Prontuário eletrônico passa a funcionar nesta segunda-feira em quatro UBSs de Caxias

Inicialmente o processo poderá exigir mais tempo nos atendimentos, mas situação deve se normalizar dentro de algumas semanas

O sistema de prontuário eletrônico passa a funcionar a partir desta segunda-feira, 5, em quatro Unidades Básicas de Saúde de Caxias do Sul. A nova tecnologia foi implantada nas UBSs dos bairros Esplanada, Alvorada, São Caetano e Salgado Filho, na Zona Sul da cidade. A migração dos dados dos usuários para o novo sistema atinge inicialmente a recepção da comunidade e os procedimentos de enfermagem.

Os usuários dessas quatro UBSs deverão apresentar alguns documentos na primeira vez que comparecerem às unidades a partir da data das mudanças. “É necessário atualizar os dados de moradia do usuário, a fim de vinculá-lo a sua UBS de referência. Por isso, a partir desta segunda-feira (5 de fevereiro), é preciso trazer, no primeiro atendimento, comprovante de endereço, número do prontuário da UBS e Cartão SUS. O Cartão SUS deve ser apresentado sempre que a pessoa necessitar de atendimento na UBS. Os demais documentos, só uma vez, para a atualização dos dados”, esclarece Léia Fernandes Muniz, diretora do Território de Saúde do Esplanada.

De acordo com Léia, essa primeira fase exigirá um pouco mais de tempo para o atendimento, já que os cadastros serão repassados um por um ao novo sistema. Os profissionais dessas unidades passaram por um treinamento na semana passada, mas a familiarização ao novo sistema também poderá impactar em uma demora no atendimento. “A adaptação, tanto para os profissionais como para os usuários do serviço, acontecerá nesta primeira semana, mas depois o atendimento ficará mais qualificado e resolutivo”, afirma a diretora.

A previsão é que, até 2019, todas as unidades já estejam com o novo sistema em funcionamento.  Além das UBSs, a Unidade de Pronto Atendimento Zona Norte (UPA Zona Norte), o Pronto Atendimento 24H (PA 24H), o Transporte de Apoio, o Atendimento Domiciliar e o Departamento de Avaliação, Controle, Regulação e Auditoria (Dacra) também terão o prontuário eletrônico em vigência.

A secretária municipal da Saúde, Deysi Piovesan, afirma que a implantação do prontuário eletrônico será um marco para a saúde e trará muitos benefícios para a população. “O principal benefício é que teremos o controle unificado do histórico clínico do paciente, permitindo o melhor acompanhamento das suas condições de saúde e a continuidade dos tratamentos propostos, seja na UBS ou no CES”, declara. A implantação do prontuário eletrônico atende às exigências do Ministério da Saúde e o investimento do município neste projeto é de mais de R$ 4 milhões.

Em entrevista ao programa No Ponto, 02-02, a diretora do Território de Saúde do Esplanada, Léia Fernandes Muniz, explicou como será o processo da implantação do prontuário eletrônico na rede pública de saúde do município. Confira o áudio na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *