Exportações do agronegócio gaúcho caem 16,1% em 2020

O principal responsável pela redução nas vendas do segmento de soja

Em um ano marcado por estiagem e pela pandemia do coronavírus, as exportações do agronegócio gaúcho totalizaram US $ , 1 bilhões em , uma queda de 11, 1% em valor na comparação com o ano anterior. A principal responsável pela redução nas vendas do segmento, em termos absolutos, foi a soja (menos US $ 1,2 bilhão; – 23, 5%), seguido do setor de produtos florestais (menos US $ 580, 4 milhões; – 24, 7%) e fumo (menos US $ 437, 8 milhões; – 23, 7%). No total, uma queda no comércio foi de US $ 1,9 bilhão no período.

Dos cinco principais setores exportadores do agronegócio do Rio Grande do Sul, dois carregadores alta nos números de 720: carnes (US $ 286, 8 milhões; 16, 9%) e cereais, farinhas e preparações (106, 3 milhões; 16, 1%). Os dados estão no boletim Indicadores do Agronegócio do RS, elaborado pelos pesquisadores Sérgio Leusin Junior e Rodrigo Feix, do Departamento de Economia e Estatística (DEE), da Secretaria Estadual de Planejamento, Governança e Gestão, e divulgado na manhã desta quinta-feira ( 10 / 2). Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o pesquisador Sérgio Leusin Junior analisou os números.

Ouça AQUI a entrevista completa.

Apresentação completa do boletim .

Estudo completo .