Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde

Doença causou duas mortes em Roraima e uma no Amazonas

Balanço divulgado na tarde desta quarta-feira, 18, pelo Ministério da Saúde mostra que o Brasil tem 677 casos confirmados de sarampo. Segundo a pasta, atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo – em Roraima e no Amazonas. Até terça-feira (17), foram confirmados 444 casos de sarampo no Amazonas, e 2.529 permanecem em investigação. Roraima confirmou 216 casos da doença e 160 continuam em investigação.
O ministério informou que, desde fevereiro, quando começaram a surgir os casos de sarampo, foram registradas três mortes: duas em Roraima e uma no Amazonas. Em Roraima, um caso suspeito de morte pela doença ainda está em investigação.

De acordo com o balanço, os surtos estão relacionados à importação. “Isso ficou comprovado pelo genótipo do vírus (D8) que foi identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela”, diz a nota.

Ainda segundo a pasta, alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (um), Rio Grande do Sul (oito); e Rondônia (um). Até o momento, o Rio de Janeiro informou ao Ministério da Saúde, oficialmente, sete casos confirmados.

“Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados”, diz o ministério.

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Segundo o ministério, o Brasil está empreendendo esforços para interromper a transmissão dos surtos e impedir que se estabeleça a transmissão sustentada. “Para ser considerada transmissão sustentada, seria preciso a ocorrência do mesmo surto por mais de 12 meses", diz a pasta.

Vacina

Oferecidas gratuitamente pelo Ministério da Saúde para todos os estados, as vacinas tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e tetra viral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela) fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação e estão disponíveis ao longo de todo o ano nos postos de saúde em todo o país.

“É importante ressaltar que não há necessidade de corrida aos postos de saúde, já que as ações para controle do surto da doença, como bloqueio vacinal, nas localidades acometidas por casos de sarampo estão sendo realizadas com rigor”, diz nota divulgada pela pasta.

Neste momento, o Ministério da Saúde está intensificando a vacinação das crianças, público mais suscetível à doença. “Entretanto, adultos não vacinados devem receber a vacina prioritariamente em locais onde há surto da doença, como em Roraima e Manaus (AM). Pessoas que já completaram o esquema, conforme preconizado para sua faixa etária, não precisam novamente receber a vacina”, acrescenta o ministério.

Crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade têm que receber uma dose aos 12 meses (tríplice viral) e outra aos 15 meses de idade (tetra viral). Crianças entre 5 anos e 9 anos de idade que não foram vacinadas anteriormente devem receber duas doses da vacina tríplice com intervalo de 30 dias entre as doses.

A campanha nacional de vacinação será realizada entre 6 e 31 de agosto, sendo o dia D no sábado (18). O público-alvo dessa estratégia são crianças de 1 ano a menores de 5 anos.

Segundo o ministério, a meta de vacinação contra o sarampo é de 95%. Dados preliminares referentes ao ano passado indicam que a cobertura no Brasil foi de 85,21% na primeira dose (tríplice viral) e de 69,95% na segunda dose (tetra viral).

Link para notícia no site Tua Rádio

AMF participa de projeto pioneiro na área de preparação física

projeto de Dermatoglifia, no qual consiste em coletar as digitais dos atletas e por meio de um sistema apontar as características físicas específicas dos atletas

A AMF- Associação marauense de futsal, não se destaca somente em quadra, mas atrai olhares de fora dela também. Recentemente, a AMF foi objeto de pesquisas acadêmicas de diferentes cursos. Como o mais recente realizado na última semana, em um trabalho de conclusão de curso da disciplina de educação física, que pode ser muito útil no planejamento físico da equipe marauense.

A acadêmica, Daiane Tapparo Conte, idealizadora do projeto de Dermatoglifia, no qual consiste em coletar as digitais dos atletas e por meio de um sistema apontar as características físicas específicas dos atletas, como velocidade, força, potência, agilidade e resistência, que juntas são a base da prática do esporte futsal.

O Leitor Dermatoglífico é um aparelho pioneiro nesse ramo, que foi desenvolvido no estado de Santa Catarina, e ajuda a identificar algumas potencialidades, com alta de precisão- cerca de 95%, contribuindo para a orientação de talentos ou apontando carências. O sistema de pesquisa, utilizado nos atletas da AMF, vem sendo utilizado em grandes centros referências do esporte, como, os times do Barcelona e Benfica, além da seleção olímpica.

Link para notícia no site Tua Rádio

Torcedor que ia ver o jogo do Grêmio com ônibus de Soledade é preso em Passo Fundo

Operação conjunta se formou após denúncia anônima

A Polícia Rodoviária Federal e o POE da Brigada Militar realizaram uma ação conjunta em que foi preso um homem procurado pela justiça, na tarde desta quarta-feira (18), em Passo Fundo.

A PRF recebeu uma denúncia via telefone que um ônibus que transportaria torcedores para assistir o jogo do Grêmio em Porto Alegre não tinha licença de viagem e que passageiros estariam fazendo tumulto no percurso.

A PRF pediu auxílio para o POE da Brigada Militar e os policiais fizeram uma barreira na RST 153 para averiguar a denúncia.

O ônibus, com placas de Soledade, foi abordado e não foi constatado nenhum problema com a documentação da empresa e do veículo.

Ao consultarem o histórico criminal dos passageiros, os policiais descobriram que um deles era procurado pela justiça por ter sido condenado pelo crime de homicídio.

O preso, de 30 anos, foi encaminhado à Polícia Civil para registro da ocorrência e posteriormente recolhido ao sistema penitenciário, onde permanecerá à disposição da justiça. Informações da Rádio Uirapuru.

Link para notícia no site Tua Rádio

Presidente do Legislativo de David Canabarro será sepultado nesta quinta-feira

Vereador morreu depois de sofrer acidente ocorrido no fim de semana passado

Será sepultado nesta quinta-feira, 19/07, o presidente do Legislativo de David Canabarro, Michel de Freitas (na foto, sentado, à frente dos demais vereadores) . O vereador do MDB ficou ferido em acidente ocorrido no fim de semana passado, não resistiu aos ferimentos e teve a morte confirmada na manhã desta quarta-feira, 18/07. A mãe de Michel, que estava com o filho no momento do acidente, segue internada e deve passar por intervenção cirúrgica.

O jovem vereador de 26 anos é velado no Ginásio Municipal de David Canabarro. O sepultamento será realizado na manhã de quinta-feira, 18/07, às 09h.

Michel também era integrante da Associação das Câmaras de Vereadores da Região da Produção, presidida pelo marauense Zigomar Zanin (PSB). A entidade manifestou em nota (confira a íntegra abaixo), as condolências à família.

A Associação das Câmaras de Vereadores da Região da Produção vem externar o imenso pesar com o falecimento do Vereador de David Canabarro, Michel de Freitas. Vereador atuante no cumprimento de mandato, homem íntegro que sempre lutou pela comunidade, pessoa querida e dedicada às causas coletivas, Michel nos deixa um exemplo de vida, de superação e grande tristeza por sua perda. Aos familiares, amigos e todos aqueles que sofrem com sua ausência súbita, desejamos que tenham força e fé para superar a dor, inspirados pela lembrança dos bons momentos vividos ao seu lado, e com a certeza de que Michel deixa como legado a dedicação ao povo, a gentileza e a alegria de viver, que marcarão para sempre a sua memória. Deixamos nossas mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda.

Link para notícia no site Tua Rádio

Obelisco em homenagem aos 100 anos da presença do exército em Caxias é inaugurado na Praça Dante Alighieri

O monumento está junto ao busto de Duque de Caxias, patrono do Exército

Em comemoração aos festejos em alusão aos 100 anos da presença do Exército Brasileiro (EB) em Caxias do Sul, foi inaugurado, na manhã desta quarta-feira (18), um obelisco na Praça Dante Alighieri. O monumento está junto ao busto de Duque de Caxias, patrono do Exército.

O Comandante do 3º Grupamento de Artilharia Antiaérea (3º GAAAe), Coronel Leandro Fernandes Moraes destacou que a homenagem marca a reciprocidade entre o exército e a população. (Ouça a entrevista)

Ainda nesta quarta-feira, às 15h, serão celebrados cultos religiosos no 3º GAAAe. Já na quinta-feira (19), às 19h, ocorre sessão solene na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul. No sábado (21), às 16h, ocorre apresentação da banda militar do 19º Batalhão de Infantaria Motorizado de São Leopoldo, no Shopping Iguatemi. No sábado (21), das 10h às 22h, e domingo (22), das 11h às 22h, haverá exposição no Shopping Iguatemi com um canhão antiaéreo, um radar, viaturas e itens de emprego militar.

O 3º Grupamento de Artilharia Antiaérea (3º GAAAe) de Caxias do Sul, instalado no bairro Rio Branco em 1º de setembro de 1950, foi criado em 17 de julho daquele ano.

Link para notícia no site Tua Rádio

Soledade e Mormaço fecham convênio com o Hospital Frei Clemente; outros municípios têm até sexta

Lagoão, Barros Cassal, Ibirapuitã e Fontoura Xavier ainda não decidiram; os dois últimos podem fechar ainda nesta quarta

Um dos principais assuntos que vem gerando debates na comunidade de Soledade e região no Alto da Serra do Botucaraí trata-se sobre a renovação do convênio dos municípios com o Hospital Frei Clemente.

Uma série de reuniões estão sendo realizadas há semanas para tratar sobre o assunto. A Associação de Municípios do Alto da Serra do Botucaraí (Amasbi) realizou um encontro, na última semana, para discutir uma proposta de valor para a casa de saúde. O evento foi realizado junto ao juiz de Direito da Comarca de Soledade, José Pedro Guimarães que media a negociação.

O impasse vem sendo gerado já que alguns municípios que possuem o convênio com o Hospital Frei Clemente, também receberam proposta de contrato com o Hospital São Sebastião de Espumoso, o que de certo vem gerando essas dificuldades em relação a números.

Conforme o presidente do Hospital de Soledade, Sebastião Avani da Silva, Soledade e Mormaço já fecharam com o Frei Clemente em reunião recente. "Nós fechamos o atendimento per capita de R$ 3,74 para os municípios da região e R$ 4 para Soledade. Quem quiser fechar com a gente, esse é o valor, não iremos recuar", declarou.

Sebastião lembrou que o município de Tio Hugo já está fora desses convênios e Lagoão e Barros Cassal ainda não teriam se manifestado sobre essas alterações de valores e o prazo para firmar o convênio vão até o dia 20, sexta-feira.

Ibirapuitã e Fontoura Xavier deverão se reunir à tarde com a diretoria do Hospital Frei Clemente para discutir o convênio, que deverá ser feito nos mesmos moldes, em relação aos R$ 3,74 per capita.

"Nós precisávamos, na verdade, de R$ 5,00 per capita, que foi nossa primeira proposta. Por isso, não pudemos baixar muito. Não fazemos essa proposta pelo mal do município, mas sim pelo bem do Hospital. Nós não podemos aceitar que eles paguem o que eles querem, nós temos uma pesquisa e precisamos de certos valores", afirmou o presidente.

A orientação, segundo Sebastião, é que aqueles municípios que não fecharem o convênio com o Hospital Frei Clemente não receberão atendimento em Soledade. "Se as ambulâncias vierem, faremos a triagem e mandaremos de volta. É uma posição definitiva. Só atenderemos urgência e emergência, o resto vai voltar", finalizou.

Link para notícia no site Tua Rádio

Prefeito Daniel Guerra rebate críticas de presidente do Conselho Municipal de Saúde

“Para a população não importa se será servidor municipal ou um médico por gestão compartilhada. Ela não pode cometer a irresponsabilidade de impor ao conselho que seja da forma que ela quer”, rebateu Guerra

O prefeito de Caxias do Sul, Daniel Guerra, rebateu as críticas da presidente do Conselho Municipal de Saúde, Fernanda Borkardt. Ele concedeu entrevista ao jornalista Pablo Ribeiro na manhã desta quarta-feira (18), antes de uma cerimônia do 3º GAAAe, na Praça Dante Alighieri.

Nesta terça-feira (17) a presidente do Conselho participou da Sessão da Câmara de Vereadores e denunciou problemas nos atendimentos primários, secundários e terciários do Sistema Único de Saúde (SUS), no Município. Fernanda também concedeu entrevista na manhã desta quarta-feira (18) ao programa Conectado, da Tua Rádio São Francisco. A entrevista pode ser conferida aqui.

Guerra disse que pegou a saúde pública em Caxias do Sul num completo caos onde, segundo ele, faltavam medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde e também no Postão.

Sobre a falta de pediatras para atender a população que depende do SUS, o prefeito afirmou que a administração pública chamou os profissionais, mas muitos não aceitaram a nomeação. “Não temos como obrigar nenhum profissional a trabalhar na administração pública”, afirmou.

Como solução, Guerra voltou a citar a construção de um Pronto-Atendimento Pediátrico 24h, porém ainda sem local de construção e nem data para inauguração. Aqui, Guerra criticou a presidente do Conselho Municipal de Saúde: “Precisamos da autorização do Conselho Municipal da Saúde, que é presidido por uma servidora municipal, e hoje ela precisa distinguir que ela tem uma responsabilidade de olhar para a saúde pública com o olhar de um cuidado para a população. Para a população não importa se será servidor municipal ou um médico por gestão compartilhada. Ela não pode cometer a irresponsabilidade de impor ao conselho que seja da forma que ela quer”, rebateu Guerra..

Confira, em áudio, a entrevista com o prefeito Daniel Guerra.

Link para notícia no site Tua Rádio

Envolvidos no ataque ao Fórum de Marau prestam depoimento nesta quarta-feira

Se preferir, ouça este conteúdo clicando no player de áudio

Forte aparato policial foi montado nas proximidades do Fórum da Comarca de Marau, nesta quarta-feira, 18/07. No local, acontece audiência com os réus presos pelo envolvimento no atentado ao Poder Judiciário, ocorrido em dezembro do ano passado. Pelo menos duas equipes do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar e agentes da Polícia Civil garantem a segurança do local.

Apenas os envolvidos no processo, funcionários, advogados e pessoas que possuem audiências – que não foram canceladas – puderam entrar no ambiente do Fórum. A audiência é conduzida por juiz e promotor de outra Comarca, considerando que as autoridades lotadas na Comarca de Marau, são vítimas do processo.

Ao todo, oito pessoas foram detidas por envolvimento com o ataque: seis adultos presos e dois adolescentes apreendidos. Os menores já foram julgados e cumprem pena no Centro de Apoio Sócio Educativo – Case, de Passo Fundo. O julgamento, portanto, envolve os seis adultos que estão recolhidos no Presídio Regional, também em Passo Fundo. Eles respondem pelo crime de tentativa de homicídio.

O atentado aconteceu no dia 12 de dezembro, ocasião em que ocorriam duas audiências, na Primeira e na Segunda Vara, ambas de processos criminais. Após as prisões – as primeiras poucas horas após o crime – foi verificado que a intenção era resgatar um réu, que estaria em uma dessas audiências, bem como, atingir a juíza responsável pelo processo. A tentativa de resgate foi arquitetada pela namorada do preso que seria resgatado.

Link para notícia no site Tua Rádio

“Uma tragédia anunciada”, diz presidente do Conselho de Saúde de Caxias do Sul

Presidente da entidade fiscalizadora suspeita que a falta de leitos de UTI pediátrica possa ter contribuído para a morte de um menino de dez meses de idade, na semana passada

O Conselho Municipal de Saúde de Caxias do Sul protocolou pedido de informações na Secretaria de Saúde do Município para esclarecer as causas da morte de um bebê de 10 meses de idade que passou por uma unidade da rede pública, na semana passada. A suspeita é de negligência.

A presidente do Conselho, Fernanda Borkhardt, afirma que a falta de leitos em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pediátrica pode ter ligação com a morte da criança. “Pelas informações já colhidas, dá a entender que a falta de leito em UTI pediátrica contribuiu para a morte do menino. Então, se houve negligência, foi por parte do Governo, em todos os níveis, porque uma cidade do tamanho de Caxias do Sul ter apenas nove leitos de UTI pediátrica para atender não só Caxias, mas toda a região, é uma tragédia anunciada. Sendo que só cinco são disponíveis realmente porque quatro são ocupados permanentemente por pacientes”, afirmou Fernanda, em entrevista ao programa Conectado, na manhã dessa quarta-feira (18). Confira a entrevista completa no link ao lado, embaixo da foto.

Ainda de acordo com a presidente do Conselho, o Postão 24 horas tem ficado lotado, frequentemente, e as unidades de saúde de Caxias do Sul registram falta de medicamentos e também não oferecem todos os exames necessários ao tratamento dos pacientes. “Faltam materiais, faltam medicamentos, faltam ecografias. Tu tens o aparelho, mas falta o profissional para executar o exame. Falta sabão líquido para lavar as mãos. Faltam antibióticos que nesse período do ano são os mais usados para tratamento respiratório. Isso, consequentemente, vai repercutir na atenção secundária e terciária levando ao agravamento do paciente”, afirma.

Desde maio, faltam pediatras no Pronto Atendimento da cidade, aos finais de semana. As famílias que procuram o “Postão 24h”, nesse período, são orientadas a buscar médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Norte, distante cerca de seis quilômetros.

Na semana passada, a Prefeitura de Caxias do Sul anunciou que pretende construir um pronto atendimento pediátrico na cidade. O Conselho de Saúde afirma que essa não é a melhor solução. “Precisamos de medidas emergenciais. Por mais que se tenha boa vontade, um pronto atendimento pediátrico vai demandar, no mínimo, um ano para estar em pleno funcionamento. Nós precisamos de medidas que atendam a população ontem, para ontem. Não tem como esperar nem dois meses, quem dirá um ano”, destacou Fernanda.

O prefeito Daniel Guerra rebateu as críticas da presidente do Conselho Municipal de Saúde. Confira aqui.

Link para notícia no site Tua Rádio

Coagrisol realiza 19ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho em Soledade

Evento visa promover a valorização dos funcionários da Coagrisol através da segurança

Os colaboradores da Coagrisol participam entre os dias 16 e 20 de julho, da 19ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho – Sipat. A Tua Rádio Cristal conversou com Ciara Petter, da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – Cipa para falar sobre o evento que está sendo realizado.

"A Coagrisol está sempre preocupada com a segurança dos seus colaboradores. Esse ano nós fizemos eventos regionalizados, despertando o sentido de segurança nele", lembrou Ciara.

O evento é voltado para que a Cooperativa possa desenvolver um trabalho de prevenção com seus colaboradores, principalmente aqueles que são necessários seus EPIs, que são os equipamentos de proteção individual.

"Nós assumimos a presidência da Cipa e percebemos que não é só na Matriz que precisa de prevenção. Ano passado nós começamos assim, mas fizemos só aqui em Soledade, agora expandimos fomos para Tunas, Lagoa Vermelha e outros postos", contou.

Para ela, além desse trabalho preventivo, é necessário que os próprios colaboradores tenham em mente que a utilização de EPIs é para o bem deles.

"Temos que fiscalizar também, estar em cima, cobrar, mas também tem que partir dos próprios colaboradores. Eventos como esse também mostram que a Coagrisol é uma empresa que valoriza a segurança do seu funcionário e os colaboradores se sentem valorizados com isso", concluiu.

Link para notícia no site Tua Rádio