há mais de 28 dias, sem apresentar sintomas da doença. Não podem apresentar outras doenças infecciosas (hepatite B ou C, HIV, sífilis e doença de chaga).

Para os demais doadores que não testaram positivo para a CoVid-19, para fazer sua doação de sangue, basta estar bem de saúde, pesar mais de 50kg, dormir no mínimo seis horas na noite anterior à doação, não estar em jejum, evitar alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação, não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores, não fumar pelo menos 2 horas antes, ter idade de 18 a 69 anos, os jovens de 16 e 17 podem fazer sua doação, é necessário uma autorização por escrito assinada pelos pais ou responsáveis e por fim apresentar um documento original com foto. 
      
As doações podem ser agendadas pelos telefones (54) 3220.4543 e pelo WhatsApp (54) 98418.8487. O Hemocentro Regional de Caxias do Sul está localizado na Rua Ernesto Alves, nº 2.260, bairro Centro (ao lado do P.A. 24 Horas).

 

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Lions Azaleias homenageia profissionais que trabalham na linha de frente do combate à pandemia

O Lions Clube Azaleias de Lagoa Vermelha prestou, tarde da segunda-feira (20), homenagens aos profissionais da saúde e segurança pública que continuam trabalhando em meio a pandemia do novo Coronavírus.

Segundo a fundadora da entidade no município, Maria Clarisse Madalozzo, no Dia do Amigo, o Lions Clube representou a sociedade no agradecimento aos profissionais que se empenham, para garantir a segurança dos munícipes. Ao todo, 15 estabelecimentos foram visitados.

Ouça a entrevista e saiba mais.

Link para notícia no site Tua Rádio

Capacitação beneficia entidades para elaboração de projetos que recebem recursos do COMDICA

A pandemia interfere também na forma como os projetos devem ser elaborados

Em Marau, o COMDICA abriu prazo para inscrições de projetos sociais desenvolvidos por instituições ligadas ao Conselho e que recebem, todos os anos, recursos do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente. Este ano, por conta da pandemia da Covid-19, haverá uma capacitação em relação à prestação de contas, imposta pela lei que rege o repasse. De acordo com o vice-presidente, Jair Caproski, o edital prevê, em item específico, ações direcionadas ao enfrentamento das consequências do novo coronavírus, que foram acrescentadas às estratégias de atendimento para as instituições credenciadas. “Um item a mais para, resumidamente, mostrar como elaborar o projeto no meio da pandemia. Pensar bem como fazer, qualificar, para que o resultado final possa, efetivamente, fazer a diferença na vida das crianças e dos adolescentes”, diz Caproski.

O encontro com os representantes das dez entidades aptas a receber a verba será na sexta-feira, dia 24/07, às 13h30, na Casa de Cultura. A gestão diretiva do COMDICA solicita a todos que sejam respeitadas as normas de segurança e que os participantes façam uso de máscara e respeitem o distanciamento. O local é amplo e será devidamente higienizado, com disponibilidade de álcool em gel. O prazo para entrega dos projetos encerra no dia 13/08. A reunião do dia 24 é obrigatória para todos os inscritos.

Em 2019, foram distribuídos R$100 mil. Para este ano, o total chega a R$ 150 mil, o que representa R$ 15 mil por projeto, considerando que todas as entidades se apresentem suas propostas de acordo com o edital (anexo).

Clique aqui e tenha acesso à íntegra do edital. A entrevista completa você acompanha no player de áudio ou na página da Tua Rádio Alvorada no Facebook.

Link para notícia no site Tua Rádio

Banco de Alimentos recebe doações de biscoitos, farinha de trigo e macarrão

Entidade enfrenta dificuldades para manter refeições e cestas básicas

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA)/ Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional – Banco de Alimentos, recebeu cerca de 4.600 quilos em doações de alimentos da empresa Tondo S.A. (Orquídea). De março até a metade do mês de julho, foram doados biscoitos, farinha de trigo e macarrão pela empresa ao Banco de Alimentos, para o preparo de refeições e a montagem de cestas básicas. Em parceria com a Fundação de Assistência Social (FAS), a entidade atende cerca de dez mil famílias por mês.

As doações podem ser feitas nos supermercados, farmácias e postos de gasolina identificados com caixas e cartazes da campanha. A Campanha Caxias do Amor é promovida pela Prefeitura e Mitra Diocesana com apoio da Defesa Civil, Banco de Alimentos, Câmara de Vereadores, Projeto Mão Amiga, Fundação Caxias, Igrejas Assembleias de Deus, União das Associações de Bairros, Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas de Caxias do Sul, Câmara de Indústria e Comércio, Sindigêneros, Sindicomércio, Festa da Uva e Ceasa Serra.

O Banco de Alimentos lembra: a entidade não solicita mantimentos de casa em casa, tão pouco valores para campanhas.

Link para notícia no site Tua Rádio

Ação “Caxias do Amor” necessita de doações para manter abastecimento às famílias durante a pandemia

Arroz, óleo e leite são os itens mais necessitados pela campanha da Mitra Diocesana e do Banco de Alimentos de Caxias do Sul

A campanha Caxias do Amor enfrenta dificuldades de manter o abastecimento de cestas básicas e refeições para as cerca de dez mil famílias em vulnerabilidade social auxiliadas no projeto. A ação da Mitra Diocesana e do Banco de Alimentos sofreu uma queda na arrecadação no mês passado, chegando a nove toneladas. O pico foi em maio, quando a ação recebeu 14 toneladas de doações.

Mesmo que pareça um grande número, a diretora de Segurança Alimentar do Município, Cristina Fabian Gregoletto, fala que é necessário manter um volume de alimentos para auxiliar todas as famílias. Ela acredita que o alongamento da campanha, em virtude da continuidade da pandemia da Covid-19, desmobilizou a comunidade e refletiu nesta baixa.

Durante a iniciativa, Cristina estima que houve uma ampliação no atendimento às famílias. Muitas ficaram sem renda ou perderam o emprego, devido ao novo coronavírus e as consequentes restrições para o funcionamento das atividades no município. Quando a equipe do Banco de Alimentos verifica a situação de quem é auxiliado, ela relata que se depara com pessoas que nem comida possuem para consumo. Por isso a importância da ajuda da população no atual cenário.

No momento, arroz, óleo e leite são os alimentos mais pedidos para completar as cestas básicas. Ela conta que os mantimentos podem ser entregues nos supermercados, farmácias e postos de gasolina da cidade, com identificação de cartazes e caixas da campanha. Outras formas são levar a quantidade até o Banco de Alimentos, localizado na rua Jacob Luchesi, 3.181 – junto à Ceasa Serra, no bairro Santa Catarina, ou agendar a entrega pelo e-mail [email protected] ou telefone (54) 3211.5943.

A campanha Caxias do Amor também conta com apoio da Defesa Civil, Câmara de Vereadores, Projeto Mão Amiga, Fundação Caxias, Igrejas Assembleias de Deus, União das Associações de Bairros, Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas de Caxias do Sul, Câmara de Indústria e Comércio, Sindigêneros, Sindicomércio, Festa da Uva e Ceasa Serra.

Clique na aba “Ouvir Notícia” e confira a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio

Live Solidária em prol da APAE e SAMMLAVE acontece neste domingo, dia 12 de julho

O evento será animado pelo Grupo Som do Sul

Acontece neste domingo, dia 12 de julho, uma Live solidária promovida pelo Grupo Som do Sul. A transmissão online terá início às 17 horas, através do canal do grupo no YouTube e será gerada da Churrascaria Fattoria. A Live será beneficente à SAMMLAVE e à APAE.

Na manhã desta sexta-feira O organizador do evento, Ronaldo Luiz da Rosa, em entrevista à Tua Rádio falou sobre a iniciativa. Ouça.

Link para notícia no site Tua Rádio

Meditação: terapeuta divulga técnicas através de lives pelo instagram

A terapeuta facilitadora Lailah Nasser Salman é coordenadora de um projeto que busca difundir técnicas de meditação que ajudam a reduzir o estresse e a ansiedades.

A “Semana da Medita Ação”, iniciou no domingo, 05 de julho, e acontece através de lives no instagram da profissional.

Nas transmissões, Lailah recebe convidados especialistas no tema, que guiam e ensinam as técnicas que provem relaxamento e clareza.

As lives também ficam disponíveis no perfil da terapeuta, e podem ser assistidas a qualquer momento. Acesse o instagram, ou ouça a entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

Associação Arco-íris distribui 400 litros de água sanitária para famílias carentes

A presidente da Associação Arco-íris, Vera Lucia de Oliveira Pereira falou sobre o sucesso da campanha que leva água sanitária gratuita para famílias carentes de Lagoa Vermelha.

O líquido auxilia na limpeza dos ambientes e objetos, e contribui no combate ao novo Coronavírus. Aproximadamente 400 litros foram distribuidos.

A entrevista da Associação Arco-íris à Tua Rádio Cacique inspirou uma ação, nos mesmos moldes, no município de Esmeralda.

Pessoas que queiram ajudar a associação, doando recursos para a produção de água sanitária, podem contar Vera, pelo telefone 9 9687-9795 

Link para notícia no site Tua Rádio

Fórum de Lagoa Vermelha deve reabrir na quarta-feira, dia 15 de julho

O Fórum de Lagoa Vermelha permanece fechado, com trabalhos internos.

Antes prevista para 29 de junho, a reabertura foi adiada. Na véspera do final do primeiro prazo, o Tribunal mudou o entendimento, e definiu que a reabertura acontecerá em 15 de julho.

Segundo o juiz Gerson Lira, hoje essa decisão se mantém, e os serviços forenses retornarão na próxima semana.

Sobre a decisão do adiamento da reabertura, o magistrado defende que o entendimento científico deve ser levado em consideração, sendo que ainda estamos em uma pandemia e que a circulação de pessoas dentro do prédio coloca em risco a vida dos funcionários, partes e seus familiares.

Também, segundo ele, o trabalho remoto é uma realidade dentro do sistema de justiça desde agosto de 2019, quando passaram a ser utilizados os processos eletrônicos. Apesar disso, audiências virtuais ainda não estão sendo feitas. Ouça a entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

Regularização Fundiária: advogada orienta sobre o funcionamento do processo

A câmara de vereadores de Lagoa Vermelha aprovou recentemente o projeto de Lei Complementar nº 01/2020 que trata do limite de área não edificável dos imóveis que se encontrem às margens das rodovias no perímetro urbano. O Projeto também propõe a regularização das edificações já existentes cujo limite não havia sido observado à época em que foram efetivadas.

Atualmente às áreas não edificáveis possuem a medida legal de 15 metros para cada lado da pista. Já, o Projeto em discussão na Câmara e pauta da Audiência Pública propõe a alteração do limite para 5 metros e as edificações já existentes ficam dispensadas da observância do limite imposto pela legislação anterior.

Em entrevista à Tua Rádio Cacique, a advogada especialista em Regularização Fundiária, Yasmine da Cunha, explicou como funciona a regularização.

Segundo ela existem muitos imóveis que estão às margens da BR 285, inclusive estabelecimentos comerciais que precisam ser regularizados.

O primeiro passo para iniciar o processo de regularização é ter a documentação técnica da área.

Yasmine destacou a importância da regularização que tem o objetivo de promover a cidadania e garantir para o proprietário o titulo de propriedade do local. Ouça a entrevista.

Link para notícia no site Tua Rádio

Profissionais do Hospital Virvi Ramos recebem doação anônima de 80 kits de lanches, em Caxias do Sul

Ato foi realizado por duas mulheres caxienses que preferiram não se identificar, mas deixaram uma mensagem de gratidão a todos da linha de frente ao combate à Covid-19

Em meio à pandemia da Covid-19, a solidariedade tomou conta do Hospital Virvi Ramos de Caxias do Sul na quinta-feira (02/07). Duas mulheres caxienses doaram anonimamente 80 kits de lanches para os profissionais que estão na linha de frente ao combate à doença. A entrega dos donativos coincidiu com o Dia dos Hospitais, celebrado em 2 de julho.

Nas sacolas continham refrigerante, salgadinho, biscoito e bombom. Alguns lanches foram imediatamente entregues para as equipes que atuavam na tarde e noite de quinta e os demais foram entregues ao longo dessa sexta-feira (03/07). Quando o profissional recebia o lanche se deparava com uma mensagem: “Lembramos de você. Com carinho e gratidão. “.

Atuando no front da luta contra o coronavírus, a fisioterapeuta intensivista do hospital, Isabel Arbuigeri, vê que a atitude aqueceu o coração diante de uma tarde gelada. “Atos como o dessas mulheres faz com que a gente se sinta prestigiado e motivado a estar na linha de frente. Representa a valorização do nosso trabalho perante a comunidade. ”

Link para notícia no site Tua Rádio

Portal da Feira de Inverno já está no ar

São mais de 20 expositores com produtos diretos de fábrica, com frete grátis e descontos exclusivos

O frio chegou e as temperaturas estão propícias para adquirir aquele edredon, comprar um pijama ou um casaco de lã ou ainda aquele estofado ou um vinho para se aquecer. E todos esses itens podem ser adquiridos em um único lugar. A tradicional Feira de Inverno de Flores da Cunha se reinventou e se tornou um portal de compras, que já está no ar. No  www feiradeinverno.com.br é possível encontrar produtos de Moda, Móveis, Vinhos, Gastronomia e Casa. São mais de 20 expositores com produtos diretos de fábrica e já conhecidos do público. Nessa plataforma, itens diversos estão disponíveis para contato e aquisição via online. Tudo o que o público encontra na versão física, como malhas, confecções, móveis, vinhos, acessórios e serviços estão no portal. Os expositores oferecem desde frete grátis até descontos exclusivos. Com um visual inovador, a plataforma conta ainda com um blog, onde os consumidores encontram notícias e informações diversas sobre economia, lançamentos, tendências e produtos.

O projeto cooperativado conta com três modalidades para a exposição da marca: através de uma loja link, acessando o portal da feira e tendo um link para contato com a empresa; por meio do e-commerce, onde o site direciona para os produtos da loja; ou ainda por um catálogo, onde os produtos estão expostos para compra e o cliente entra em contato com a empresa.

Além de movimentar a economia em tempos que aglomerações não são permitidas, a plataforma permite ainda um número ilimitado de expositores, diferente da feira física. 

Em sua última edição, a Feira de Inverno atraiu mais de 50 mil visitantes e movimentou economicamente mais de R$ 3 milhões. Os expositores poderão adquirir um plano semestral ou anual e podem ingressar no site a qualquer momento. Os interessados em participarem como expositores podem entrar em contato pelo fone (54) 3292 4054 ou pelo e-mail  contato agenciapositiva.com.br.

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Projeto desenvolvido no presídio de Lagoa Vermelha concorre ao 17º Prêmio Innovare

O Programa de Gestão Prisional, desenvolvido desde 2019 no presídio estadual de Lagoa Vermelha, é um dos indicados ao 17º Prêmio Innovare, que tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. 

Com a parceria de entidades como o Ministério Público, Poder Legislativo e Executivo de dos municípios da região, Conselho da Comunidade e Direção Penitenciária, o programa pretende auxiliar os apenados, fornecendo atividades que contribuam para sua reinserção na sociedade. A parecia também garante a realização de reformas e ampliação da cadeia, que é uma das que registram maior superlotação no RS.

Em entrevista à Tua Rádio Cacique, o promotor de Justiça do Ministério Público, Dr. Felipe Lisboa Barcelos e o agente penitenciário e ex-diretor do Presídio Estadual de Lagoa Vermelha, Mateus Carvalho, falaram sobre o programa.

Agora, a iniciativa será avaliada pelos jurados do Prêmio Innovare; ministros do STF e STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e outros profissionais de destaque, fazem parte dessa comissão.

Ao todo, 646 práticas foram deferidas para participação na 17ª edição.

Link para notícia no site Tua Rádio

No RS, em abril, entre as mais de 150 vítimas de homicídios, 22 eram presos liberados pela Covid-19

Promotor de Marau faz uma análise sobre casos de liberação de presos durante a pandemia

O Conselho Nacional de Justiça – CNJ confirmou, na primeira quinzena de junho, que, desde março de 2020, 32,5 mil presos foram colocados em liberdade por conta da pandemia da Covid-19. A soltura, em muitos casos, é vista como “equivocada” por parte do Ministério Público, como afirmou, em entrevista à Tua Rádio Alvorada, o Promotor de Justiça da Comarca de Marau, Bruno Bonamente. “De forma geral, fomos pegos de surpresa. As contaminações ocorreram muito rápido. Pode ter havido um afobamento no momento em que se pensou sobre o que fazer para a prevenção e isso também ocorreu no âmbito do Direito Penal. Soltar somente com a pretensão de que os presos não fossem contaminados foi o mesmo que desconsiderar uma gama de outros aspectos e direitos que deveriam ter sido previamente analisados”, destacou o promotor.

A liberação dos presos esteve, desde o início da pandemia, entre as pautas prioritárias do MP, que consultou o Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul – Cremers, na busca de análise técnica a respeito da situação. Em resposta aos promotores, o Cremers emitiu parecer recomendando o isolamento de presos pertencentes ao grupo de risco, porém, alertou que a manutenção da população carcerária em ambiente prisional seria a medida que se apresenta mais segura, sob o ponto de vista epidemiológico, para conter a disseminação do vírus. “Reinseri-los na comunidade os torna novos agentes de propagação da doença, como sempre alertou o próprio Cremers”, defende o titular da promotoria de Marau. “Isso ocorreu em Marau, aliás. Preso que descumpriu a prisão domiciliar, foi reencaminhado ao presídio mas estava contaminado com a Covid”, disse o promotor ao reiterar, ainda, que a liberdade não garante a segurança dos detentos, já que muitos deles foram mortos depois da soltura. “No Rio Grande do Sul, em abril, entre as 158 vítimas de homicídios, 22 eram presos liberados pela Covid-19. Ou seja, são pessoas engajadas em facções criminosas que voltam para a guerra urbana, onde não só mataram mas também foram mortos”, explica Bonamente.

Segundo o promotor da Comarca de Marau, as solturas não podem ocorrer de forma indiscriminadas e cada caso precisa ser observado a partir de uma série de balizadores, preso a preso.  “Colocar alguns deles na rua é o mesmo que instaurar a barbárie”, alerta o promotor.

A entrevista completa você acompanha acessando a página da Tua Rádio Alvorada no Facebook (link).

Link para notícia no site Tua Rádio

Tribunal de Justiça do RS anuncia nova data para retorno das atividades presenciais

O presidente do Tribunal de Justiça do RS (TJRS), Voltaire de Lima Moraes publicou resolução informando da alteração da data de início do expediente externo e da fluência dos prazos processuais nos processos físicos, antes prevista para ocorrer no dia 29 de junho.

Com a decisão, a reabertura parcial dos Fóruns deve acontecer após o dia 15 de julho. O presidente do TJRS informou que na data será levado em consideração as cores das bandeiras definidas pelo Distanciamento Controlado do Governo do Estado.

Sendo assim, ele determina que “A COMARCA QUE ENTRAR EM BANDEIRA VERMELHA RETORNARÁ AO SISTEMA DIFERENCIADO DE ATENDIMENTO DE URGÊNCIA, COM A SUSPENSÃO DA FLUÊNCIA DOS PRAZOS PROCESSUAIS NOS PROCESSOS FÍSICOS. EM CASO DE BANDEIRA PRETA OU LOCKDOWN, FICARÁ ESTABELECIDO O SISTEMA DIFERENCIADO DE ATENDIMENTO DE URGÊNCIA, COM A SUSPENSÃO DA FLUÊNCIA DOS PRAZOS PROCESSUAIS NOS PROCESSOS FÍSICOS E NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS”

Na quarta-feira, 24 de junho, o presidente da AJURIS, Orlando Faccini Neto encaminhou Parecer Técnico de Biossegurança ao presidente do Tribunal de Justiça do RS (TJRS), requerendo que fosse revisto o prazo de retomada das atividades presenciais do Poder Judiciário por conta da pandemia causada pela Covid-19 e que, nesse período, seja mantido o trabalho remoto.

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha Máscara Roxa: mulheres vítimas de violência doméstica podem fazer denúncias em farmácias

A campanha iniciou com 600 farmácias de uma rede, e hoje já são 1.314 unidades de quatro redes envolvidas em todo o estado, mas está aberta para novas adesões de qualquer farmácia interessada em participar

O enfrentamento à violência contra as mulheres no Rio Grande do Sul é a prioridade da Campanha Máscara Roxa, que foi lançada na primeira semana de junho. Com a iniciativa, mulheres vítimas de violência doméstica podem denunciar casos de agressões nas farmácias que tiverem o selo “Farmácia Amiga das Mulheres”, durante o período de isolamento social devido à pandemia do coronavírus.

Ao chegar na farmácia, a mulher deve pedir a máscara roxa, que é a senha para que o atendente saiba que se trata de um pedido de ajuda. O profissional dirá que o produto está em falta e pegará alguns dados para avisá-la quando chegar. Após, o atendente da farmácia passará à Polícia Civil as informações coletadas, via WhatsApp, para que o órgão tome as medidas necessárias.

Os atendentes estão recebendo capacitação online para o procedimento e para garantir a segurança da vítima. A campanha iniciou com 600 farmácias de uma rede, e hoje já são 1.314 unidades de quatro redes envolvidas em todo o estado, mas está aberta para novas adesões de qualquer farmácia interessada em participar.

A campanha foi produzida pela Agência Moove de Porto Alegre, a partir de uma iniciativa do Comitê Gaúcho ElesPorElas, da ONU Mulheres, coordenado pelo deputado estadual Edegar Pretto (PT). Ela se concretiza a partir de um termo de cooperação assinado em conjunto com órgãos ligados aos poderes Executivo e Judiciário e entidades vinculadas à pauta das mulheres. Pretto falou sobre a campanha em, entrevista à Tua Rádio São Francisco necta segunda-feira (22).

Ouça AQUI a entrevista completa.

Em abril, durante o período de isolamento devido à pandemia, aumentou em 66,7% o número de casos de feminicídios no RS em relação ao mesmo mês do ano passado. Ao todo, 10 mulheres foram assassinadas este ano por questões de gênero em um mês – foram 6 em 2019, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

No Brasil, o número de feminicídios cresceu 22,2% nos meses de março e abril, em 12 estados, em comparação ao mesmo período de 2019, de acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Ano passado, foram 117 vítimas nesses dois meses. Já este ano, 143.

Segundo Edegar Pretto, o objetivo é envolver também farmácias que estão em cidades menores. Interessados devem contatar o Comitê Gaúcho ElesPorElas: 051 991993641 | [email protected] Para isso, serão realizadas mobilizações regionais com gestores municipais, empreendedores da área e representantes de instituições e órgãos que integram o Comitê.

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha do Agasalho 2020 necessita de doações de roupas masculinas e cobertores, em Caxias do Sul

Pedido foi realizado pelo presidente da Fundação Caxias, promotora da ação na cidade

A Campanha do Agasalho 2020 iniciou no dia 13 de junho, em Caxias do Sul. Há nove dias, a Fundação Caxias disponibiliza mais de 300 pontos de coleta para que a população faça a doação de roupas de inverno, a fim de arrecadar vestimentas de frio para pessoas em vulnerabilidade social. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o presidente da entidade, Paulo Poletto, afirma que ainda não há resultados dessa primeira semana de ação, uma vez que a equipe de voluntariado está atuando no recolhimento e na triagem das peças.

Ele conta que a equipe de voluntários está tomando os devidos cuidados contra a Covid-19. O grupo usa máscaras, possuem álcool em gel e tem disponíveis aventais para utilização. Hoje, a ideia é finalizar a estrutura onde será efetuada a seleção das vestimentas.

“Na outra semana, preferimos recolher as roupas e deixar na quarentena durante cinco dias. A partir de amanhã, iniciaremos o trabalho de triagem, a fim de que, já no final desta semana, seja destinada as roupas e agasalhos para as entidades.”, completa Poletto.

No ano passado, a campanha angariou aproximadamente 236 mil vestimentas. Mesmo sem os resultados, ele avalia que neste ano serão alcançados bons números. Neste início, o presidente conta que há locais já pedindo mais caixas para receber novas levas de roupas.

“O que estamos vendo são pontos de coleta, como os condomínios, ligando pra gente e pedindo mais caixas. Isso mostra que a campanha, mesmo sem atingir o número desejado, terá bons números. E esse resultado será o suficiente para ajudar quem necessita.”, completa o presidente da fundação.

Dentro dos donativos já recebidos, a entidade visualiza que existem agasalhos em falta. Poletto pede que a comunidade efetue a doação de roupas masculinas, cobertores e colchões. Para a pessoa que quiser colaborar, ele afirma que o principal espaço acessível para contribuições são os supermercados, onde há caixas em todos os localizados nos bairros do município.

A Campanha do Agasalho se estende até 25 de julho. Os pontos de coleta, divididos por bairros, estão disponíveis no nosso site e na página do Facebook da Fundação Caxias. Para contato, o telefone da entidade é (54) 3223.0528.  

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha durante celebrações de Corpus Christi arrecada cinco toneladas de donativos, em Flores da Cunha

As doações fizeram parte dos tapetes solidários que substituíram os tradicionais tapetes de serragem

As celebrações de Corpus Christi, realizadas no último final de semana em Flores da Cunha, resultaram na coleta de cinco toneladas de donativos. Foram arredados alimentos, produtos de higiene e limpeza que fizera parte dos tapetes solidários, montados no altar da Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes.

Esta foi à forma comunitária que a Igreja e a Secretaria de Turismo apresentaram para as comemorações de Corpus Christi neste ano, já que a confecção dos tapetes de serragem colorida foi suspensa devido à pandemia mundial do Covid-19. Os donativos já foram entregues para o Centro de Referência em Assistência Social e para o Projeto Mão Amiga, que vão distribuir para as famílias em vulnerabilidade social.

Link para notícia no site Tua Rádio

Campanha do Agasalho inicia com mais de 300 pontos de coleta em Caxias do Sul

Devido à pandemia do coronavírus, neste ano não haverá a tradicional arrecadação na Praça Dante Aliguieri

A partir deste sábado, 13 de junho, será possível deixar sua doação para a Campanha do Agasalho 2020 em vários pontos de coleta espalhados por Caxias do Sul. Devido à pandemia do coronavírus, neste ano não haverá a tradicional arrecadação na Praça Dante Aliguieri.

É requisitado à população que sejam doadas peças em bom estado de conservação de roupa masculinas, femininas e infantis, além de calçados, cobertores e mantas, entre outros. Todos os cuidados com higiene e segurança devem ser tomados, para proteger todos os envolvidos. Da mesma forma, será orientado que quem receber as doações que higienize as peças antes de usar. Em entrevista ao programa Temática da Tua Rádio São Francisco, o coordenador da campanha, José Theodoro, explicou como serão os cuidados. “Nós vamos deixar as roupas em quarentena por cinco dias, “de molho”. Enquanto isso, a equipe vai fazendo a triagem em outro espaço higienizando as roupas e depois colocando-as em sacos plásticos. Após, o material higienizado eé separado e isolado”.

Em função da pandemia do coronavírus e as dificuldades de uma grande parcela da população, para este ano a coordenação da Campanha do Agasalho não estipulou uma meta de arrecadações. Vale lembrar que em outras edições a média de doações chegava a 235 mil peças. “A gente não sabe a capacidade de doação das pessoas, por isso não colocamos meta. Então, a campanha tem uma energia diferente esse ano, que é contaminada pelo despertar da solidariedade”, diz José Theodoro.

Uma novidade é que os pontos de coleta da Defesa Civil, localizados nos mercados Zaffari, Corpo de Bombeiros e SESC Caxias do Sul, terão as doações distribuídas pela Campanha do Agasalho. De acordo com o presidente da Fundação Caxias, Paulo Poletto, essa é uma união de forças da Defesa Civil, Fundação Caxias e Fundação de Assistência Social (FAS).

A Campanha do Agasalho se estende até 25 de julho e é uma promoção da Fundação Caxias em parceria com entidades, empresas e poder público do município de Caxias do Sul. Os pontos de coleta, divididos por bairros, estão disponíveis no nosso site fundacaocaxias.org.br e na página da entidade no Facebook.com.br/FundacaoCaxias.

O telefone da Fundação Caxias é (54)3223.0528

Link para notícia no site Tua Rádio

Moradores de rua abrigados nos Pavilhões da Festa da Uva se mudam para novo espaço

Transferência ocorreu nesta quarta-feira (27/05) para o antigo prédio do CAPS Reviver

Os 32 moradores de rua abrigados nos Pavilhões da Festa da Uva se mudaram nesta quarta-feira (27/05). Agora, o grupo está abrigado provisoriamente no antigo prédio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Reviver, localizado na Avenida Circular Pedro Mocelin, 4683, bairro Cinquentenário.

O espaço possui aproximadamente 1.200m² e conta com salas multiuso, dormitórios, cozinha, refeitório, área de convivência e amplo pátio externo. Para estar pronto para uso, o lugar recebeu uma nova pintura e troca de telhado. Conforme a presidente da Fundação de Assistência Social (FAS), Marlês Sebben, a mudança foi necessária pela redução de moradores no abrigo anterior.

 “Dezesseis voltaram para as suas cidades e outros voltaram para as ruas. O novo abrigo tem espaço para 50 pessoas e para poder acessar têm que ser encaminhado pela Secretaria da Saúde, após avaliação, como ocorre nas Casas de Passagem. A Saúde, inclusive, têm um espaço para dar este suporte ao abrigo.Os Pavilhões ficaram muito frio para a equipe e para os usuários, temos que dar segurança a todos neste momento de pandemia”, explica.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeitura de Caxias e ONGs de proteção animal lançam campanha Adote por Amor

Objetivo é sensibilizar a população sobre os cerca de 700 animais que estão no Canil Municipal à espera de uma família

Neste momento de pandemia, muitas pessoas estão mais reclusas, dentro de suas casas para se proteger e cuidar do próximo. Apesar da necessidade do isolamento social, há uma forma de proximidade que é permitida: entre humanos e animais.

Pensando nisso, a Prefeitura de Caxias do Sul, juntamente com as ONGs de proteção animal Grupo de Apoio Pet (GAP), VIDA, HELP Vira Latas e SOS Peludos, lançou a campanha Adote por Amor. O objetivo é conectar pessoas que têm a vontade de ter um animal de estimação aos mais de 698 cães e gatos que se encontram no Canil Municipal e estão à espera de um lar.

Conforme Aline Rech De Camillis, que integra a GAP, o número de animais recolhidos no canil pode ser ainda maior, pois nesse momento de pandemia, muitas pessoas encontraram dificuldades para manter os cuidados com seus pets. Durante entrevista na Tua Rádio São Francisco, Aline também salientou que os interessados em adotar devem estar cientes da responsabilidade de ter um animal de estimação, bem como dispor de condições como espaço, recursos para alimentação, vacinas e muito amor. “O nosso objetivo é fazer boas adoções, não simplesmente tirar os animais de lá pra viverem em uma situação pior do que a atual. Porque lá no Canil eles têm o básico, como comida, abrigo e cuidados veterinários, mas a gente sabe que é um lar de passagem. Eles têm que ter a oportunidade de conviver com uma família”. Ouça a entrevista completa AQUI.

A campanha Adote por Amor está disponível nas redes sociais das ONGs e também no site da Prefeitura, link de fácil acesso na capa. No portal, as pessoas têm acesso a fotos e todas as informações de como adotar.

O candidato pode enviar WhatsApp para uma das protetoras das quatro ONGs parceiras. Elas irão se revezar aos sábados pela manhã no atendimento no canil para mostrar os animais aos interessados.

Quem não tem a possibilidade de adotar neste momento, mas se preocupa com a causa animal também pode entrar em contato com as ONGs para fazer doações de ração ou valores que auxiliem na manutenção do trabalho prestado por elas.

Os interessados em adotar podem entrar em contato com as responsáveis pelas ONGs:

:: GAP Grupo de Apoio Pet – Cíntia Carvalho (9159-5303) e Aline Rech De Camillis: (54) 9 9101-5304

:: VIDA – Tatiana Furlan (54) 9 8133-7117

:: HELP Vila Latas – Claudia Tormes: (54) 9 9980-2821 e Elisa Zanolla: (54) 9 9992-6544

:: SOS Peludos – Carolina Gobbato Mota (54) 9 8113-4445 e Nathalia Gobbato Mota: (54) 9 8102-4663

 

Link para notícia no site Tua Rádio

Empresas e entidades caxienses fazem doação de 130 toneladas de alimentos para famílias atingidas pela Covid-19

Coordenada pela CIC, ação resultou no repasse de 12 mil cestas básicas para a FAS, que fará a distribuição dos itens

Caxias do Sul provou mais uma vez que a união faz a força. Uma ação solidária que envolveu 11 empresas e entidades empresariais do município resultou na doação de 130 toneladas de alimentos que serão destinados para famílias em situação de vulnerabilidade. O ato que marcou a entrega dos donativos para a Fundação de Assistência Social (FAS), que fará a distribuição das cestas básicas, ocorreu na manhã desta quarta-feira (20), no estacionamento dos Pavilhões da Festa da Uva.

A iniciativa integra a campanha Caxias Contra a Covid-19 e foi coordenada pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias), por meio da vice-presidência de Comércio. No total, as entidades e empresas doaram o equivalente a 12 mil cestas básicas, totalizando 120 mil itens e mais de R$ 500 mil. Para transportar a carga foram necessários 12 caminhões.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o presidente da CIC, Ivanir Gasparin, resaltou que a ação não destaca apenas a solidariedade do meio empresarial, mas, de toda a população. “O cidadão caxiense e toda a Serra Gaúcha sempre mostraram esse lado solícito. Começa o papel fundamental do Clube de Mães, e o que tem de campanhas sendo feitas pelo bispado… Eu diria que a nossa população sempre foi assim”, salientou. Ouça a entrevista completa AQUI.  

A distribuição das cestas básicas às famílias que passam por dificuldades econômicas nesse período da pandemia será feita pela FAS, por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Aquelas pessoas que possuem registro no Cadastro Único (CadÚnico) do município podem retirar os alimentos diretamente no CRAS de referência da sua região. Já, aquelas famílias que estão em situação de vulnerabilidade, mas não têm o cadastro podem procurar o CRAS mais próximo de sua casa ou a própria FAS.

– CRAS CENTRO – Rua Dr. Montaury, nº 1015, Bairro Centro. Telefone: 3027-5948 3028-3209

– CRAS NORTE – Rua das Fruteiras, nº 925, Bairro Sto Antônio. Telefone: 3901-1591 3901-1484

– CRAS SUL – Rua Laudelino Ribeiro, nº 157, Bairro Bom Pastor. Telefone: 3029-2923

– CRAS LESTE – Rua Júlia Gomes, nº 21, Bairro Sagrada Família Telefone: 3028-3955

– CRAS OESTE – Rua Abel Postali, nº 1767, Bairro Cidade Nova. Telefone: 3901-1492 3901-1480

– CRAS SUDESTE – Rua Nadyr Antônio Antonioli, nº 21, Bairro Planalto. Telefone: 3901-1487

Confira as empresas e entidades que participaram da ação:

Associação das Empresas de Pequeno Porte do RS (Microempa), Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios (Sindigêneros), Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico (Simecs), Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetro), Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon Serra Gaúcha), Supermercados Andreazza, Randon, Marcopolo, Sorvelândia, Orquídea Alimentos e Difatto Contabilidade + Gestão e RH/Dallemolle Estruturas Metálicas. Cada uma doou um caminhão.

Link para notícia no site Tua Rádio

Tua Rádio São Francisco promove Campanha Conectando Esperança

Iniciativa, que conta com parceria da Rádio Maisnova, Editora São Miguel e Freis Capuchinhos, vai arrecadar alimentos, produtos de higiene e limpeza.

No dia 23 de maio, sábado, a Tua Rádio São Francisco, Maisnova, Editora São Miguel e Freis Capuchinhos, vão arrecadar alimentos, produtos de higiene e limpeza no estacionamento da Igreja dos Capuchinhos, no bairro Rio Branco, em Caxias do Sul.

A ação será das 10h às 16h, e os itens arrecadados serão destinados para a Pastoral do Pão e o Mão Amiga. O coordenador da pastoral, José Adonir Rodrigues, explicou um pouco sobre o trabalho, que completa 26 anos em 2020.

Link para notícia no site Tua Rádio

Banco de Alimentos arrecada 103 toneladas de doações desde o início da Covid-19 em Caxias

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, a diretora municipal de Segurança Alimentar afirma que o projeto necessita de doações de açúcar, farinha de trigo e biscoito para compor as cestas básicas

O Banco de Alimentos arrecadou mais de 103 toneladas de doações para famílias em vulnerabilidade social, desde o início do avanço da covid-19, no dia 16 de março, em Caxias do Sul. A maioria dos donativos veio por contribuição de empresários, agricultores e da própria população para a campanha “Caxias do Amor”, que centraliza as arrecadações neste momento.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, a diretora de Segurança Alimentar, da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS), Cristina Fabian Gregoletto, afirma que o projeto precisou mudar a dinâmica de distribuição. Anteriormente, cerca de 100 entidades de assistência social eram contempladas. Com a chegada da doença, as entregas são realizadas pessoalmente às famílias, seguindo as normas sanitárias do Município.

“Foi necessário adaptação, pois muitas instituições que ajudávamos estão fechadas nesse período. A gente mantém o atendimento em locais que continuaram abertos, como comunidades terapêuticas e recicladores. O restante do nosso trabalho está sendo para a montagem de cestas básicas às famílias. Nesse tempo, distribuímos mais de 10 mil cestas.”, completa.

O atual cenário fez com que, mesmo com a grande arrecadação, o Banco trabalhasse para angariar mais alimentos. Segundo Gregoletto, o projeto necessita de açúcar, farinha de trigo e biscoito.

Clique na aba “Ouvir Notícia” e confira a entrevista completa concedida ao repórter Rodrigo Fischer.

Doação em Dinheiro 

A rede de Banco de Alimentos do Estado lançou a campanha “Doe Alimentos” (www.doealimentos.com.br) com opção das pessoas depositarem valores, para não precisar sair de casa, em função dos cuidados com a transmissão do coronavírus. A entidade não solicita mantimentos de casa em casa, tão pouco valores para campanhas.

Em Caxias do Sul está sendo disponibilizada uma conta na Caixa Federal:

  • Agência 2792-8 – Operação 006 – Conta 71082-4
  • CNPJ 88.830.609-0001-39 – Razão Social Município de Caxias do Sul

Link para notícia no site Tua Rádio

No Poder Judiciário, nova resolução prorroga sistema diferenciado de atendimento

Fórum segue fechado até o final de maio

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Voltaire de Lima Moraes, assinou nesta sexta-feira, 08/05, Resolução nº 08/2020 que prorroga até o dia 31/05, o sistema diferenciado de atendimento de urgência no âmbito do Poder Judiciário. 

O texto determina a manutenção da suspensão do expediente forense, com o fechamento dos Foros e das Unidades Administrativas e Judiciais de 1ª e 2ª Instâncias, em decorrência da alteração permanente do quadro da saúde pública em função da pandemia provocada pela COVID-19. 

O documento também prevê a permanência da suspensão dos prazos dos processos que tramitam pelo meio físico.Fica ainda estabelecida a manutenção da fluência exclusiva  dos prazos de processos eletrônicos.

A medida assinada pelo Presidente Voltaire levou em consideração a Resolução nº 318/2020, do Conselho Nacional de Justiça, que estabeleceu medidas para a
uniformização do funcionamento dos serviços judiciários.

Fonte: www.tjrs.jus.br/site/imprensa

Link para notícia no site Tua Rádio

Atividade voluntária busca aquecer recém-nascidos carentes no Centro de Parto do HCR

Doações são de grupo anônimo formado por mulheres voluntárias

Por vários anos seguidos a maternidade do Hospital Cristo Redentor recebe doações de um grupo anônimo formado por mulheres marauenses. Elas confeccionam toucas, meias, casacos e calças para recém-nascidos de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Antes da pandemia elas se juntavam para realizar estes trabalhos manuais de crochê e tricô como passatempo para o dia a dia. Agora, neste momento em que é necessário o isolamento social, as voluntárias seguem realizando os trabalhos, mas cada uma em sua residência.

Conforme Neusa B. Araldi, colaboradora do HCR e uma das pessoas que intermedia a atividade voluntária, o objetivo é ter esta rede de apoio formada por pessoas do bem a fim de trazer conforto aos bebês carentes: “Os recém-nascidos mais carentes poderão ter um maior conforto através de mãos amigas. Confeccionar as roupinhas é uma forma de aquecê-los de forma gratuita”, explicou.

A entrega das doações é intermediada pelo setor de Assistência Social do HCR, que avalia caso a caso para a entrega mais adequada dos donativos.

Fonte: Comunicação HCR

Link para notícia no site Tua Rádio

Fellow's Gastropub e Cervejaria Pio X promovem ação solidária neste sábado

Os estabelecimentos vão trocar um litro de cerveja por alimentos e produtos de higiene

Em meio à pandemia do novo coronavírus, além de reinventar seu modelo de negócio, muitos estabelecimentos também estão engajados em ações solidárias para ajudar aqueles que mais precisam. Uma das campanhas que já está no gosto dos caxienses é a troca de alimentos por comida. Neste sábado (09) a Fellow’s Gastropub e a Cervejaria Pio X vão promover a arrecadação na campanha chamada Growler Solidário.

Para participar e ganhar 1 litro cerveja Pilsen ou Pilsen Verde, os interessados devem doar três alimentos (leite, arroz, feijão, açúcar, farinha de trigo) ou três itens de higiene (creme dental, sabonete, sabão em pó, água sanitária, pacote de papel higiênico). A arrecadação ocorre das 10h às 15h em formato de drive thru, ou seja, sem precisar descer do carro.  As doações devem ser entregues na sede do Fellow’s, na Rua Cremona, nº 230, bairro São Pelegrino.  Todas as medidas de segurança para evitar a propagação estarão sendo tomadas e o uso de máscara é obrigatório.

A ação irá beneficiar as entidades Associação Criança Feliz e Vitória Centro Assistencial.

Link para notícia no site Tua Rádio

Caxias do Amor: Banco de Alimentos pede doação de açúcar, feijão e óleo de cozinha

As doações podem ser entregues nas caixas espalhadas em supermercados, postos de combustíveis ou farmácias do município

A campanha Caxias do Amor, que visa arrecadar alimentos não perecíveis e produtos de higiene para famílias em situação de vulnerabilidade, segue em Caxias do Sul. Caixas identificadas com o cartaz da campanha estão espalhadas por supermercados, farmácias e postos de combustíveis para facilitar a coleta das doações.

Conforme o Banco de Alimentos, que coordena a campanha, os itens mais urgentes no momento são açúcar, feijão e óleo de cozinha, nesta ordem.

Doação em Dinheiro

A rede de Banco de Alimentos do Estado lançou a campanha “Doe Alimentos” (www.doealimentos.com.br) com opção das pessoas depositarem valores, para não precisar sair de casa, em função dos cuidados com a transmissão do coronavírus. A entidade não solicita mantimentos de casa em casa, tampouco valores para campanhas.

Em Caxias do Sul está sendo disponibilizada uma conta na Caixa Federal:

– Agência 2792-8 – Operação 006 – Conta 71082-4

– CNPJ 88.830.609-0001-39 – Razão Social Município de Caxias do Sul

A Campanha Caxias do Amor é promovida pela Prefeitura e Mitra Diocesana com apoio da Defesa Civil, Banco de Alimentos, Câmara de Vereadores, Projeto Mão Amiga, Fundação Caxias, Igrejas Assembleias de Deus, União das Associações de Bairros, Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas de Caxias do Sul, Câmara de Indústria e Comércio, Sindigêneros, Sindicomércio, Festa da Uva, Ceasa Serra e diversas empresas da cidade.

Link para notícia no site Tua Rádio

Comunidade escolar da Irmão José Otão doa produtos de higiene e de limpeza para 30 famílias carentes

Ação auxiliou alunos da instituição em vulnerabilidade social, em meio à pandemia da Covid-19. Produtos foram entregues nesta semana.

A comunidade escolar da E.E.E.M Irmão José Otão realizou uma ação solidária em combate ao novo coronavírus (Covid-19) durante a última semana. A escola arrecadou 551 produtos de higiene e de limpeza para distribuir aos alunos da instituição que provém de famílias em vulnerabilidade social.  A ação foi realizada no dia 23 de abril, durante um “drive-thru” montado no estacionamento da escola.

Foram montados kits para 30 estudantes, com álcool, detergente, sabonetes, sabão em barra, máscaras, escova, pasta de dente e rolo de papel higiênico. As doações foram, distribuídas nesta semana aos familiares. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, a diretora da escola, Íris de Aguiar Caetano, avalia que a pessoa se disponibilizar a dar seu tempo para uma contribuição é um ato nobre.

“Em um momento de pandemia, a palavra que fica é solidariedade e união. O mínimo que podemos fazer para alguém que está próximo da gente, que faz parte da nossa convivência, já é algo para que o mundo possa enfrentar de uma forma mais humana esse momento difícil.”, completa.

A diretora afirma que foram angariadas mais máscara do que o esperado. O contingente foi destinado ao projeto da Fundação de Assistência Social (FAS) que acolhe moradores de rua.

Clique na aba “Ouvir Notícia” e confira a entrevista completa.

Link para notícia no site Tua Rádio