Criadores de Lagoa Vermelha enviam sete animais para a Expointer 2022

Criadores de Lagoa Vermelha enviam sete animais para a Expointer 2022

Dois cavalos crioulos, três bovinos da raça Santa Gertrudis e outros dois ovinos participam das provas

Tradicionalmente, criadores de Lagoa Vermelha enviam seus melhores animais para Esteio, onde competem em provas da Expointer. Em 2022, não será diferente. Dois equinos, três bovinos e outros dois ovinos foram inscritos para as provas da 45ª edição da feira. O evento acontece de 27 de agosto a 4 de setembro, e no total terá mais seis mil animais participantes.

Um dos criadores locais é Ruy Barreto. Veterano, o representante da Cabanha 53 já foi a 40 edições da Expointer. No ano passado, conquistou o bicampeonato com touro reprodutor da fazenda, e em 2022 busca repetir o bom resultado com três bovinos machos da raça Santa Gertrudis.

Luis Filipe Zonta enviou a Esteio dois cavalos crioulos para as provas de morfologia, que iniciam nesta quinta e seguem até o domingo (28). É a segunda vez na qual participa da feira como expositor da raça. Além deles, também há uma representante feminina. Linon Rose Vieira Magrin inscreveu dois ovinos para as provas que avaliam as características físicas dos animais.

Em entrevista à Tua Rádio Cacique, os criadores Ruy Barreto e Luis Filipe Zonta falaram sobre a preparação para a feira, a seleção dos animais participantes e a expectativa para as provas. Eles estavam acompanhados do presidente do Sindicato Rural de Lagoa Vermelha, Capão Bonito do Sul e Caseiros, Alisson Mondadori Hoffman. A entidade incentiva a participação de criadores locais em feiras como a realizada em Esteio. Ouça a entrevista.

intranet/userfiles/noticias/76a756097e685abd0ad98312be1191da.mp3